Contribuição da teoria do equilíbrio na identificação de Truste

1.898 visualizações

Publicada em

explain the truste problem, an why identificate this thatic using game theory

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
199
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contribuição da teoria do equilíbrio na identificação de Truste

  1. 1. CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DO EQUILÍBRIO NA IDENTIFICAÇÃO DE TRUSTE Acadêmico: Helton Eduardo Ritter Professor: Jorge Rambo
  2. 2. O PROBLEMA .... <ul><li>A sociedade é afetada pelas leis de mercado; </li></ul><ul><li>Diferencial em vista de conquistar a preferência do consumidor; </li></ul><ul><li>Elas fazem parte de um nicho de mercado; </li></ul><ul><li>A competitividade tende a aumentar, forçando estratégias mais ousadas que tendem a beneficiar o consumidor; </li></ul><ul><li>A concorrência justa potencializa uma economia eficiente. </li></ul>
  3. 3. O PROBLEMA .... <ul><li>Todo um ciclo de desenvolvimento é movimentado a partir da simples necessidade de vencer a concorrência; </li></ul><ul><li>O truste é uma prática que congela a concorrência, e portanto faz com que todo o ciclo de desenvolvimento não ocorra; </li></ul><ul><li>Devem haver garantias da escolha racional pelo consumo. </li></ul>
  4. 4. A TEORIA DOS JOGOS <ul><li>Há amparo legal para o consumidor, há sanções quando o truste é identificado ; </li></ul><ul><li>Fazer uma análise econômica da situação e usar-se de conhecimento científico; </li></ul><ul><li>Agentes são elementos especializados (a organização) que interfere no andar do jogo; </li></ul>
  5. 5. JOHN VON NEUMAN <ul><li>Elucidou a teoria dos jogos; </li></ul><ul><li>“ A ação de um agente incide, influencia a realidade da estratégia do outro agente” </li></ul><ul><li>Cada agente tende a montar a estratégia que traz mais vantagens para sí; </li></ul>
  6. 6. JOHN NASH <ul><li>Teoria do equilíbrio econômico em ambientes não-competitivos; </li></ul><ul><li>A influência do ambiente era pequena a ponto da estratégia individual garantir o sucesso; </li></ul><ul><li>Nesse modelo, haveria um momento em que as estratégias se bloqueariam; </li></ul><ul><li>Apenas o grupo combinando suas ações é que o haveria um resultado onde nenhum dos agentes experimentaria o prejuízo sozinho . </li></ul>
  7. 7. DIRETO AO PONTO! <ul><li>Concorrentes de um nicho de mercado não estão em um ambiente cooperativo , portanto algum deles arcará com maiores prejuízos que outros, em virtude de suas estratégias um dominará o mercado e os outros competirão por uma fatia menor . Quando existe o truste, um ambiente de concorrência comporta-se como um ambiente cooperativo , esse comportamento concentra o poder e priva o consumidor da sua liberdade de escolha racional. </li></ul>
  8. 8. DIRETO AO PONTO! - JOHN NASH <ul><li>Qual a probabilidade dos concorrentes terem estratégias iguais? </li></ul><ul><li>Matematicamente representada, e devolve um índice, que indica ou não tal condição. </li></ul><ul><li>Essa probabilidade é tão baixa que só pode ser conseguida através de combinações que caracterizam o truste. </li></ul>
  9. 9. DIRETO AO PONTO! - JOHN NASH <ul><li>Anexo I da Resolução no 20/99 do Conselho Administrativo de Defesa Econômica: “As práticas restritivas horizontais consistem na tentativa de reduzir ou eliminar a concorrência no mercado, seja estabelecendo acordos entre concorrentes no mesmo mercado relevante com respeito a preços ou outras condições, seja praticando preços predatórios. Em ambos os casos visa, de imediato ou no futuro, em conjunto ou individualmente, o aumento de poder de mercado ou a criação de condições necessárias para exercê-lo com maior facilidade”. </li></ul>
  10. 10. CONCLUSÃO <ul><li>A teoria dos jogos, ainda que não totalmente elucidada e com vastos campos a serem desenvolvidos é de uso em várias áreas das ciências, sejam sociais ou exatas, trata em suma de definir matematicamente o comportamento humano , conhecimento esse de aplicações infinitas. Na área econômica, tanto para identificação de infrações legais quanto para análise de mercados , a teoria dos jogos pode ser de grande valia. </li></ul>
  11. 11. RERENCIAS <ul><li>FIGUEIREDO, Leonardo Vizeu. Teoria do Equilíbrio na análise jurídica de ambientes concorrenciais: A contribuição de John Nash para o direito. Disponível em: <http://www.escola.agu.gov.br/revista/Ano_VI_maio_2006/A%20contribuicao-leonardo_vizeu.pdf>. Acesso em: 05 nov. 2008. </li></ul>

×