Segundo Império do Brasil !!!

856 visualizações

Publicada em

Gabriel Bicalho /JULIO BE/ jao

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
856
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Segundo Império do Brasil !!!

  1. 1. Trabalho de História Capítulo 11 Brasil: Consolidação do Império
  2. 2. Organização Política Partidos políticos e eleições -No começo do Segundo Reinado haviam dois grandes partidos Centralização do poder Descentralização do poder O que defendiam Grandes fazendeiros, comerciantes e intelectuais de RJ, BH e PE Comerciantes e intelectuais de SP, MG e RS Membros conservador Liberal Nome dos partidos
  3. 3. <ul><li>Ao Assumir D. Pedro II ligou-se aos Liberais, mas seu apoio mudou várias vezes, conforme sua necessidade. </li></ul><ul><li>D. Pedro II Utilizava-se de várias estratégias para interfirir os Poderes: nomeou novos presidentes para as províncias; substituiu juízes e chefes da polícia; criou o cargo de presidente do Conselho de Ministros, o qual era escolhido por ele. -As eleições foram marcadas pela violência e ficaram conhecidas como “eleições do cacete” -O voto continuava restrito a homens maiores de 25 anos com renda mínima anual comprovada -Assim foram mantidas as mesmas bases da organização política do 1º reinado </li></ul>
  4. 4. Resistência e Revolta - Centralização do poder desagrada chefes Provinciais. Revoltas começam a ocorrer - Principal Revolta: Pernambuco, Recife. Poder político nas mãos de poucas famílias de grandes proprietários - 1842, liberais fundam o Partido Nacional de Pernambuco. Feito de intelectuais e proprietários descontentes, incluindo jornalistas do Diário Novo , jornal localizado na rua da Praia, por isso ficaram conhecidos como Praieiros. - 1845, Praieiros conseguem aliados e os conservadores perdem seu poder. - Camadas médias e trabalhadores urbanos se revoltam com alta nos alimentos e nos impostos. Os revoltosos atacaram casas de comércio de portugueses, considerados culpados pelos preços altos.
  5. 5. -Para impedir a volta dos conservadores ao poder, os praieiros continuavam o movimento armados populares. -Rebelião praieira, diferentes objetivos. Queriam manter o poder, voto universal, comercio exclusivo para brasileiros e trabalho para todos. -Governo envia tropas. Lideres presos ou foragidos. -Grandes proprietários foram anistiados.
  6. 6. Organização Econômica e Social A vida nas fazendas de café - Econômia centrada no açúcar. Lucros reduzidos devido a concorrência externa - Em 1820 o café começou a ser produzido em larga escala. - Inicialmente produzido nos litorais de São Paulo e Rio de Janeiro. Na década de 30 deslocou-se para o interior. - A produção de café era feita por escravos, que ficavam nas senzalas e era muito mal-tratados. - Em poucos anos, o café tornou-se o principal produto de exportação, e os cafeicultores muito ricos. - Assim o café influênciou a organização ecônomica e social brasileira.
  7. 7. A vida na corte -Sede do governo central no Rio de Janeiro onde abrigava a família real e diferentes grupos sociais. -A corte era composta por comerciantes enriquecidos com titulo de nobreza e altos funcionários. -Os nobres andavam pela cidade em cadeiras de arruar levados por escravos ou coches puxado por animal. -A maioria da população do Rio de Janeiro eram escravos de ganho, alugados por seus donos para serviços como pedreiro,carpinteiro,carregadores,leiteiros e quitandeiros. -Os ganhos dos escravos eram bastantes controlados , pelos senhores,qualquer suspeita era encaminhado a policia para serem castigados. -No final do dia os escravos deveriam entregar o dinheiro ganho no exercito -Alem dos escravos,também havia homens livres pobres no Rio de Janeiro
  8. 8. Grupo: Gabriel B n°13 João A n°19 Julio Be n°23 Professor: Elton

×