KARDEC E O ENSINO MORAL DE JESUS

5.688 visualizações

Publicada em

Palestra espírita "Kardec e o Ensino Moral de Jesus", elaborado por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.
email: jorge.grauca@gmail.com

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
447
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
138
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

KARDEC E O ENSINO MORAL DE JESUS

  1. 1. A HERANÇA PESTALOZZIANAJohann H. Pestalozzi (1746-1827)
  2. 2. IDÉIAS REVOLUCIONÁRIAS“(...) tudo isso levou a Denizard Rivail aconceber, desde os quinze anos de idade, aidéia de uma reforma religiosa, com opropósito de unificação das crenças. Eescreve Maurice Lachâtre (...) “lhe faltava oelemento indispensável à solução do grandeproblema, que só o Espiritismo lhe forneceu”. (WANTUIL, Zêus X THIESEN, Fco. Allan Kardec – Vol. I, apud Maurice Lachâtre “Nouveau Dictionnaire Universal”)
  3. 3. IDÉIAS REVOLUCIONÁRIAS“(...) percebi, naqueles fenômenos, achave do passado e futuro daHumanidade, a solução que euprocurara em toda a minha vida. Era,em suma, toda uma revolução nasidéias e nas crenças.(...).” (Allan Kardec – Obras Póstumas – FEB)
  4. 4. MORAL E RELIGIÃO “Amemo-nos uns aos outros e façamos aos outros o que queríamos que nos fosse feito.” Toda a religião, toda a moral se encerram nestes dois preceitos. Se eles fosse seguidos no mundo, todos seriam perfeitos.”Allan Kardec(1804-1869) (E.S.E. Cap. XIII-9)
  5. 5. “ – A moral é a regra da boaconduta e portanto da distinçãoentre o bem e o mal. Funda-se naobservância da lei de Deus. Ohomem se conduz bem quandofaz tudo em vista o bem e para obem de todos, porque entãoobserva a lei de Deus.” (“O Livro dos Espíritos”, questão 629)
  6. 6. “Todos os crimes no clero, como alhures, não provam que a religião seja inútil, mas que muito pouca gente temJean-Jacques Rousseau (1712-1778) religião.”
  7. 7. OS EVANGELHOS E O ENSINO MORAL“Podemos dividir as matérias contidas nosEvangelhos em cinco partes: os atos comunsda vida do Cristo; os milagres; as profecias;as palavras que serviram para oestabelecimento dos dogmas da Igreja; oensino moral. Se as quatro primeiras partestêm sido objeto de discussões, a últimapermanece inatacável.” (Allan Kardec - E.S.E. – Introdução, I )
  8. 8. OS EVANGELHOS E O ENSINO MORAL“É o terreno em que todos os cultospodem encontrar-se, a bandeira sob aqual todos podem abrigar-se, por maisdiferentes que sejam as suas crenças.Porque nunca foi objeto de disputasreligiosas, sempre e por toda a parteprovocadas pelos dogmas.” (Allan Kardec - E.S.E. – Introdução, I )
  9. 9. A MORAL ESPÍRITA O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO“(...) reunimos nesta obra os trechosque podem constituir, propriamentefalando, um código moral universal,sem distinção de cultos.” (Allan Kardec - E.S.E. – Introdução, I )
  10. 10. A MORAL ESPÍRITA O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO“Fizeste bem enfrentando asquestões de alta moral prática, doponto de vista dos interesses gerais,dos interesses sociais e dosinteresses religiosos.” (Allan Kardec – Obras Póstumas)
  11. 11. A MORAL ESPÍRITA“Do ponto de vista religioso, oEspiritismo tem por base as verdadesfundamentais de todas as religiões:Deus, a alma, a imortalidade, as penase as recompensas futuras; mas ele éindependente de todo cultoparticular.(...)” (Allan Kardec) (O Espiritismo em sua Expressão mais Simples)
  12. 12. A MORAL ESPÍRITA“Como moral, ele é essencialmentecristão, porque a que ele ensina não ésenão o desenvolvimento e a aplicaçãoda do Cristo, a mais pura de todas, ecuja superioridade não é contestadapor ninguém, (...) ora, a moral é parauso de todo o mundo.” (Allan Kardec) (O Espiritismo em sua Expressão mais Simples)
  13. 13. “A moral que os Espíritos ensinam é a do Cristo, pela razão de que não há outra melhor. Mas, então, de que serve o ensino deles, se apenas repisam o que já sabemos?”(Allan Kardec – A Gênese – Cap. I,56)
  14. 14. Jesus – Jo 16:12-13 “Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Mas, quando vier o Espírito da Verdade, ele vos guiará em toda a verdade. Não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido.”
  15. 15. A MORAL ESPÍRITA E A MORAL CRISTÓO que o ensino dos Espíritos acrescenta àmoral do Cristo é o conhecimento dosprincípios que regem as relações entre osmortos e os vivos, princípios que completamas noções vagas que se tinham da alma, deseu passado e do seu futuro, dando porsanção à doutrina cristã as próprias leis daNatureza.” (Allan Kardec – A Gênese – Cap. I,56 )
  16. 16. (“O Livro dos Espíritos” – Conclusão, IV)
  17. 17. Religião TRÍPLICE ASPECTOCiência Filosofia
  18. 18. Fonte:“O Consolador, peloEspírito Emmanuel,psicografia deFrancisco CândidoXavier – Definição”
  19. 19. Salve, Allan Kardec,três vezes salve!

×