Curriculos

256 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
256
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curriculos

  1. 1. ENCONTRO PARA ANÁLISE DAS VERSÕES PRELIMINARES DOS CURRÍCULOS DO ENSINO FUNDAMENTLA E MÉDIO SEE/NUOP/GEDEC/NUPE/UE Outubro de 2012
  2. 2. PAUTA• 7:30 – Apresentações dos componentes da equipe (RCC e Professores) e da pauta• 7:45 – Sensibilização-vídeo• 7:50 – Rememorar todas as etapas da Bimestralização de dezembro/2011 a outubro/2012.• 8:00 às 9:30 - Analisar e discutir o Currículo Referência versão preliminar (Bimestralização) tendo como base as sugestões apresentadas pelos professores das UE e a devolutiva encaminhada pela GEDEC no dia 01/10/2012, por Componente Curricular.
  3. 3. 9:30 às 11:00 - Socializar as consideraçõesobtidas da análise e discussão dos grupos.11:00 às 11: 30 – Encerramento – consideraçõesfinais/ apresentação do cronograma denovembro.
  4. 4. • REMEMORANDO DE DEZEMBRO DE 2011 A OUTUBRO DE 2012
  5. 5. E AGORA, O QUE FAREMOS HOJE?• 1º momento• 8:00 às 09:30 - Analisar e discutir o Currículo Referência versão preliminar (Bimestralização) tendo como base as sugestões apresentadas pelos professores das UE e a devolutiva encaminhada pela GEDEC no dia 01/10/2012, por Componente Curricular, fazendo as ponderações necessárias.
  6. 6. 2º momento• Socializar as considerações obtidas da análise e discussão dos grupos e preenchimento das planilhas de compilação, fazendo as alterações
  7. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  8. 8. • 22/12 – DIVULGAÇÃO DA VERSÃO FINAL DO CURRÍCULO DE REFERÊNCIA DA REDE ESTADUAL.
  9. 9. Tecendo a manhã Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo queapanhe o grito de um galo antes eo lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a
  10. 10. Tecendo a manhã Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos. De um que apanhe esse grito que ele e o lance a outro; de um outro galo queapanhe o grito de um galo antes eo lance a outro; e de outros galos que com muitos outros galos se cruzem os fios de sol de seus gritos de galo, para que a

×