ESPIRITISMO BRASILEIRO

2.533 visualizações

Publicada em

Palestra espírita "Espiritismo Brasileiro", elaborada por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.533
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.281
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
73
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ESPIRITISMO BRASILEIRO

  1. 1. CORRENTESPRECURSORAS
  2. 2. CORRENTES PRECURSORAS 1840 - BENOÎT MURE E VICENTE MARTINS “Justamente nessa época (1840), chegou ao Rio quem colocaria em prática outros elementos precursores da Doutrina Espírita, tal como ela existe atualmente no Brasil, o fourierismo e a homeopatia. Benoît Mure era um francês em vias de se tornar médico, originário da burguesia de Lyon. (...)”.(AUBRÉE, M. e LAPLANTINE, F. in A Mesa, O Livro e Os Espíritos)
  3. 3. CORRENTES PRECURSORAS“Entre as influências outras quetivemos, não podemos deixar demencionar a indígena e a africana,ambas ligadas às práticas decomunicação com o mundo espiritual –que, aliás, são práticas universais tantonas culturas primitivas, quanto naspopulares.” (INCONTRI, Dora in Para Entender Kardec)
  4. 4. “DIÁLOGOS SINCRÉTICOS”“(...) Agindo a partir de perspectivas diferentes ecom poderes sociais diversos para a objetivaçãode suas interpretações, as pessoas chegam adiferentes conclusões e as sociedades elaboram osconsensos, cada qual a sua maneira. Acomunicação social é um risco (...). E os efeitosdesses riscos poder ser inovações radicais. (...)” (SAHLINS, Marshall in Ilhas de História)
  5. 5. O ESPIRITISMO NO BRASIL 1860 – CASIMIR LIEUTAUD E ADOLPHE HUBERT“(...) a nossa cultura foi fundada apartir do projeto da Contra-reforma.E o Espiritismo vem de uma vertentecom heranças da Reforma (sobretudode seus reflexos na educação) e doIluminismo.” (INCONTRI, Dora in Para Entender Kardec)
  6. 6. O ESPIRITISMO NO BRASIL“Oficialmente, a eclosão do Espiritismo brasileiro sedaria neste ano (1865) quando, em Salvador, foifundado o Grupo Familiar do Espiritismo(...). Sob adireção do Dr. Luis Olímpio T. de Menezes, o maiorapóstolo do espiritismo em seus inícios no Brasil,realizou-se ali, às 22:30h do dia 17.09.1865, a primeirasessão registrada no anais da doutrina espírita noBrasil.” (MACHADO, Ubiratan in Os Intelectuais e o Espiritismo)
  7. 7. FEIÇÕES E RUMOS(DAMÁZIO, Sylvia F. in Da Elite ao Povo”
  8. 8. FEIÇÕES E RUMOS A METAPSÍQUICA – (1892)“(...) veio de Nápoles a notícia de queCésar Lombroso, (...) diante dos trabalhosde Eusápia Paladino, proclamava aexistência da Metapsíquica. No Brasil,principiou então um movimentometapsíquico. O Espiritismo, nas rodascultas, não era mais cuidado comofilosofia ou religião, mas como ciência.” (ABREU, Canuto in Bezerra de Menezes)
  9. 9. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA I. FUNDAÇÃO 02.01.1884 II. OBJETIVOS“A FEB não é mais que uma simples reunião de algunsespíritas bem resolvidos a derramar conhecimentos dadoutrina, pela imprensa e por conferências públicas; nãoé um centro a que estejam filiados todas as sociedades egrupos do Brasil”(GIUMBELLI, Emerson in O Cuidados dos Mortos, apud “O Reformador, de 01.11. 1884)
  10. 10. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA“(...) foi o Conselho FederativoNacional da Federação EspíritaBrasileira que concluiu, nasessão de 06.10.1926, que aumbanda é espiritismo, emboranão seja doutrina espírita.” (MACHADO, Ubiratan in Os Intelectuais e o Espiritismo)
  11. 11. BEZERRA DE MENEZESA CONVERSÃO – 16.08.1886A REPERCUSSÃOA PRESIDÊNCIA DA FEB 1ª. GESTÃO (1889/1889) 2ª. GESTÃO (1895/1900)1º CONGRESSO ESPÍRITACENTRO ESPÍRITA BRASIL
  12. 12. BEZERRA DE MENEZES“A segunda gestão de Bezerra de Menezescaracterizou-se por uma cuidadosa políticade conciliação. Ainda em 1895, foipromovida uma primeira reforma nosestatutos da Federação que sancionou,oficialmente, a leitura de Os QuatroEvangelhos de Roustaing – com isso, ainstituição definiu-se pelo Espiritismo cristãoem sua forma mais polêmica. (DAMÁZIO, Sylvia F. in Da Elite ao Povo)
  13. 13. CHICO XAVIER “PARNASO DE ALÉM O AVISO DA TÚMULO” TAREFA O ESPÍRITO A CHEGADA DA EQUIPE EMMANUEL ESPIRITUAL “O NOSSO LAR” DO A FASE DO ESPÍRITO ANDRÉ ENTENDIMENTO LUIZ(SCHUBERT, Suely in Testemunhos de Chico Xavier)
  14. 14. CHICO XAVIER “(...) Foi a obra de Chico Xavier que introduziu as primeiras noções da física doDr. Hernani G. Andrade) Espírito.”(...) (Revista Planeta Especial Chico Xavier)
  15. 15. TEMPOS ATUAIS “Mais vale um inimigo confesso do que um amigo desajeitado” (Allan Kardec)(Revista Espírita – Março de 1863)
  16. 16. TEMPOS ATUAIS RELIGIOSISMO IGREJEIRO“O corolário desse fundamento religioso é aorganização dos centros espíritas brasileiros emforma de Igrejas.(...)”(AUBRÉE M. e LPLANTINE, F. in A Mesa, O Livro e Os Espíritos) O ASSISTENCIALISMO ACRÍTICO A INSTITUCIONALIZAÇÃO
  17. 17. TEMPOS ATUAIS“Poderíamos formular a hipótese de que foigraças ao mediunismo dos povos indígenas eafricanos que o solo brasileiro se reveloufecundo para o Espiritismo. Mas foi por causada herança católica e da ausência de tradiçãocientífico-filosófica e pedagógica que oEspiritismo assumiu no Brasil o caráter dereligião, em que pesem alguns expoentes dopensamento espírita brasileirocompreenderam seu verdadeiro caráter.” (INCONTRI, Dora in Para Entender Kardec)
  18. 18. TEMPOS ATUAIS O PERSONALISMO O CARÁTER TERAPÊUTICO A PRODUÇÃO LITERÁRIA“Entramos no capitalismo da auto-ajuda, no mercadoeditorial do neo-liberalismo – o que importa é vender,mesmo que vendamos água com açúcar, mesmo queenganemos o povo com uma espiritualidade vazia.” (INCONTRI, Dora in Para Entender Kardec)
  19. 19. DESVIOS À VISTA“Os perigos que apontamos aqui já estão emprocesso de cristalização. Merecem seranalisados cuidadosamente, para que setomem as devidas medidas de volta ao rumoproposto por Kardec: (...)”Todos os problemas apontados têm apenasuma solução: educação. Por isso, sópodemos concluir (...) apontando anecessidade do resgate pedagógico doEspiritismo.” (INCONTRI, Dora in Para Entender Kardec)
  20. 20. “(...) Esta criança não tempátria; percorre toda a Terra,procurando o povo que há deser o primeiro a arvorar a sua bandeira, e esse povo será omais poderoso entre os povos,pois tal é a vontade de Deus.” (Espírito Massilon) (Revista Espírita – Abril de 1861)

×