Regras do projeto final

1.210 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
793
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regras do projeto final

  1. 1. 1BC0505- Processamento da InformaçãoESPECIFICAÇÃO DO PROJETOTurma: PROJETO PILOTO Data Final: 24/061. IntroduçãoO objetivo do projeto é proporcionar a aplicação na prática dos conceitos aprendidos nas aulasteóricas e práticas da disciplina BC0505 – Processamento da Informação.O aluno realizará diversas atividades de projeto de modo a consolidar o seu conhecimento emprogramação de computadores exigidos pelo curso. Esta Especificação do Projeto apresenta asinstruções e regras das atividades do projeto.2. EquipeO projeto deverá ser desenvolvido em equipes de no mínimo 02 (dois) e no máximo 03 (três)alunos. Cada equipe de alunos deverá propor um tema do projeto juntamente com a descrição docenário. O professor de laboratório irá analisar e devolver as condições de cenário exigidas paracada projeto proposto.3. Atividades do ProjetoAs seguintes atividades deverão ser realizadas (com os seguintes prazos):ATIVIDADE PRAZOLIMITEI Definição da Equipe e Elaboração da descrição contendo o cenário doprojeto20/05II Desenvolvimento do programa na linguagem Java de acordo com osrequisitos mínimos (item 3.2)24/06III Elaboração de Relatório, segundo as instruções desta Especificação 24/06IV Gravação de vídeo contendo a apresentação do trabalho segundo asinstruções desta Especificação24/06ATENÇÃO: A atividade II (desenvolvimento) será acompanhada até a entrega finalpor meio de atividades intermediárias que serão solicitadas no andamento dadisciplina.3.1.Instruções para a Elaboração do Cenário do ProjetoA 1ª parte do projeto a ser entregue, é a descrição do CENÁRIO do projeto. O Cenário do projetodeverá apresentar de forma geral as ações (funções) que serão realizadas pelo sistema proposto.O APÊNDICE desta especificação mostra vários exemplos de cenários de projeto. As equipesNÃO poderão utilizar nenhum desses cenários do Apêndice, mas poderão elaborar o seu cenáriousando a mesma maneira de linguagem na sua descrição. Requisito: através da descrição docenário deverá ser possível abstrair as possíveis soluções para o problema.
  2. 2. 23.2.Requisitos Mínimos para o Desenvolvimento do Programa (sistema)O projeto deverá ser INTERDISCIPLINAR e obrigatoriamente fazer uso das seguintesestruturas de programação: Estruturas de Seleção Composta e/ou Encadeada; Estruturas de Repetição; Vetores ou Matrizes; Modularização (funções de usuário);É desejável mas não obrigatório, o uso de: Arquivos; Interface Gráfica.3.3.Instruções para o Relatório do ProjetoO relatório final do projeto deverá ser composto das seguintes seções: Introdução: Deverá conter a contextualização, motivação, e os objetivos do projeto; Desenvolvimento: Deverá indicar as estruturas de dados (variáveis) utilizadas no projeto edeve conter a lista de “programas” (funções) e o objetivo de cada uma indicando asentradas e saídas. Simulação e Testes: deverá apresentar as seguintes partes:o Explicação do funcionamento do sistema, através de suas telas e interfaces deentrada/saída; ou seja ensinar como um usuário leigo poderá operar o sistema(tutorial);o Apresentar pelo menos dois exemplos de execução do sistema, que comprovem queo programa atende ao cenário escolhido (se necessário deve-se apresentar maisexemplos).o Conclusões: Nesta seção a equipe deverá comentar se os objetivos propostos naintrodução e os algoritmos desenvolvidos foram capazes de solucionar o problemaabordado ou não, baseados nos exemplos apresentados. Deverá ainda comentar sobre ospontos positivos e negativos do algoritmo e da implementação.o Referências Bibliográficaso Apêndice: deverá apresentar a listagem dos códigos.Será disponibilizado um modelo de Relatório: “BC0505_Modelo_RelatorioProjeto.doc”3.4. Apresentação através de VídeoA apresentação do projeto será realizada por meio de um vídeo com duração entre 10 e15 minutos. O vídeo poderá ser gravado em qualquer software de captura de tela (sugestão: MovieMaker) contendo inclusive o áudio da apresentação. O vídeo deverá ser postado em qualquer canaldo youtube e o grupo deverá enviar a URL desse vídeo no youtube.Até o prazo limite a equipe deverá enviar a apresentação do projeto gravada que consisteda explicação do problema e do funcionamento do código (incluindo a execução da aplicação comtestes). Para tanto, diagramas (fluxogramas) podem ser utilizados. É obrigatório que todos osmembros da equipe participem da apresentação.
  3. 3. 3Perguntas sobre o código do projeto poderão constar na prova final, a fim deconstatar a participação de todos os membros do grupo.A equipe deverá postar no TIDIA-AE, em uma atividade a ser aberta oportunamente, os seguintesitens: O arquivo do relatório do projeto em formato PDF e DOC; Todos os arquivos da pasta do projeto, principalmente aqueles de extensão .java e .class,sendo agrupados num único arquivo de compactação do tipo .zip. URL do vídeo do youtube.Após a data limite não serão aceitos nenhum tipo de entrega, por qualquer meio. (Cuidado: oTIDIA pode rejeitar o carregamento de arquivos após às 23h. Procure não ultrapassar dessehorário).4. Critérios de AvaliaçãoOs alunos e as equipes serão avaliados pelo que realizarem no projeto com seu próprioesforço individual e conjunto. A avaliação do projeto irá considerar diversos aspectos detodas as atividades acima indicados nas seções 1 a 3. Isto inclui, mas não se limita a, osseguintes itens de avaliacão: Prazos de entrega; Texto, ortografia, formatação dos relatórios; Criatividade; Inovação; Cenário; Funcionalidade do projeto; Complexidade e algoritmos de programação desenvolvido; Implementação do programa; Apresentação conforme as regras; Arguição (quando houver).OBS: Este projeto também se enquadra nos critérios gerais de avaliação contidos no guiado cursista.Não será permitido o uso de qualquer código feito por outras pessoas que não os membrosda equipe de alunos. Códigos obtidos externamente, como por exemplo, na Internet, naempresa onde trabalha, etc. serão considerados como plágio e estão proibidos.As equipes que violarem esta regra serão punidas com conceito “F” no projeto, bem comoseus integrantes receberão conceito “F” na disciplina BC0505.O aluno que obtiver o conceito “F” no projeto prático em função de plágio poderá obterautomaticamente conceito “F” na disciplina BC0505 (teoria+prática).
  4. 4. 4APÊNDICE: EXEMPLOS DE CENÁRIOS DO PROJETO PRÁTICOOrientação: as equipes deverão elaborar um cenário para o seu projeto prático, podendotomar como exemplo os cenários descritos a seguir.CENÁRIO 1 – GERENCIAMENTO DE CLÍNICA DE SAÚDEUma clínica especializada em uma ou duas especialidades médicas oferece serviços de consulta médica,laboratório para exames, e pronto-atendimento. Os atendentes da clínica gerenciam o contato inicial com opaciente que procura a clinica até o seu completo atendimento, podendo passar por consulta, exame, ouurgência, ou uma seqüência destas. Além disso, o atendente preenche o relatório final de todos serviçosrealizados de cada paciente.Cada atendente deve consultar horários de atendimento disponíveis por especialidade, marcar consulta,informar ao médico o número de pacientes a serem atendidos, etc. Cada paciente poderá solicitar consulta,informar sintomas, dentre outras ações. O atendente pedirá informações sobre o paciente, como porexemplo, nome, sexo, idade, rg, tipo sanguíneo, etc. Cada médico terá uma especialidade, horário deatendimento, etc. Poderá realizar consultas, operar, e poderá solicitar exames (como por exemploradiografias, hemogramas, etc).CENÁRIO 2 – CONTROLE DE PROCESSO INDUSTRIALUma indústria alimentícia (por exemplo, de achocolatados, de laticínios, de massas, etc) produz cinco tiposde produtos de forma totalmente manual, sem nenhuma mecanização. Ela conta com supervisores e trêstipos de operários: os receptores da matéria prima, os preparadores do produto alimentício, e osembaladores.O supervisor coordenará as atividades dos operários (produtividade, qualidade, etc) e o fluxo de produçãodos produtos, devendo liberar a passagem de uma etapa à outra, desde a chegada da matéria prima até oenvio aos clientes, com critérios pré-estabelecidos. Cada produto tem sua matéria prima e ingredientesespecíficos, bem como o seu modo de preparo particular. Os produtos poderão eventualmente passar por umcontrole de qualidade final.CENÁRIO 3 – CONTROLE ACADÊMICO NUMA ESCOLAUma escola de segundo grau disponibiliza um sistema de controle de notas e de troca de mensagens entrealunos, professores, e coordenadores. Para utilizar esse sistema cada usuário deverá possuir um login esenha, devidamente pré-cadastrados, sendo que deverá haver diferentes níveis de acesso e atividades nosistema conforme o tipo de usuário. Os alunos poderão acessas suas notas e gráficos de desempenho. Alémdisso, poderão enviar mensagens aos professores com perguntas sobre a sua respectiva disciplina. Poderãoainda receber mensagens com respostas, notificação a respeito de provas, atividades escolares, materialnecessário, trabalhos, e ocorrências. Caso recebam ocorrências, os alunos terão a opção de enviar umaréplica (resposta) como comentário em sua defesa.Os professores poderão lançar notas em suas respectivas disciplinas. Além disso, poderão enviarmensagens aos alunos, sobre respostas às duvidas, datas de provas, trabalhos, etc. Poderão aindacomunicar ao coordenador uma ocorrência de alunos, solicitando avaliação de gravidade e a devidasuspensão.Coordenadores terão acesso ao controle tanto de alunos quanto de professores, podendo cadastrá-los nosistema, suspender ou remover seus acessos. Poderão enviar mensagens gerais a todos os alunos sobreatividades ou eventos da escola, enviar mensagens de suspensão ao aluno em questão, e ainda recebermensagens de resposta.

×