Método gravimétrico

24.144 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
2 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.144
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
37
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
388
Comentários
2
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Método gravimétrico

  1. 1. METODOS INDIRETOS DE PROSPECÇÃO METODO GRAVIMETRICO
  2. 2. METODO GRAVIMETRICO Mede as variações do campo gravitacional terrestre provocadas por corpos rochosos dentro da crosta até poucos quilômetros de profundidade. Estas variações são influenciadas pelas diferentes densidades das rochas, tendo as mais densas, maior influência no campo gravitacional. A figura abaixo serve para ilustrar a variação deste campo gravitacional: um mesmo corpo (massa constante) mostrará pesos diferentes para diferentes locais, se as rochas subjacentes tiverem densidades diferentes, o que normalmente acontecerá. Entretanto, estas variações são de uma magnitude muito pequena, podendo apenas serem quantificadas por aparelhos especiais, denominados gravímetros.
  3. 3. LEI DE NEWTON DA ATRAÇÃO GRAVITACIONAL E a lei de ação de massas da mecânica celeste aplicada ao planeta
  4. 4. COMPOSIÇÃO DA FORÇA DA GRAVIDADE
  5. 5. CAMPO GRAVITACIONAL TERRESTRE A estruturação da atmosfera é também resultado da ação da forca da gravidade
  6. 6. ACELERAÇÕES: a c CENTRÍFUGA e g GRAVITACIONAL
  7. 7. POTENCIAL GRAVITACIONAL GEÓIDE E ESFEROIDE (superfícies equipotenciais )
  8. 8. CONTRIBUICÕES DOS MATERIAIS PARA O VALOR DA GRAVIDADE
  9. 9. ESTRUTURA INTERNA DO PLANETA GEOSFERAS: COMPOSICÃO QUIMICA – GEOSFERAS: PROPRIEDADES FISICAS
  10. 13. GRAVIDADE NORMAL Equações
  11. 14. FÓRMULA OFICIAL PARA O CÁLCULO DA GRAVIDADE GRS 67 Geodetic Reference System -1967
  12. 15. REDUÇÃO DOS VALORES DA GRAVIDADE <ul><li>CORRECÃO DE LATITUDE </li></ul><ul><li>CORRECÃO DE ELEVACAO (AR LIVRE) </li></ul><ul><li>CORRECÃO BOUGER </li></ul><ul><li>CORRECÃO TOPOGRAFICA OU DE TERRENO </li></ul><ul><li>CORRECÃO DE MARE </li></ul><ul><li>CORRECÃO DA VARIACAO INSTRUMENTAL( DRIFT ) </li></ul>
  13. 16. 1.- CORREIÇÃO DE LATITUDE
  14. 17. 2.- CORREIÇÃO DE ELEVACAO (AR LIVRE)
  15. 19. 3.- CORRECÃO BOUGUER C B = 0,04191 ρ h m GAL ρ = densidade em g/cm3 h= altura em metros
  16. 20. SIGNIFICA FISICO DAS CORREÇÃOES BOUGUER E TOPOGRAFICA
  17. 21. 5.- CORREÇÃO DE MARÉ
  18. 22. MARES LUNAR E SOLAR
  19. 23. GRAVIMETROS
  20. 24. GRAVIMETRO WORDEN
  21. 25. PRINCIPIO DE FUNCIONAMENTO
  22. 27. GRAVIMETRO LA COSTE & ROMBERG
  23. 28. GRAVIMETRO PARA USO NO FUNDO DAS AGUAS
  24. 29. GRAVIMETROS Medidas Fundo das águas ou na Superfície
  25. 31. TRATAMENTO DOS DADOS
  26. 32. CORPO MINERALIZADO E HETEREGEONIDADES SUPERFICIAIS
  27. 33. EFEITO DE UM CORPO MINERALIZADO E DE UMA ESTRUTURA PROFUNDA
  28. 34. INTERPRETACÃO
  29. 35. INTERPRETACÃO GRAVIMÉTRICA
  30. 37. ESTRUTURAS ASSOCIADAS A MINERALIZACÃO DE OURO NA AFRICA DO SUL
  31. 38. PERFIL GRAVIMETRICO NA AREA DE SUCUARANA BAHIA
  32. 39. PERFIL GRAVIMETRICO SOBRE DEPOSITO DE UMA JAZIDA DE FERRO
  33. 40. DOMO DE SAL
  34. 47. EXEMPLOS DE INTEPRETACÃO GRAVIMETRICA
  35. 48. CAMPOS REGIONAIS E ANOMALIAS RESIDUAIS
  36. 49. ANOMALIAS BOUGER SOBRE : GRANITO E BACIA SEDIMENTAR
  37. 50. ANOMALIA GRAVIMETRICA RESIDUAL PERFIL GEOLOGICO
  38. 51. ANOMALIA COM DUAS INTERPRETACÕES
  39. 52. ESTUDO DE CASO RIFTE DO VALE DO CARIRI <ul><li>Exemplo da Aplicação do Método Gravimétrico no estudo das bacias sedimentares do rifte do Vale do Cariri </li></ul>
  40. 58. MAPA GRAVIMETRICO DE ANOMALIAS BOUGER Bacias do Vale do Cariri.
  41. 59. MAPAS GRAVIMETRICOS E SECÕES TRANSVERSAIS DAS BACIAS SEDIMENTARES DO VALE DO CARIRI.
  42. 61. LEVANTAMENTO GRAVIMENTRICO DO NORDESTE SETENTRIONAL
  43. 62. MAPA DE ANOMALIAS BOUGUER COM SUPERPOSIÇÃO DOS PRINCIPAIS TRAÇOS GEOLÓGICOS DO NORDESTE SETENTRIONAL DO BRASIL. INTERVALO DE CONTORNO: 10 MGAL. ZONAS DE CISALHAMENTO BRASILIANAS: SPII: SOBRAL-PEDRO II; TA: TAUÁ; SP: SENADOR POMPEU; JG: JAGUARIBE; PA: PORTALEGRE; PJC: PICUÍ-JOÃO CÂMARA; LP: LINEAMENTO PATOS. SFC: SISTEMA DE FALHAS DE CARNAUBAIS.
  44. 63. MAPA DE ANOMALIAS ISOSTÁTICAS RESIDUAIS. INTERVALO DE CONTORNO: 5 MGAL. AS LINHAS GROSSAS INDICAM AS PRINCIPAIS ESTRUTURAS GEOLÓGICAS ,

×