Pop augusto

4.285 visualizações

Publicada em

1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.285
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
90
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pop augusto

  1. 1. Faculdade ASCESBacharelado em Farmácia Farmácia – 2011.1
  2. 2. Faculdade ASCES Bacharelado em Farmácia Farmácia – 2011.1PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO
  3. 3. Faculdade ASCES Bacharelado em Farmácia Farmácia – 2011.1PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Componentes: Augusto Ribas Mayara Cristina Marcelle Abreu Pamella Danielly
  4. 4. ObjetivosDefinir POP (Procedimento Operacional Padrão), suasfinalidades e aplicações, sua estrutura e como fazer eaplicar.
  5. 5. Introdução à Qualidade“Qualidade, Qualidade, Qualidade... Nunca esta palavra foitão disseminada. Aliás, nos últimos tempos tem havidouma reorganização dos conceitos de Qualidade por que naverdade a Qualidade sempre foi procurada pelosconsumidores, exigida pelas autoridades e desejada pelosprodutores. No início da construção do que entendemoscomo civilização a Qualidade estava presente na ausênciade arestas das rodas de charretes e nos procedimentoscorretos de estocagem de vinhos em barris de carvalho. Oque ocorreu foi que com a criação em 1947 da ISO e com amodernização da indústria associada à globalização, deu-seuma importância à Qualidade de produtos e serviços queantes existia de forma desorganizada e regional.”(Renato Lima Duarte)
  6. 6. POPManual de procedimentos que visa a PADRONIZAÇÃOdas atividades no intuito de garantir a QUALIDADE.
  7. 7. POP FINALIDADES  EXTERNAS  INTERNAS
  8. 8. Aplicação dos POP’s na Área Farmacêutica
  9. 9. Necessidades Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) e RegistrosArt. 227. Os Procedimentos Operacionais Padrão e os registros associados a possíveis ações adotadas, quando apropriado, relacionadas aos resultados obtidos devem estar disponíveis quanto a:I - montagem e qualificação de equipamentos;II - aparato analítico e calibração;III - manutenção, limpeza e sanitização;IV - pessoal, incluindo qualificação, treinamento, uniformes e higiene;V - monitoramento ambiental;VI - controle de pragas;VII - reclamações;VIII - recolhimentos;IX - devoluções.(FONTE: RDC 17).
  10. 10. Quem Deve Fazer um POP? A pessoa que executa a tarefa é quem deve descrever o procedimento, ele é o dono do processo.
  11. 11. Como Controlar os Procedimentos? Programa de rastreabilidade Controle de cópias POP atualizado e revisado
  12. 12. Como Fazer um POP? Linguagem adequada; Procedimento descrito de acordo com o processo; Procedimentos originais (nunca copiar de outras fontes); Familiaridade do operador com o descrito no procedimento; Análise crítica sobre aplicabilidade do procedimento;
  13. 13. Estrutura do POP Todos os POP’s do estabelecimento deverão constar as informações abaixo: Nome do estabelecimento; Identificação; Título; Número do documento; Datas da elaboração, última revisão, próxima revisão; Número da revisão atual; Objetivo;
  14. 14. Estrutura do POP Setores envolvidos; Responsáveis e envolvidos; Documentos relacionados; Assinaturas de elaborado, revisado e aprovado; Siglas; Materiais e equipamentos utilizados; Descrição do procedimento; Histórico de revisão; Referências bibliográficas; Anexos e documentos complementares;
  15. 15. Treinamento do POP Responsável: Elaborador; Definir e esclarecer importância do POP; Acompanhar o processo com o POP; Registrar treinamento; Avaliar treinamento;

×