Dança, bailarina, dança...
Dança, bailarina, dança... Põe nos teus passos toda a harmonia e toda a poesia nas pontas de teus pés! Em gestos nobres, f...
Gira, bailarina, gira... Vai girando e semeando amor, Mais depressa que as voltas do mundo, Prá que haja tempo de matar a ...
Baila, bailarina, baila... Traze contigo a primavera prá florir os campos, florescendo a Terra, Numa explosão de cores que...
Faze de tua arte uma suave prece Capaz de enternecer os corações de pedra Faze tua música soar tão alto Calando assim os e...
Abre tua alma, no esplendor da dança... Não desistas nunca e verás, enfim, bailar no campo, doce e cálida esperança em mei...
“ Fazer com que o amor à arte contagie a todos, enternecendo os corações endurecidos, lançando suas sementes pelo mundo e ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

DançA

672 visualizações

Publicada em

homenagem as bailarinas melhor visualizado apos download

Publicada em: Diversão e humor, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
672
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DançA

  1. 1. Dança, bailarina, dança...
  2. 2. Dança, bailarina, dança... Põe nos teus passos toda a harmonia e toda a poesia nas pontas de teus pés! Em gestos nobres, faze surgir a fé!
  3. 3. Gira, bailarina, gira... Vai girando e semeando amor, Mais depressa que as voltas do mundo, Prá que haja tempo de matar a dor!
  4. 4. Baila, bailarina, baila... Traze contigo a primavera prá florir os campos, florescendo a Terra, Numa explosão de cores que tua dança encerra!
  5. 5. Faze de tua arte uma suave prece Capaz de enternecer os corações de pedra Faze tua música soar tão alto Calando assim os estopins da guerra! Mostra ao homem que o teu bailado expressa a vida nesse simples ato... Onde o amor é tudo, onde o amor é nato. Que em teus saltos ponha a tua garra seguindo sempre a luz de teu clarão, quebrando muros para unir os povos num universo único, onde se dêem as mãos.
  6. 6. Abre tua alma, no esplendor da dança... Não desistas nunca e verás, enfim, bailar no campo, doce e cálida esperança em meio às flores de um lindo jardim...
  7. 7. “ Fazer com que o amor à arte contagie a todos, enternecendo os corações endurecidos, lançando suas sementes pelo mundo e vendo delas, surgir a “Esperança” de um mundo melhor”. Poema de Carmem Lúcia Carvalho de Souza. Música de André Gagnon (Um amour particulier). Imagens da Internet. Formatação de Annapon (annapon@terra.com.br)

×