O que sabemos sobre virais.

1.572 visualizações

Publicada em

Um pouco do que já se pode concluir a respeito de virais e porque eles dão certo.

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
124
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que sabemos sobre virais.

  1. 1. O que sabemos sobre virais Guga Mafra Dezembro/2007
  2. 2. Introdução <ul><li>O objetivo dessa apresentação é mostrar um pouco do que já se pode concluir sobre virais. </li></ul><ul><li>Reuni alguns dos cases mais conhecidos dos últimos tempos e os agrupei de acordo com as características, apontando alguns das possíveis causas de sucesso. </li></ul>
  3. 3. O que faz de uma ação uma ação viral? <ul><li>Benefício </li></ul><ul><li>o usuário espalha a ação em troca de algo. Pode ser algo tangível (descontos, prêmios, sorteios) ou intangível (coolness - enviar algo interessante torna a pessoa interessante). </li></ul><ul><li>Simplicidade </li></ul><ul><li>Ter que ensinar um amigo a usar algo - ou atrapalhar o dia dele fazendo-o aprender - diminui as chances do usuário enviar a ação para alguém. </li></ul><ul><li>Honestidade </li></ul><ul><li>O usuário não se importa de repassar publicidade. (Exemplo: Filme Coca-Cola/GTA) </li></ul><ul><li>Mas pode tem medo de se sentir &quot;usado&quot; ao repassar publicidade velada. </li></ul>
  4. 4. O que faz de uma ação uma ação viral? (continuação) <ul><li>Blogs </li></ul><ul><li>São fatores potencializadores de propagação. </li></ul><ul><li>Blogs populares atingem um maior número de pessoas. No entanto uma menor porcentagem delas repassam a ação. E a onda de &quot;repasses&quot; é menor. (Ex: kibeloco) </li></ul><ul><li>Blogs mais focados, com público cativo são mais eficientes, a onda é maior, mas atingem um número menor de pessoas. (Ex: Interney). </li></ul><ul><li>Existem blogs que comercializam &quot;testemunhais&quot; - que podem obter bons resultados - mas possuem menor credibilidade e público menos engajado. </li></ul><ul><li>É possível também aparecer em blogs através de campanhas de links patrocinados. </li></ul><ul><li>Redes Sociais </li></ul><ul><li>São potencializadoras principalmente quando a ação provoca indentificação e associação com o usuário. (Ex: Os Simpsons, O Filme) </li></ul>
  5. 5. O que faz de uma ação viral um sucesso? <ul><li>Interesse </li></ul><ul><li>Um viral precisa ser interessante. Essa é a única característica comum a todos os virais e que pode ser tomada como regra. Se o conteúdo não for interessante, não há usuário que passe adiante. </li></ul><ul><li>Humor </li></ul><ul><li>Junto com sexo, é o conteúdo que mais circula na internet. Existem e-mails de piada que ainda circulam há mais de 10 anos. </li></ul><ul><ul><li>Tapa na Pantera </li></ul></ul><ul><ul><li>Universidade Cantareira </li></ul></ul><ul><ul><li>Chuck Norris Facts </li></ul></ul><ul><li>Quebra de privacidade </li></ul><ul><li>Pode ser intencional ou não, de celebridades ou não. É comumente associada à sexo, mas não se resume a isso. </li></ul><ul><ul><li>Bruna Surfistinha </li></ul></ul><ul><ul><li>Star Wars Kid </li></ul></ul><ul><ul><li>Lonely Girl 15 </li></ul></ul><ul><ul><li>Festa FGV </li></ul></ul>
  6. 6. O que faz de uma ação viral um sucesso? (continuação) <ul><li>Matriz A, Matriz B </li></ul><ul><li>Demonstra um longo raciocínio lógico, passo a passo. De repente, esse raciocínio é interrompido por uma &quot;grande verdade&quot;, que estava exposta o tempo todo, mas não era perceptível. </li></ul><ul><ul><li>Dove </li></ul></ul><ul><li>Personalização </li></ul><ul><li>Permite que o usuário customize a peça, colocando seu nome, seu rosto, sua visão ou interagindo a sua maneira. </li></ul><ul><ul><li>Simpsonize me </li></ul></ul><ul><ul><li>Western Whoppers (Burger King) </li></ul></ul><ul><ul><li>Subservient Chicken </li></ul></ul><ul><li>Games </li></ul><ul><li>Geralmente os mais simples, divertidos e inusitados. Podem ser politicamente incorretos ou engajados. </li></ul><ul><ul><li>Yetisports (penguin baseball) </li></ul></ul><ul><ul><li>McDonald's game </li></ul></ul>
  7. 7. O que faz de uma ação viral um sucesso? (continuação) <ul><li>Espontaneidade </li></ul><ul><li>A maioria dos virais são feitos sem o objetivo de serem virais. Assim o usuário tem a sensação de ter &quot;descoberto&quot; algo novo, inusitado, que só ele sabe. O que potencializa muito a vontade e a urgência de repassar. Quando um viral é claramente um viral, o usuário sabe que seus amigos vão acabar sabendo e pode não se precoupar em passar adiante. </li></ul><ul><ul><li>Sanduíche-iche </li></ul></ul><ul><li>Fatos dúbios </li></ul><ul><li>É o princípio da lenda urbana. É uma história muito legal de se contar e também muito legal de se contestar. </li></ul><ul><ul><li>Tourist Guy </li></ul></ul><ul><ul><li>Zeitgeist Movie </li></ul></ul><ul><ul><li>Diet Coke e Mentos </li></ul></ul>
  8. 8. O que faz de uma ação viral um problema? <ul><li>Existem virais que funcionam bem, mas não causam o buzz desejado. Outros, nem isso. Mesmo quando fazem tudo certo. Isso acontece porque por mais que o público goste do conteúdo, ele simplesmente não passa adiante. É um risco inerente à estratégia ousada. </li></ul><ul><li>Mas um viral passa a ser mesmo um problema quando ele depõe contra a marca. Um exemplo recente: </li></ul><ul><li>Citroën Pallas </li></ul><ul><ul><li>A marca conseguiu a publicação em espaços editoriais de grandes portais e veículos, dizendo que um meteoro chamado Pallas se chocaria com a Terra. </li></ul></ul><ul><ul><li>No momento em que os veículos descobriram do que se tratava, muitos retiraram a notícia do ar, substituindo-a por duras críticas a Citroën pela estratégia usando notícias falsas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Não se falou nada do produto e se falou muito mal da marca. </li></ul></ul>
  9. 9. Não transforme esse PPT num spam! :-)

×