ApresentaçãO Petic

1.309 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Petic

  1. 1. Universidade Federal de Sergipe Departamento de Computação PETIC Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação Disciplina: Tópicos Especiais em Sistemas da Informação Professor: Rogério P. Chagas do Nascimento Equipe: Daniela Santos Cruz Kharylim M. Sea Letícia Gindri Thadeu Meneses
  2. 2. AGENDA <ul><li>Motivação </li></ul><ul><li>O que é o PETIC? </li></ul><ul><li>Desenvolvendo um Planejamento Estratégico </li></ul><ul><li>Exemplos de Planejamentos Estratégicos </li></ul><ul><li>Metodologias de Gestão de TIC </li></ul><ul><li>Referências </li></ul>
  3. 3. MOTIVAÇÃO <ul><li>“ Empreendedores e gerentes de negócios estão constantemente muito preocupados com problemas imediatos e terminam desviando o foco dos seus objetivos finais. É por isso que uma revisão do negócio ou a elaboração de um plano estratégico é uma necessidade virtual. Elas podem não ser uma receita para o sucesso, mas sem elas um negócio ficará muito mais propenso a dar errado.” </li></ul>
  4. 4. O QUE É O PETIC? <ul><li>TESI 2008.1 </li></ul><ul><li>PETI – Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação </li></ul><ul><li>REZENDE, Denis Alcides. Planejamento de Sistemas de Informação e Informática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2003. </li></ul>
  5. 5. O QUE É O PETIC? <ul><li>O PETI é a evolução unificada do: </li></ul><ul><ul><li>Plano Diretor de Sistemas de Informação (PDSI), que se baseia no planejamento da informática e dos seus respectivos recursos tecnológicos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano Diretor de Sistemas de Informação e Tecnologia da Informação (PSITI) , extensão do PDSI para suprir direção, esforço de concentração, consistência de propósito, flexibilidade e continuidade dos recursos de TI a partir da tradução de metas estratégicas e organizacionais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Planejamento Estratégico de Informações e Conhecimentos (PEIC) , estes manipulam ou geram conhecimentos a partir de bases de conhecimento (locais onde são depositados os conhecimentos expressos em dados) organizadas para contribuir com a organizações e com a sociedade. </li></ul></ul>
  6. 6. O QUE É O PETIC? <ul><li>O PETI é o conjunto de ferramentas e técnicas, alinhadas ao Planejamento Estratégico da Organização (PEO) e às estratégias de negócio, que possibilitam a definição de estratégias de ação para identificar os “Modelos de Informações Empresariais” e os “Mapas de Conhecimento” necessários à gestão de toda a organização. </li></ul>
  7. 7. O QUE É O PETIC? <ul><li>PETI + Comunicação = PETIC </li></ul>
  8. 8. O QUE É O PETIC? <ul><li>&quot;Um P lano E stratégico de T ecnologia da I nformação e C omunicação, pode ser considerado como uma definição mais detalhada do que serão as futuras necessidades de informação e comunicação da organização, e quais as tecnologias (infra-estrutura, hardware e software), dados, aplicações e recursos humanos que irão apoiar eficiente e eficazmente o desenvolvimento do negócio.&quot; </li></ul>
  9. 9. DESENVOLVENDO UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO <ul><ul><li>Passos fundamentais para um Plano Estratégico </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Visão : O primeiro passo é desenvolver uma visão realística do negócio. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Missão : A natureza de um negócio é freqüentemente expressa nos termos de sua Missão, que indica as finalidades do negócio. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Valores : Descrever os valores que regem o funcionamento do negócio e seu comportamento ou relacionamento com a sociedade em geral, clientes, fornecedores, empregados, comunidade local e outros interessados </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Objetivos : Explicitar os objetivos do negócio em termos dos resultados que necessita ou quer atingir, a médio/longo prazo. Os objetivos devem estar relacionados com as expectativas e as necessidades de todos os principais interessados, incluindo empregados, e devem refletir os motivos subjacentes ao funcionamento da empresa. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estratégias : São as regras e orientações através das quais a missão, objetivos etc. podem ser alcançados. </li></ul></ul></ul>
  10. 10. DESENVOLVENDO UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO <ul><ul><ul><li>Metas : São medidas finais de tempo a serem conseguidas através da implementação de estratégias na realização dos objetivos da empresa. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Programação: Define os planos de execução para as grandes estratégias. Ela deve cobrir os recurso, os objetivos, as escalas de tempo, prazos, orçamentos e os objetivos de desempenho. </li></ul></ul></ul>
  11. 11. DESENVOLVENDO UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO <ul><ul><li>Todos esse elementos devem ser contextualizados não só futuramente, mas também numa retrospectiva do negócio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Nessa retrospectiva, tem-se que descobrir as causas dos problemas. Responder questões do tipo: O que causou isso? O que parou o negócio? Etc </li></ul></ul><ul><ul><li>SWOT - S trengths, Weaknesses, Opportunities and Threats – Pontos Fortes, Pontos fracos, Oportunidades e Ameaças </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolver Estratégias de negócio </li></ul></ul>
  12. 12. METODOLOGIAS DE GESTÃO DE TIC <ul><li>O objetivo das metodologias é criar uma sistemática padronizada para suportar processos, que seja entendida e que esteja ao alcance de todos na organização, que possa ser replicada e, sobretudo, permita evolução. </li></ul><ul><li>Como exemplos de metodologias disponíveis e largamente aceitas no mercado temos: </li></ul><ul><ul><li>COBIT: para gestão de TIC inovando através da governança tecnológica; </li></ul></ul><ul><ul><li>ITIL: padroniza uma série de processos operacionais e de gestão ligados à TIC. </li></ul></ul>
  13. 13. COBIT - COMMON OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY <ul><li>O COBIT funciona como uma entidade de padronização e estabelece métodos documentados para nortear a área de tecnologia das empresas, incluindo qualidade de software, níveis de maturidade e segurança da informação. </li></ul><ul><li>Os domínios do COBIT são: </li></ul><ul><ul><li>Planejamento e Organização </li></ul></ul><ul><ul><li>Aquisição e Implementação </li></ul></ul><ul><ul><li>Entrega e Suporte </li></ul></ul><ul><ul><li>Monitoração. </li></ul></ul>
  14. 15. ITIL – IT INFASTRUCTURE LIBRARY <ul><li>O foco deste modelo é descrever os processos necessários para gerenciar a infra-estrutura de TI eficientemente e eficazmente de modo a garantir os níveis de serviço acordados com os clientes internos e externos. </li></ul><ul><li>O ITIL é dividido em 10 Processos Principais e 4 Processos de Apoio (satélites). </li></ul>
  15. 16. ITIL – IT INFASTRUCTURE LIBRARY <ul><li>Os Processos Principais são agrupados em dois Grupos: </li></ul><ul><ul><li>Grupo de Suporte aos Serviços (Service Support Set): </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Configuração e de Ativos; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Controle de Incidentes / Help Desk; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Problemas; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Mudanças; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Liberação. </li></ul></ul></ul>
  16. 17. ITIL – IT INFASTRUCTURE LIBRARY <ul><ul><li>Grupo de Serviços Prestados (Service Delivery set): </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Níveis de Serviço (SLA); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Disponibilidade; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Gestão de Desempenho e Capacidade; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Plano de Continuidade de Negócios; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Custeio e Gestão Financeira. </li></ul></ul></ul><ul><li>Os Processos de Apoio são: </li></ul><ul><ul><li>SLA; </li></ul></ul><ul><ul><li>Segurança; </li></ul></ul><ul><ul><li>Informação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Rede e Operações. </li></ul></ul>
  17. 19. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Gestão Estratégica da Tecnologia de Informação e Comunicação: Resultados de Pesquisa Empírica na Petrobrás </li></ul><ul><ul><li>No ambiente de negócios atual, caracterizado pela concorrência e por mudanças crescentes, o potencial da TIC está sendo utilizado para alavancar a vantagem competitiva das empresas </li></ul></ul><ul><ul><li>Após investimentos em TIC para suportar a implementação da sua estratégia em todas as unidades, a Petrobrás percebeu indícios relevantes da falta de alinhamento estratégico da TIC em suas Unidades de Negócio de Refino. </li></ul></ul>
  18. 20. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Indícios observados que motivaram o desenvolvimento do Planejamento Estratégico de TIC: </li></ul><ul><ul><li>Os investimentos realizados em TIC não adicionavam valor à estratégia da organização </li></ul></ul><ul><ul><li>Iniciativas de TIC implementadas sem que existisse um vínculo com alguma iniciativa estratégica </li></ul></ul><ul><ul><li>Dificuldades na aprovação de orçamento para as iniciativas de TIC </li></ul></ul><ul><ul><li>Duplicação de esforços no desenvolvimento de soluções TIC </li></ul></ul>
  19. 21. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Definiu-se então uma pergunta central que motivou a pesquisa: </li></ul><ul><ul><li>“ Como assegurar que a estratégia de TIC estivesse alinhada às estratégias empresariais das unidades, de modo a contribuir efetivamente para um melhor desempenho da empresa ? ” </li></ul></ul>
  20. 22. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>O Modelo B alance S core c ard (BSC) – usado pela Petrobrás </li></ul><ul><ul><ul><li>O BSC foi apresentado inicialmente como um modelo de avaliação e performance empresarial, porém, a aplicação em empresas proporcionou seu desenvolvimento para uma metodologia de gestão estratégica. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os passos dessa metodologia incluem: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>definição da estratégia empresarial </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>gerência do negócio </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>gerência de serviços </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>gestão da qualidade </li></ul></ul></ul></ul>
  21. 23. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>O BSC é uma ferramenta que auxilia a implantação da estratégia, pois ajuda a traduzi-la em objetivos específicos e mesuráveis. </li></ul>
  22. 24. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Metodologia </li></ul><ul><ul><li>Trata-se de uma pesquisa empírica e o principal método utilizado foi o estudo dos múltiplos casos da TIC nas unidades. </li></ul></ul><ul><ul><li>Participaram da pesquisa 35 executivos, em sua maioria Gerentes de TIC e de Planejamento Estratégico </li></ul></ul><ul><ul><li>Principal instrumento da pesquisa: um questionário estruturado, composto por 47 questões fechadas. Conduziram-se também algumas entrevistas, a fim de obter percepções mais aprofundadas </li></ul></ul><ul><ul><li>Os dados levantados foram tratados por meio de técnicas estatísticas descritivas simples (Distribuição de Freqüência) </li></ul></ul><ul><ul><li>Foi verificado, através de diferenças de médias, se existia alguma diferença entre as percepções dos Gerentes da Organização e dos Gerentes de TIC </li></ul></ul>
  23. 25. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Resultados – Alinhamento Parcial </li></ul><ul><ul><li>Os dados coletados sugeriram que: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A estratégia de TIC não existia, ou era irrelevante, pois não era ela que definia os requisitos de infra-estrutura de TIC </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O foco da TIC era tido como ‘reativo’ , apenas reagindo às necessidades de negócio quando estas são apresentadas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não existia nenhum PETI formalizado na organização e nem documentação referente aos objetivos estratégicos da organização em ações de TIC </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não há alta compreensão dos objetivos organizacionais por parte dos gerentes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Falta um processo que avalie a importância estratégica das soluções de TIC </li></ul></ul></ul>
  24. 26. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Implementação da Estratégia de TIC </li></ul><ul><ul><li>A partir dos indicadores relacionados a Metodologia, Gerenciamento, Comprometimento e Processo, os dados mostraram que havia um grau de alinhamento parcial </li></ul></ul><ul><ul><li>O alinhamento estratégico de TIC está assegurado se: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os fatores intervenientes forem corretamente administrados, eliminando, ou diminuindo a influência dos fatores inibidores do alinhamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O alinhamento for continuamente promovido tendo como referencial o BSC da empresa </li></ul></ul></ul>
  25. 27. EXEMPLOS DE PLANEJAMENTOS ESTRATÉGICOS <ul><li>Implementação da Estratégia de TIC </li></ul><ul><ul><li>Além disso, gerência da organização precisa ser conscientizada a respeito da importância estratégica da TIC e do seu potencial para a organização conquistar vantagem competitiva </li></ul></ul>
  26. 28. REFERÊNCIAS <ul><li>REZENDE, Denis Alcides. Planejamento de Sistemas de Informação e Informática . 3. ed. São Paulo: Atlas, 2003. </li></ul><ul><li>http://www.planware.org/strategicplan.htm </li></ul><ul><li>VILLAS, M.V. ; SOARES, D. ; FONSECA, M.V. de M.; Gestão Estratégica da Tecnologia de Informação e Comunicação: Resultados de Pesquisa Empírica na Petrobrás </li></ul>
  27. 29. OBRIGADO!!!

×