DESENCARNAÇÕES COLETIVAS

7.163 visualizações

Publicada em

Palestra espírita "Desencarnações Coletivas", elaborada por Jorge Luiz - Fortaleza - Ceará - Brasil.
e-mail: jorge.grauca@gmail.com

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.052
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
147
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DESENCARNAÇÕES COLETIVAS

  1. 1. (STEWART, Rosemarie & HANSON, Virgínia (orgs.) in Karma, A Lei Universal da Harmonia)
  2. 2. “O karma, enquanto lei universalque equilibra e harmoniza ação ereação, não é um jogo de “olho porolho, dente por dente”; é adinâmica universalconstantemente operante em todosos níveis, entrelaçando motivo eato, intenção e desejo, impulso eemoção.” (STEWART, Rosemarie & HANSON, Virgínia (orgs.) in “KARMA, A Lei Universal da Harmonia”)
  3. 3. JESUS E A LEI DO KARMA “Embainha a tua espada, pois todos os que lançarem mão da espada à espada perecerão.” (Jesus – Mt, 26:52)
  4. 4. “Não penseis que vim destruir alei ou os profetas; não vim paradestruí-los, mas para cumpri-los. Em verdade vos digo atéque o céu e a terra passem,nem um jota ou um til seomitirá da lei, sem que tudoseja cumprido.” (Jesus – Mt 5:17-18)
  5. 5. O ESPIRITISMO: A CAUSA E O EFEITO“Deus tem as suas leis, que regulamtodas as vossas ações. Se asviolardes, a culpa é vossa.(...) Masele traçou um limite, as doenças epor vezes a morte sãoconsequências dos excessos. Eis apunição: ela resulta da infração dalei: assim se passa em tudo.” (“O Livro dos Espíritos”, questão 964)
  6. 6. JUSTIÇA DAS AFLIÇÕES (E.S.E. – Cap. V:6)
  7. 7. CAUSAS DAS AFLIÇÕES VIDA VIDASPRESENTE PASSADAS
  8. 8. A FORÇA DA LEI “...e o centro coronário incumbe-se automaticamente de fixar a natureza da responsabilidade que lhes diga respeito, marcando no próprio ser as consequências felizes ou infelizes de sua movimentação consciencial no campo do destino.” (Espírito André Luiz)(XAVIER, F.C. in Evolução em Dois Mundos – Cap. II)
  9. 9. “Cada sofrimento é uma sombra que estende no passado e que volta ao presente a fim de que a transformes emEspírito Emmanuel luz.”
  10. 10. CÓDIGO PENAL DA VIDA FUTURA
  11. 11. “O arrependimento suaviza as dores da expiação, porque desperta esperança e prepara a reabilitação, mas somente a reparação pode anular o efeito ao destruir a causa. O perdão seria uma graça e não uma anulação da falta.”(Allan Kardec – O Céu e o Inferno – Cap.VII)
  12. 12. “Nos eventos difíceis,reverenciemos os princípios decausa e efeito que nos regem osdestinos, mas não nosesqueçamos da lei de renovação,em bases de amor aossemelhantes, capaz de superá-los.” Espírito Emmanuel(XAVIER, Fco. C. / PIRES. J. Herculano in Diálogo dos Vivos)
  13. 13. INDIVÍDUO FAMÍLIANAÇÕES
  14. 14. “Sob cada uma dessas três facespode ele ser criminoso e virtuoso,isto é, pode ser virtuoso como paide família, ao mesmo tempo quecriminoso como cidadão ereciprocamente. Daí as situaçõesespeciais que para si cria nas suassucessivas existências.” (EspíritoClélia Duplantier) (Allan Kardec – Obras Póstumas)
  15. 15. “As expiações tambémsão solidárias, o que nãosuprime a expiaçãosimultânea das faltasindividuais.” (Espírito Clélia Duplantier) (Allan Kardec – Obras Póstumas)
  16. 16. “Você tem o seu pincel, tem suas tintas,pinte o paraíso e depois entre nele. E, sequiser pintar o inferno, pode pintar, masnão venha me culpar, e nem os seuspais, nem a sociedade – e por favor nãoculpe Deus... Você assume toda aresponsabilidade por pintar o seupróprio inferno.”
  17. 17. DESENCARNAÇÕES COLETIVASComo se processa a provaçãocoletiva?- Na provação coletiva verifica-se aconvocação dos Espíritosencarnados, participantes domesmo débito, com referência aopassado delituoso e obscuro.” (...)
  18. 18. “(...) razão por que, muitas vezes,intitulais “doloroso acaso” àscircunstâncias que reúnem ascriaturas mais díspares no mesmoacidente, que lhes ocasiona amorte do corpo físico ou as maisvariadas mutilações, no quadrodos seus compromissosindividuais.” (Emmanuel) (XAVIER, F. C. in O Consolador- Q.250)
  19. 19. FLAGELOS DESTRUIDORES“Só julgais essas coisas do vosso pontode vista pessoal, e as chamais de flagelospor causa dos prejuízos que vos causam;mas esses transtornos são frequentementenecessários para fazerem com que ascoisas cheguem mais prontamente a umaordem melhor, realizando-se em algunsanos o que necessitaria de muitosséculos.” (O Livro dos Espíritos – Q. 737)
  20. 20. (O Livro dos Espíritos – Q. 741)
  21. 21. “Quer a morte se verifique porum flagelo ou por uma causaordinária, não se pode escapara ela quando soa a hora dapartida: a única diferença éque no primeiro caso parte umgrande número ao mesmotempo.” (O Livro dos Espíritos – Q. 738-b)
  22. 22. ACIDENTES PÚBLICOSEPIDEMIAS ARRASADORAS SANGUE E LÁGRIMASDOLOROSOS INCÊNDIOS
  23. 23. A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA“Mas é chegado o tempo de umreajustamento de todos os valoreshumanos. Se as dolorosas expiaçõescoletivas preludiam a época dos últimos“ais” do Apocalipse, a espiritualidade temde penetrar as realizações do homem físico,conduzindo-as para o bem de toda aHumanidade.” (Esp. Emmanuel) (XAVIER, F. C. in A Caminho da Luz)
  24. 24. “As grandes partidas coletivas, entretanto não têm por único fim ativar as saídas; tem igualmente o de transformar mais rapidamente o espírito da massa, livrando-a das más influências e o de dar mais ascendente às idéias novas.”(Allan Kardec – “A Gênese” – Cap. XVII-32 - Edições FEB)
  25. 25. ...o EFEITO da CAUSA Tragédia no Circo Niterói – 17.12.1961“Quase dezoito séculos passaram sobre o tenebrosoacontecimento... Entretanto, a justiça da Lei,através da reencarnação, reaproximou todos osresponsáveis, que, em diversas posições de idadefísica, se reuniram de novo para dolorosa expiação,(...) em comovedora tragédia num circo.” (Espírito Irmão X) (XAVIER, Fco. C. in Cartas e Crônicas)
  26. 26. Incêndio no Edifício Joelma São Paulo – 01.02.1974“...Varrem como fogo e pranto as sombras de outras erasCombatentes da Cruz em provações austeras,Conquanto heróis do mundo, honrado os tempos idos. Na Terra o sofrimento , a angústia, a cinza, a escória... Mas ouvem-se no Além, os hinos da vitória Das milícias dos céus saudando os redimidos.” Espírito Cyro Costa (versos do soneto Luz nas Chamas) (XAVIER, Fco. C. / PIRES. J. Herculano in Diálogo dos Vivos)
  27. 27. Queda do DC-10 em Paris Paris – 03.03.1974“...Os séculos se vão marchando em luz e trevaUm dia, em mar aéreo, enorme nave levaOs piratas de outrora e a Justiça Divina... Surge a morte no ar...A aflição se renova... Preces, gemidos e ais de corações em prova... E a natureza apaga a culpa que termina.” Espírito Silva Ramos (versos do soneto Culpas) (XAVIER, Fco.C./PIRES. José H. in Diálogo dos Vivos)
  28. 28. “... não podemos esquecerque se o desastre é omesmo para todos os quetombaram, a morte édiferente para cada um.” (XAVIER, Fco. in Ação e Reação – Cap. 18)
  29. 29. Espírito Lafayette Melo“Ingratos, os homens se afastaram do caminho reto e largo que conduz ao reino de meu Pai...” * (Espírito da Verdade) (*O E.S.E – Cap. VI)
  30. 30. “E morre a Humanidade em bacanais horrendas...Manda o bezerro de ouro e, qual dragão, rapina...Os princípios da fé a enterrá-los nas lendas...Chega Moisés, a Lei, e aclama a Voz Divina!...Séculos vêm e vão...Em loucuras tremendasSurge o monstro do vício a morder...E domina.Nasce Jesus, o Amor, descerrando outras sendas,E ergue a força do bem por excelsa doutrina!
  31. 31. Segue o passo do tempo, e eis que por toda a TerraOs chacais do ateísmo e as hienas da guerraCercam as multidões dos fracos e infelizes...Mas Kardec, a Razão, estende luz à História;Desponta o Espiritismo, o Evangelho em vitória,Traçando ao mundo aflito as Novas Diretrizes!... (XAVIER, Fco. C. VIEIRA, Waldo in Antologia dos Imortais)

×