Violinos stradivarius

1.826 visualizações

Publicada em

traba

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.826
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violinos stradivarius

  1. 1. Violinos Stradivarius António Stradivarius
  2. 2. Violinos Stradivarius• Stradivarius é uma das mais famosas marcas de instrumentos de corda do mundo. O seu construtor foi António Stradivarius que produziu vários violinos e violoncelos.• Dos mais de mil violinos construídos apenas existem 650, observando-se o seu verniz pouco alterado, em comparação com os instrumentos da mesma época.• O mais famoso é chamado de "O Messias" e encontrasse no museu Ashmolean Museum em Oxford. Esse violino praticamente nunca foi tocado.• Stradivarius bate o seu recorde de leilão no Japão custando 10 milhões de ienes. Um dos violinos da coleção Stradivarius do Palácio Real, Madrid, Espanha. Imagem retirada de http://pt.wikipedia.org/wiki/Stradivarius
  3. 3. António Stradivarius• Nasceu em: 1644 Morreu a: 18 de Dezembro de 1737 aos (93 anos) Nacionalidade :Italiano• Ainda muito jovem foi discípulo de Nicola Amati, com quem aprendeu e desenvolveu a arte inconfundível de fazer instrumentos de corda, como violinos, violas e violoncelos, contrabaixos, violões e harpas. Imagem retirada de http://pt.wikipedia.org/wiki/Stradivarius
  4. 4. António Stradivarius (cont.)• O período áureo de sua carreira foi entre 1700 e 1722, quando lançou a forma G e construiu os seus violinos mais famosos, como o "Bets", em 1705, o "Cremonese", em 1715, o "Messiah" e o "Medici", ambos em 1716. Muitas das técnicas utilizadas por ele ainda não foram completamente desvendadas. Sabe-se que as madeiras usadas eram de acero e o abeto, este para o tampo harmónico e partes internas e aquele para o fundo, faixa e braço. A madeira era tratada com diversos tipos de minerais, borato de potássio, silicato de sódio e de silicato de potássio, verniz de bianca (um composto de goma arábica, mel e clara de ovo), além de Stradivari selecionar madeiras mais antigas e ressecadas. Retirada de: http://www.quebarato.com.br/violino-eagle-4- 4-mod-ve441__4BDA4D.html
  5. 5. Instrumentos de corda friccionada• Nos instrumentos de corda usa-se um arco feito de madeira, com um feixe de filamentos (geralmente crina de cavalo) que são fixados às suas extremidades . A crina geralmente é revestida por uma substância chamada breu, com o fim de aumentar o atrito, produzindo uma vibração rica em parciais não harmónicos e, por essa razão, muito diferente do timbre da corda beliscada ou percutida. As notas podem ser tão longas quanto o músico deseje pois duram todo o tempo do movimento de fricção. A intensidade do som pode ser controlada tanto pela pressão do arco contra as cordas como pela velocidade na qual ele é friccionado. Retirada de: http://violinista- violinos.blogspot.com/2011/05/paixao.html
  6. 6. Instrumentos de corda friccionada (cont.)• Embora qualquer instrumento de cordas possa ser tocado com um arco, muitos deles são construídos especificamente com essa finalidade e possuem certas características que facilitam essa prática, tais como o formato do corpo do instrumento e disposição arredondada das cordas, que permite ao arco tocar uma corda de cada vez. Entre eles estão o violino, a viola, o violoncelo, o contrabaixo, a viola da gamba e a rabeca. Retirada de: http://setubalcity.olx.pt/violino-3- 4-de-iniciacao-iid-35740512
  7. 7. FIMTrabalho realizado por: Mariana Reis e Rita Domingues

×