WALTER GROPIUS 1883 – 1969 BAUHAUS 1919 – 1933
Walter Gropius Nasceu em 1883 (Berlim). Estudou arquitectura no Politécnico em Munique e em Berlim-Charlottenburg, abandon...
Com Behrens, Gropius aprendeu como funcionar com as ferramentas de um arquitecto, as bases de  marketing  e a pensar num c...
Em 1910 abriu o seu próprio  atelier . Teve como colaboradores Adolf Meyer, Carl Fieger e Ernst Neufest, sendo o primeiro ...
Em 1911, Walter Gropius e o seu sócio, Adolf Meyer, receberam a sua primeira encomenda para os edifícios de uma fábrica, A...
Em 1918, depois do fim da Guerra, tornou-se membro fundador do  Arbeitsrat für Kunst  (Conselho de Trabalho para a Arte) e...
<ul><li>Entre 1925 e 1928, Gropius conseguiu executar três projectos diferentes para edifícios em Dessau: </li></ul><ul><l...
Edifício da Bauhaus em Dessau,  1925-1926
O grande terreno de construção, perto do centro de Dessau, permitiu erguer os elementos cúbicos de construção de forma ass...
Cada um dos segmentos interligados do edifício com telhado plano, era dedicado a uma função específica. O  design  individ...
O complexo inclui oficinas, o edifício do estúdio que proporcionava espaço para viver e trabalhar 28 estudantes e jovens m...
As estruturas horizontais e verticais foram cuidadosamente proporcionadas para criar um equilíbrio “dinâmico”, assimétrico...
Em termos de construção, o edifício da Bauhaus reflectia os padrões modernos contemporâneos, sem ser revolucionário. As es...
Devido à falta de experiência com as novas tecnologias e tipos de construção, Gropius deparou-se com algumas imperfeições....
A escola foi encerrada em Outubro de 1932, sob pressão política da direita radical. Ludwig Mies van der Rohe, era então o ...
Nos anos seguintes o edifício da Bauhaus foi ocupada por vários inquilinos, desde um instituto de tecnologia de foguetões ...
Em Março de 1945, a Bauhaus foi atingida num ataque aéreo a Dessau, destruindo a impressionante fachada de vidro e aço da ...
O mobiliário e a decoração necessárias para terminar o edifício da Bauhaus foram tarefas, na sua maioria, distribuídas pel...
Em 1928 Gropius demite-se do cargo de director da Bauhaus. Em 1937 é nomeado professor de arquitectura na Universidade de ...
FIM Trabalho realizado por: Joana Coelho 12F Janeiro 2009 História da Cultura e das Artes Prof. Nuno Nabais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Walter Gropius - Bauhaus

21.791 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Joana Coelho

Publicada em: Educação, Negócios
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.791
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
327
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.336
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Walter Gropius - Bauhaus

  1. 1. WALTER GROPIUS 1883 – 1969 BAUHAUS 1919 – 1933
  2. 2. Walter Gropius Nasceu em 1883 (Berlim). Estudou arquitectura no Politécnico em Munique e em Berlim-Charlottenburg, abandonando a escola sem título académico. Através de Karl-Ernst Osthaus (notável patrono das artes), Gropius conseguiu um lugar como assistente no atelier de Peter Behrens, famoso arquitecto e designer de Berlim.
  3. 3. Com Behrens, Gropius aprendeu como funcionar com as ferramentas de um arquitecto, as bases de marketing e a pensar num contexto mais alargado, que ultrapassava em muito a tarefa imediata da construção.
  4. 4. Em 1910 abriu o seu próprio atelier . Teve como colaboradores Adolf Meyer, Carl Fieger e Ernst Neufest, sendo o primeiro o mais importante. Como não sabia desenhar, Gropius dependia dos seus colaboradores para executar as suas ideias.
  5. 5. Em 1911, Walter Gropius e o seu sócio, Adolf Meyer, receberam a sua primeira encomenda para os edifícios de uma fábrica, A Fábrica Fagus em Alfed. Com as esquinas de vidro, “sem apoios”, e escasso uso de tijolos, Gropius desenvolveu uma nova abordagem aos edifícios fabris. É considerada como um dos principais exemplos do modernismo arquitectónico. Segundo Gropius (e Behrens), o objectivo de um edifício, a sua forma funcional, tinha de ser elevada até ao nível da forma de arte, unindo arte e tecnologia.
  6. 6. Em 1918, depois do fim da Guerra, tornou-se membro fundador do Arbeitsrat für Kunst (Conselho de Trabalho para a Arte) em Berlim. Um ano depois, em 1919 , foi nomeado director da Hochschule für bildende Kunst (Academia de Belas-Artes) e da Kunstgewerbeschule (Escola de Artes e Ofícios) em Weimar. A fusão destas duas instituições tornou-se a Staatliches Bauhaus in Weimar. Em 1925, foi transferida para Dessau. Academia de Arte de Weimar, por Henry van de Velde. Onde a recém-formada Bauhaus iniciou o seu trabalho.
  7. 7. <ul><li>Entre 1925 e 1928, Gropius conseguiu executar três projectos diferentes para edifícios em Dessau: </li></ul><ul><li>O edifício da escola </li></ul><ul><li>As casas dos mestres </li></ul><ul><li>A Propriedade Residencial Törten </li></ul>
  8. 8. Edifício da Bauhaus em Dessau, 1925-1926
  9. 9. O grande terreno de construção, perto do centro de Dessau, permitiu erguer os elementos cúbicos de construção de forma assimétrica, sem constrangimentos. Gropius rejeitava a simetria e a hierarquia, assim como o tratamento equitativo de cada uma das fachadas: «Um edifício criado no espírito actual, desdenha a aparência impressionante criada pela simetria das fachadas». Em consequência, não se consegue definir uma fachada representativa, ou uma entrada principal no edifício da Bauhaus. Esta estende-se em três direcções, formando um L.
  10. 10. Cada um dos segmentos interligados do edifício com telhado plano, era dedicado a uma função específica. O design individual de cada um destes edifícios pretendia fornecer uma indicação externa das suas diferentes funções internas.
  11. 11. O complexo inclui oficinas, o edifício do estúdio que proporcionava espaço para viver e trabalhar 28 estudantes e jovens mestres, a ponte de dois pisos onde está localizado o escritório da administração e o atelier de arquitectura, assim como uma secção para a escola técnica (profissional), que não estava ligada à Bauhaus.
  12. 12. As estruturas horizontais e verticais foram cuidadosamente proporcionadas para criar um equilíbrio “dinâmico”, assimétrico, entre estruturas separadas e entre o espaço interno e externo. «Estes edifícios parecem imbuídos de um sentido de flutuabilidade, leveza e mobilidade rítmica», possível devido ao uso de novos materiais de construção, como o ferro, o betão e o vidro.
  13. 13. Em termos de construção, o edifício da Bauhaus reflectia os padrões modernos contemporâneos, sem ser revolucionário. As estruturas do edifício são pintadas de branco e ligeiramente inclinadas para a frente, ajudando a criar a impressão de que o edifício flutuava sem peso. Os tectos são apoiados em vigas de betão, e assim as paredes exteriores não necessitam de desempenhar a função de suporte, podendo dar lugar às fachadas de paredes de cortina de vidro suspensas em elegantes grelhas de caixilhos.
  14. 14. Devido à falta de experiência com as novas tecnologias e tipos de construção, Gropius deparou-se com algumas imperfeições. O envidraçado simples oferecia pouco isolamento térmico e a condensação levava o fino metal dos caixilhos das janelas à corrosão rápida; O isolamento acústico também era insuficiente e as coberturas planas tendiam a sofrer infiltrações.
  15. 15. A escola foi encerrada em Outubro de 1932, sob pressão política da direita radical. Ludwig Mies van der Rohe, era então o director, tentou estabelecer a escola como instituição privada em Berlim.
  16. 16. Nos anos seguintes o edifício da Bauhaus foi ocupada por vários inquilinos, desde um instituto de tecnologia de foguetões até uma escola profissional pública para mulheres. Depois de 1939 o edifício foi totalmente ocupado pelas Junkers e renovado para fins administrativos e de pesquisa.
  17. 17. Em Março de 1945, a Bauhaus foi atingida num ataque aéreo a Dessau, destruindo a impressionante fachada de vidro e aço da zona das oficinas. Após a sua reconstrução provisória e de várias medidas de renovação nos primeiros anos do pós-guerra, a Bauhaus, que entretanto se encontrava num estado muito diferente do original, servia como escola para uma série de instituições pedagógicas. Em 1976, o complexo foi extensivamente renovado de forma a repor o seu estado original. Por volta do final do milénio, o complexo de edifícios, que havia sido integrado na lista do património cultural mundial da UNESCO em 1996, foi novamente remodelado. Actualmente, é de novo a sede de uma instituição vital de educação.
  18. 18. O mobiliário e a decoração necessárias para terminar o edifício da Bauhaus foram tarefas, na sua maioria, distribuídas pelas várias oficinas da escola.
  19. 19. Em 1928 Gropius demite-se do cargo de director da Bauhaus. Em 1937 é nomeado professor de arquitectura na Universidade de Harvard, EUA. Um ano depois torna-se director do Departamento de Arquitectura da mesma. Estabelece, até 1941, uma parceria com o ex-membro da Bauhaus, Marcel Breuer. Morre em 1969 (Boston).
  20. 20. FIM Trabalho realizado por: Joana Coelho 12F Janeiro 2009 História da Cultura e das Artes Prof. Nuno Nabais

×