11 Diferenças entre Trabalho e Ministério

4.913 visualizações

Publicada em

Muitas pessoas hoje em dia tem investido suas vidas na obra de Deus como se fosse um trabalho qualquer, uma obrigação a ser feita na igreja para não serem taxados de “esquenta banco”.

Mas cremos que a obra de Deus é feita em cima de um chamado, um encargo que Deus coloca no coração de cada líder.
Por isso antes de começar a fazer qualquer coisa, é preciso ter certeza do chamado e entender a diferença entre Trabalho e Ministério.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.913
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.446
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

11 Diferenças entre Trabalho e Ministério

  1. 1. Trabalho<br />Ministério<br />
  2. 2. 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />
  3. 3. 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />Muitas pessoas hoje em dia tem investido suas vidas na obra de Deus como se fosse um trabalho qualquer, uma obrigação a ser feita na igreja para não serem taxados de “esquenta banco”.<br />Mas cremos que a obra de Deus é feita em cima de um chamado, um encargo que Deus coloca no coração de cada líder.<br />Por isso antes de começar a fazer qualquer coisa, é preciso ter certeza do chamado e entender a diferença entre Trabalho e Ministério.<br />
  4. 4. As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />1ª Trabalho é realizado por voluntários. Ministério, por pessoas que respondem a um chamado de Deus.<br /><ul><li>Voluntários se dispõe a realizar um trabalho o que significa que você não pode exigir deles nada além disso. Fazem somente aquilo que se dispuserem a fazer, mas não precisamos contar com eles para mais nada. Se eles se comportam assim diante de seus líderes, certamente não será diferente com Deus.
  5. 5. Voluntários trabalham somente se alguém pedir ou escalá-lo para uma tarefa, ele não tem iniciativa própria. Um trabalho qualquer pessoa pode fazer, realizar, basta se dispor e aprender. Mas ministério exige fé, pois é uma resposta a um chamado de Deus.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />1ª Trabalho é realizado por voluntários. Ministério, por pessoas que respondem a um chamado de Deus.<br /><ul><li>No ministério o nosso foco é levantar líderes e não fazer coisas, mas sempre edificar as vidas. Por isso que nossa visão é “o nosso encargo é edificar uma igreja de vencedores onde cada membro é um ministro” um ministro é aquele que entende que é chamado por Deus para edificar a igreja, que são pessoas e não prédio. Mas voluntários não se comprometem com pessoas.
  6. 6. Caso em sua célula aja voluntários jamais os coloque à frente de algo, pois voluntários vem e vão, mas ministros permanecem independentemente do tempo e das circunstâncias eles chorarão e se alegrarão junto com você.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />2ª Trabalho é temporário. Ministério é para toda vida<br /><ul><li>Trabalho não dura a vida inteira, em um certo momento ele irá acabar, pois aquele que faz a obra como um emprego logo quando vier a angústia, quando não estiver frutificando e dando tanto resultado, ele abandona e vai embora, quando vemos as pessoas desistindo de um ministério, pode ter certeza que aquilo NUNCA foi um ministério para ela, mas sim um trabalho.
  7. 7. Ministério é para aqueles que, mesmo não sentindo nenhum prazer aparente, assumem a frente e se dispõe a dar toda a sua vida para que Deus cumpra aquilo que Ele os chamou para fazer.
  8. 8. O chamado de Deus envolve toda a nossa vida. Deus não nos chama para fazer um trabalho temporário, mas nem sempre compreendemos isso logo no inicio. Moisés poderia pensar que demoraria somente alguns dias para levar o povo até Canaã pois era perto, mas demorou 40 anos.
  9. 9. Quem realiza um trabalho na igreja pode se dar ao luxo de começar e encerrar quando quiser. Mas quem assume um ministério precisa entender que é um chamado para a vida toda.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />3ª Trabalho é interrompido quando surgem os problemas. Ministério exige perseverança, mesmo nos momentos difíceis. (Rm 8:28)<br /><ul><li>Imagine Deus no monte Horebe, falando a Moisés através da sarça ardente que ele teria de ir até faraó dez vezes até que ele concordasse em libertar o povo; que, depois, Faraó os perseguiria como todo seu exército e eles seriam cercados entre o exército e o Mar Vermelho; que o povo seria rebelde e, por isso, eles ficariam no deserto quarenta anos e, no final, Moisés não entraria na terra prometida. Ah! Pelo amor de Deus! Isso é chamado?
  10. 10. Deus sabe que se soubéssemos de tudo antes de cumprir o propósito, nós travaríamos não é mesmo?
  11. 11. Mas por que Deus permite isso? Porque Ele sabe que os problemas nos levarão a Ele. E quando isso acontece, nós crescemos em Deus, e podemos assim, conhecer mais do Seu poder. </li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />O Lado positivo dos problemas.<br /><ul><li>Os problemas têm o poder de nos mostrar quem são de fato, os discípulos e quem são os voluntários, muitas vezes as coisas estarão dando errado e os primeiros a pular do barco serão os voluntários.</li></ul>Duas atitudes práticas em relação aos problemas.<br /><ul><li>A primeira atitude é aprender a perseverar no meio dos problemas. Perseverar significa “manter-se firme e constante”. Em outras palavras, não pare, continue!
  12. 12. A Bíblia diz que devemos perseverar: Hb 10:36 / Tg 1:4 / Lc 8:15.
  13. 13. Os problemas são os testes daqueles que tem um chamado. E mesmo esses, muitas vezes, são reprovados diante dos problemas. Entenda uma coisa: os problemas normalmente são do tamanho do propósito de Deus para você. Por isso, aprenda a perseverar e você verá os frutos em sua liderança.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />Duas atitudes práticas em relação aos problemas.<br /><ul><li>A Segunda atitude que devemos ter é investir em líderes. Antes dos problemas aparecerem invista naqueles que irão resolver os problemas.
  14. 14. A melhor maneira de resolver problemas é investir na formação de líderes. Assim, eles lhe ajudarão a resolvê-los. Pessoas que não gastam tempo treinando líderes gastam tempo resolvendo problemas.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />4ª Trabalho as vezes é um fardo. Ministério é Paixão !<br /><ul><li>Todo trabalho realizado com esforço e entendimento próprios torna-se, mais cedo ou mais tarde, um fardo.
  15. 15. O fardo é caracterizado pelos sintomas. É aquela sensação de cansaço na alma, uma indisposição de permanecer à frente do trabalho, de lidar com as pessoas, de estabelecer metas. A pessoa começa a fazer as coisas por obrigação e se alguém é levantado para fazer no lugar dela, se torna um grande alivio.
  16. 16. O real problema do fardo é a falta de revelação e não somente conseqüência do esforço próprio.
  17. 17. A diferença do fardo e da paixão é basicamente um: a fonte. Quando é só um trabalho, com o tempo perde-se a intensidade, torna-se morto, sem vida. Mas quando é um ministério, mesmo no tempo da escassez, podemos tirar água da fonte que é Cristo, pois essa fonte NUNCA acaba.
  18. 18. Uma boa maneira de perceber se há intensidade é observando a maneira que você faz a obra. Quando existe paixão, você se entrega, se dedica, tem prazer em preparar, você sonha, faz planos é intenso.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />5ª No trabalho a pessoa faz o que é possível. No ministério você paga o preço que for necessário.<br /><ul><li>Quando realizamos um trabalho, escolhemos o que fazer e como fazer. Mas quando temos um ministério, fazemos o que Deus manda e da maneira que Lhe agrada.
  19. 19. Pagamos o preço quando decidimos confiar em Deus. Na verdade, no ministério o preço a ser pago envolve muitas coisas, uma delas é ser guiado por Deus. Quando a gente sabe tudo o que tem que fazer, é mais fácil, mas ser guiado por Deus é algo muito difícil porque muitas vezes o que Deus quer fazer é algo impossível para nós. O lado bom disso é que Deus nos chama para pagar o preço, mas é Ele quem realiza todas as coisas.
  20. 20. Temos que saber que o preço já vem estabelecido e não somos nós que estabelecemos mas sim Ele que nos chamou. O preço sempre é cruz. </li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />6ª No Trabalho a pessoa não tem compromisso com os outros. O Ministério é realizado com base em Aliança.<br /><ul><li>O trabalho pode ser realizado sozinho ou com uma equipe de voluntários a cada semana. Para isso, basta ser organizado e planejar bem. Mas isso não é ministério, porque na hora em que alguém oferecer algo melhor, essa pessoa deixa tudo de lado e vai embora, pois não tem compromisso com a obra que está sendo edificada naquele lugar.
  21. 21. É fato: nós nos comprometemos com aquilo que valorizamos. Muitos líderes abandonam as células porque não valorizam as pessoas que estão lá. Existem pessoas trabalhando com células, mas que não valorizam de fato, por isso não se comprometem com elas.
  22. 22. Ministério é com base em aliança, porque estar em aliança significa que você está comprometido com alguém.
  23. 23. Ministério é edificado com quem tem aliança.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />7ª O Trabalho não foca os resultados. O Ministério visa os frutos.<br /><ul><li>Você já tentou cobrar qualidade daqueles que apenas oferecem ajuda? Por exemplo vamos supor que alguém se oferece para limpar a sua casa, e depois dela limpar você diz que não ficou tão bom, com certeza você ouvirá poucas e boas. Esses são os voluntários. Sempre acham que você exige demais. Mas quem tem um ministério coloca os olhos nos resultados. Se tiver que fazer várias vezes, ele fará porque quer alcançar um alvo e sabe que isso exigirá muito dele.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />8ª Trabalho é algo despretensioso. Ministério tem um propósito <br /><ul><li>Não existe nada melhor do que trabalhar com um propósito. Cremos que o contrário também seja verdadeiro, ou seja, não existe nada pior do que um trabalho sem propósito. Em 1 Coríntios somos alertados das obras de madeira, feno e palha, sem valor, porque é feita sem propósito, fora da vontade de Deus. Por isso antes de realizarmos qualquer coisa, deveríamos perguntar se isso é exatamente o que Deus quer que façamos.
  24. 24. Tudo que façamos no ministério deve ser feito para cumprir o propósito para o qual Deus nos chamou.
  25. 25. No trabalho, tudo é feito despretensiosamente, como mencionamos antes, a pessoa não espera resultado especificamente.</li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />9ª No trabalho as pessoas são tratadas como público. No ministério elas são tratadas como um rebanho.<br /><ul><li>Qual é a diferença entre público e rebanho? O tipo de relacionamento que temos com eles. Com o público nos relacionamos por atacado, com o rebanho, individualmente
  26. 26. Devemos tratar as pessoas chamando-as pelo nome, prestando atenção quando falam conosco, pois pessoas gostam de ser consideradas, por isso existe o MDA em nossa visão. </li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />10ª O trabalho transmite informações ao público. No ministério passamos uma visão.<br /><ul><li>O nosso objetivo não é passar informações para as pessoas, pois as informações ficam na mente, o que devemos passar é uma visão, pois é isso que irá transformar as pessoas. </li></li></ul><li>As 11 Diferenças entre Trabalho e Ministério<br />11ª No trabalho dependemos de outros para fazer qualquer coisa. No ministério dependemos totalmente de Deus.<br /><ul><li>Depender de Deus é algo que se aprende. Deus nos dá circunstâncias certas para isso, e nós escolhemos aprender ou não. Quando dependemos de pessoas, não podemos depender de Deus.
  27. 27. Dependência fala de confiança em Deus. Quando realizamos apenas um trabalho, confiamos naquilo que somos capazes de fazer. No ministério, confiamos naquilo que Deus quer fazer. Em várias situações vamos perceber que Deus resiste aqueles que sabem fazer e escolhe usar apenas aqueles que crêem.
  28. 28. A unção só se manifesta quando Deus está a frente e não o homem.</li></li></ul><li>Vamos rever as 11 diferenças !!!<br />1ª Trabalho é realizado por voluntários. Ministério, por pessoas que respondem a um chamado de Deus.<br />2ª Trabalho é temporário. Ministério é para toda vida<br />3ª Trabalho é interrompido quando surgem os problemas. Ministério exige perseverança, mesmo nos momentos difíceis. (Rm 8:28)<br />4ª Trabalho as vezes é um fardo. Ministério é Paixão !<br />5ª No trabalho a pessoa faz o que é possível. No ministério você paga o preço que for necessário.<br />6ª No Trabalho a pessoa não tem compromisso com os outros. O Ministério é realizado com base em Aliança.<br />
  29. 29. Vamos rever as 11 diferenças !!!<br />7ª O Trabalho não foca os resultados. O Ministério visa os frutos.<br />8ª Trabalho é algo despretensioso. Ministério tem um propósito <br />9ª No trabalho as pessoas são tratadas como público. No ministério elas são tratadas como um rebanho.<br />10ª O trabalho transmite informações ao público. No ministério passamos uma visão.<br />11ª No trabalho dependemos de outros para fazer qualquer coisa. No ministério dependemos totalmente de Deus.<br />
  30. 30. FIM<br />

×