Uma Arquitetura para Agentes Negociadores Baseada em Teoria dos Jogos Gustavo Eliano de Paula Francisco Ramos Geber Lisboa...
Sumário <ul><li>Motivação </li></ul><ul><li>Comércio Eletrônico Convencional </li></ul><ul><li>Comércio Eletrônico Mediado...
Motivação <ul><li>Como incluir barganha em um processo de comércio eletrônico? </li></ul>Loja de CD’s Vendedor Você vende ...
Comércio Eletrônico Convencional <ul><li>E-commerce convencional segue a metáfora do supermercado </li></ul><ul><li>Não ex...
Comércio Eletrônico Convencional <ul><li>Os agentes podem ajudar a modificar esta metáfora? </li></ul><ul><li>Sim, especia...
Comércio Eletrônico Mediado por Agentes <ul><li>Agentes </li></ul><ul><ul><li>Representam as partes negociantes; </li></ul...
Comércio Eletrônico Mediado por Agentes <ul><li>Processo de Negociação  </li></ul><ul><ul><li>Bi-lateral; </li></ul></ul><...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Questões-chave na definição da arquitetura  </li></ul><ul><ul><li>Como definir o process...
Arquitetura de Negociação - Processo de Negociação -
Arquitetura de Negociação - Processo de Negociação - Proposta mínima Proposta máxima Fluxo Vend. Fluxo Comp. Intervalo de ...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Cada negociador é caracterizado por: </li></ul><ul><ul><li>Seu interesse (objetivo); </l...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional (Teoria dos Jogos) </li></ul><ul><ul><li>Possui uma função de payoff; </...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Função de  Payoff  -  </li></ul><ul><ul><li>Depende  </li></ul></ul><u...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Função de  Payoff  - </li></ul>- Negociadores e seus Interesses- Propo...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Conjunto de Jogadas -  </li></ul>- Negociadores e seus Interesses- Sai...
Arquitetura de Negociação <ul><li>Definem como o agente vai gerar propostas durante a negociação </li></ul><ul><li>Táticas...
Resultados <ul><li>Modelo teórico que garante um equilíbrio </li></ul><ul><li>Validação empírica </li></ul>
Trabalhos relacionados <ul><li>Cooperation among Intelligent Agent   (Rosenchein’85) </li></ul><ul><ul><li>Teoria dos jogo...
Conclusão <ul><li>A metáfora de agentes ajuda a resolver alguns problemas do e-commerce; </li></ul><ul><li>O processo de n...
Trabalhos Futuros <ul><li>Extensão da arquitetura de negociação para possibilitar sugestão de produtos alternativos; </li>...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Uma Arquitetura para Agentes Negociadores Baseada em Teoria dos Jogos

1.389 visualizações

Publicada em

old stuff from my master degree study. (in Portuguese)

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma Arquitetura para Agentes Negociadores Baseada em Teoria dos Jogos

  1. 1. Uma Arquitetura para Agentes Negociadores Baseada em Teoria dos Jogos Gustavo Eliano de Paula Francisco Ramos Geber Lisboa Ramalho gep@di.ufpe.br, fsr@npd.ufpe.br, glr@di.ufpe.br
  2. 2. Sumário <ul><li>Motivação </li></ul><ul><li>Comércio Eletrônico Convencional </li></ul><ul><li>Comércio Eletrônico Mediado por Agentes </li></ul><ul><li>Arquitetura de Negociação </li></ul><ul><li>Resultados </li></ul><ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Trabalhos Futuros </li></ul><ul><li>Referências </li></ul>
  3. 3. Motivação <ul><li>Como incluir barganha em um processo de comércio eletrônico? </li></ul>Loja de CD’s Vendedor Você vende o CD por 10 reais? Só se você comprar dois Tem o CD novo do Chico buarque? Tem, e custa 12 reais Comprador
  4. 4. Comércio Eletrônico Convencional <ul><li>E-commerce convencional segue a metáfora do supermercado </li></ul><ul><li>Não existe a figura do vendedor; </li></ul><ul><ul><li>Não ocorre nenhuma negociação; </li></ul></ul><ul><ul><li>O cliente não é ajudado no processo de escolha; </li></ul></ul>
  5. 5. Comércio Eletrônico Convencional <ul><li>Os agentes podem ajudar a modificar esta metáfora? </li></ul><ul><li>Sim, especialmente incluindo a figura do vendedor a também a do comprador. </li></ul><ul><li>Processo mais próximo da realidade </li></ul>
  6. 6. Comércio Eletrônico Mediado por Agentes <ul><li>Agentes </li></ul><ul><ul><li>Representam as partes negociantes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Constituem um sistema multi-agente (SMA) com interesse próprio; </li></ul></ul>
  7. 7. Comércio Eletrônico Mediado por Agentes <ul><li>Processo de Negociação </li></ul><ul><ul><li>Bi-lateral; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ocorre sobre vários parâmetros; </li></ul></ul><ul><ul><li>Possui estratégias de negociação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ocorre um múltiplos estágios; </li></ul></ul>Loja de CD’s Vendedor Preço, frete, quantidade, etc. E se eu comprar mais? Negociação Comprador
  8. 8. Arquitetura de Negociação <ul><li>Questões-chave na definição da arquitetura </li></ul><ul><ul><li>Como definir o processo de negociação? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como representar cada negociador e seus interesses? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como definir uma estratégia de negociação? </li></ul></ul>
  9. 9. Arquitetura de Negociação - Processo de Negociação -
  10. 10. Arquitetura de Negociação - Processo de Negociação - Proposta mínima Proposta máxima Fluxo Vend. Fluxo Comp. Intervalo de Acordo P_ini P_Max Comprador P_ini P_Max Vendedor
  11. 11. Arquitetura de Negociação <ul><li>Cada negociador é caracterizado por: </li></ul><ul><ul><li>Seu interesse (objetivo); </li></ul></ul><ul><ul><li>Um conjunto de possíveis ações; </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma função que mede o seu grau de satisfação; </li></ul></ul>- Negociadores e seus Interesses-
  12. 12. Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional (Teoria dos Jogos) </li></ul><ul><ul><li>Possui uma função de payoff; </li></ul></ul><ul><ul><li>Possui um conjunto fixo de jogadas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Escolhe a jogada com o objetivo de maximizar o seu payoff ; </li></ul></ul>- Negociadores e seus Interesses- 20, 10 18, 2 12, 5 5, 10 10, 2 11, 12 S1 S2 S1 S2 S3 Jogador I Jogador II
  13. 13. Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Função de Payoff - </li></ul><ul><ul><li>Depende </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>proposta do adversário; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>da proposta do agente; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>do tempo de negociação, </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Considera o custo da negociação </li></ul></ul><ul><ul><li>É usada como regra de decisão </li></ul></ul><ul><ul><li>Trata o fato das propostas estarem dentro ou fora do intervalo de acordo </li></ul></ul>- Negociadores e seus Interesses-
  14. 14. Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Função de Payoff - </li></ul>- Negociadores e seus Interesses- Propostas dentro da borda Propostas fora da borda
  15. 15. Arquitetura de Negociação <ul><li>Agente Racional - Conjunto de Jogadas - </li></ul>- Negociadores e seus Interesses- Sair Contra-Proposta Propostas fora da borda Sair Contra-Proposta Aceitar Propostas dentro da borda
  16. 16. Arquitetura de Negociação <ul><li>Definem como o agente vai gerar propostas durante a negociação </li></ul><ul><li>Táticas de geração de propostas: </li></ul><ul><ul><li>Dependentes do tempo </li></ul></ul><ul><ul><li>Dependentes de recurso </li></ul></ul><ul><ul><li>Dependentes do comportamento </li></ul></ul><ul><li>A combinação das táticas definem a estratégia de negociação ; </li></ul>- Estratégias de Negociação -
  17. 17. Resultados <ul><li>Modelo teórico que garante um equilíbrio </li></ul><ul><li>Validação empírica </li></ul>
  18. 18. Trabalhos relacionados <ul><li>Cooperation among Intelligent Agent (Rosenchein’85) </li></ul><ul><ul><li>Teoria dos jogos </li></ul></ul><ul><li>Labor Negotiation ( Sycara’88) </li></ul><ul><ul><li>CBR + Teoria da Utilidade </li></ul></ul><ul><li>Kasbah Market Place (Maes’96) </li></ul><ul><ul><li>Teoria da utilidade </li></ul></ul><ul><li>Business Process Management (Jennings’98) </li></ul><ul><ul><li>Teoria da utilidade </li></ul></ul><ul><li>e-Commerce Auction Server ( Sandholm’99 ) </li></ul><ul><ul><li>Teoria dos jogos </li></ul></ul>
  19. 19. Conclusão <ul><li>A metáfora de agentes ajuda a resolver alguns problemas do e-commerce; </li></ul><ul><li>O processo de negociação é característico de qualquer SMA com interesse próprio; </li></ul><ul><li>Teoria dos jogos pode facilita a modelagem e implementação de SMA’s </li></ul>
  20. 20. Trabalhos Futuros <ul><li>Extensão da arquitetura de negociação para possibilitar sugestão de produtos alternativos; </li></ul><ul><li>Implementação de um servidor de comércio eletrônico com negociação (SCEN); </li></ul><ul><li>Implementação de uma plataforma de testes sobre o SCEN; </li></ul><ul><ul><li>Definição de critérios e experimentos </li></ul></ul>

×