Auto-avaliação da BE - Tabela Matriz

1.247 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Auto-avaliação da BE - Tabela Matriz

  1. 1. Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão Conhecimento na área Biblioteca escolar Aspectos críticos que a Desafios. Acções a Domínio Literatura identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças implementar  Deve ser especialista em literacia da informação, possuir Implementar o competências informáticas e processo de conhecimentos no tratamento, avaliação da BE. organização, e difusão de Conhecimento do informação que permitam apoiar meio envolvente, Desenvolver os professores e os alunos de do PAA e da Gestão do projectos de parceria modo a que estes transformem Comunidade tempo com o entre as várias BE do informação em conhecimento Dificuldade na Educativa. atendimento agrupamento, outras criação de uma pessoal. aos escolas e entidades equipa de Formação A formação que utilizadores. locais. trabalho.  Tem de possuir competência efectuada no tem vindo a ser educativa e colocar o aluno no âmbito das TIC e oferecida. Excessivo Realçar a importância Poucas centro do processo de ensino/ das BE. carácter da BE na nova Competên- parcerias com aprendizagem contribuindo para Mostrar burocrático da sociedade da cias do entidades o seu sucesso pessoal e Bom A importância função de informação. professor locais. curricular. relacionamento do papel do professor bibliotecário com a comunidade professor bibliotecário. Transformar a Dificuldades no  Deve trabalhar, com a sua educativa . Bibliotecário. informação em envolvimento equipa, em colaboração Afastamento conhecimento. de alguns com a direcção da escola, dos alunos professores do professores, pais, alunos e Participação devido à Fazer ver à Direcção Agrupamento. outros profissionais da continuada no ausência de da escola e a toda a educação, criando condições de Conselho contacto em comunidade educativa acesso aos recursos da BE. Pedagógico. sala de aula. a importância do Professor Bibliotecário  Deve ser capaz de transformar Reconhecimento e da BE nas a BE num local de do trabalho já aprendizagens dos conhecimento privilegiando os efectuado. alunos. acessos / ligações, as boas práticas e as recolhas de 1
  2. 2. Conhecimento na área Biblioteca escolar evidências que demonstrem que a BE contribui para a aprendizagem dos alunos e a construção de conhecimentos.  Deve participar na prossecução dos objectivos de aprendizagem da escola.  Deve ser capaz de perceber o seu papel e “lavar” a imagem que os outros têm, lutando por apoio.  Ser capaz de gerir eficazmente a BE do ponto de vista da rentabilização do tempo, dos recursos humanos (equipa constituída por pessoal qualificado e em número adequado) , dos recursos financeiros, e dos recursos materiais (fundo documental adequado).  Permanecer na vanguarda das novas tecnologias da informação no que concerne a gestão da informação e do ensino (formação contínua e formação dos utilizadores).  Ser capaz de liderança que produza mudanças significativas. 2
  3. 3. Conhecimento na área Biblioteca escolar A BE deve estar organizada e ser gerida de acordo com os objectivos enunciados no Regulamento Interno, no PEE e no PAA . A RBE Número O PNL que Deve reger-se pelo Regimento reduzido de A BE parte tem permitido da BE, dossier de professores integrante do RI, um maior Procedimentos e Plano de colaboradores. PEE e PAA. envolvimento Acção. Tempo gasto dos Pouca em burocracias Incentivar a assistente Acesso livre e professores. Deve proporcionar zonas formação inerentes ao operacional a permanente à BE. funcionais e em TIC da preenchimento frequentar acções de equipamentos assistente dos formulários formação Elaboração de Promover a adequados. operacional. de recolha de em TIC. estatísticas com importância da dados e de Organização dados recolhidos. BE na Deve disponibilizar guiões, Empréstimos participação Concluir a instalação e Gestão da comunidade catálogos e outros recursos de domiciliários nos projectos. do módulo para BE Horário de escolar. informação. feitos agilizar os funcionamento manualmente. Falta de Empréstimos adequado aos Todo o tipo de Deve recolher evidências que recursos Domiciliários. horários dos projectos/ permitam a avaliação do Assistente financeiros alunos. actividades que processo de gestão. operacional fixos. Facultar listas de permitam um solicitada com assuntos. Divulgação dos efectivo Deve apoiar os utilizadores na frequência para documentos de envolvimento realização de trabalhos e na outros serviços. gestão na página dos diferentes pesquisa da informação. net da escola. ciclos de ensino. Deve estabelecer processos colaborativos entre todos os elementos da CE. 3
  4. 4. Conhecimento na área Biblioteca escolar Fundo documental extenso e diversificado. A gestão da colecção deve estar Tratamento de acordo com as necessidades informatizado do Inexistência de curriculares dos utilizadores. fundo documental. fundos para Formação no renovação/actu- âmbito da Criar um O fundo documental deve ser Catálogo alização Gestão documento diversificado adequado e disponibilizado do fundo da Colecção. Aquisição de relativo à Política actualizado. num posto de documental Gestão da recursos com de Gestão pesquisa. principalmente Colecção Orientações do pouca utilização Documental. Recurso às colecções digitais para o 3º Ciclo PNL que ou pouca on-line. Articulação com os facilitam a durabilidade. Informatização de diferentes Ausência de escolha e toda a colecção da Gestão colaborativa da Departamentos documento aquisição de BE. Colecção. com vista à relativo à títulos. aquisição de Política recursos. de Gestão Documental. Verbas do PNL para aquisição de livros para leitura orientada. A BE como O papel da BE é facilitar o Algumas Tornar a BE O elevado Insistir na integração espaço de acesso ao conhecimento. Planificação, dificuldades em uma ferramenta número de e na a conhecimen- articulação e envolver todas de trabalho turmas do utilização da BE to e Deve estar ao serviço da realização de as imprescindível agrupamento( no âmbito dos PCT. aprendiza- aquisição de competências de actividades estruturas/depa a alunos e 56) “atribuídas” gem. leitura e de escrita. colaborativas com rtamentos do professores. a um único Integrar todos os Trabalho a Educação Agrupamento professor alunos e professores colaborativo É o “motor de mudança” da pré-escolar, os A integração de bibliotecário dos departamentos e articulado Escola. diferentes ciclos Ruídos um número impossibilita a nas actividades da BE. com departamentos, excessivos na elevado de acção Departamen- Deve implementar “actividades áreas curriculares e BE devido ao professores continuada. tos e colaboracionais” com os não curriculares e comportamento condiciona o 4
  5. 5. Conhecimento na área Biblioteca escolar docentes. departamentos que Contribuam PCT. de alguns trabalho da para a formação dos alunos. utilizadores e à biblioteca. O elevado Alunos- diversidade de número de monitores/colabora possíveis professores dores da BE. actividades. (130) dificulta a comunicação entre a equipa da BE e todos os professores. Fazer ver aos A literacia da informação deve Formação/apoio governantes e à fazer parte dos objectivos do aos novos sociedade em geral PEE sendo que a BE tem um utilizadores nas que a BE é papel fundamental no literacias da Pouca A formação fundamental na desenvolvimento das literacias e informação. participação em para a leitura e formação e da leitura. actividades para as desenvolvimento da Boletim promovidas literacias leitura e das literacias A BE deve facultar aos Bibliográfico- pela integram o utilizadores formação na BibEli@s Biblioteca novo Projecto Pouca Alargar as actividades utilização dos recursos Municipal. Educativo e participação da de promoção da leitura Formação da informação e na pesquisa na Realização de serão incluídas comunidade e de utilização das TIC para a leitura base de dados. múltiplas Falta de acções no PCE. escolar em às duas escolas do e para as actividades de de formação alguns Agrupamento literacias Promover actividades promoção da para docentes, Projectos do projectos potenciando a diversificadas de leitura e da escrita assistentes PNL promovidos Auto-aprendizagem promoção da leitura. como“ leituras operacionais ( Campeonato pela BE. e a autonomia dos encenadas” sobre a Nacional de utentes. Divulgar o fundo documental, “ Leituras importância da Leitura, Ler + principalmente partilhadas – Ler+, leitura. para Vencer…) Participar em as novidades para desencadear Experiência+” … actividades a curiosidade e a vontade de ler. promovidas pela Empréstimo Biblioteca Municipal. Elaborar guiões de leitura e domiciliário listas de temas/ assuntos. Encontros com Empréstimo de Escritores/ilustradores livros entre as BE promovam o 5
  6. 6. Conhecimento na área Biblioteca escolar do Agrupamento. hábito/prazer de ler. Concurso Nacional de Leitura. Continuar e melhorar as actividades do PAA: semana da leitura, Feiras do Livro, Concurso de leitura, Livro/Leitor do mês, Autor em destaque, leituras encenadas, Leituras partilhadas – Ler+ Experiência+, Projecto Aprender + Leitura em Vai e vem,… Promover sessões de formação para os utilizadores da B.E Na sociedade actual aparece o Disponibilização de Desmotivação Melhorar e actualizar o PTE conceito de e-literacia, 10 computadores devido às espaço Moodle e o “casamento das TIC e da BE”. novos em livre condições de Blogue da BE. Formação acesso e com Internet acesso à Os recursos informativos acesso à Internet muito deficiente Internet. Apoiar a As TIC BE e os mudaram, apoiados no uso das 1 computador novo que dificulta a aprendizagem em fornecem os novos TIC, num ambiente que se quer para a catalogação/ planificação/ Falta de novos contextos. meios para ambientes cada vez mais interactivo e indexação. realização de técnicos que o professor digitais. cooperativo, o que implica mais actividades. especializados Elaborar portais de bibliotecário se formação do professor- que possam assuntos e bibliotecas apresente ao bibliotecário e melhores fazer a digitais. mundo de uma recursos na BE. manutenção forma dos novos Colocar o catálogo da valorizada. equipamentos. BE on-line. 6
  7. 7. Conhecimento na área Biblioteca escolar As BE e os programas de Espaço Moodle da literacia da informação inserem- BE com diversos se em ambientes digitais tais recursos como Excesso de Convencer os alunos como os sistemas digitais de «e- wikis, actividades apetência pela de que a Internet não learning» sistemas virtuais de elaboradas com Internet em é o único lugar onde educação à distância. recurso ao Hot- detrimento de pesquisar Potatoes, outros recursos A BE deve estar preparada para orientações, disponíveis. promover a aquisição de guiões, concursos, competências a nível das TIC ligações a sites de Ausência de capazes de apoiar o processo interesse… assistência/ de aprendizagem em novos manutenção do contextos, e desenvolver Blogue da BE: equipamento competências de informação. Elias.com informático. A recolha contínua de evidências permitem verificar/medir o desempenho do Envolver a Elaboração do Divulgação do trabalho realizado pela BE. comunidade educativa relatório trimestral Dificuldades na modelo de no processo de Gestão de da avaliação da implementação auto-avaliação. Demasiadas As acções e as evidências da avaliação da BE. evidências/ BE. continuada do grelhas a BE podem mostrar o verdadeiro avaliação. preenchimento A formação preencher. impacto nas aprendizagens dos Avaliar as Inquéritos aos da ficha do sobre o MAA alunos. actividades da BE utilizadores. utilizador. das BE. de forma contínua. 7
  8. 8. Gestão da mudança SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias Integração da BE na escola e no A BE deve responder aos processo de ensino/aprendizagem. Procurar evidências sobre o impacto desafios da sociedade da da BE nos resultados académicos dos informação, desenvolvendo Mudança/alteração das Promoção de uma aprendizagem alunos. estratégias de gestão mentalidades face à importância da activa baseada na resolução de eficazes e novas BE. problemas, na pesquisa e aquisição Dar a conhecer a toda a comunidade acções/práticas que permitam de competências. educativa a importância e as a construção da Articulação com o currículo. potencialidades da BE, divulgando-a nos aprendizagem e do Condições de acesso e qualidade vários recursos existentes. conhecimento. Resistências ao trabalho do acervo documental . colaborativo. Contribuir para o sucesso pessoal e Novos métodos de ensino/ educativo dos utilizadores da BE. aprendizagem. A formanda Isaura Carvalho – AVE Elias Garcia – Sobreda de Caparica 8

×