Trabalho A ,B ,C2

606 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho A ,B ,C2

  1. 1. <ul><li>CAPA DE TEXTO INCIAL </li></ul>
  2. 2. A Acesso Dedicado (Dia Upa): Forma de acesso à Internet no qual o computador fica conectado permanentemente com a rede. Normalmente, o acesso dedicado é utilizado por empresas que vendem acessos e serviços aos usuários finais. Acesso Discado: É o tipo de acesso dos usuários comuns. Para utilizá-lo basta um computador, uma linha telefónica e um modem. O usuário utiliza o computador (com um programa de comunicação) para fazer a ligação até o seu fornecedor de acesso (provedor), fornecendo seu nome de usuário e senha para poder entrar no sistema. Active X: Metodologia desenvolvida pela Microsoft em meados da década de 1990, usada principalmente com o objectivo de desenvolver conteúdos interactivos para a Web. ADSL (Assimetria Digital Subscritor): Tecnologia de transmissão de dados em alta velocidade através de linha telefónica comum. API (Aplicativa Programei Interface): A Interface de Programação de um Aplicativo é um conjunto ou biblioteca de rotinas e/ou funções que podem ser utilizadas por outro aplicativo. Apeleis JAVA: Código executado por uma aplicação JAVA, como os navegadores Internet Explorer ou o Nietzsche Navigation, muito usada para criar efeitos multimídia nas páginas Web, como animações de vídeo ou música. Ar chie: Ferramenta de busca de arquivos armazenados em servidores. ARPOAREI: Advindes Ressarci Projectas Agencie Network, precursora da Internet, esta rede militar foi criada em 1969, nos Estados Unidos, com o objectivo de proteger informações sigilosas perante um eventual ataque nuclear durante a Guerra Fria.
  3. 3. <ul><li>ASP (Aplicativa Service Provider): </li></ul><ul><li>Provedor que gerência e distribui serviços e soluções com base em software para clientes através de uma WAN ou de uma central de dados. Na essência, ASP é uma maneira das companhias terceirizarem parte ou em todo, os aspectos necessários a sua área de tecnologia de informação. </li></ul><ul><li>Assíncrona: </li></ul><ul><li>O que não ocorre ao mesmo tempo; sem relação regular de tempo, inesperado, imprevisível. Modo de transmissão no qual os dados são transmitidos sem periodicidade constante (no modo síncrono, os dados são transmitidos periodicamente); transmissão de sinais onde os intervalos de tempo entre os caracteres transmitidos podem ser diferentes, e a transmissão é controlada por elementos que indicam o início e o fim de cada caracteres. Transmissão que envia um caracteres de cada vez. Transmissão assíncrona é a transmissão de dados que não exige o uso de sinais externos para manter a sincronização entre emissor e receptor. </li></ul><ul><li>Atadamente (Arquivo Anexado): </li></ul><ul><li>Envio de um arquivo associado a uma mensagem. Alguns programas de correio electrónico, como o Eu Dora, o Outlook, etc, permitem que qualquer arquivo seja enviado junto a uma mensagem. Ao chegar ao destinatário, o arquivo associado pode ser copiado para o computador. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>B </li></ul><ul><li>Bacilose: </li></ul><ul><li>Em português, espinha dorsal. O Bacilose é o trecho de maior capacidade da rede e tem o objectivo de conectar várias redes locais. No Brasil, foi a RNP (Rede Nacional de Pesquisa) que criou o primeiro backbone da Internet, a principio para atender entidades académicas que queriam se conectar à rede. Em 1995, a Embraiei começou a montar um bacilose paralelo ao da RNP para oferecer serviços de conexão a empresas privadas. Os fornecedores de acesso costumam estar ligados directa e permanentemente ao backbone. </li></ul><ul><li>Baco Origine: </li></ul><ul><li>Programa desenvolvido pelo grupo Crawler &quot;Culta of lhe Dead Cow&quot; (Culto à Vaca Morta) que se instala em computadores ligados à Internet e permite que estes sejam controlados remotamente. </li></ul><ul><li>Bandwidth (largura de banda): </li></ul><ul><li>Termo que designa o tempo gasto pelas várias tecnologias de transmissão de dados para transmitir uma quantidade determinada de informação. Usualmente medida em bits por segundo(bps). </li></ul><ul><li>Banner: </li></ul><ul><li>Faixa publicitária num site de web. </li></ul><ul><li>Baud Rate: </li></ul><ul><li>O termo baús rate é utilizado como medida de velocidade de transmissão de informação entre computadores por meio de linhas telefónicas. Baud rate é frequentemente utilizado como sinônimo de bits por segundo (bus), apesar de não ser tecnicamente verdadeiro. O nome baús vem de J.M.Baudot, inventor do código telegráfico Baldo. </li></ul><ul><li>BBS (Bulhei Boiará System): </li></ul><ul><li>Sistema de comunicação digital através da linha telefónica, em que um banco de dados central é a cessado, via modem, por vários micros, permitindo a troca de arquivos e mensagens. Foi uma espécie de escola preparatória para os veteranos inter nautas. </li></ul><ul><li>Beta: </li></ul><ul><li>Versão prévia de um programa, feita para ser avaliada e testada. </li></ul><ul><li>BIT (Binary Digit): </li></ul><ul><li>É a menor unidade de informação tratada pelo computador; em grupos de oito, formam os bytes, que são a forma mais conhecida de representação de todos os tipos de informação no computador. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>BITNET (Because It's Time Network): </li></ul><ul><li>Rede mundial acessável pela Internet com características educacionais. </li></ul><ul><li>Bookmark: </li></ul><ul><li>Pasta do brownser Netscape Navigator, onde são guardados os endereços Web mais visitados, correspondente ao Favoritos no Internet Explorer. </li></ul><ul><li>BPS (bits por segundo): </li></ul><ul><li>É a menor medida de velocidade de transmissão de dados. É utilizada para avaliar a velocidade de modems e conexões como linhas dedicadas. Você também vai encontrar Kits (equivalente à mil bps) e PS (equivalente à 1 milhão de bps). ver Baud Rate. </li></ul><ul><li>Browser: </li></ul><ul><li>É o programa usado para navegar pela Internet em páginas. ver Navegador. </li></ul><ul><li>BSP (Business Service Provider): </li></ul><ul><li>Provedores de negócios que suportam as funções conotáreis e de aplicações de negócios, desenvolvimento de Web, e projetos especiais que eventualmente possam aparecer, através de gerenciamento profissional, pessoas hábeis e tecnologia apropriada. </li></ul><ul><li>Business to Business (B2B): </li></ul><ul><li>Negócios feitos entre empresas, seus clientes, distribuidores e fornecedores, conectando seus sistemas de informação através da Internet </li></ul>
  6. 6. <ul><li>C </li></ul><ul><li>Cabule Modem: </li></ul><ul><li>Modem especial que utiliza a rede de televisão a cabo para transmitir e receber dados, em vez da tradicional linha telefónica, alcançando maior velocidade. </li></ul><ul><li>CERN (Consteis Europeu pour lá Recherche Nucléaire / Conselho Europeu para a Pesquisa Nuclear): </li></ul><ul><li>Um dos mais importantes centros mundiais de pesquisas avançadas em Física Nuclear e de Partículas, localizado em Genebra/Suiça. Um de seus pesquisadores, Tlim Berberes Lee, foi o inventor, em 1989, do HTTP (Hipertexto Transferi Protocolo), o protocolo usado na WWW para transferir arquivos HTML. </li></ul><ul><li>CERT (Compuser Emergente Response Tema): </li></ul><ul><li>Organização criada em 1988 que oferece serviços de consulta para usuários da Internet e que entra em dação sempre que um novo vírus e outras ameaças ao computadores são descobertas. </li></ul><ul><li>Certificado Digital (Identidade Digital ou ID digital): </li></ul><ul><li>Permite a codificação e assinatura autenticidade, integridade e inviolabilidade. </li></ul><ul><li>Chat: </li></ul><ul><li>Em inglês, significa bater papo. Existem programas de chat que permitem fazer conversas em tempo real pelo teclado. </li></ul><ul><li>Ciberespaço: </li></ul><ul><li>Termo criado pelo escritor Viloa Gibão e inspirado no estado de transe em que ficam os aficionados de videogramas durante uma partida. A palavra foi utilizada pela primeira vez no &quot;Necromante&quot;, de 1984, e adobada desde então pelos usuários da Internet como sinônimo de rede. </li></ul><ul><li>Cliente: </li></ul><ul><li>Na Internet, os computadores que utilizam os recursos fornecidos pela base de dados de outro computador, denominado servidor. </li></ul><ul><li>COM (Componente Objecte Modelo): </li></ul><ul><li>Especificação de programação baseada em objectos que têm o propósito de proporcionar interoperabilidade entre objectos por meio de rotinas predefinidas, chamadas interfaces; tecnologia introduzida pelo OLE2 em vista da necessidade de fornecer um mecanismo mais geral para permitir que um software oferecesse serviços para o outro. Uma tecnologia de empacotamento, um grupo de convenções e bibliotecas de suporte que possibilitam a interação entre diferentes partes de software de uma maneira consistente e orientada a objeto. </li></ul><ul><li>Comércio Digital: </li></ul><ul><li>O comércio digital representa uma evolução natural do uso da tecnologia da informação nos processos internos da empresa em direcção às relações inter empresariais. Com ele, os limites da comunidade eletrônica se expandiram, permitindo que a empresa se comunique com parceiros de negócios de todos os portes, independente do meio eletrônico utilizado - EDI, ECR, Internet. A implantação de &quot;Relacionamentos Eletrônicos&quot; tem como premissa o grau de automação de cada empresa envolvida: os sistemas automatizados devem ser inteligentes o suficiente para gerar e responder adequadamente as transações eletrônica em processos de compra e recebimento de insumos, venda e entrega de produtos e pagamento e recebimento dos fluxos financeiros. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>coordenar a atribuição de endereços IP (Internet Protocolo), e o registro de nomes e domínios. </li></ul><ul><li>Cofies: </li></ul><ul><li>Pequenos arquivos de texto enviados pelo servidor que permitem obter informações sobre os computadores que o a cessam. </li></ul><ul><li>CORBA (Comamos Objecta Requesta Browser Arquitectura): </li></ul><ul><li>É um padrão para comunicação entre objectos distribuídos. Provê diferentes formas para executar programas (objectos) desenvolvidos em diferentes linguagens de programação e em diferentes plataformas. </li></ul><ul><li>Correio Eletrônica (e-mail): </li></ul><ul><li>Troca de mensagens de texto e arquivos através da rede com um programa específico. </li></ul><ul><li>Crawler: </li></ul><ul><li>Uma espécie de pirata virtual, que penetra remotamente em computadores integrados à rede com o objectivo de causar algum dano ou obter informações ilegalmente. </li></ul><ul><li>Criptografia: </li></ul><ul><li>É a técnica para codificar mensagens ou arquivos, tornando-os invioláveis, e permitindo que apenas sejam de codificados por seus destinatários. </li></ul><ul><li>CRP (Continuou Reflexivamente Processo ): </li></ul><ul><li>É a prática de parceria entre os membros do canal de distribuição que altera o tradicional processo de reposição de mercadoria de geração de pedidos elaborados pelo distribuidor, baseado em quantidades economicamente convenientes, para a reposição de produtos baseada em previsão de demanda efectiva. Busca integrar, por meio de práticas distintas, o fluxo de informações e produtos </li></ul><ul><li>Customer Relacionaria Management (CRM): </li></ul><ul><li>Merecimento do relacionamento com cliente é a arte de integrar todos os aspectos da tecnologia da informação em benefício de um completo relacionamento com o cliente, desde atividades de marketing e vendas até contas a receber. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>D </li></ul><ul><li>Data warehouse: </li></ul><ul><li>Armazém de dados, sistema que guarda e organiza todas as informações espalhadas pelos vários sistemas dentro de uma empresa. Termo genérico para um tipo de banco de dados que consiste num sistema de armazenamento, recuperação e gerenciamento de grandes quantidades de quaisquer tipos de dados. Os softwares da espécie frequentemente incluem sofisticadas técnicas, inclusive de compactação, para buscas mais rápidas de dados, assim como filtros avançados. </li></ul><ul><li>DCOM (Distribuem Comamos Objecta Modelo): </li></ul><ul><li>Assistente de configuração, anteriormente conhecido como Network OLE, padrão da Microsoft, que permite que controles cliente/servidor se comuniquem entre si e distribuam a carga de trabalho entre múltiplos sistemas em rede. </li></ul><ul><li>DNS (Domain Name Server): </li></ul><ul><li>Método usado para converter nomes da Internet em números correspondentes. O DNS faz com que você utilize a Internet sem ter que decorar longos números. Originalmente, os computadores da Internet eram identificados apenas por números, como 200.196.224.66, assim o DNS permitiu dar nomes aos computadores na rede, como http://www.netferraz.com.br </li></ul><ul><li>Domínio: </li></ul><ul><li>É uma parte da hierarquia de nomes de computadores da Internet. Um nome de domínio consiste de uma sequência de nomes separados por ponto, por exemplo, http://www.netferraz.com.br/ </li></ul><ul><li>Principais extensões de geral </li></ul><ul><li>.gov.br = Entidades governamentais domínio registrados e utilizados no Brasil: </li></ul><ul><li>.com.br = Comércio em </li></ul><ul><li>.net.br = Serviços públicos de telecomunicações </li></ul><ul><li>.org.br = Entidades não governamentais sem fins lucrativos </li></ul><ul><li>*Sites britânicos, substituem a extensão .com por .co, como por exemplo a TV e Rádio BBC (www.bbc.co.uk) </li></ul><ul><li>Download: </li></ul><ul><li>Transferência de arquivos. Fazer download equivale a copiar determinado arquivo (texto, imagem ou programa) da Internet para o computador. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>E </li></ul><ul><li>EAI (Enterprise Aplicativa Integrativa): </li></ul><ul><li>Integração de Aplicações entre Empresas é um tipo de tecnologia que permite o movimento e troca de informações entre diferentes aplicações e processos de negócios entre e dentro de organizações. </li></ul><ul><li>EAN ( Europeias Articule Numeras): </li></ul><ul><li>É a entidade internacional que administra o sistema de numeração de produtos e locais, os códigos de barras e a linguagem de negócios EANCOM dentro de padrões aceitos internacionalmente. </li></ul><ul><li>Business: </li></ul><ul><li>Negócios electrónicos, designa todo o comércio on-line; o mesmo que e comece ou o modo como se ligam todos os interessados em encolherdes. </li></ul><ul><li>encolherdes: </li></ul><ul><li>Comércio eletrônico, designa todo o comércio on-line, especialmente os serviços de transações utilizando a Internet. </li></ul><ul><li>ECR (Eficiente Consumar Response): </li></ul><ul><li>É uma estratégia a partir da qual as indústrias, os distribuidores e o varejo fazem esforços conjuntos para eliminar custos excedentes da cadeia de valores e portanto, oferecer mais valor aos consumidores. </li></ul><ul><li>EDI (Electrónico Data Intercale): </li></ul><ul><li>Intercâmbio Eletrônica de Dados - tecnologia, que permite troca de informações (com modem e softwares adequados) directamente de computadores para computadores, dispensando digitação e manipulação de dados. O sistema que a utiliza permite automatizar transações comuns de negócios como ordens de compras, farturas, notificações de embarques etc. Através do EDI, documentos são transmitidos e recebidos electronicamente, independente de horários, distância e dos sistemas de computação utilizados. O resultado é um fluxo de informações rápido e preciso, no qual as mensagens vão e voltam sem qualquer interferência e com toda segurança, atendendo aos desafios de maior agilidade e eficiência na comunicação de negócios. </li></ul><ul><li>Edifico: </li></ul><ul><li>É a linguagem definida pela Organização das Nações Unidas para o Intercâmbio Eletrônica de Dados em Administração, Comércio e Transportes. </li></ul><ul><li>EIP (Enterprise Information Portal): </li></ul><ul><li>É um produto que permite custodiar e dirigir para um usuário individual dentro da empresa, todas as informações que este precisa, tanto de interesse pessoal como da empresa para desempenhar suas atividades profissionais com maior eficiência. A operação é realizada através de um &quot; </li></ul><ul><li>browser&quot; simples e permite também a comunicação completa do usuário com a comunidade corporativa e o mundo Ester </li></ul>
  10. 10. <ul><ul><ul><ul><ul><li>EJB (Enterprise Javardas): </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><li>É um padrão de programação Java que permite que códigos escritos nesta linguagem e que sigam este padrão, possam ser distribuídos e executados em servidores de aplicação de EJB (EJB Servers). </li></ul><ul><li>Emotivos: </li></ul><ul><li>São as &quot;carinhas&quot; muito usadas em chat e e-mail, feitas com caracteres, que servem para exprimir sentimentos e emoções. Por exemplo ;-) representa um sorriso e uma piscadela. </li></ul><ul><li>Endereço IP: </li></ul><ul><li>Os endereços IP são expressos em números como 200.196.224.66 e o DNS fica responsável por transformar os endereços IP em nomes de máquinas, como http://www.netferraz.com.br/e vice-versa. </li></ul><ul><li>E-procurement: </li></ul><ul><li>São sistemas que automatizam o processo de busca de parceiros e concorrências para a compra de materiais produtivos (que serão usados directamente no produto final da empresa, como peças de um carro) e não-produtivos (dos quais a empresa precisa para funcionar, como material de escritório). </li></ul><ul><li>ERP (Enterprise Ressurge Landing): </li></ul><ul><li>Planeamento de recursos corporativos através de sistemas integrados de gestão implementados por softwares; um programa integrado de gestão empresarial, geralmente dividido em diversos módulos, como o de administração, o financeiro, de manufactura etc. </li></ul><ul><li>Extranet: </li></ul><ul><li>Quando os usuários de uma Intranet podem acessar outra Intranet, esta segunda se torna uma Extranet para eles </li></ul>
  11. 11. <ul><li>F </li></ul><ul><li>FAQ (Frequenta Aspei Questiones): </li></ul><ul><li>Uma espécie de tira-dúvidas com respostas para as perguntas mais comuns. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Finges: </li></ul><ul><li>Programa para obter informações sobre uma determinada pessoa que tenha um endereço eletrônica na Internet. Com o advento do ICQ, caiu em desuso. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Firmas: Um sistema de segurança de rede, cujo principal objectivo é filtrar o acesso a uma rede. </li></ul><ul><li>Flash: Resposta geralmente provocativa a uma mensagem de newsgroup ou de lista de e-mail. Um troca contínua de clames é chamada de guerra de flameja e, habitualmente, provoca irritação nos usuários da lista ou grupo, já que é difícil chegar a qualquer conclusão. </li></ul><ul><li>Forward: Repassada um email recebido a outra pessoa. </li></ul><ul><li>Frase (Quadro / Moldura): Seção de uma página .html. Cada Home page pode ter vários frases, sendo cada um deles um documento distinto. </li></ul><ul><li>Freeware: Software distribuído gratuitamente. </li></ul><ul><li>FTP (File Transfer Protocol): Protocolo de transferência de arquivos. Ferramenta que permite transferir arquivos e programas de uma máquina remota para a sua e vice-versa na Internet. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>G </li></ul><ul><li>Gatada: </li></ul><ul><li>Sistema de computadores que conecta duas ou mais redes, fazendo com que haja uma troca de dados entre elas. </li></ul><ul><li>Genocídios: </li></ul><ul><li>Serviço pioneira para hospedar gratuitamente páginas Web de qualquer inter nauta. </li></ul><ul><li>GIF (Grafia Intercale Formata): </li></ul><ul><li>Formato para arquivos gráficos muito utilizado. </li></ul><ul><li>GNU: </li></ul><ul><li>Organização sem fins lucrativos criadas para promover o desenvolvimento de software gratuito. </li></ul><ul><li>Golpeei: </li></ul><ul><li>Ferramenta muito popular antes do surgimento da WWW(World Lide Web), permite a procura de informação em bases de dados existentes em todo o mundo, funcionando através de um sistema de menus. </li></ul><ul><li>Grupos de Discussão (Newsgroups): </li></ul><ul><li>Recurso da Internet que utiliza um protocolo própio (NNTP) para permitir o intercâmbio de opiniões através de grupos de discussão temáticos. Para participar dos newsgroups é necessário ter acesso a um servidor de news, fornecido pelo provedor de acesso à Internet, e um programa específico, como o Agent. Os programas de mail Messenger (Netscape) e Outlook Express (Internet Explorer) já vêm com recursos para acessar newsgroups. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>H </li></ul><ul><li>Ranker: </li></ul><ul><ul><li>Especialista em resolver problemas e descobrir furos de segurança em redes, como a Internet, é erroneamente confundido com um crawler. </li></ul></ul><ul><li>Hipersalina: </li></ul><ul><li>Nome que se dá às imagens ou palavras que dão acesso a outros conteúdos em um documento hipertexto. O hiperlink pode levar a outra parte do mesmo documento ou a outros documentos. Também é usada a palavra link. </li></ul><ul><li>Hiperfísica: </li></ul><ul><li>A definição formal de hipermídia une os conceitos de hipertexto e multimídia. Ou seja, um documento hipermídia contém imagens, sons, texto e vídeos, como qualquer título multimídia. Além disso, usa ligações de hipertextos para permitir que o usuário salte de um trecho para outro do documento ou até mesmo para um documento diferente. </li></ul><ul><li>Hipertexto: </li></ul><ul><li>Documento capaz de incluir em seu conteúdo ligações com outras partes do mesmo documento ou documentos diferentes. As ligações normalmente são indicadas por meio de uma imagem ou texto em uma cor diferente ou sublinhado. Ao clickar na ligação o usuário é levado até o texto ligado. </li></ul><ul><li>Hit: </li></ul><ul><li>Significa um pedido de um browser Web para um único ítem de um servidor Web. Assim, para que um browser exiba uma página que contenha três gráficos, vão ocorrer quatro hits no servidor: um para a página HTML e um para cada um dos três gráficos. </li></ul><ul><li>Homepage: </li></ul>
  14. 14. <ul><li>I </li></ul><ul><li>ICQ (I seek dou/Procurando você): </li></ul><ul><li>Programa desenvolvido pela Microbiais, que se tornou uma das aplicações mais populares da Internet. Permite encontrar amigos ou pessoas conectadas em tempo real e manter conversas ou sessões de chat. Para isso, é necessário que a outra pessoa também tenha o programa instalado em seu computador e esteja registrada na rede ICQ. </li></ul><ul><li>Internet: </li></ul><ul><li>Rede mundial de computadores que utiliza a arquitectura de protocolos de comunicação TCP/IP. Originou-se de um sistema de telecomunicações descentralizado criado pelo Depute de Defesa dos Estados Unidos durante a Guerra Fria. Durante os anos 70 e 80, cresceu entre os meios académicos, quando sua principal aplicação era o correio electrónico. Com a aparição da Word Ride Web em 1993, a Internet se popularizou. Provê transferências de arquivos, login remoto, correio electrónico, news, navegação na Web e outros serviços. </li></ul><ul><li>Internet Soviete: </li></ul><ul><li>Organização não governamental internacional que estimula a cooperação e o desenvolvimento de tecnologias e aplicações na Internet. </li></ul><ul><li>Internic: </li></ul><ul><li>Associação Internacional que controla e organiza a atribuição e registro de nomes de domínios na Internet. </li></ul><ul><li>Intranet: </li></ul><ul><li>Rede interna de computadores de uma empresa e/ou comunicação com outras empresas, usando a tecnologia da Internet. As Intranets têm acesso restrito. </li></ul><ul><li>IP (Internet Protocol): </li></ul><ul><li>O mais importante dos protocolos em que se baseia a Internet. O Internet Protocol(IP) é o protocolo responsável pelo roteamento de pacotes entre dois sistemas que utilizam a família de protocolos TCP/IP, desenvolvida e usada na Internet. O roteamento de pacotes permite dividir a informação em blocos que podem ser enviados separadamente e depois reagrupados no destino. </li></ul><ul><li>IRC (Internet Relay Chat): </li></ul><ul><li>Sistema de conversa por computador(chat) em que várias pessoas podem participar ao mesmo tempo em &quot;canais&quot; dedicados à assuntos específicos. As conversas acontecem em tempo real na rede. </li></ul><ul><li>ISDN (RDSI): </li></ul><ul><li>Sigla para Intergrated Services Digital Network. Uma rede digital de alta velocidade, que integra serviços de diversas naturezas como voz, dados, imagens etc. que deve substituir gradualmente a infra-estrutura física atual de comunicações, em que cada serviço tende a trafegar por segmentos independentes. Não disponível em termos comerciais amplos no Brasil. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>J </li></ul><ul><li>Java: </li></ul><ul><li>Linguagem de programação, criada pela Sun Microsystem, orientada a objectos, que permite o desenvolvimento de aplicações e applets Java. Gera um código que é interpretado na máquina do usuário através de uma Máquina Virtual Java, o que torna a linguagem multiplicador, permitindo que ela seja executada em praticamente todas as máquinas e sistemas operacionais. </li></ul><ul><li>JavaScript: </li></ul><ul><li>Java: </li></ul><ul><li>Linguagem de programação, criada pela Sun Microsystem, orientada a objectos, que permite o desenvolvimento de aplicações e applets java. Gera um código que é interpretado na máquina do usuário através de uma Máquina Virtual Java, o que torna a linguagem multiplataforma, permitindo que ela seja executada em praticamente todas as máquinas e sistemas operacionais. </li></ul><ul><li>JavaScript: </li></ul><ul><li>Linguagem de criação de scripts desenvolvida pela Netscape e pela Sun Microssismos. Serve para incluir funções e aplicações online básicas em páginas da Web, mas o número e a complexidade das funções disponíveis são menores do que com Java. ver Linguagem Script. </li></ul><ul><li>JPEG (Joint Photographic Experts Group): </li></ul><ul><li>Padrão de formato de compressão de imagens. JPEG foi criado para comprimir imagens tiradas do mundo real. Funciona bem com fotos e desenhos, mas não é tão eficiente com letras, linhas e cartoons. </li></ul><ul><li>Just-In-Time: </li></ul><ul><li>É a prática de logística referente à reposição de estoques. As quantidades e ocasiões de reposição devem ser planejadas de forma a garantir o giro de estoque baseado nas informações de demanda e baixas de estoque pré-analisadas. Os elementos principais do Just-In-Time são: ter somente o estoque necessário, quando necessário, melhorar a qualidade, tendendo a zero defeitos; otimizar lead times reduzindo tempos de setup, filas e tamanhos de lote; revisar incrementalmente as operações e realizar tudo isso a um custo mínimo. </li></ul><ul><li>Linguagem de criação de scripts desenvolvida pela Netscape e pela Sun Microsystems. Serve para incluir funções e aplicações online básicas em páginas da Web, mas o número e a complexidade das funções disponíveis são menores do que com Java. ver Linguagem Script. </li></ul><ul><li>JPEG (Joint Photographic Experts Group): </li></ul><ul><li>Padrão de formato de compressão de imagens. JPEG foi criado para comprimir imagens tiradas do mundo real. Funciona bem com fotos e desenhos, mas não é tão eficiente com letras, linhas e cartoons. </li></ul><ul><li>Just-In-Time: </li></ul><ul><li>É a prática de logística referente à reposição de estoques. As quantidades e ocasiões de reposição devem ser planejadas de forma a garantir o giro de estoque baseado nas informações de demanda e baixas de estoque pré-analisadas. Os elementos principais do Just-In-Time são: ter somente o estoque necessário, quando necessário, melhorar a qualidade, tendendo a zero defeitos; otimizar lead times reduzindo tempos de setup, filas e tamanhos de lote; revisar incrementalmente as operações e realizar tudo isso a um custo mínimo. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>L </li></ul><ul><li>LAN (Rede Local): Rede de computadores ligados por cabos especiais e limitados por uma distância física. Normalmente estão localizados em um mesmo prédio ou andar, e compartilham recursos comuns. </li></ul><ul><li>Linguagem Script: Linguagem de programação cujo código fonte é interpretado pelo programa em tempo de execução. Por exemplo: o browser interpreta HTML, JavaScript e Escrita. </li></ul><ul><li>Linha Comutada (Dialogue): </li></ul><ul><li>Conexão entre dois computadores ligados através de linhas telefónicas comuns e modems. A maioria das pessoas que se conectam à Internet de suas residências utilizam linhas comutadas. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Linha Dedicada: </li></ul><ul><li>Linha telefónica privada alugada especialmente para prover uma conexão permanente entre duas redes. Em geral, são utilizadas para conectar uma rede de área local (LAN) com um provedor de acesso à Internet, obtendo desta forma uma conexão ininterrupta; mas já começam a ser populares entre os usuários domésticos da Internet, apesar do seu ainda alto custo. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Lino: </li></ul><ul><li>Conexão, ou seja, elementos físicos e lógicos que interligam os computadores da Rede. Na Web, são palavras chave destacadas em um texto que, quando &quot;clivadas&quot;, nos levam para o assunto desejado, em outro arquivo ou servidor. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Lince: Variante do sistema operacional Unix, é desenvolvido por uma ativa comunidade de programadores em todo o mundo, que colaboram através da Internet com o projeto. Integra o Free Software Movement (Movimento pelo Software Livre). É grátis e seu código é aberto, ou seja, qualquer pessoa pode modificá-lo e distribuí-lo à vontade. </li></ul><ul><li>Lista de e-mail: Listas temáticas semelhantes aos grupos de discussão, mas que funcionam através de e-mail. </li></ul><ul><li>Listserv: Arquivos armazenados em um servidor que detalham a atividade do mesmo. Utilizando os logs, pode-se saber que páginas são mais acessadas em um site, as datas e horas em que são acessadas e até de onde vêm os pedidos. </li></ul><ul><li>Login: </li></ul><ul><li>O login é o nome que o usuário utiliza para acessar o servidor da rede. Para entrar na rede, é preciso entrar com a identificação (login), seguido de uma senha (password). </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Linx: </li></ul><ul><li>Browser da Web em modo texto. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>M </li></ul><ul><li>Mbps (Megabits por Segundo): </li></ul><ul><li>Velocidade de tráfego de dados equivalente a 10 milhões de bits por segundo. </li></ul><ul><li>MES (Manufactureiro Executiva Sustemos): </li></ul><ul><li>Estes sistemas possibilitam as empresas a programar ordens de produção, coordenar actividades de suporte, gerências as execuções no chão de fábrica e comunicar o status e os problemas com as ordens de produção. </li></ul><ul><li>Mensagem browser: </li></ul><ul><li>Componente ou serviço, responsável por trocar mensagens entre aplicativos ou camadas de um sistema. </li></ul><ul><li>Mensagens: </li></ul><ul><li>Fila de mensagens. </li></ul><ul><li>Milenares: </li></ul><ul><li>Aplicativo que interliga outros dois aplicativos que normalmente encontram-se em camadas diferentes. </li></ul><ul><li>MIME (Multíparos Internet Maia Extensivos): </li></ul><ul><li>Padrão que amplia o SMTP (Simples Maia Transfer Protocol) para permitir que dados, como vídeo, som e arquivos binários, sejam transmitidos pelo correio electrónico e pela Web sem precisar de conversão prévia para o formato ASCII. </li></ul><ul><li>Mirror (Site Espelhado): </li></ul><ul><li>Servidor que contém um conjunto de arquivos que é uma duplicata do conjunto existente em outro servidor. Os Sete-estrelo existem para dividir a carga de distribuição entre sites. </li></ul><ul><li>Modem: </li></ul><ul><li>Dispositivo que adapta um computador a uma linha telefónica. O nome vem de &quot;MOdulador-DEModulador&quot;, pois o modem converte os sinais digitais do micro para os analógicos dos telefones e vice-versa. </li></ul><ul><li>Mosaico: </li></ul><ul><li>Programa de navegação na Internet criado por Marc Andreessen no NCSA (National Center for Supercomputing Applications) em 1993, que popularizou os browsers ao levá-los para o mundo PC. </li></ul><ul><li>MPEG (Motion Pictures Experts Group): </li></ul><ul><li>Algoritmo de compressão de arquivos de áudio e vídeo. </li></ul><ul><li>MUD (Multi User Dungeon): </li></ul><ul><li>Jogos de RPG (Role-Playing Games) na Internet em que várias pessoas, utilizando o modo texto, desempenham papéis imaginários. </li></ul><ul><li>Multicast Backbone (Mbone): </li></ul><ul><li>Protocolo de alta velocidade usado para difundir áudio e vídeo na Internet. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>N </li></ul><ul><li>National Science Foundation: </li></ul><ul><li>Órgão oficial do governo dos EUA que financia atividades científicas dos país. O NSF teve grande participação na criação da Internet. </li></ul><ul><li>Navegação: </li></ul><ul><li>Ato de conectar-se a diferentes computadores da Rede, distribuídos pelo mundo, usando as facilidades oferecidas por ferramentas como os browsers. </li></ul><ul><li>Net (Rede): </li></ul><ul><li>O termo é utilizado como sinônimo para Internet. </li></ul><ul><li>Netiqueta: </li></ul><ul><li>Regras de boas maneiras no uso da Internet. Por exemplo: evitar escrever com letras maiúsculas, o que equivale a gritar numa conversa. </li></ul><ul><li>Netscape Navigator: </li></ul><ul><li>O browser mais popular da Web, foi criado pela Netscape, empresa fundada por Marc Andreessen e atualmente integrada à America Online (AOL), a maior provedora de acesso do mundo. </li></ul><ul><li>Newbies: </li></ul><ul><li>Como são chamados os usuários recém-chegados à rede, principalmente quando cometem erros básicos como enviar uma mensagem pessoal para um grupo de discussão. </li></ul><ul><li>Newsgroups (Grupos de discussão): </li></ul><ul><li>Recurso da Internet que utiliza um protocolo próprio (NNTP) para permitir o intercâmbio de opiniões através de grupos de discussão temáticos. Para participar dos newsgroups é necessário ter acesso a um servidor de news, e um programa específico, como o Agent. O Messenger (Netscape) e Outlook Express (Internet Explorer) acessam os newsgroups. </li></ul><ul><li>NFS (Network File System): </li></ul><ul><li>É o protocolo de compartilhamento de arquivos remotos desenvolvido pela Sun Microsystems. Faz parte da família de protocolos TCP/IP. </li></ul><ul><li>NNTP (Network News Transfer Protocol): </li></ul><ul><li>Padrão usado para a troca de mensagens dos usuários da Usenet na Internet. </li></ul><ul><li>NSLOOKUP (Name Server Lookup): </li></ul><ul><li>Recurso da Internet que permite ver qual o endereço IP correspondente a um determinado host e vice-versa. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>O </li></ul><ul><li>OAG: O Grupo de Aplicações Abertas, é uma organização que define uma padrão de troca mensagens entre aplicações, com o intuito de facilitar a integração entre as mesmas.Offline: Diz-se quando o computador não está conectado na rede: &quot;estou Office&quot;.OLE (Object Linking and Embedding): Esquema para &quot;ligar e embutir objectas&quot;, desenvolvido para compartilhamento de dados - gráficos, tabelas, textos, figuras - entre aplicativos Windows. Protocolo que possibilita a aplicativo lidar com objectos que não tenham (ou não saibam) como manipular directamente (quando requisitada, a edição/execução do objecto é feita por intermédio de uma chamada a outro aplicativo).On-Line: Termo utilizado para designar todo o tipo de translação entre computadores pela redentores (Object Requesta Browsers): É o componente responsável por atender requisições de objectos em um fraseadora de objectos. Principal componente da arquitectura CORBA, ele recebe requisições de clientes e disponibiliza o acesso à objectos previamente publicados em um directório de objetos.Outlook: Programa de correio electrónico da Microsoft. Substitui com inúmeras vantagens, o Internet Maia and News, produto que acompanhava as primeiras versões do Internet Explorer. Parte do pacote Office, uma versão robusta do Outlook inclui serviços de agenda e organização pessoal. </li></ul>
  20. 20. <ul><li>P </li></ul><ul><li>links para outros sites. Embora, inicialmente o termo era utilizado para referenciar sites comuns de Internet, está sendo cada vez mais utilizado para designar sites de mercados verticais, que oferecem os mesmos serviços. </li></ul><ul><li>Portal de Informações Empresariais. Ver EIP. </li></ul><ul><li>PDA (Assistente Digital Pessoal): </li></ul><ul><li>É um equipamento utilizado para realizar tarefas e disponibilizar serviços de uso pessoal. Além dos serviços mais comuns como agenda, editor de textos, calculadora, e outros mais, os PODAS vem a cada dia implementando novas funcionalidades, sendo inclusive usados para acessar a Internet, e assim utilizar inúmeros outros serviços disponíveis na rede. </li></ul><ul><li>PPP (Poente to Poente Protocol): </li></ul><ul><li>Protocolo que permite ao computador usar os protocolos TCP/IP (Internet) com o padrão telefónico e alta velocidade de modem (substitui SLIP). </li></ul><ul><li>Protocolo: </li></ul><ul><li>É o conjunto de regras que especificam o formato, a sincronização, o sentenciamento e a verificação de erros na comunicação entre computadores, para que esta se possa efectuar. O protocolo básico utilizado na Internet é o TCP/IP. </li></ul><ul><li>Provedor de Acesso: </li></ul><ul><li>Instituição que se liga à Internet para obter conectividade IP e reptasse-la a outros indivíduos e instituições, em caráter comercial ou não. O provedor de acesso torna possível ao usuário final a conexão à Internet através de uma ligação telefónica local. Os provedores de acesso são ligados à um provedor de backbone. </li></ul><ul><li>Provedor de Informação: </li></ul><ul><li>Empresas que colocam informações na rede para os usuários, ou seja, colocam, mantém e/ou organizam informações online para acesso através da Internet por parte de assinantes da Rede. Essas informações podem ser de acesso público, caracterizando assim um provedor não-comercial ou, no outro extremo, constituir um serviço comercial onde existem tarifas ou assinaturas cobradas. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>R </li></ul><ul><li>Dois ou mais computadores conectados entre si, permitindo a seus usuários compartilhar programas e arquivos. A rede pode ser permanente, quando conectada por cabos, ou temporária, quando a conexão se realiza através de linhas telefónicas. O termo é usado, também como sinônimo para Internet.   </li></ul><ul><li>RFC (Requeste for Comentas): Documentos editados desde 1969 e que descrevem aspectos relacionados com a Internet, como padrões, protocolos, serviços ou recomendações operacionais. RICAS (Remo-te Procederei Calls): É o nome dado ao ato de chamar ou executar um procedimento ou programa que não se encontra na mesma máquina do programa chamados. </li></ul><ul><li>Rodeador: Dispositivo responsável pelo encaminhamento de pacotes de comunicação aos seus destinatários em uma prece ou entre redes, seleccionando a rota mais eficiente disponível no momento </li></ul>
  22. 22. <ul><li>S </li></ul><ul><li>SCM (Supply Chain Management): O objectivo da Administração da Cadeia de Suprimentos é incrementar os resultados, reduzindo investimentos e despesas operacionais, através da integração das operações internas e externas de aquisição, manufatura e logística dentro de um fluxo de processo sincronizado. Servidor: É o computador de uma rede responsável por administrar e fornecer programas e informações para os outros computadores conectados, chamados clientes. Shareware: Programa que pode ser testado pelo usuário antes do pagamento de licença de uso ao seu criador. Uma boa parte dos programas para a Internet são shareware, ou freeware (gratuitos). Os autores de shareware normalmente pedem pagamento simbólico pelo software. Síncrona: Em comunicação, a informação pode ser enviada através de uma conexão serial (mesmo incluindo uma linha telefônica), no modo síncrono, em que os dados viajam através da ligação em intervalos de tempo precisos, havendo para isso, um sinal de temporização que constantemente é transmitido na conexão; ou no modo assíncrono que não têm essa estrutura, podendo os dados ser enviados em intervalos regulares através da ligação, sem necessidade de sinal de temporização. Site: Endereço na World Wide Web, espécie de &quot;casa&quot; virtual de uma pessoa, empresa ou instituição. É um grupo de documentos em HTML relacionados e arquivos associados que residem em um servidor (no caso, computador hospedeiro). A maioria dos sites tem uma home page como ponto inicial, funcionando frequentemente como uma espécie de índice geral do site. SLIP  (Serial Line Internet Protocol): Protocolo usado na Internet para acesso remoto discado, substituido pelo PPP (Point to Point Protocol). SMTP (Simple Mail Transfer Protocol): É o protocolo Internet usado para correio eletrônico. SNMP (Simple Network Management Protocol): É um protocolo usado para monitorar e controlar serviços e dispositivos de uma rede TCP/IP. É o padrão adotado pela RNP para a gerência de sua rede. Spam: Mensagem de correio eletrônico não solicitada enviada a muitos destinatários ao mesmo tempo, geralmente com finalidades comerciais. SSL (Secure Sockets Layer): Protocolo que possibilita realizar comunicações seguras através de criptografia e autenticação. SYSOP (System Operator): Alguém responsável pela manutenção e operação de um sistema de computadores, geralmente um BBS(Bulletin Board System), ou de um provedor de acesso à Internet. </li></ul>
  23. 23. <ul><li>T </li></ul><ul><li>Talo: O comando do UNIX que, depois de um nome e endereço, serve para solicitar um bate-papo online na Internet. Antecessor paleolítico do ICQ. </li></ul><ul><li>TCP/IP (Transmissivos Controla Protocol/Internet Protocol): Conjunto de padrões da Internet que orienta o tráfego de informações e define o endereçamento e o envio de dados. Protocolo desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos para a comunicação entre os computadores. Projetado para o sistema UNIX, tornou-se padrão para a Internet. Para que dois computadores se comuniquem na Internet, é preciso que ambos utilizem o TCP/IP. </li></ul><ul><li>Telnet: Protocolo que permite ao usuário da Internet se conectar a um computador remoto, como se estivesse utilizando um terminal baseado em texto diretamente conectado àquele computador. </li></ul>
  24. 24. <ul><li>U </li></ul><ul><li>Unitarista Operacional poderoso, muito usado na Internet, desenvolvido no Belo Laboratories da AT&T em 1969.  URL (Uniform Resource Locator): Endereço na Internet. As URLs são usadas por navegadores da Web para localizar recursos na Internet. Uma URL específica o protocolo a ser usado para acessar o recurso (como http: para um site de FTP), e o nome do servidor no qual o recurso reside. É padrão de endereçamento da Web.  Usenet: Conjunto de milhares de fóruns de discussão a cessáveis através da Internet e de outras redes. É composta de milhares de newsgroup (cerca de 18 mil), cada um dedicado a um tópico específico. </li></ul>
  25. 25. <ul><li>V </li></ul><ul><li>VAN (Vagueardes Network): É uma empresa que opera serviços de recepção, armazenamento e transmissão de mensagens entre empresas que se comunicam por EDI. VRML (Virtual Realiste Modelismo Linguagem): Linguagem de descrição de cena desenvolvida por Mara Pesco e Tons Paris, em 1994, que permite a modelagem e a navegação através de um ambiente tridimensional. </li></ul>
  26. 26. <ul><li>W </li></ul><ul><li>WAIS (Wide Área Informatizou Server): Serviço de pesquisa e recuperação de documentos que permite a procura de informações em bases de dados distribuídas. Sua principal característica é a conversão automática de formatos para visualização remota de documentos e Adosinda (Wide Área Network): São redes locais de computadores interligadas por cabos especiais (normalmente de fibra gótica) e localizadas fisicamente distantíssimas : Formato de arquivo de som do Windows. Webmaster: Pessoa que administra um determinado site da World Wide Web. Suas funções são, em geral, responder a mensagens de correio eletrônico, actualizar as home pagers e manter o site operacional. Web Site: Um servidor de WWW. Contém páginas interligadas conhecidas como documentos de hiper texto. (Página da Web). Whist: Recurso que permite acesso a um banco de dados de informações sobre domínios, redes, hostis e pessoas, fornecendo um serviço de directório de usuários da Internet. Workflow: É a definição ou descrição de um fluxo de trabalho, normalmente usado para descrever algum professorei (Web User Interface): É a interface de usuário (telas de um programa) que pode ser a cessada via WEB, por meio de um navegadores ou Web (World Wide Web): Área da Internet que contém documentos em formato de hipermídia, uma combinação de hiper texto com multimídia. Os documentos hipermídia da WWW são chamados de páginas de Web e podem conter textos, imagens e arquivos de áudio e vídeo, além de ligações com outros documentos na rede. A  característica multimídia da Web, tornou-a a porção mais importante da Internet. </li></ul>
  27. 27. <ul><li>X </li></ul><ul><li>XML (Extensivas Marcus Linguagem): O padrão XML, uma linguagem mais estruturada para representação de dados na Web, é utilizado na Internet e suporta uma grande variedade de aplicações. </li></ul>
  28. 28. <ul><li>Z </li></ul><ul><li>Zipar: Compactar arquivo de dados, para que possa ser mais facilmente transmitido pela Internet ou gravado em disquete ou outra mímica. A palavra vem da extensão .zip, de um dos programas de compactação mais usados.  Z-MODEM: Protocolo de comunicação modem a modem, o mais popular na época de ouro dos BBS. Além de conter uma poderosa secagem e correcção de erros, ainda permitia retornar o doando caso houvesse uma interrupção súbita da comunicação (muito frequente naquela epóca...)  </li></ul> 
  29. 29. <ul><li>CAPA DO GLOSSÀRIO INFORMATICO FINAL . CESAR </li></ul>

×