Pa Bere 2003

585 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
585
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pa Bere 2003

  1. 1. Berenice de Lurdes Dimon Profª. Dra. Eliane Schlemmer (orientadora)
  2. 2. A Inserção das tecnologias de informação e comunicação no meio escolar e sua aquisição pelos professores
  3. 3. PROGRAMA <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Tecnologia e Educação </li></ul><ul><li>Metodologia </li></ul><ul><li>Constatação e análise da realidade </li></ul><ul><li>Considerações finais </li></ul>
  4. 4. O colégio Catarinense <ul><li>30 de Agosto de 1905 - início de suas atividade em Florianópolis / SC </li></ul>
  5. 5. Prédio da Educação Infantil e primeiro Segmento do Ensino Fundamental do Colégio Catarinense – 1.999
  6. 6. Metodologia <ul><li>Baseada na Pedagogia Inaciana que propõe um processo educacional dialético, reflexivo, crítico, comprometido. </li></ul><ul><li>Alunos = sujeitos da história que devem se desenvolver como pessoas autônomas, conscientes, críticas e responsáveis pela transformação da sociedade atual. </li></ul>
  7. 7. Características Gerais da Proposta Pedagógica <ul><li>situar a realidade em seu contexto; </li></ul><ul><li>experimentar as aprendizagens vivencialmente; </li></ul><ul><li>refletir sobre as experiências; </li></ul><ul><li>agir de forma conseqüente; </li></ul><ul><li>avaliar a ação e o processo vivenciado. </li></ul>
  8. 8. Pedagogia de projetos A Pedagogia de projetos orienta a prática escolar do Segmento da Educação Infantil e Ensino Fundamental de 1ª a 4ª série no sentido de orientar a estruturação de conhecimentos centrada no aluno e em suas capacidades, interesses e motivações.
  9. 9. Avaliação <ul><li>Trimestralidade </li></ul><ul><li>Parecer Descritivo </li></ul><ul><li>Recuperação de conteúdos de forma paralela e contínua </li></ul><ul><li>Conceitos e menções </li></ul>Pressuposto educativo voltado para a formação integral do homem.
  10. 10. A Informática no Colégio Catarinense <ul><li>Familiarizar o educando com o computado, permitindo que conceitos específicos que auxiliam a alfabetização digital se estabeleçam. </li></ul><ul><li>Orientar a organização e avaliação de informações vinculadas ao computador para se tornarem cidadãos críticos. </li></ul>Objetivos
  11. 11. A Informática no Colégio Catarinense Laboratório - I de Informática
  12. 12. A Informática no Colégio Catarinense Laboratório - II de Informática
  13. 13. O Projeto <ul><li>Partiu dos atuais estudos sobre formas de trabalhar com as TICs na educação. </li></ul><ul><li>Da minha vivência no Colégio como professora que atua no laboratório de informática e que acompanha a alguns anos o processo de inserção das TICs no Colégio Catarinense. </li></ul>Problemática
  14. 14. O Projeto D escobrir como está ocorrendo a inserção das TICs no Ensino Fundamental (1ª a 4ª série) do Colégio Catarinense. E como essa inserção tem contribuído para repensar o processo educacional no Colégio. Objetivo Geral
  15. 15. O Projeto <ul><li>Perceber se os professores do Ensino Fundamental (1ª a 4ª série) do Colégio Catarinense estão se apropriando do computador e da Internet em seu cotidiano e em seu fazer pedagógico. </li></ul><ul><li>Identificar como o Colégio tem explorado o uso das TICs no sentido de repensar a organização do ensino, do currículo e das práticas pedagógicas na busca de uma educação crítico-humanizadora. </li></ul>Objetivos Específicos
  16. 16. O Projeto <ul><li>Aplicação de questionário com 8 professores de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental do Colégio Catarinense. </li></ul><ul><li>Levantamento de dados baseados em observações observação da prática dos professores </li></ul><ul><li>Pesquisa bibliográfica, sobre o tema. </li></ul>METODOLOGIA
  17. 17. O Projeto <ul><li>Um dos grandes desafios da educação atual consiste em saber como proporcionar inovações e auxiliar na busca de respostas para uma sociedade que exige cada vez mais do cidadão uma formação geral e de qualidade. </li></ul><ul><li>Na era da informação, a educação é elemento de progresso e de exclusão social (CASTELLS, 1999). </li></ul>Relevância
  18. 18. O Projeto e a realidade atual &quot;... a difusão da tecnologia amplifica seu poder de forma infinita, à medida que os usuários apropriam-se dela e a redefinem. As novas tecnologias da informação não são simplesmente ferramentas a serem aplicadas, mas processos a serem desenvolvidos. Usuários e criadores podem tornar-se a mesma coisa. Dessa forma, os usuários podem assumir o controle da tecnologia. ...&quot; (Castells, 1999, p.51).
  19. 19. <ul><li>Após realizar a análise das respostas do questionário constatei que: </li></ul><ul><li>A maioria das professoras que participaram desse estudo, cerca de 70%, possuem computador e acesso a Internet. </li></ul><ul><li>O programa mais utilizado: </li></ul><ul><li>Microsoft Word </li></ul><ul><li>Sites provedores de E-mail e sites de pesquisa. </li></ul>Constatação da realidade
  20. 20. <ul><li>Quanto aos planejamentos: </li></ul><ul><li>A maioria das professoras entrevistadas relataram que o envolvimento de atividades com o computador, como um dos momentos que usa para aprimorar os conhecimentos de seus alunos </li></ul><ul><li>Se dá junto com a professora de informática. </li></ul>Constatação da realidade
  21. 21. <ul><li>Quanto às intervenções para mediar conceitos nas área de estudo durante as aulas no laboratório de informática: </li></ul><ul><li>50% das professoras afirmaram que com freqüência realizam intervenções no sentido de mediar conceitos. </li></ul><ul><li>50% relataram que poucas vezes realizam intervenções por não conhecerem com profundidade os programas. </li></ul>Constatação da realidade
  22. 22. <ul><li>No quesito sugestões de programas, 50% das entrevistadas já o fizeram: </li></ul><ul><li>Microsoft Power Point </li></ul><ul><li>Microsoft Excel </li></ul><ul><li>Guia Digital Florianópolis </li></ul><ul><li>Sites para pesquisa </li></ul>Constatação da realidade
  23. 23. <ul><li>Exemplos de atividades realizadas com os programas sugeridos: </li></ul>Pontos Turísticos de Florianópolis – 2ª série / 2002 Nosso Colégio Catarinense – 1ª série / 2003 Constatação da realidade
  24. 24. <ul><li>Sobre como acham que deveria ser as aulas no laboratório: </li></ul><ul><li>50% das professoras responderam estarem satisfeitas com o encaminhamento das aulas. </li></ul><ul><li>50% acham que a forma como o colégio insere as aulas de Informática poderia ser mais variadas </li></ul><ul><li>Tempo para planejamento - empecilho para uma melhor uso das TICs. </li></ul>Constatação da realidade
  25. 25. <ul><li>Um projeto que se preocupe com a capacitação de professores para uso de tecnologia precisa ser priorizado no sentido de possibilitar trocas e novo encaminhamento das TICs. </li></ul><ul><li>Reuniões direcionadas para o estudo das possibilidades de uso das TICs. </li></ul><ul><li>Redefinição dos momentos de planejamento, possibilitando trocas entre os professores e os responsáveis pelos laboratórios. </li></ul>Proposta de ação para o Colégio
  26. 26. “ Nesse contexto, o professor é incentivado a tornar-se um animador da inteligência coletiva de seus grupos de alunos em vez de fornecedor direto de conhecimentos”. (Lévy 1999 , p. 158 ) Proposta de ação para o Colégio
  27. 27. Estabelecendo relações entre as respostas dadas por meio do questionário, as observações realizadas sobre a prática pedagógica dos professores no laboratório de informática, o referencial teórico construído e a leitura da realidade social atual, é possível perceber que: Considerações Finais
  28. 28. Considerações Finais <ul><li>Dentro da problemática levantada se constatou que ainda há necessidade de crescimento com relação ao uso do computador no fazer pedagógico. </li></ul><ul><li>O envolvimento das TICs no desenvolvimento dos projetos tem ocorrido, porém a perspectiva do uso da tecnologia ainda fica a desejar por apresentar pouca característica inovadora, no sentido de repensar a organização do ensino e das práticas pedagógicas na busca de uma educação crítico-humanizadora </li></ul>
  29. 29. [...] o professor que trabalha na educação com a informática há que desenvolver na relação aluno-computador uma mediação pedagógica que se explicite em atitudes que intervenham para promover o pensamento do aluno, implementar seus projetos, compartilhar problemas sem apontar soluções, ajudando assim o aluno aprendiz a entender, analisar, testar e corrigir os erros. (Almeida in Valente 1996, p 164) Considerações Finais
  30. 30. <ul><li>Como os professores da Educação Infantil estão de apropriando das TICs? </li></ul><ul><li>Como os alunos estão percebendo o uso do computador no Colégio? </li></ul><ul><li>Quais são as questões afetivas que envolvem a tecnologia e como são trabalhadas? </li></ul>Considerações Finais Sugestões de trabalhos futuros
  31. 31. CASTELLS, Manuel.   A sociedade em rede (A era da informação: economia, sociedade e cultura; Volume 1, São Paulo: Editora Paz e Terra,  2a. ed., 1999. FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido . 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987. LÉVY, P. Cibercultura . Rio de Janeiro: Editora 34, 1999. MORAN, José Manoel. Mudanças na comunicação pessoal. São Paulo: Paulinas. 1998 PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola . Tradução Bruno Charles Magne - Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999. BIBLIOGRAFIA
  32. 32. SCHLEMMER, E. Projetos de Aprendizagem baseados em Problemas : Uma metodologia interacionista/construtivista para formação de comunidades em Ambientes Virtuais de Aprendizagem Colabora - Revista Digital da CVA-RICESU, v.1, n. 2, novembro 2001. http://www.ricesu.com.br/colabora/n2/artigos/n_2/id02d.htm SCHLEMMER, Eliane; FAGUNDES, Léa da Cruz. Uma Proposta para Avaliação de Ambientes Virtuais de Aprendizagem na Sociedade em Rede. Informática na Educação: Teoria e Prática, Porto Alegre, UFRGS, Faculdade de Educação, Pós- Graduação em Informática na Educação, v.4, n.2, dez. 2001. BIBLIOGRAFIA

×