Livro da Memória izildinha
Onde está, o que ficou na saudade? Presume-se perder num tempo comum Recordação é o que de novo invade  Momentos tantos.Di...
Saudade vem, da época melhor Onde tudo era sonho e fantasia Lembranças que se tem de cor Há que se refazer, todo dia.
Parecem sonhos, mas não são É a realidade, porém sentida Fotografias que ficaram na emoção Duma saudade, que ainda é vida.
A família é sempre o filme bom Mudam se todos, mas voltam se ver Repintamos a vida do mesmo tom Naquele abraço, que faz de...
Ficarão impregnadas certinhas Pensamos e repensamos de novo Os sonhos, escritas destas linhas Visão bonita! Saudade é povo!
Hoje pode-se, vivenciar sem dó Ontem fez-se, um pouco mais Retoque de cada dia, num dia só Afirmações tão celestiais...
Uma data!Uma rua! Lembrança! Tudo mostra que ,saudade se faz A fumaça parando esperança Do que foi, um tempo atrás.
E nessa constante, sempre há  Precursores que vão ensinando Sempre a mostrar, onde tudo está Capítulos, de sempre em quand...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O L I V R O D A M E MÓ R I A

437 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
437
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O L I V R O D A M E MÓ R I A

  1. 1. Livro da Memória izildinha
  2. 2. Onde está, o que ficou na saudade? Presume-se perder num tempo comum Recordação é o que de novo invade Momentos tantos.Dias nenhum.
  3. 3. Saudade vem, da época melhor Onde tudo era sonho e fantasia Lembranças que se tem de cor Há que se refazer, todo dia.
  4. 4. Parecem sonhos, mas não são É a realidade, porém sentida Fotografias que ficaram na emoção Duma saudade, que ainda é vida.
  5. 5. A família é sempre o filme bom Mudam se todos, mas voltam se ver Repintamos a vida do mesmo tom Naquele abraço, que faz derreter.
  6. 6. Ficarão impregnadas certinhas Pensamos e repensamos de novo Os sonhos, escritas destas linhas Visão bonita! Saudade é povo!
  7. 7. Hoje pode-se, vivenciar sem dó Ontem fez-se, um pouco mais Retoque de cada dia, num dia só Afirmações tão celestiais...
  8. 8. Uma data!Uma rua! Lembrança! Tudo mostra que ,saudade se faz A fumaça parando esperança Do que foi, um tempo atrás.
  9. 9. E nessa constante, sempre há Precursores que vão ensinando Sempre a mostrar, onde tudo está Capítulos, de sempre em quando . [email_address]

×