Arquivos E Bib Digitais Apr 1

649 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
649
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquivos E Bib Digitais Apr 1

  1. 1. Arquivos e Bibliotecas Digitais Programa Doutoral em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais Universidade do Porto Universidade de Aveiro Professora Doutora Fernanda Ribeiro Professora Doutora Maria Manuel Borges
  2. 2. O fim das instituições sociais na Utopia é de (…) deixar a cada um o maior tempo possível para se libertar da servidão do corpo, cultivar livremente o espírito, desenvolvendo as suas faculdades intelectuais pelo estudo das ciências e das letras. É neste desenvolvimento completo que eles põem a verdadeira felicidade . Thomas More, 1516: 22
  3. 3. Missão e objectivos da Biblioteca Escolar <ul><li>Mission of the School Library , IFLA (International Federation of Library Associations) </li></ul><ul><li>A biblioteca escolar (BE) disponibiliza serviços de aprendizagem, livros e recursos que permitem a todos (…) tornarem-se pensadores críticos e utilizadores efectivos da informação em todos os suportes (…). </li></ul><ul><li>A equipa da BE apoia a utilização de livros e outras fontes de informação, desde obras de ficção a obras de referência, impressas ou electrónicas, presenciais ou remotas. (…) enriquecem os manuais (…). </li></ul><ul><li>Quando os bibliotecários e os professores trabalham em conjunto, os alunos atingem níveis mais elevados de literacia, (…). Aos utilizadores que, por qualquer razão, não possam utilizar os serviços e materiais comuns da biblioteca, devem ser disponibilizados serviços e materiais específicos. </li></ul><ul><li>O acesso aos serviços e fundos documentais deve orientar-se pela Declaração Universal dos Direitos e Liberdades do Homem, aprovada pelas Nações Unidas, e não deverá ser sujeito a nenhuma forma de censura ideológica, política ou religiosa ou a pressões comerciais. (…) </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Objectivos da Biblioteca Escolar (IFLA) </li></ul><ul><li>apoiar e promover os objectivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo (…); </li></ul><ul><li>criar e manter nas crianças o hábito e o prazer da leitura, da aprendizagem (…); </li></ul><ul><li>proporcionar oportunidades de utilização e produção de informação (…); </li></ul><ul><li>apoiar os alunos na prática de avaliação e utilização da informação (…); </li></ul><ul><li>providenciar acesso aos recursos locais, regionais, nacionais e globais (…); </li></ul><ul><li>organizar actividades que favoreçam a consciência para as questões de ordem cultural e social; </li></ul><ul><li>liberdade intelectual e acesso à informação – cidadania e participação na democracia; </li></ul><ul><li>promover a leitura (…); </li></ul><ul><li>seleccionar e adquirir recursos, proporcionando acesso material e intelectual a fontes de informação apropriadas, disponibilizando equipamentos e dispondo de pessoal qualificado. (…) </li></ul>
  5. 6. A informação digital(izada) e a propriedade intelectual <ul><li>esquema Dublin Core – o criador de informação disponibiliza o recurso e sinopse. </li></ul><ul><li>Problema – direitos de autor e negociação de licenças sobre fontes de informação digital (em linha ou fora dela) que a bibl. disponibiliza. </li></ul><ul><li>Creative commons / fair use – entre os direitos de autor e o interesse público; copyright com regras de uso especificadas pelo autor. </li></ul><ul><li>(Borges, 2008: 225-2232) </li></ul><ul><li>Educação como interesse público merecedora de > acesso a documentação digital, com o compromisso de respeito pelo uso especificado pelos autores. </li></ul><ul><li>K12EdCom - promover e publicar material curricular educativo (p/ crianças e jovens dos 5 aos 18 anos) sob a licença CC. </li></ul>
  6. 7. Desafio para as BE na era digital <ul><li>Formação dos utilizadores em literacia da informação, </li></ul><ul><li>Promoção da leitura, </li></ul><ul><li>Utilização de aplicações e plataformas digitais, </li></ul><ul><li>Library 2.0 – termo cunhado por Mike Casey (apud Anderson, 2007: 36): </li></ul><ul><li>Centrada no utilizador, a biblioteca convida o utilizador à participação na criação de serviços virtuais, </li></ul><ul><li>Instalando-se em ambientes digitais, </li></ul><ul><li>Facilitando e atraindo as pesquisas em OPAC (catálogos digitais de acesso livre), de preferência com disponibilização digital de documentos integrais. </li></ul><ul><li>Ex: portal próprio, OPAC, plataformas sociais, blogues e wikis, plataformas de ensino à distância . </li></ul><ul><li>Melhores pesquisas e catalogação facilitada com o pleno funcionamento da “Web semântica” , que organiza dados de uma maneira lógica, por conteúdos semânticos. </li></ul>
  7. 8. Proposta de trabalho <ul><li>Objectivos: </li></ul><ul><li>(Procura de argumentação para) criação de propostas de legislação que favoreça a digitalização de recursos com propriedade intelectual registada de interesse educacional para uso expresso por/com utilizadores de e nas bibliotecas escolares. </li></ul><ul><li>Contribuir para o desenvolvimento de competências literácicas em informação nas escolas de ensino não superior portuguesas. </li></ul>
  8. 9. Hipótese de trabalho de investigação <ul><li>Estratégias: </li></ul><ul><li>Análise quantitativa e qualitativa do uso de tecnologias e documentos digitais em Bibliotecas Escolares em actividades de promoção da leitura e da literacia da informação, tendo por base evidências recolhidas ao longo de 2 anos em escolas portuguesas e outros documentos, como os relativos à Avaliação das Bibliotecas Escolares (vd. anexo contendo parte do modelo de auto-avaliação das Bibliotecas escolares em vigor). </li></ul>
  9. 10. Bibliografia consultada Anderson, Paul (2007): What is Web 2.0? Ideas, technologies and implications for education. Disponível em : http://www.jisc.ac.uk/whatwedo/services/services_techwatch/techwatch/techwatch_ic_reports2005_published.aspx , último acesso: 04/11/2009. Barrett, Lynn (2004), “New guidelines, new challenges in schools”, in Chartered Institute of Library and Information Professionals, September 2004, updated in January 2006 . Disponível em: http:// www.cilip.org.uk/publications/updatemagazine/archive/archive2004/september/article2.htm , último acesso: 12/11/2009. Bogel, Gayle (2006): “School Libraries Play an Active, Transformational Role in Student Learning and Achievement”, in Evidence Based Library and Information Practice, Vol. 1, No 4 . Disponível em: http://ejournals.library.ualberta.ca/index.php/EBLIP/article/view/91 , último acesso: 12/11/2009. Borges, Maria Manuel (2003): “Biblioteca Digital : Materialização e Utopia”, in Revista da Faculdade de Letras: Ciências e Técnicas do Património . ISSN 1645-4936. Vol. 2, p. 653-664. Calixto, José António (2004): “Literacia da Informação: um desafio para as bibliotecas”, in Estudos em homenagem ao Professor Doutor José Marques, 26 e 27 de Junho de 2003: Actas do colóquio Memória do Curso de Especialização em Ciências Documentais (1985-2003) , Porto, Faculdade de Letras, ISBN 972-9350-84-1, p.1-13. IFLA / UNESCO (2002): School Libraries Guidelines, Disponível em: http:// archive.ifla.org/VII/s11/pubs/sguide02.pdf , último acesso: 27/01/2010.   Ministério da Educação (2009): “Portaria n.º 756/2009, de 14 de Julho”, in: Diário da República, 1.ª série — N.º 134 — 14 de Julho de 2009 , pp. 4488-4491. More, Thomas (1516), Utopia . Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/ texto/cv000070.pdf , último acesso: 16/10/2009. Romaní, C. C. e Kuklinski, H. P. (2007): Planeta Web 2.0. Inteligencia colectiva o medios fast food., Grup de Recerca d'Interaccions Digitals, Universitat de Vic. Flacso México. Barcelona/México DF. http://www.planetaweb2.net/, 2007   Saw, Grace and Todd, Heather (2007): Library 3.0: where art our skills? World Library and Information Congress: 73 rd IFLA General Conference and Council 19-23 August 2007, Durban, South Africa. Disponível em: http://ifla.queenslibrary.org/IV/ifla73/papers/151-Saw_Todd-en.pdf , Último acesso: 13/11/2009.   Todd, Ross (2001): “Transitions for preferred futures of school libraries”. The 2001 IASL Conference, Auckland, New Zealand, 9-12 July, disponível em: http://www.iasl-online.org/events/conf/virtualpaper2001.html , último acesso: 16/12/2009.  
  10. 11. Anexo Alguns domínios e descritores de avaliação das Bibliotecas Escolares

×