Freelancer Lifestyle no WDS 2015

877 visualizações

Publicada em

Palestra compartilhando minha visão sobre as oportunidades que os programadores têm hoje e algumas estratégias de como aproveitá-las.

Publicada em: Estilo de vida
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
877
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Freelancer Lifestyle no WDS 2015

  1. 1. ! henrique@bastos.net " @henriquebastos # henriquebastos Opa! Esses são os meus contatos. É só me chamar pela rede e seguimos conversando. ;)
  2. 2. O Welcome to the Django é um curso online onde eu compartilho toda minha experiência sobre desenvolvimento de software. Conheça mais em: http://welcometothedjango.com.br
  3. 3. Aviso AVISO: Tudo o que você vai ver são loucuras da minha cabeça. Seja crítico. Pegue o que quiser, jogue fora o que quiser. E se quiser conversar, concordando ou discordando, tamos aê!
  4. 4. Senta que lá vem a história… Muita gente desperta o interesse por tecnologia ainda quando criança…
  5. 5. Em geral são crianças muito curiosas…
  6. 6. Que descobrem a sua religião muito cedo…
  7. 7. “Quando eu crescer quero ser programador!” E com isso vem a inspiração sobre um futuro próspero.
  8. 8. Os pais, sempre querendo o melhor p/ o pimpolho, dão “o caminho das pedras”: - Se você estudar e tirar notas boas, vai para a universidade e assim terá uma grande carreira.
  9. 9. Com dedicação e perseverança, enfrenta o caminho árduo até o vestibular.
  10. 10. Sacrificando muitas festas e noitadas, chega a recompensa!
  11. 11. Java? Dotineti? Mas logo no 1º período, percebe-se algo estranho… Programação no quadro negro?
  12. 12. Frustração Com o tempo, a desconexão com sua motivação original vai gerando frustração.
  13. 13. O Mercado de TI Desolado, sucumbe às tentações do mercado.
  14. 14. E começa a iniciação na vida de “executor de demandas”.
  15. 15. O trabalho se torna mecânico e há pouco espaço p/ pensar e criar soluções.
  16. 16. Os mais impetuosos, se lançam em jornadas heróicas p/ tentar salvar os projetos… e mal percebem que os demais colegas ficam pelo caminho.
  17. 17. Os mais comunicativos tornam-se feitores, digo… gerentes.
  18. 18. Mas no final, a verdadeira companheira é a frustração… que leva à grande conclusão:
  19. 19. O Sistema é foda! Tudo isso aconteceu comigo e com muita gente que conheço. Será que dá pra fazer diferente?
  20. 20. Hack it! Sim! E o 1º passo é reunir pessoas que buscam fazer diferente, assim como você!
  21. 21. http://bit.ly/hack-it Eu me lancei nessa jornada! Veja o que aconteceu: http://bit.ly/hack-it
  22. 22. O segredo é acordar para o enorme desperdício que existe em TI. Temos que atacar as causas desse desperdício!
  23. 23. Mindset Mas pra isso precisamos mudar a nossa mentalidade.
  24. 24. Qual o trabalho do programador? Temos que entender qual é realmente o nosso trabalho.
  25. 25. Definitivamente não é transformar café em código.
  26. 26. O trabalho do programador é criar experiências que melhorem a vida das pessoas.
  27. 27. Código é meio e não fim Por mais que a gente goste de programar, código é meio e não fim.
  28. 28. Tempo e Eficácia são mais importantes do que Volume e Eficiência Precisamos parar de fazer rápido muita coisa errada, e começar a fazer a coisa certa.
  29. 29. Sistema Empurrado Não adianta empurrar funcionalidades em software para o cliente.
  30. 30. Sistema Puxado É preciso identificar a necessidade real e trabalhar p/ resolvê-la cada vez melhor, à cada iteração.
  31. 31. Por que isso não é óbvio? Porque somos adestrados p/ fazer o que nos dizem e não capacitados para descobrirmos o que fazer.
  32. 32. SUJEITO X OBJETO Somos treinados para sermos parte (objeto) do sistema, e não para criá-lo (sujeito). O desafio é se desprogramar.
  33. 33. Autonomia Autonomia cria o espaço para esse processo. “Ser autônomo é ter a capacidade de ser burro por si mesmo.” — Carlos Glória #epic É ter responsabilidade (habilidade de responder) sobre si. Uma pessoa autônoma não é função de outro(s) e é sempre sujeito nas relações.
  34. 34. O mundo mudou Temos aprendido cada vez mais sobre novas formas de nos relacionarmos uns com os outros, como sujeitos.
  35. 35. Software Livre Software livre é um exemplo disso. Muitos sujeitos colaboram para a criação de algo comum que promove a liberdade de todos. São todos juntos, mas um à um. Sem perder a identidade p/ um coletivo.
  36. 36. http://bit.ly/historia-do-python Este vídeo mostra as livre interações no código fonte do Python: http://bit.ly/historia-do-python Milhares de pessoas co-criando a linguagem de programação que elas mesmas querem usar. Sabe qual o resultado disso?
  37. 37. Python é a bala de prata! — http://bit.ly/python-bullet Notas: 1) Ao menos é a minha. :-P 2) Depois que 5 palestrantes usaram a expressão “não existe bala de prata” ao longo do dia… Eu não resisti! (⌐■_■)
  38. 38. O Tempo Precisamos compreender e adequar a nossa relação com o Tempo. Tempo não é um ativo. Não temos tempo. Tempo também não é dinheiro. Nos cabe apenas o que fazemos… agora.
  39. 39. http://bit.ly/sobre-o-tempo A melhor explicação sobre tempo que conheço é do Silvio Meira. http://bit.ly/sobre-o-tempo
  40. 40. Administre energia, não tempo. Como o tempo só nos atravessa, é importante se concentrar nas suas ações.
  41. 41. Foi nesse livro que atentei para a importância de gerir energia em vez de tempo.
  42. 42. Isso me levou ao experimento de 40 horas produtivas por semana. Ou seja, descontando passeios na web, traslados e pausas quaisquer. O máximo que consegui foram 37 horas por semana, fazendo muita força e incluindo os fins de semana. Minha conclusão foi que ninguém trabalha 40 horas por semana. Ficamos apenas presos por todo esse tempo.
  43. 43. Aprender a dizer não é fundamental para que sobre energia e espaço para você.
  44. 44. Medo Nossos medos dificultam as ações necessárias. Medo de faltar grana, medo de não conseguir cliente, medo do chefe, medo de não dar conta do projeto, medo do ridículo, etc. O segredo é compartilhar esses medos. Fale deles com pessoas que buscam o mesmo que você.
  45. 45. Fear is the path to the Dark Side Quando não falamos sobre os medos, eles nos dominam e em vez de agir, nos limitamos à reagir.
  46. 46. Como começar?
  47. 47. Eupreendedorismo O caminho é para dentro e para frente. Você é o seu principal empreendimento!
  48. 48. GOSTA MAS NÃO SABE FAZER GOSTA E SABE FAZER BEM NÃO GOSTA MAS SABE FAZER BEM NÂO GOSTA E NÃO SABE FAZER Encontre ajuda para o que você não gosta e não sabe fazer. Aprenda o que você gosta e não sabe ajudando alguém ou cobrando baratinho. Faça bastante do que você gosta e faz bem. E aumente o preço do que você não gosta, mas faz bem. Assim você financia as outras iniciativas.
  49. 49. TEMPORAL (QUANDO?) REALISTA (COMO?) ATRIBUÍVEL (QUEM?) MENSURÁVEL (QUANTO?) ESPECÍFICO (SIMPLES E DIRETO) S.M.A.R.T.: BOAS METAS... Crie boas metas Ruim: Vou na academia 3 vezes por semana. Bom: Eu vou na academia segunda, quarta e sexta, nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, às 8h, onde eu vou ficar como um hamster na esteira por 40min e se eu me enrolar um dia por preguiça ou qualquer outro motivo, vou compensar no sábado às 8h. Uma boa meta te faz sentir mal quando vc não a cumpre.
  50. 50. Aprenda a cuidar das suas finanças!
  51. 51. Receita Conheça sua receita no detalhe, incluindo descontos, impostos, tudo!
  52. 52. Despesa Conheça suas despesas regulares e as irregulares. Cuidado p/ não ficar maluco anotando centavos. Se estiver difícil, ajuste o controle. Controle é caro e precisa ser na medida da necessidade.
  53. 53. Entenda o seu Valor/Hora, os dos seus colegas e os do seu mercado. Se você vende o seu tempo, tenha sempre em mente por quanto. Foco no valor líquido. O dinheiro que não está com você, não lhe pertence.
  54. 54. Caro e barato não são absolutos. São sempre em relação à alguma coisa. Relacione os preços das coisas com o seu Valor Hora. Entenda e aprecie percentuais. Você vai começar a pensar 10 vezes antes de fazer certas compras. ;-)
  55. 55. Seja frugal Gaste menos do que você ganha. Aprenda a poupar. Cuidado com facilidades como cartão de crédito, cheque especial e débito em conta. Se a grana é difícil de entrar no bolso, precisa ser difícil de sair do bolso.
  56. 56. Fluxo de Caixa Anual Visualize suas receitas e despesas anualmente. Não se limite aos 30 dias. Eles enganam MUITO!
  57. 57. Qual sua autonomia de vôo? No cenário atual, quanto tempo você pode ficar sem ganhar dinheiro? 1 mês? 3 mêses? 6 mêses? 1 ano? 5 anos? É pra isso que serve o que você guarda.
  58. 58. Multiplas Linhas de Receita Trabalhar meia semana para 2 empresas é menos arriscado do que trabalhar a semana inteira para uma só.
  59. 59. Dinheiro tem preço! Cuidado com Bancos. Aprenda sobre taxas e juros. O seu gerente não é seu amigo!
  60. 60. Rentabilidade vs Faturamento Cuidado com a ilusão da “escalabilidade”. Ter um faturamento alto com custos altos resultam em lucro pequeno e maior risco operacional. A internet permite modelos de baixo faturamento, custos quase zero e lucro alto.
  61. 61. R$1.000.000 R$2.000.000 R$3.000.000 R$4.000.000 Business Busiless Faturamento Lucro O modelo tradicional de business é se ocupar muito para construir um negócio que fature muito para um dia, quem sabe, vender a empresa por uma bolada. E se em vez de você tentar “quebrar a banca”, você pudesse ganhar mais do que ganharia em qualquer emprego se ocupando bem menos do que 40h/semana? A internet possibilitou o modelo de busiless, onde com muito mais rapidez, liberdade de tempo e espaço você pode construir um negócio que fature pouco, mas seja muito rentável.
  62. 62. VALOR vs Escopo Alinhe seus interesses com o do seu cliente. Aprenda a vender valor e não escopo.
  63. 63. • 22 pessoas • 10k custo médio p/ pessoa • ~ 30k p/ mês de rateio de infra • Custo Mensal: 250k • Custo Anual: 3M Equipe Veja esse caso de um cliente que reclamava da demora em entregar as demandas ao seu usuário. Observe o seu custo fixo anual p/ manter a equipe.
  64. 64. • média de 12 entregas por mês • 144 entregas no ano • Custo Médio por Entrega ~ 21k Produtividade Inicial Se você fosse o usuário do sistema deles, na média, qualquer pedido de mudança custaria 21k.
  65. 65. • média de 36 entregas por mês • 432 entregas no ano • Custo Médio por Entrega ~ 7k Após 1 ano Depois de 1 ano aplicando tecnologias para trocar processos empurrados por processos puxados, o cenário melhorou significativamente.
  66. 66. Custo Por Entrega 21k => 7K Eles passaram a fazer mais com o mesmo custo. Passaram a atender melhor os seus clientes.
  67. 67. Economia de 66%
  68. 68. Economia de ~ R$ 990.000,00 Imagine que você gastasse 3M com a sua equipe. Quanto você estaria disposto à pagar para alguém te ensinar a economizar 1M? Você se preocuparia com as horas de trabalho dessa pessoa ou focaria em medir o valor gerado?
  69. 69. Economia aprendida, se repete anualmente! Para completar, quando você aprende a economizar, você tende a transformar isso em hábito.
  70. 70. Vender, vender, vender Para buscar alternativas ao modelo tradicional de venda de hora, é preciso aprender a vender!
  71. 71. Serviço Vender não é convencer, nem iludir. Vender é mostrar para alguém que você pode ajudar e se comprometer com o resultado.
  72. 72. #mustread Todos estamos sempre vendendo. Se vc não sabe o que está vendendo, vc está vendendo algo muito barato.
  73. 73. Desperte um interesse genuíno pelas pessoas. “ ”Dedique-se à transformar seus clientes em fregueses.
  74. 74. Esse livro é um clássico. Ele mostra a importância de você se dedicar à servir bem as pessoas.
  75. 75. Nada é mais caro do que vender para quem não é seu cliente. Foque em manter seus clientes satisfeitos. Cuidado com a cilada de querer vender para todo mundo.
  76. 76. Preço?
  77. 77. Busque o ganha-ganha. Saiba os seus limites de preço e reconheça os do cliente. Cuidado com querer ganhar o máximo possível. Você poderá ficar sem nada.
  78. 78. CLT é mais fácil… Ter autonomia é poder se relacionar com igualdade, sem medo. Não confunda com ter empresa, ou ser empresário.
  79. 79. Governo Mas entenda se suas escolhas são por simplicidade ou são por medo de algo que você desconhece.
  80. 80. A empresa é um papel! Desconstrua a sua visão de empresa. Qualquer pessoa pode ter uma empresa. As possibilidades e combinações são inúmeras.
  81. 81. Esse ebook descreve bem alguns cenários para você entender melhor como uma empresa funciona. http://info.endeavor.org.br/negocios-legais-crescem-mais-rapido
  82. 82. http://nighto.net/mei-webdesigner-programador/ O modelo mais simples para quem está começando e fatura até 60k/ano é o MEI. Veja o passo à passo em http://nighto.net/mei-webdesigner-programador/
  83. 83. Simples Nacional Para quem faturar mais do que 60k/ano, o Simples Nacional é excelente.
  84. 84. Encontre a sua GALERA! Seja lá o que você for fazer, o segredo é sair do isolamento e reunir uma galera. Compartilhe o que aprende, enquanto aprende. Desapegue de ter que saber tudo. Abrace a possibilidade de ser sempre um aprendiz e faça!
  85. 85. Obrigado!

×