DETHOX
WORKSHOP DE FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM VIVA DO EXTRAMUROS ESCOLA DE PROJETOS
“Todo bloco de pedra contém
uma escultura no seu interior.
O trabalho do artista é
descobri-la”.
Michelangelo
FATO: TODA D...
DETHOX
Ferramenta de gestão de projetos que
parte de uma hipótese (problema) e que
promove o descobrir, idear, prototipar ...
O QUE É APRENDIZADO INVESTIGATIVO?
OBSERVAR
DESCOBRIR IDEAR
PROTOTIPAR
EXPERIMENTAR
& REVISITAR
O QUE É?
É uma ferramenta que une técnicas características do Design
Thinking com sub-ferramentas da P.L.A, Participatory ...
ÁRVORE-PROBLEMA
DINÂMICA DO 356
STORYTELLING
A técnica da Árvore-problema é característica da pesquisa
etnográfica e é úti...
HIPÓTESE (problema)
causa
causa
causa
causa
causa
causa
resultado
resultado
resultado
resultado
resultado
resultado A técn...
Em um grupo de 6 pessoas propõe-se
a geração de 18 ideias em apenas 5
minutos. O brainstorming orientado e
sem censura pro...
  Início? Meio? Fim?
	
   Meio? Fim? Início?
DINÂMICA DO STORYTELLING
Contar uma história é sempre a melhor maneira de
apr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dethox aprendizado investigativo oficial

369 visualizações

Publicada em

Ferramenta de Aprendizado Investigativo do Extramuros Escola de Projetos

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
369
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dethox aprendizado investigativo oficial

  1. 1. DETHOX WORKSHOP DE FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM VIVA DO EXTRAMUROS ESCOLA DE PROJETOS
  2. 2. “Todo bloco de pedra contém uma escultura no seu interior. O trabalho do artista é descobri-la”. Michelangelo FATO: TODA DESCOBERTA NASCE DE UM PROBLEMA E GERA APRENDIZADO
  3. 3. DETHOX Ferramenta de gestão de projetos que parte de uma hipótese (problema) e que promove o descobrir, idear, prototipar e revisitar. APRENDIZADO INVESTIGATIVO
  4. 4. O QUE É APRENDIZADO INVESTIGATIVO? OBSERVAR DESCOBRIR IDEAR PROTOTIPAR EXPERIMENTAR & REVISITAR
  5. 5. O QUE É? É uma ferramenta que une técnicas características do Design Thinking com sub-ferramentas da P.L.A, Participatory Learning and Action, uma metodologia de pesquisa etnográfica muito comum na Antropologia Social. Trata-se portanto de uma metodologia de materialização de hipóteses, de resolução de problemas. PARA QUE USAMOS? Aprendizado Investigativo é uma ferramenta muito útil para a aprendizagem através de projetos, pois auxilia na gestão e no processo de experimentação. Sua utilidade advém da qualidade de priorizar o design centrado na pessoa e excede o campo da educação, sendo útil também para a mediação de propósitos. COMO USAMOS? Não existe um “modo certo” de usar o Aprendizado Investigativo, trata-se de uma ferramenta flexível, hackeável e passível de adaptação. Existem práticas específicas para cada um dos momentos do processo e é através dessas práticas que essa ferramenta mostra sua potência. APRENDIZADO INVESTIGATIVO
  6. 6. ÁRVORE-PROBLEMA DINÂMICA DO 356 STORYTELLING A técnica da Árvore-problema é característica da pesquisa etnográfica e é útil na observação de causas e consequências de um dado problema. A Árvore-problema auxilia na descoberta de alinhamento e percepção de hipóteses a trabalhar. Seu objetivo é o de revelar, através da observação e registro visual, uma questão específica a ser definida como foco do projeto. O 356 é uma dinâmica de geração de ideias, de brainstorming, assim como os modelos mentais de “mundo ideal” e “pior cenário”. São 3 ideias em 5 minutos no grupo de 6 pessoas. A regra é não censurar ideias, deixar que cheguem 18 ideias (3 para cada integrante) que depois dos 5 minutos passarão por uma curadoria, até que se escolha coletivamente uma só. O objetivo de uma dinâmica como essa é permitir que os participantes se sintam livres para pensar em soluções para o “problema” descoberto no início do processo. Depois do momento da prototipação da “solução” coletiva para o problema identificado, os grupos são convidados a experimentar (apresentar ou testar, como queiram) o que criaram juntos. Isso pode ser feito através de forma bidimensional, tridimensional, através de interpretação (teatro ou vídeo). O Storytelling é uma técnica de apresentação que é normalmente usada através de interpretação teatral (ao vivo ou em vídeo) e tem por objetivo expressar o que foi prototipado, de forma lúdica e comunicativa.
  7. 7. HIPÓTESE (problema) causa causa causa causa causa causa resultado resultado resultado resultado resultado resultado A técnica da Árvore-problema é própria da Antropologia Social e fruto da P.L.A (Participatory Learning and Action). É ao mesmo tempo útil na observação de diferentes pontos de vista e na descoberta de semelhanças que ajudam a definir uma esfera para a ação. DINÂMICA DA ÁRVORE-PROBLEMA
  8. 8. Em um grupo de 6 pessoas propõe-se a geração de 18 ideias em apenas 5 minutos. O brainstorming orientado e sem censura produz ideias livres, disruptivas e muitas vezes surpreendentes. DINÂMICA DO 356
  9. 9.   Início? Meio? Fim?   Meio? Fim? Início? DINÂMICA DO STORYTELLING Contar uma história é sempre a melhor maneira de apresentar uma solução. E a liberdade na hora de fazer isso é fundamental. Então isso pode ser feito de maneira bidimensional (história em quadrinhos, por exemplo) ou tridimensional (teatro, vídeo, dança). O mais importante é construir uma narrativa que comunique o processo pelo qual você passou para chegar na “solução” para a sua hipótese.

×