HENRIQUE ANTONIO GARCIA DACHEUX
JOB DE OLIVEIRA DIAS
LUIZ EDUARDO SOUZA DE BRITO
SÉRGIO SILVA DE OLIVEIRA
ADEQUAÇÃO DO LAY...
HENRIQUE ANTONIO GARCIA DACHEUX
JOB DE OLIVEIRA DIAS
LUIZ EDUARDO DE BRITO
SÉRGIO SILVA DE OLIVEIRA
ADEQUAÇÃO DO LAYOUT E ...
Curso: Graduação Tecnológica em Logística
Ano: 2012 Semestre: 2º Módulo: II Turno: Noite
Nome do aluno(s): Henrique Antoni...
AGRADECIMENTOS
Agradecemos a todos aqueles que, direta ou indiretamente, colaboraram para
a conclusão deste trabalho.
Em p...
LISTA DE ILUSTRAÇÕES
Figura 1 Sala de armazenagem de equipamentos eletrônicos..................................11
Figura 2...
LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS
CET- RIO Companhia de Engenharia de Tráfego.
COR Centro de Operações Rio
DAI Sistema de Det...
RESUMO
Projeto do Consórcio Riotrans, localizada no bairro do Estácio no Rio de
Janeiro, atua há três anos como prestadora...
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO ........................................................................................................
8
1 INTRODUÇÃO
A necessidade de colocar os produtos certos, na hora certa e ao alcance do
mercado consumidor, faz da armaz...
9
1.1 Breve resumo da empresa
O Consórcio Riotrans é uma empresa de tecnologia de tráfego que atua no
sistema de monitoram...
10
1.2 O problema
Má distribuição de espaço dos equipamentos eletrônicos estocados na
empresa, resultando na falta de cont...
11
Figura 1 Sala de armazenagem de equipamentos eletrônicos.
Fonte: AUTORES (2012).
12
Para melhor entendimento, seguem as fotos de alguns dos equipamentos
armazenados na empresa. figura 2.
Figura 2 Equipam...
13
1.4 Objetivos
1.4.1 Objetivo geral
Reestruturar o layout do sistema de armazenagem do Consórcio Riotrans.
1.4.2 Objetiv...
14
2 DESENVOLVIMENTO
2.1 Fase de obras
O passo inicial será a transferência de todos os equipamentos para uma sala
do sext...
15
Figura 4 Layout da área de expansão em azul.
Fonte: AUTORES (2012).
Em nossa ampliação, as paredes de entrada serão de ...
16
Os materiais usados na blindagem foram testados pelo Exército Brasileiro
para armas de curto alcance: (38 Speccial - Co...
17
Figura 5 Novo layout com as novas divisórias (amarelo) e paredes em alvenaria (marrom).
Fonte: AUTORES (2012).
Parede d...
18
Após a construção da parede de alvenaria de contenção, teremos a
instalação da janela e porta blindadas conforme figura...
19
Sensor de presença.
Custo do equipamento: Sensor de presença infravermelho movimentos Ecp
Ivp Plus, R$ 34,90 (trinta e ...
20
Câmera Digital Day Night Sensor 1/3 com 470 linhas de TV de resolução, o
que proporciona uma excelente qualidade de ima...
21
Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das
Leis do Trabalho - CLT. Neste contexto, ...
22
2.4 Análises dos equipamentos de armazenagem adequados
Estante metal point, da empresa Mecalux, atende com qualidade e ...
23
Figura 11 Visualização 3D do novo layout.
Fonte: AUTORES (2012).
24
2.6 Finalização do projeto
Conforme foi exemplificado com as mudanças, teremos um setor de
armazenagem adequado e de ac...
25
Tabela 2 Tabela geral de custos.
Fonte: AUTORES (2012).
26
3 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Neste projeto foi avaliado a reestruturação do layout do Consórcio Riotrans.
Na sala do sétimo a...
27
REFERENCIAS
ALARTEC ecommerce. Disponível em:
<http://www.alartec.com.br/ecommerce_site/produto_15630_5143_Stand-Alone-...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ADEQUAÇÃO DO LAYOUT E PLANEJAMENTO DE ARMAZENAGEM DE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

2.421 visualizações

Publicada em

Projeto do Consórcio Riotrans, localizada no bairro do Estácio no Rio de Janeiro, atua há três anos como prestadora de serviço de fiscalização eletrônica de trânsito para a Prefeitura do Rio de Janeiro, CET-RIO - Companhia de Engenharia de transito e DER-RJ - Departamento de Estradas e Rodagem do Rio de Janeiro.
O consórcio possui problema com falta de espaço físico para armazenagem dos equipamentos eletrônicos. Após visita técnica no local, o grupo percebeu que algumas mudanças poderiam ser implementadas para a melhoria do controle de entrada e saída, segurança dos equipamentos eletrônicos, bem como uma melhoria bastante significativa no que tange a ergonomia funcional. O custo total do projeto foi orçado em R$23.069,91 (vinte e três mil e sessenta e nove reais e noventa e um centavos) e o prazo de execução de três meses.
Palavras-chave: Armazenagem. Estudo de layout. Segurança. Ergonomia.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ADEQUAÇÃO DO LAYOUT E PLANEJAMENTO DE ARMAZENAGEM DE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

  1. 1. HENRIQUE ANTONIO GARCIA DACHEUX JOB DE OLIVEIRA DIAS LUIZ EDUARDO SOUZA DE BRITO SÉRGIO SILVA DE OLIVEIRA ADEQUAÇÃO DO LAYOUT E PLANEJAMENTO DE ARMAZENAGEM DE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS RIO DE JANEIRO 2012
  2. 2. HENRIQUE ANTONIO GARCIA DACHEUX JOB DE OLIVEIRA DIAS LUIZ EDUARDO DE BRITO SÉRGIO SILVA DE OLIVEIRA ADEQUAÇÃO DO LAYOUT E PLANEJAMENTO DE ARMAZENAGEM DE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS Trabalho de conclusão da Ação Educativa de Projeto Integrador (2º período) do Curso de Graduação Tecnológica em Logística, da Faculdade Senac Rio. Docente orientador: Rodrigo Ventura RIO DE JANEIRO 2012
  3. 3. Curso: Graduação Tecnológica em Logística Ano: 2012 Semestre: 2º Módulo: II Turno: Noite Nome do aluno(s): Henrique Antonio Garcia Dacheux, Job de Oliveira Dias, Luiz Eduardo de Brito, Sérgio Silva de Oliveira. Título: Adequação do layout e planejamento de armazenagem de equipamentos eletrônicos. Nome do docente orientador: Rodrigo Ventura Conceito:_________ Recomendações: ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ Rio de Janeiro, ____ de _______________ de 2012. _______________________________ Orientador _______________________________ Docente _______________________________ Docente
  4. 4. AGRADECIMENTOS Agradecemos a todos aqueles que, direta ou indiretamente, colaboraram para a conclusão deste trabalho. Em primeiro lugar, a Deus e obrigado as nossas famílias, especialmente aos nossos pais, por terem nos proporcionado a educação e a base familiar necessária para que nós pudéssemos chegar até aqui. Ao professor Rodrigo Ventura pela valiosa orientação na condução deste trabalho.
  5. 5. LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 Sala de armazenagem de equipamentos eletrônicos..................................11 Figura 2 Equipamentos eletrônicos em estoque. .....................................................12 Figura 3 – Layout das divisórias de dry all a retirar..................................................14 Figura 4 Layout da área de expansão em azul. ........................................................15 Figura 5 Novo layout com as novas divisórias (amarelo) e paredes em alvenaria (marrom)....................................................................................................................17 Figura 6 Vista da porta e janela blindadas. ...............................................................18 Figura 7 Sensor de movimento interno. ...................................................................19 Figura 8 Equipamentos de gravação digital – Stand Alone......................................19 Figura 9 Câmera Digital..............................................................................................20 Figura 10 Estante metal point....................................................................................22 Figura 11 Visualização do novo layout.......................................................................23 Tabela 1 Cronograma do projeto...............................................................................24 Tabela 2 Tabela geral de custos................................................................................25
  6. 6. LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS CET- RIO Companhia de Engenharia de Tráfego. COR Centro de Operações Rio DAI Sistema de Detecção Automática de Incidentes SEFR Sinalização Eletrônica de Faixas Reversíveis DER Departamento de Estradas e Rodagem
  7. 7. RESUMO Projeto do Consórcio Riotrans, localizada no bairro do Estácio no Rio de Janeiro, atua há três anos como prestadora de serviço de fiscalização eletrônica de trânsito para a Prefeitura do Rio de Janeiro, CET-RIO - Companhia de Engenharia de transito e DER-RJ - Departamento de Estradas e Rodagem do Rio de Janeiro. O consórcio possui problema com falta de espaço físico para armazenagem dos equipamentos eletrônicos. Após visita técnica no local, o grupo percebeu que algumas mudanças poderiam ser implementadas para a melhoria do controle de entrada e saída, segurança dos equipamentos eletrônicos, bem como uma melhoria bastante significativa no que tange a ergonomia funcional. O custo total do projeto foi orçado em R$23.069,91 (vinte e três mil e sessenta e nove reais e noventa e um centavos) e o prazo de execução de três meses. Palavras-chave: Armazenagem. Estudo de layout. Segurança. Ergonomia.
  8. 8. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO .........................................................................................................8 1.1 Breve resumo da empresa ....................................................................................9 1.2 O problema..........................................................................................................10 1.3 Hipótese ..............................................................................................................10 1.4 Objetivos .............................................................................................................13 1.4.1 Objetivo geral ...................................................................................................13 1.4.2 Objetivos específicos........................................................................................13 2 DESENVOLVIMENTO ...........................................................................................14 2.1 Fase de obras. ....................................................................................................14 2.2 Desenvolvimento do sistema de segurança........................................................18 2.3 Análise da ergonomia..........................................................................................20 2.4 Análises dos equipamentos de armazenagem adequados .................................22 2.5 Adequaçõesdo layout com equipamentos...........................................................22 2.6 Finalização do projeto .........................................................................................24 3 CONSIDERAÇÕES FINAIS...................................................................................25 REFERENCIAS ....................................................................................................27
  9. 9. 8 1 INTRODUÇÃO A necessidade de colocar os produtos certos, na hora certa e ao alcance do mercado consumidor, faz da armazenagem um elo importante na cadeia de distribuição e suprimentos, desde a compra da matéria prima até o consumidor final. Para BALLOU (2006, p. 375), “a armazenagem é utilizada para dar valor ao produto. Ou seja, ao armazenar um produto perto dos clientes, o tempo de entrega é em geral reduzido e facilita a disponibilidade.”. Conforme MOURA (2005, p. 21), “armazenar é uma função da logística que envolve o tratamento dos materiais entre o tempo de produção e a sua venda ao consumidor final.”. Atualmente as empresas estão muito equiparadas em relação ao aspecto tecnológico, sendo a logística um dos principais diferenciais para a sobrevivência e o desenvolvimento das empresas no mercado, ajustando e utilizando a metodologia de FMEA, para identificação e correção de falhas, identificar as falhas, efeitos, causa e propor melhorias no processo, recebimento, estocagem e expedição. Com o avanço das novas tecnologias de movimentação, os armazéns estão sendo reestruturados e remodelados, objetivando atender de forma mais eficiente às novas necessidades do mercado, procurando a sua melhor acomodação as reivindicações de uma economia globalizada. Logística é muito mais do que visão de depósito, palete, caminhão, etc., ela se preocupa com a qualidade, custos, prazos e ciclos dos serviços prestados no atendimento a clientes. Novas tecnologias de gestão, reengenharia, qualidade, planejamento estratégico equilibrado, tecnologia da informação e merchandising ocasionam impactos sobre a configuração das organizações por melhorias de qualidade e competitividade. Desta forma será sugerido adequar o espaço físico do depósito de equipamentos eletrônicos para melhorar seu fluxo de entrada, estocagem e saída, objetivando o melhor custo beneficio para atender o cliente.
  10. 10. 9 1.1 Breve resumo da empresa O Consórcio Riotrans é uma empresa de tecnologia de tráfego que atua no sistema de monitoramento de vias na cidade do Rio de Janeiro, tendo como principal finalidade a prestação de serviços de engenharia voltados à segurança viária, que visa à redução de velocidade, monitoramento e gestão das informações de tráfego. A empresa realiza seus serviços através de equipamentos fixos de controle de velocidade, de detecção automática de incidentes, monitoramento do fluxo dos veículos em certos trechos e outros dispositivos em vias da cidade do Rio de Janeiro, conforme projeto aprovado pela Companhia de Engenharia de Tráfego, doravante CET-RIO. Atualmente são 99 pontos a serem monitorados e todas as informações sobre situação do trânsito são repassado através de um link diretamente ao COR - Centro de Operações Rio, órgão pertencente à Prefeitura do Rio, que visa manter nossa população informada com as condições de trânsito em tempo real. Para aumentar a capacidade viária melhorando o escoamento do fluxo de tráfego, utiliza-se o sistema SEFR - Sinalização Eletrônica de Faixas Reversíveis. Essas medidas de engenharia são implantadas em alguns trechos da cidade, em horários específicos, normalmente quando a demanda de fluxo é mais intensa em um determinado sentido. O DAI - Sistema de Detecção Automática de Incidentes monitora o fluxo dos veículos em certos trechos e alerta a central para possíveis acidentes.
  11. 11. 10 1.2 O problema Má distribuição de espaço dos equipamentos eletrônicos estocados na empresa, resultando na falta de controle dos mesmos e aumento nos custos. 1.3 Hipótese Com a adaptabilidade do layout deste setor, haverá um ganho em eficiência logística melhorando inclusive a ergometria do colaborador obtendo assim ganhos de qualidade operacional e maior nível de controle sobre os materiais. O grupo apresentará sugestões para o Consórcio Riotrans, como ampliação de seu espaço de armazenagem, pois a mesma aluga algumas salas em um prédio comercial e está utilizando o mesmo como área administrativa e depósito, sendo que o armazenamento é feito em uma sala do sétimo andar. A sugestão é a possibilidade de ampliação, utilizando toda a sala para o setor de armazenagem. Toda a fase de projeto foi modelada pelos autores com o software Sweet Home 3D, que faz modelagem 3D. Assim, são previstos: Nova área: Será utilizada toda a sala do sétimo andar, sendo este adequado e planejado para abrigar os equipamentos, porta e vidro blindado e sistema de CFTV, representando uma importante mudança nas instalações que atualmente não abrigam adequadamente seus equipamentos. Na figura 1, é possível observar a falta de espaço para a guarda de equipamentos, gerando desta maneira um resultado insatisfatório tanto em eficiência de estoque, como para a saúde do colaborador, pois o mesmo faz vários esforços para conseguir guardar adequadamente os equipamentos.
  12. 12. 11 Figura 1 Sala de armazenagem de equipamentos eletrônicos. Fonte: AUTORES (2012).
  13. 13. 12 Para melhor entendimento, seguem as fotos de alguns dos equipamentos armazenados na empresa. figura 2. Figura 2 Equipamentos eletrônicos em estoque. Fonte: AUTORES (16/08/12).
  14. 14. 13 1.4 Objetivos 1.4.1 Objetivo geral Reestruturar o layout do sistema de armazenagem do Consórcio Riotrans. 1.4.2 Objetivos específicos  Analisar o layout atual e propor melhorias;  Levantar e sugerir os melhores equipamentos utilizados em armazenagem;  Levantar e analisar os custos associados à reforma, compra e reposicionamento dos equipamentos de armazenagem.
  15. 15. 14 2 DESENVOLVIMENTO 2.1 Fase de obras O passo inicial será a transferência de todos os equipamentos para uma sala do sexto andar até a conclusão da obra para guardar os equipamentos como depósito temporário. No novo layout, está prevista a retirada de divisórias em Dry-all, apontadas em vermelho na figura 3 e a área de expansão em azul conforme figura 4. Figura 3 – Layout das divisórias de dry all a retirar. Fonte: AUTORES (2012). 5m 3m
  16. 16. 15 Figura 4 Layout da área de expansão em azul. Fonte: AUTORES (2012). Em nossa ampliação, as paredes de entrada serão de concreto com a colocação de porta de 60 mm x 900 mm x 2100 mm e janela de 40 mm x 1500 mm de altura x 1500 mm de largura. O gasto para o piso de 70m², já com a alvenaria das paredes para instalação das medidas de segurança e mão de obra, a qual será realizada pelo próprio pessoal da empresa. Serão necessários 08 sacos de cimento a R$ 18,00 (dezoito reais) cada, total de R$ 144,00 (cento e quarenta e quatro reais), serão 40 sacos de areia a R$ 1,00 (um real) cada, no total de R$ 40,00 (quarenta reais), subtotal de R$ 184,00 (cento e oitenta e quatro reais). A porta de aço blindada de medida 60 mm x 900 mm x 2100 mm, equipada com blindagem anti-arrombamento e proteção balística, modelo TR 19, como valor da porta e a instalação de R$ 5.940,00 (cinco mil novecentos e quarenta reais). Características técnicas da porta de aço: Dupla camada de chapas em aço com reforço estrutural, fechadura anti- manipulação com 19 pontos de travamento, cilindro euro perfil Keso com 05 chaves, escudo protetor de cilindro, dobradiças reguláveis, visor de amplo alcance, batentes em aço carbono.
  17. 17. 16 Os materiais usados na blindagem foram testados pelo Exército Brasileiro para armas de curto alcance: (38 Speccial - Colt 45 Auto – pistola 40 - pistola 9mm - Magnum 44 – escopeta 12 Bore). E possui vidro de 42 mm blindado por 1500 mm por 1500 mm, comprado na empresa - Nova Tendência Blindagem Arquitetônica. Preço de R$ 3.870,00 (três mil oitocentos e setenta reais) Especificações Técnicas: Conforme Norma NIJ Standard 0108.01 e Norma NBR 15.000/2005 ABNT, nível IIIA suporta até os calibres 22, 38, Pistola 9 mm, .357 Magnum e Submetralhadora. Com a nova distribuição das divisórias em dry-all, em amarelo e construção da parede de segurança ganharemos espaço. Conforme figura 5.
  18. 18. 17 Figura 5 Novo layout com as novas divisórias (amarelo) e paredes em alvenaria (marrom). Fonte: AUTORES (2012). Parede do prédio Divisórias de dry all, amarela. Parede de alvenaria de contenção Imagem ampliada abaixo
  19. 19. 18 Após a construção da parede de alvenaria de contenção, teremos a instalação da janela e porta blindadas conforme figura 6. Figura 6 Vista da porta e janela blindadas. Fonte: AUTORES (2012). 2.2 Desenvolvimento do sistema de segurança Os sensores de movimento infravermelho fornecem um dos maiores índices de segurança e um excelente custo. São equipamentos eficazes para proteger espaços abertos na residência ou na empresa. Estes dispositivos, como outros podem ser com ou sem fio e projetam um feixe invisível de luz infravermelha que detecta o movimento dentro da área de uma cobertura de 30 metros quadrados.
  20. 20. 19 Sensor de presença. Custo do equipamento: Sensor de presença infravermelho movimentos Ecp Ivp Plus, R$ 34,90 (trinta e quatro reais e noventa centavos). Comprado no site connectparts.com. br. Três equipamentos instalados. Figuras 7. Figura 7 Sensor de movimento interno. Fonte: CONNECTPARTS (2012). Os DVRs (tipo Stand Alone) são equipamentos de gravação digital que efetuam a gravação em um HD e não necessitam de um computador. Podem ser feitos o controle e visualização remotamente, através de uma conexão de internet. Custo do equipamento: Stand Alone DVRs de oito Canais real time 240x 240 FPS 8408 AVL R$436,91(quatrocentos e trinta e seis reais e noventa e um centavos), comprado no site alartec.com. br/ ecommerce. Figura 8 Equipamentos de gravação digital – Stand Alone. Fonte: ALERTEC (2012).
  21. 21. 20 Câmera Digital Day Night Sensor 1/3 com 470 linhas de TV de resolução, o que proporciona uma excelente qualidade de imagem, podendo visualizar um objeto em escuridão total a uma distância de até 40 metros com seu infravermelho. Com essa câmera você poderá fazer o monitoramento de sua residência ou empresa durante o dia e a noite, pois com seu exclusivo sensor de fotocélula no horário noturno ou quando não houver iluminação a câmera ativa seu canhão de infravermelho, tendo assim capacidade para visualizar qualquer objeto ou pessoa em escuridão total. Dispositivo de captação “de imagem: Sensor 1/3”, Ângulo de visão: 15º / 45º, Alcance: 20 a 30 metros. Valor R$119,90 (cento e dezenove reais e noventa centavos) cada. Figura 9 Câmera Digital Fonte: Digital Eletronicos (2012). 2.3 Análise da ergonomia Identificamos que a empresa não possui um plano de Gestão de pessoal de conforto, segurança e desempenho eficiente. Desta forma e atendendo a uma das Normas Regulamentadoras (NR – 17) relativa à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem como pelos órgãos dos Poderes
  22. 22. 21 Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT. Neste contexto, cabe ressaltar: NORMA REGULAMENTADORA NR-17 ERGONOMIA 17.1.1. As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e às condições ambientais do posto de trabalho e à própria organização do trabalho. 17.3.2. Para trabalho manual sentado ou que tenha de ser feito em pé, as bancadas, mesas, escrivaninhas e os painéis devem proporcionar ao trabalhador condições de boa postura, visualização e operação e devem atender aos seguintes requisitos mínimos: a) ter altura e características da superfície de trabalho compatíveis com o tipo de atividade, com a distância requerida dos olhos ao campo de trabalho e com a altura do assento; b) ter área de trabalho de fácil alcance e visualização pelo trabalhador; c) ter características dimensionais que possibilitem posicionamento e movimentação adequados dos segmentos corporais. 17.5.3. Em todos os locais de trabalho deve haver iluminação adequada, natural ou artificial, geral ou suplementar, apropriada à natureza da atividade. Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego.
  23. 23. 22 2.4 Análises dos equipamentos de armazenagem adequados Estante metal point, da empresa Mecalux, atende com qualidade e preço. O equipamento pode ser ajustado com vários tipos de configurações. Sugerimos a largura de 2.450 mm, por 2.438 mm de altura, tendo 773 mm de profundidade. Este tipo de estante atende também a norma regulamentadora NR-17. Pode-se observar o layout do equipamento nesta figura 10. Figura 10 Estante metal point. Foto: MECALUX (2012). 2.5 Adequações do layout com equipamentos No layout atual, foi analisada a inserção de novos equipamentos, demonstrando que com planejamento, consegue-se ajustar quase todos os possíveis entraves que surgem neste trabalho. Conforme demonstrado pela figura 11.
  24. 24. 23 Figura 11 Visualização 3D do novo layout. Fonte: AUTORES (2012).
  25. 25. 24 2.6 Finalização do projeto Conforme foi exemplificado com as mudanças, teremos um setor de armazenagem adequado e de acordo com as normas técnicas vigentes. Todos os equipamentos foram definidos segundo critérios de ergonomia e de indicadores de gestão em logística que nos forneceram embasamento para determinar qual modelo deveria ser utilizado. Nesta etapa foram levantados e comparados todos os custos e lead times de projeto: orçado x real e identificado e analisado as discrepâncias devidas. Tabelas 1 e 2. Tabela 1 Cronograma do projeto. Fonte: AUTORES (2012).
  26. 26. 25 Tabela 2 Tabela geral de custos. Fonte: AUTORES (2012).
  27. 27. 26 3 CONSIDERAÇÕES FINAIS Neste projeto foi avaliado a reestruturação do layout do Consórcio Riotrans. Na sala do sétimo andar, foi prevista a mudança da estrutura interna e aquisição das novas paredes de dry-wall ampliando o espaço para atender às necessidades da empresa. Com esta medida espera-se melhorar todo o serviço de armazenagem modernizando o processo e agregando segurança no controle de entrada e saída. Todos os custos referentes às mudanças sugeridas indicam a melhor escolha, a partir de orçamentos realizados pelos componentes do grupo com as empresas, Nova Tendência Blindagem Arquitetônica, vidro blindado, Connectparts.com. br / ecommerce, sensor de movimento, Alartec.com.br/ ecommerce, equipamento de gravação - DVRs, Digital eletrônicos / ecommerce, Câmera Digital, empresa Mecalux, estantes. Este estudo foi realizado levando-se em consideração que o espaço é alugado e não seria possível mexer na estrutura do local, respeitando o contrato de locação, e se for necessária a remoção dos equipamentos haverá maior facilidade em montagem e desmontagem, reduzindo os custos da empresa. O custo total do projeto foi de R$23.069,91(vinte e três mil e sessenta e nove reais e noventa e um centavos) com a conclusão do mesmo previsto para três meses, conforme o cronograma. Chegou-se então a conclusão que este projeto é o mais adequado para atender em custo x benefício, o setor de armazenagem do Consórcio Riotrans.
  28. 28. 27 REFERENCIAS ALARTEC ecommerce. Disponível em: <http://www.alartec.com.br/ecommerce_site/produto_15630_5143_Stand-Alone-Dvr- 8-Canais-realtime-240x-240-FPS-Acesso-internet-H264-Alartec-cod-8408-AVL>. Acesso em: 22 set. 2012. BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos / logística empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2006. BLINDACO. Produtos Blindados e Fábrica de Blindagem Arquitetônica. Disponível em: <http://www.blindaco.com.br/galeria_fotos/esquadrias_blindadas/flashgallery.html>. Acesso em: 27 set. 2012. BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Disponível em: <http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BE914E6012BEFBAD7064803/nr_17.p df>. Acesso em: 31 ago. 2012. CONNECT Parts. Disponível em: <http://www.connectparts.com.br/Sensor- Infravermelho-Passivo-Visory- Plus29257/p?adtype=pla&gclid=CObWksejyrICFQsGnQodJDYA4Q>. Acesso em: 22 set. 2012. DIGITAL eletrônicos. Disponível em: <http://loja.digitaleletronicos.com.br/loja/produto-71094-1437- camera_infravermelho_20_a_40_mts_sensor_1_3_470l_ir15>. Acesso em: 22 set. 2012. MECALUX Soluções de Armazenagem. Disponível em: <http://www.mecalux.pt/estantes-picking/estantes-sem-parafusos-metal-point>. Acesso em: 22 set. 2012. MOURA, Reinaldo A.Materiais, sistemas e técnicas. São Paulo: Imam, 2005. UNIVERSIDADE Estadual de Goiás. Disponível em: <http://www.santahelena.ueg.br/posgraduacao/mba/2007/download/operacoesmanuf aturasservicos/2008-10-02-apostila-operacoes-05-mater-dt-serra.pdf>. Acesso em: 29 ago. 2012.

×