E Commerce

3.201 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.201
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
145
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

E Commerce

  1. 1. E-COMMERCE M-COMMERCE B2B B2C Yuri Menezes Adilson Junior Roberto Pizzi Eduardo Spinola
  2. 2. E-COMMERCE <ul><li>Conceito de e-commerce: </li></ul><ul><li>E-Commerce provém de “Electronic Commerce”, que em português significa “Comércio Eletrônico” - termo usado para identificar um sistema comercial montado por uma empresa para atender aos seus clientes por meio de redes de computadores e mantido por uma infra-estrutura digital. </li></ul>
  3. 3. E-COMMERCE <ul><li>Abordagem do e-commerce: </li></ul><ul><li>O comercio eletrônico cobre os processos pelos quais os consumidores, fornecedores e parceiros de negócios são atingidos, atingindo atividades como vendas, marketing, recepção de pedidos, entregas e serviços ao consumidor, transações e troca de informações entre empresas. </li></ul>
  4. 4. E-COMMERCE <ul><li>Breve histórico </li></ul><ul><ul><li>Surgiu antes da web </li></ul></ul><ul><ul><li>Evolução com EDI’s (Eletronic Data Interchange) </li></ul></ul><ul><ul><li>Grandes empresas européias e americanas (bancos e companhias aéreas). </li></ul></ul><ul><ul><li>Chegou aos consumidores graças a internet </li></ul></ul>
  5. 5. E-COMMERCE <ul><li>Porque usar e-commerce? </li></ul><ul><li>Aumento das alternativas de escolha, com mais produtos, procura global e larga variedade de preços; </li></ul><ul><li>Melhor acesso as informações, as especificações dos produtos, a disponibilidade e ao ponto de situação de encomenda; </li></ul><ul><li>Disponibilidade de serviço a clientes 24/7/30/365 </li></ul><ul><li>Evitar as deslocações e as dificuldades de estacionamento; </li></ul><ul><li>Redução dos constrangimentos relacionados com o tempo, e horário de funcionamento. </li></ul>
  6. 6. E-COMMERCE <ul><li>Crescimento e Faturamento </li></ul>
  7. 7. E-COMMERCE
  8. 8. E-COMMERCE <ul><li>Regulamentação </li></ul><ul><ul><li>Ausência de uma legislação específica. </li></ul></ul><ul><ul><li>Insegurança nos usuários. </li></ul></ul><ul><ul><li>Abertura para fraudes. </li></ul></ul><ul><li>Camara-e.net </li></ul><ul><ul><li>Câmara multi-setorial da área. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mais de 160 empresas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Discutem e propõem metas e regulamentações públicas. </li></ul></ul>
  9. 9. E-COMMERCE <ul><li>Base Tecnológica Constituída por 3 camadas </li></ul>
  10. 10. E-COMMERCE <ul><li>Tecnologias das camadas: </li></ul><ul><ul><li>Interface de apresentação </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>HTML, JavaScript, Flash, Ajax, SilverLight </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Sistemas Lógicos </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>ASP, C#, PHP, EJB, Java EE, VisualBasic </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Base de Dados </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Oracle, SqlServer, MySql, Postgre, Access </li></ul></ul></ul>
  11. 11. E-COMMERCE <ul><li>ASP’s </li></ul><ul><ul><li>Application Service Providers. </li></ul></ul><ul><ul><li>Reduzir custos com manutenção </li></ul></ul><ul><ul><li>Hospedagem, gerenciamento e aluguel de aplicativos de negócios. </li></ul></ul><ul><ul><li>Utilizados por médias e pequenas empresas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ex: Locaweb, DotStore </li></ul></ul>
  12. 12. E-COMMERCE <ul><li>Perspectivas futuras </li></ul><ul><ul><ul><li>Atingir a meta de R$ 8.5 bi </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Inclusão da “Classe C” </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fusões com o B2W: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Fusão Americanas.com + Submarino.com </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>50% do total de vendas pela internet </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Terceirização dos serviços </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>ASP’s </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Atingir as redes sociais vituais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Orkut e MSN </li></ul></ul></ul></ul>
  13. 13. <ul><li>MOBILE COMMERCE </li></ul>
  14. 14. Mobile Commerce <ul><li>Também conhecido como M-Commerce, mCommerce ou U-Commerce (Comércio Ubíquo). </li></ul><ul><li>mCommerce é qualquer transação, transferência de fundos ou direitos, utilizando um Celular ou PDA. </li></ul><ul><li>O mCommerce não é algo novo, já vem desde os terminais de acesso sem fio. Mas está sendo adaptado para maior disponibilidade e facilidade de uso. </li></ul><ul><li>O mCommerce veio para ser um aliado do e-commerce. </li></ul>
  15. 15. Mobile Commerce <ul><li>Atualmente no Brasil tem sido muito difundido, porém não da forma ideal. </li></ul><ul><li>É comum a comercialização de Ringtones , Vídeos , Wallpapers e Jogos diretamente do celular para o celular. É chamado de compra de conteúdo. </li></ul>
  16. 16. Utilizações do mCommerce <ul><li>Venda direta pelo celular. </li></ul><ul><li>Ex: Polo Ralph Lauren (m.ralphlauren.com) </li></ul><ul><ul><li>Venda de roupas diretamente pela loja mobile. </li></ul></ul><ul><ul><li>Links QR codes publicadas diretamente nos anúncios. </li></ul></ul><ul><ul><li>Informações de moda. </li></ul></ul><ul><ul><li>Localização de lojas. </li></ul></ul>
  17. 17. Utilizações do mCommerce <ul><li>Mobile Ticketing </li></ul><ul><ul><li>Ticket de algum serviço contratado enviado para o celular. </li></ul></ul><ul><ul><li>A empresa de aviação Lufthansa já instalou o “m-tix”, onde o passageiro ao fazer o check-in aproxima seu celular no ponto de controle da empresa e todas informações são lidas e o embarque autorizado. </li></ul></ul>
  18. 18. Utilizações do mCommerce <ul><li>mLocation - Serviço de localização passando informações sobre determinado lugar. </li></ul><ul><li>mInformation – Venda de informações diversas, desde informações financeiras, trânsito etc. </li></ul><ul><li>mBrokerage – informações sobre ações nas bolsas de valores. </li></ul>
  19. 19. Utilizações do mCommerce <ul><li>mMarketing – Várias empresas utilizam o celular para informar sobre promoções, produtos. </li></ul><ul><ul><li>Utilizam bluetooth ou SMS para transmitir vídeos promocionais, cupons de desconto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Algumas empresas que já apostam nisso: </li></ul></ul><ul><ul><li>Coca-cola, Olympus, Casas Bahia, Carrefour, CNA, Casa&Video, Nestlé, Microsoft. </li></ul></ul>
  20. 20. Utilizações do mCommerce <ul><li>mBanking – O Banco do Brasil junto com a operadora OI já disponibiliza algumas operações diretamente do celular utilizando a tecnologia USSD. </li></ul><ul><li>mPayment – A operadora VISA junto com o Banco do Brasil já se juntaram para disponibilizar ao cliente a possibilidade de utilizar o celular como cartão de débito ou crédito. </li></ul>
  21. 21. mWeb2.0 <ul><li>Web 2.0 no celular – Alguns sites da era Web2.0 já disponibilizam seu conteúdo via celular. </li></ul><ul><ul><li>Orkut ( m. orkut .com ) – MySpace ( mobile . myspace .com ) </li></ul></ul><ul><li>Também é possível criar conteúdo e disponibilizar diretamente do celular. </li></ul><ul><ul><li>www.timstudio.com.br – www.claroideias.com.br </li></ul></ul>
  22. 22. Tecnologias empregadas <ul><li>Wap 2.0 – HTML – XML </li></ul><ul><li>Bandas GPRS, 2/2.5 G e 3G </li></ul><ul><li>SMS x USSD </li></ul><ul><li>WASP </li></ul><ul><li>Java MIDP 1.1 </li></ul><ul><li>NFC (Near Field Communication – RFID) </li></ul><ul><li>Java ME, Symbian, Brew </li></ul>
  23. 23. Segurança no mCommerce <ul><li>Segurança no mCommerce: </li></ul><ul><ul><li>Criptografia (Privacidade) </li></ul></ul><ul><ul><li>Funções Hash (Integridade) </li></ul></ul><ul><ul><li>Senhas (Autenticação) </li></ul></ul><ul><ul><li>Assinaturas digitais (Não Repudiação) </li></ul></ul>
  24. 24. Riscos no mCommerce <ul><li>Acesso sem autorização </li></ul><ul><li>Fraudes por parte dos empregados </li></ul><ul><li>Lavagem de dinheiro </li></ul><ul><li>Roubo </li></ul><ul><li>Brechas na segurança </li></ul><ul><li>Mal uso pelo consumidor </li></ul>
  25. 25. <ul><li>BUSINESS – TO – BUSINESS </li></ul><ul><li>B2B </li></ul>
  26. 26. B2B – BUSINESS TO BUSINESS <ul><li>É o nome dado ao comércio eletrônico associado a operações de compra e venda, de informações de produtos e de serviços através da Internet ou através da utilização de redes privadas partilhadas entre parceiros e negócios, substituindo assim os processos físicos que envolvem as transações comerciais. </li></ul>
  27. 27. PORTAIS B2B <ul><li>Portais para colaboradores (intranet) </li></ul><ul><li>Portais para parceiros (extranet) </li></ul><ul><li>Portais de terceiros ou e-markeplaces </li></ul>
  28. 28. FERRAMENTA - SHAREPOINT <ul><li>O Windows Sharepoint Services é uma plataforma de colaboração. O WSS cria um site ou série deles. Esses sites são estruturados hierarquicamente, podendo ter recursos colaborativos como fórum, documentos compartilhados, versionamento de documentos, entre outros. </li></ul>
  29. 29. AS VÁRIAS FORMAS DO B2B <ul><li>MRO </li></ul><ul><li>Gerentes de Rendimento </li></ul><ul><li>Trocas </li></ul><ul><li>Catálogo </li></ul>
  30. 30. O SIGNIFICADO DE HUB <ul><li>O nome hub tem origem no setor automobilístico </li></ul><ul><li>Hub é o &quot;cubo&quot; das rodas raiadas </li></ul><ul><li>Os raios partem do hub em t odas as direções . </li></ul>
  31. 31. O CONCEITO DE E-HUB <ul><li>Um e-Hub está habilitado para uma plataforma da Web que permite encontrar parceiros comerciais, troca e partilha de informações relacionadas com as atividades de compra e venda. </li></ul>
  32. 32. CAPACIDADES E FUNCIONALIDADES DO B2B <ul><li>Integração e colaboração de orientação </li></ul><ul><li>Funcionalidade </li></ul><ul><li>Escalabilidade / disponibilidade </li></ul><ul><li>Segurança </li></ul><ul><li>Privacidade </li></ul><ul><li>Conteúdo / Catálogo de gestão </li></ul><ul><li>Arquitetura Hub-and-spoke </li></ul>
  33. 33. DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO INICIATIVA B2B <ul><li>Desafios Tecnológicos </li></ul><ul><li>Desafios nos Negócios </li></ul><ul><li>Desafios legais e regulamentares </li></ul><ul><li>Desafios comportamentais </li></ul>
  34. 34. DESAFIOS TECNOLÓGICOS <ul><li>Segurança </li></ul><ul><ul><li>Secure Socket Layer </li></ul></ul><ul><ul><li>Public Key Infrastructure </li></ul></ul><ul><li>Integração de sistemas </li></ul><ul><li>Redes de capacidades </li></ul><ul><ul><li>Virtual Private Network </li></ul></ul><ul><li>Gestão de conteúdo </li></ul><ul><ul><li>ERP </li></ul></ul><ul><li>Recuperação de Backups </li></ul>
  35. 35. DESAFIOS NOS NEGÓCIOS <ul><li>Gestão de Mudança </li></ul><ul><li>Modelos de Negócios </li></ul><ul><li>Canais de conflito </li></ul>
  36. 36. DESAFIOS LEGAIS E REGULAMENTARES <ul><li>Direitos autorais eletrônicos </li></ul><ul><li>Política de dinheiro </li></ul><ul><li>Tarifas </li></ul><ul><li>Privacidade </li></ul>
  37. 37. DESAFIOS COMPORTAMENTAIS <ul><li>Resistência a mudanças </li></ul><ul><li>Falta de confiança </li></ul><ul><ul><li>TRUSTe </li></ul></ul>
  38. 38. <ul><li>BUSINESS – TO – CONSUMER </li></ul><ul><li>B2C </li></ul>
  39. 39. BUSINESS-TO-CONSUMER <ul><li>Business-to-consumer, B2C, também business-to-customer, é o comércio efetuado diretamente entre a empresa produtora, vendedora ou prestadora de serviços e o consumidor final, através da Internet </li></ul>
  40. 40. CARACTERISTICAS E VANTAGENS <ul><li>Em geral compartilha as mesmas das outras modalidades de e-commerce (dispinibilidade,personalização, conveniencia, etc..) </li></ul><ul><li>Podemos destacar destas vantagens a mais importante, que leva empresas tradicionais migrar para este modelo, é a redução de custos(a logistica é mais barata e há redução com intermediação). </li></ul>
  41. 41. MODELOS DE B2C <ul><li>Existem três tipos de modelos de B2C, tais como: leilões, lojas online e serviços online. </li></ul><ul><li>Lojas Online ex: Amazon, Dell,Submarino,Americanas.com </li></ul><ul><li>Leilões </li></ul><ul><li>Serviços Online </li></ul>
  42. 42. LOJAS ONLINE – CASO DA DELL <ul><li>Dell – Fundada em 1984, com um capital inicial de mil dolares </li></ul><ul><li>Venda direta ao consumidores(não há intermediaios) </li></ul><ul><li>Possibilidade do consumidor escolher a sua configuração </li></ul><ul><li>Receita anual de 61 Bilhões em 2008, mais de 70 mil funcionarios </li></ul><ul><li>Serviços de suporte e garantia diferenciados </li></ul>
  43. 43. LEILÕES <ul><li>Mesmo modelo do leilão tradicional, porém utilizando a Internet </li></ul><ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><ul><ul><li>Inspecção de mercadorias: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Potencialidade de fraude </li></ul></ul></ul><ul><li>Exemplos </li></ul><ul><ul><ul><li>Compras.net </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Superbid( http://www.superbid.net ) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mercado Livre(C2C) </li></ul></ul></ul>
  44. 44. SERVIÇOS ONLINE <ul><li>Seguros, baseados na Internet; </li></ul><ul><li>Soluções para a empresa e para o mercado consumidor; </li></ul><ul><li>Transferências bancárias; </li></ul><ul><li>Cancelar serviços públicos ,tais como o gás, electricidade e telefone local; </li></ul><ul><li>Televisão por cabo, </li></ul><ul><li>Chamadas telefónicas via internet; </li></ul>
  45. 45. SERVIÇOS ONLINE – RENT A CODER <ul><li>Site de negociação de serviços de TI para </li></ul><ul><li>234.371 Programadores registrados </li></ul><ul><li>108.976 Compradores </li></ul><ul><li>2,352 Projetos abertos </li></ul><ul><li>Funcionamento: </li></ul><ul><ul><ul><li>Programadores escolhem quais projetos participar </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>A cada projeto ocorre uma especie de leilao </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O contratante escolhe qual programador segundo seus requisitos </li></ul></ul></ul>
  46. 46. FUTURO DO B2C <ul><li>Compras por outros meios(TV Digital, Celular, Geladeira,etc) </li></ul><ul><li>Softwares Agentes de Compra </li></ul><ul><ul><ul><li>Programas agentes vão mergulhar na internet, buscando produtos conforme o gosto do consumidor </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Eletrodomesticos avisando produtos que estão em falta e realizando compras na internet. </li></ul></ul></ul>
  47. 47. Estudo de caso <ul><li>O Oi Paggo é um sistema de mPayment implantado pela operadora Oi aqui no Brasil. </li></ul><ul><li>Em março de 2008 já se somavam 19 mil estabelecimentos. </li></ul><ul><ul><li>Em Aracaju a Login Informática já disponibiliza esse tipo de pagamento. </li></ul></ul><ul><li>Pode ser usado em qualquer tipo de transação, desde que anteriormente os participantes já tenham sido cadastrados e aprovados. </li></ul>
  48. 48. Estudo de caso <ul><li>Funcionamento do Oi Paggo: </li></ul><ul><ul><li>O vendedor, já com o número do cliente, faz o pedido de débito, informando a quantidade de parcelas e etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>O cliente receberá uma mensagem no celular, informando sobre o débito. </li></ul></ul><ul><ul><li>O cliente confirma inserindo uma senha. </li></ul></ul><ul><ul><li>Por fim, o vendedor recebe a confirmação e libera o produto. </li></ul></ul><ul><li>No final do mês, a Oi se encarrega de enviar todos débitos em uma fatura, assim como em uma operadora de cartão de crédito. </li></ul>
  49. 49. Estudo de caso <ul><li>Alguns serviços que já utilizam o </li></ul><ul><li>Oi Paggo: </li></ul><ul><ul><li>Taxi, </li></ul></ul><ul><ul><li>Postos de Combustível, </li></ul></ul><ul><ul><li>Restaurantes, </li></ul></ul><ul><ul><li>Super-Mercados, </li></ul></ul><ul><ul><li>Farmácias. </li></ul></ul>

×