USER EXPERIENCE
Experiência do usuário, do inglês user experience, envolve os
sentimentos de uma pessoa em relação à utili...
Quando um aplicativo não é bem aceito pelos usuários geralmente os
responsáveis pelo projeto se perguntam: “Mas o que fize...
benefícios de uma boa experiência geram credibilidade e confiança para as
empresas “donas” destes aplicativos e fazem com ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

User experience

41 visualizações

Publicada em

User Experience

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
41
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

User experience

  1. 1. USER EXPERIENCE Experiência do usuário, do inglês user experience, envolve os sentimentos de uma pessoa em relação à utilização de um determinado produto, sistema ou serviço. A experiência do usuário destaca os aspectos afetivos, experienciais, significativos e valiosos de interação humano-computador e propriedade do produto. Além disso, inclui as percepções de uma pessoa dos aspectos práticos, tais como a utilidade, a facilidade de utilização e a eficácia do sistema. A experiência do usuário é de natureza subjetiva, pois é sobre a percepção e pensamento individual no que diz respeito ao sistema. User experience, se refere ao conjunto de sentimentos que uma pessoa tem ao se relacionar com um produto ou marca. Trazendo esse conceito para o mundo dos Apps, podemos imaginar a importância que esse tema tem, afinal quanto mais agradável, fácil e prazeroso for a interação do usuário com o app da sua empresa melhor será a percepção dele sobre a sua marca.
  2. 2. Quando um aplicativo não é bem aceito pelos usuários geralmente os responsáveis pelo projeto se perguntam: “Mas o que fizemos de errado?”. Os problemas podem ser vários, desde falhas no design, um botão que não funciona a até mesmo incompatibilidade do app com o sistema operacional no qual ele irá funcionar. Porém, estes problemas podem ser evitados ao se realizar uma tarefa importante antes de colocar o aplicativo online: A mensuração da experiência do usuário. Ou seja, é preciso entender quais as características comportamentais e tecnológicas dos usuários finais do app, todos objetivos do projeto e por fim organizar toda a informação presente no aplicativo de maneira simples e objetiva. Um exemplo da importância deste trabalho antes do lançamento de um aplicativo, é imaginar um aplicativo que será lançado para usuários com mais de 60 anos, com certeza deverá ser diferente – em termos de facilidade de uso – do que um aplicativo para uma pessoa mais jovem. Realizando os testes de Experiência do Usuário identificamos aquelas ações que poderão causar prejuízo ao sistema. A avaliação da experiência do usuário geralmente se baseia em três pontos: usabilidade, onde se verifica principalmente nomenclaturas, tamanhos de texto; performance, onde será realizado o teste de velocidade de carregamento das páginas e por fim a compatibilidade do aplicativo, ou seja, o estudo da adaptação do aplicativo para cada sistema operacional. Após o lançamento do aplicativo é também importante verificar a opinião do usuário – as principais lojas permitem que quem faz o download também dê uma pontuação ao app e deixe seu comentário. Apesar de ser uma ótima fonte de informação sobre os pontos de correção e melhoria da aplicação, quando o trabalho é focado na experiência do usuário desde a sua concepção, Estes comentários são convertidos em elogios e melhores qualificações do aplicativo, melhorando assim o seu destaque dentro das lojas. Não é permitido mais negligenciar a opinião e a experiência do usuário em qualquer sistema que se desenvolva, seja um site ou um aplicativo. Os
  3. 3. benefícios de uma boa experiência geram credibilidade e confiança para as empresas “donas” destes aplicativos e fazem com que o usuário se sinta a vontade para perceber que o app/empresa está ali para ajudá-lo a resolver aquele problema a que se propõe da melhor maneira possível. Quando o trabalho de user experience, está mal feito ou simplesmente não existe os resultados são exatamente ao contrário. Indignação, irritação, decepção e por ai vai… É preciso trabalhar com o conceito de user experience em todas as etapas do desenvolvimento das aplicações, desde a identificação do problema que a empresa está se propondo a resolver até o texto final de apresentação da aplicação no momento da sua publicação nas lojas de apps.

×