RODOVIAS FEDERAIS

A NOMENCLATURA
Uma Rodovia Federal é facilmente identificada por sua nomenclatura, definida pela sigla ...
BR-101                                       BR-146
BR-104                                       BR-153
BR-110            ...
BR-401                                     BR-476
BR-459                                     BR-484
BR-463                ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rodovias Federais

9.596 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.596
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
87
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rodovias Federais

  1. 1. RODOVIAS FEDERAIS A NOMENCLATURA Uma Rodovia Federal é facilmente identificada por sua nomenclatura, definida pela sigla BR, seguida de três (3) algarismos. O primeiro algarismo indica a categoria da rodovia, os dois outros definem a posição, tomando por base a Capital Federal e os limites do País: norte, sul, leste e oeste. As Rodovias Federais (BR), são divididas em 5 (cinco) tipos: - RADIAIS: BR-0xx – partem da capital federal em direção aos extremos do país. - LONGITUDINAIS: BR-1xx - rodovias que cortam o país na direção Norte-Sul. - TRANSVERSAIS: BR-2xx - rodovias que cortam o país na direção Leste-Oeste. - DIAGONAIS: BR-3xx - podem apresentar dois modos de orientação: Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste. - DE LIGAÇÃO: BR-4xx - rodovias apresentam-se em qualquer direção. - Existem 2 rodovias com a nomenclatura: BR-6xx - Estas são de pouca extensão. (BR-600 e BR-610) Vamos ver mais detalhadamente cada uma delas: As RADIAIS, são aquelas que afastam ou aproximam os usuários da Capital Federal. Observe que o sentido de quilometragem parte do Anel Rodoviário de Brasília em direção aos extremos do país e tem o quilometro zero de cada Estado no ponto da rodovia mais próximo da Capital Federal. São sempre identificadas por BR-xxx. Sua nomenclatura será sempre BR-0xx (0 + um número com dois caracteres). Exemplificando: BR-010, BR-040, etc. O primeiro algarismo é "0". Os dois seguintes variam entre 10 e 90, sempre nos múltiplos de dez e no sentido horário. Exemplo: BR-040. Foram planejadas 9 rodovias federais radiais, sendo que uma delas aguarda construção. Rodovia Sentido Extremidade Extensão BR-010 Norte Belém, PA 1.954,1 km BR-020 Nordeste Fortaleza,CE 2.038,5 km BR-030 Leste Barra Grande, BA 1.158,0 km BR-040 Sudeste Rio de Janeiro, RJ 1.178,7 km BR-050 Sul Santos,SP 1.025,3 km BR-060 Sudoeste Bela Vista,MS 1.329,3 km BR-070 Oeste Cáceres, MT 1.317,7 km BR-080 Noroeste Uruaçu, GO 228,3 km Ficou apenas no (Ligação Brasília ao extremo norte do BR-090 Projeto país) As LONGITUDINAIS são as que ligam Cidades ou Estados, cortando o território nacional na direção NORTE-SUL. Essas são bem conhecidas. Ao consultarmos os mapas veremos que aparecem na posição VERTICAL e são identificadas como BR-1XX (1 + um número com dois caracteres). Exemplificando: as famosas BR-101, BR-116. A quilometragem destas rodovias é medida no sentido NORTE-SUL. As únicas exceções deste caso são As BR-163 e BR-174, que têm o sentido de quilometragem do SUL para o NORTE.A numeração varia de 00 a 50, no trecho que vai do extremo Leste do País até Brasília. Varia de 50 a 99 entre a Capital e o extremo Oeste. Rodovias Federais LONGITUDINAIS:
  2. 2. BR-101 BR-146 BR-104 BR-153 BR-110 BR-154 BR-116 BR-158 BR-120 BR-163 BR-122 BR-174 BR-135 - As TRANSVERSAIS são as que cruzam o território nacional no sentido LESTE-OESTE. A quilometragem dessas rodovias é sempre medida nesse sentido. Verificamos nos mapas que elas aparecem na posição horizontal e são identificadas por BR-2xx (2 + um número com dois caracteres). Exemplificando: BR-210, BR-277. A numeração de dois caracteres varia de 00 a 50 no trecho que vai do extremo Norte do País até Brasília. Varia de 50 a 99 entre a Capital e o extremo Sul. Rodovias Federais TRANSVERSAIS: BR-210 BR-265 BR-222 BR-267 BR-226 BR-272 BR-230 BR-277 BR-232 BR-280 BR-235 BR-282 BR-242 BR-283 BR-251 BR-285 BR-259 BR-290 BR-262 BR-293 As DIAGONAIS, como o próprio nome diz, são aquelas que em seu traçado, aparecem inclinadas nos mapas, pois cruzam o país em dois modos de orientação: Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste. São identificadas por BR-3xx (3 + um número com dois caracteres). Exemplificando: BR-365, BR-307. A numeração pode variar de 01 a 99. Rodovias Federais DIAGONAIS: BR-307 BR-376 BR-316 BR-381 BR-319 BR-386 BR-356 BR-393 BR-364 - As de LIGAÇÃO, cujo próprio nome já está a indicar que são aquelas que ligam uma rodovia federal a outra, ou ainda a alguma localidade próxima ou as nossas fronteiras internacionais, ou por fim, que não possam ser classificadas em nenhum dos outros tipos. Podem ser identificadas por BR-4xx (4 + um número com dois caracteres). Exemplificando: BR-401, BR-457. A contagem da quilometragem dessas rodovias de ligação segue do ponto mais ao Norte da rodovia para o ponto mais ao Sul. No caso de ligação entre duas rodovias federais, a quilometragem começa na rodovia de maior importância. A numeração pode variar de 01 a 99. Principais rodovias de LIGAÇÃO:
  3. 3. BR-401 BR-476 BR-459 BR-484 BR-463 BR-488 BR-465 BR-493 BR-469 BR-497 BR-470 - ATENÇÃO PARA ESTES IMPORTANTES DETALHES: Superposição de Rodovias Na ocorrência de superposições de duas ou mais rodovias, o que não é raro acontecer, é adotado o número da rodovia que tem maior importância, ou seja, a de maior volume de tráfego. Contudo, já se adota como rodovia representativa do trecho superposto, a rodovia de menor número. Quilometragem das Rodovias Importante destacar que a quilometragem das rodovias não é cumulativa entre as Unidades da Federação. Por esta razão, toda vez que uma rodovia adentra ou inicia em uma nova Unidade da Federação, sua quilometragem começa a ser contada a partir de zero. O sentido da quilometragem segue sempre o sentido descrito na Divisão em Trechos do Plano Nacional de Viação, como visto acima. RODOVIAS ESTADUAIS As RODOVIAS ESTADUAIS, são identificadas como: SC ou PR ou SP (sempre iniciadas com a sigla da unidade da federação) Existem dois (2) os tipos de rodovias estaduais: - RADIAIS - TRANSVERSAIS As RADIAIS servem para distanciar ou aproximar o usuário da Capital do Estado e terá número par. Convém esclarecer que a numeração também varia de acordo com o ângulo que ela está, em relação a posição da Capital. Ex: a SP-330 (Anhangüera) serve para aproximar ou distanciar de São Paulo e está a 330º da cidade. As TRANSVERSAIS - Se a rodovia passar perpendicularmente à Capital, levará número ímpar. Varia também, de acordo com a distância aproximada que está da capital. Ex: a SP-55 (Cubatão - Guarujá) passa perpendicularmente à São Paulo (capital) e por isso leva número ímpar. O número 55 é porque o ponto da rodovia mais próximo da capital está a aproximadamente 55 km de distância da cidade. Amigos, espero que tenham entendido um pouco de nossas estradas e as informações que elas podem nos oferecer através da simples leitura de suas nomenclaturas. Talvez em algum momento de nossa viagem, ou passeio, tais informações nos possam ser úteis. Até a próxima!

×