Gestão e engenharia industrial

382 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Estudo dos termos técnicos usados numa ciência ou arte
    Fontes de alimentação de laboratório destinados a aplicações de bancada padrão ou para montagem em aplicações onde o controle remoto não é necessário rack.
  • Gestão e engenharia industrial

    1. 1. Gestão e Engenharia Industrial
    2. 2. Neste trabalho, eu irei falar sobre!!! Competências Gerais Saídas Profissionais O que faz um engenheiro industrial O que é? Objetivo Competências Especificas Mercado de trabalho Uma escola em Portugal
    3. 3. O que é Gestão e Engenharia Industrial • A Engenharia Industrial é a melhoria e instalação de sistemas integrados em pessoas, materiais, informação, equipamentos e energia. Baseia-se em conhecimentos e técnicas especializadas nas ciências matemáticas, físicas e sociais, juntamente com os princípios e métodos de análise e projeto de engenharia. O que é?
    4. 4. Competências Gerais • Evidenciar a capacidade de adquirir, selecionar, analisar, processar e utilizar informação, praticar uma reflexão critica e agir metodicamente e sistematicamente. • Demonstrar capacidade de liderança, capacidade de iniciativa; • Demonstrar competências de comunicação oral e escrita utilizando a terminologia técnica adequada. • Antever ou reconhecer, avaliar, planear, organizar e desenvolver processos de mudança. Competências Gerais
    5. 5. Competências Específicas Competências Específicas • Traduzir situações problemáticas através de modelos adequados, e resolver problemas aplicando ferramentas de cálculo, interpretando e aplicando estes conceitos na resolução de problemas de engenharia; • Analisar problemas e produzir a sua solução com linguagens/ferramentas de programação; • Conhecer, desenvolver e aplica conhecimentos teóricos, baseados no pensamento construtivo, de maneira a projetar, planear e implementar sistemas produtivos, completos ou parciais, tecnicamente e economicamente viável;
    6. 6. Continuação Competências Específicas • Ser capaz de mapear, analisar e otimizar processos, ser capaz de identificar oportunidades de redução de custos e melhorias de nível de serviço; • Desenvolver estratégias para implementar alterações, conhecer e utilizar ferramentas práticas para melhorar o desempenho.
    7. 7. Saídas Profissionais • Empresas industriais ou de serviços; • Análise e otimização de processos; • Gestão industrial e gestão de operações; • Planeamento e gestão da produção, planeamento e gestão de materiais, aprovisionamento e gestão de inventário, transportes e distribuição; • Avaliação e gestão de projetos; • Entre outras... Saídas Profissionais
    8. 8. Mercado de Trabalho • A profissão pode ser bem paga, dependendo da empresa para que se trabalha, e tem sido classificada, sucessivamente, como tendo níveis de remuneração muito bons. • Não são conhecidas grandes dificuldades na colocação dos licenciados em engenharia industrial. Alguns alunos encontram ocupação profissional antes de completarem o curso. • A procura de licenciados tem sido, ao longo de vários anos, superior à oferta, não se dispondo de licenciados disponíveis para responder às ofertas de emprego que são feitas diretamente à universidade pelas empresas. Mercado de Trabalho
    9. 9. Continuação • Um Engenheiro da Industria é, portanto, uma peça fundamental, em qualquer organização que pretenda vingar no mercado. Os potenciais empregadores têm-se vindo a consciencializar da importância do engenheiro industrial. As perspetivas de futuro são, por isso, favoráveis. Mercado de Trabalho
    10. 10. O que faz um Engenheiro Industrial • Os engenheiros industriais tem capacidades importantes, como a competência técnica: a capacidade de lidar com as pessoas, só aqueles com a capacidade de motivarem e gerirem pessoas têm as melhores oportunidades para chegarem ao topo das suas carreiras. • Mais do que desempenhar uma função, o engenheiro industrial é o agente de uma mudança cultural da empresa que toma consciência de que a sua competitividade passa por constante aos seus circuitos e processos. É um colaborador que a empresa tem ao seu serviço, que transforma as oportunidades (que ela identifica) em ações, através da coordenação e sistematização de soluções. O engenheiro industrial é um instrumento indispensável para que as decisões de gestão sejam refletidas na empresa de forma integrada. O que faz um Engenheiro Industrial
    11. 11. FCT • A Faculdade de Ciências e Tecnologias contêm um mestrado integrado em Gestão e Engenharia Industrial Uma Escola em Portugal Página
    12. 12. Este trabalho tem como objetivo… • Dar-vos a conhecer mais sobre A gestão e Engenharia Industrial, e caso quiserem seguir este curso, como o podem seguir Objetivo
    13. 13.    gu_99

    ×