A Madame Pompadour
     A Odalisca
     A Toilette
   Leda e o cisne

                     História e Cultura das Artes:
 ...
François Boucher nasceu em
Paris no dia 29 de Setembro de
1703 e morre a 30 de Maio de 1770
foi um pintor francês, talvez ...
Cedo se revelou artista com
uma carreira promissora.
Lemoyne e Watteau foram as
suas primeiras influências
pictóricas.

  ...
A Madame Pompadour
                     A Madame de Pompadour era sinónimo de
                     exuberância, exagero, t...
Julga-se que a cara da Odalisca e o traseiro
pertencem à Madame de Pompadour... O
próprio Diderot acusou Boucher de estar ...
Nesta
A obra                                                                               pintura e
Odalisca,            ...
Boucher foi o pioneiro destes
quadros íntimos, com o tema sobre
mulheres ou meninas jovens no acto
de se vestirem ou despi...
É uma pintura refinada e
A mitologia conta que quando Leda      delicada. Foi reconhecida como
casou se atirou a um lago n...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Francois Boucher

4.498 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Élia Chainho

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Francois Boucher

  1. 1. A Madame Pompadour A Odalisca A Toilette Leda e o cisne História e Cultura das Artes: Élia Chainho nº 13 12ª f
  2. 2. François Boucher nasceu em Paris no dia 29 de Setembro de 1703 e morre a 30 de Maio de 1770 foi um pintor francês, talvez o maior artista decorativo do chamado “setecento europeu”. Embora tenha vivido num século dominado pelo Barroco, ia além desse estilo e identificava-se mais com o Rococó - estilo muitas vezes alvo de apreciações estéticas pejorativas. Foi seguramente um dos pintores que melhor soube interpretar o espírito do Rococó. É muito conhecido pelas suas pinturas idílicas, povoadas por personagens mitológicos e pastoris, geralmente em poses sensuais e quase desnudados; plenas de volume e carisma, essas que vulgarmente recorriam a temas mitológicos e evocavam a Antiguidade Clássica, posta em curso por Rubens.
  3. 3. Cedo se revelou artista com uma carreira promissora. Lemoyne e Watteau foram as suas primeiras influências pictóricas. Todos se impressionavam com a técnica e o estilo vigoroso e brilhante do pintor, três anos mais tarde, foi-lhe concedido o Prémio de Roma. Quatro anos após receber o prémio vai para a Itália, onde tomou contacto directo com o Classicismo. Celebrizou o retrato da real amante, a Madame de Pompadour, retrato notável hoje exposto na Antiga Pinacoteca de Munique, na Baviera.
  4. 4. A Madame Pompadour A Madame de Pompadour era sinónimo de exuberância, exagero, teatralidade, elegância, riqueza, ostentação e requinte, portanto, do estilo bem rococó. Esta era grande admiradora da arte de Boucher e, é nos retratos desta cortesã francesa onde o artista exibe mais notavelmente o seu verdadeiro estilo. Anunciou o seu estilo sensível e ao mesmo tempo bravo e farto de erotismo, que em nada contrasta com os retratos de odaliscas.
  5. 5. Julga-se que a cara da Odalisca e o traseiro pertencem à Madame de Pompadour... O próprio Diderot acusou Boucher de estar a prostituir a esposa.
  6. 6. Nesta A obra pintura e Odalisca, noutras feita em 1745, Boucher é óleo sobre mostra os tela e mede excessos 53 cm x 64 frívolos de cm meados do (altura/largu século XVIII, ra) e está no tornando-se Museu do um dos Louvre, em maiores Paris. expoentes do estilo rococó. A jovem nua deitada numa cama no meio de vários lençóis. A pose é provocante e a jovem está “a fazer olhinos” ao espectador.
  7. 7. Boucher foi o pioneiro destes quadros íntimos, com o tema sobre mulheres ou meninas jovens no acto de se vestirem ou despirem. Embora, não exactamente eróticos, estes quadros proporcionaram ao artista a oportunidade para pintar a carne e, consequentemente agradar os seus quot;protectoresquot; com quadros apropriados para seus quartos e toucadores. Os quadros retratavam os modos frívolos e esbanjadores da sociedade aristocrática. Era comum nesta época o quot;toilettequot; das senhoras durar três ou quatro horas.
  8. 8. É uma pintura refinada e A mitologia conta que quando Leda delicada. Foi reconhecida como casou se atirou a um lago nua, uma obra-prima. A história é quando lá estava foi vista por muito popular tanto no Júpiter. Sabendo que Leda era fiel renascimento como no barroco. ao esposo, ele transformou-se em Boucher apresentou o tema de cisne e seduziu-a. Meses depois, ela uma forma peculiar, acrescendo sente uma dor inesperada no ventre uma segunda personagem e desmaia. feminina. Quando acorda, vê dois ovos Em nenhum momento, partidos cobertos de sangue. como podemos observar, foi Num deles, Castor e Helena mencionada a presença de choravam ao primeiro contacto outra figura feminina no com a vida. No outro, Pólux e lago. De modo peculiar Clitemnestra espiavam o Boucher, insinua uma mundo em silêncio. Em cada pirmide sumptuosa, carnal e ovo, um filho de Zeus: Helena levemente erótica. e Pólux.

×