A sociologia da dominação - Max Weber - apresentação de Ana Luiza Monte

13.346 visualizações

Publicada em

Ana Luiza Monte
05.03.2013

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
120
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A sociologia da dominação - Max Weber - apresentação de Ana Luiza Monte

  1. 1. SOCIOLOGIA DA DOMINAÇÃO MAX WEBER
  2. 2. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA DOMINAÇÃO• “Tudo isso pode ser imaginado teoricamente”(p.189)• Elementos a serem considerados:a) Ação socialb) Poder de mando não decorre apenas da dominação econômica;c) Dominação em virtude de interesses e dominação em virtude da autoridade.
  3. 3. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA DOMINAÇÃO• A dominação pode apresentar-se nas formas mais diversas.• A dominação é a possibilidade de impor ao comportamento de terceiros a vontade própria.• Toda forma de dominação em situação de interesses pode transformar-se, gradualmente, numa dominação autoritária.• Não apenas a troca no mercado produz dominação, mas também a troca da vida social.
  4. 4. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA DOMINAÇÃO• A vontade do dominador influencia de tal modo as ações do dominado (num grau socialmente relevante), que ele realiza seus feitos como se tivessem sido próprios da sua vontade.
  5. 5. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA DOMINAÇÃO• Não importa as motivações individuais para um estudo sociológico;• O que importa é o “caráter sociológico” da dominação;• A relação de dominação pode ser bilateral;• Cargos de autoridade são um produto criado por nós;• O exame não se dá em relação ao ideal mas à prática efetiva.
  6. 6. Definição• Página 191• Por “dominação” compreenderemos, então, aqui, uma situação de fato, em que uma vontade manifesta (“mandado”) do “dominador” ou dos “dominadores”, quer influenciar as ações de outras pessoas ( do “dominado”ou dos “dominadores”)e, de fato as influencia de tal modo que estas ações, num grau socialmente relevante, se realizam como se os dominados tivessem feito do próprio conteúdo do mandado a máxima de suas ações (“obediência”).
  7. 7. Dominação e administração• Toda administração precisa de uma forma de administração.• O poder de mando pode ter aparência muito modesta, sendo o dominador considerado o “servidor”dos dominados e sentindo-se também como tal.• Honoratiores – Dever honorífico• Estrutura hierárquica de poder
  8. 8. Dominação por meio de “organização”• FUNDAMENTOS DA VALIDADE DA DOMINAÇÃOa) Regras racionais estatuídas = burocraciab) Autoridade pessoal = patriarcalismoc) Carisma = poder pessoal ou carismático
  9. 9. PRESSUPOSTOS• FUNCIONAMENTO ESPECÍFICO DO FUNCIONALISMO MODERNO:1) Competências: a) distribuição fixa de atividades(deveres); b) poderes de mando; c) pessoasqualificadas.1.1.) No direito público -> autoridade burocrática1.2.) dominação econômica privada -> empresaburocrática (formas mais avançadas do capitalismo)2) Hierarquia de Cargos
  10. 10. pressupostos3) Documentos (escritório # moradia privada)4) Intensa instrução na matéria5) Plena força de trabalho6) Regras fixas e mais ou menos abrangentes.
  11. 11. POSIÇÃO INTERNA E EXTERNA DOS FUNCIONÁRIOS1) O cargo é profissão / dever de fidelidade ao cargo/ finalidade objetiva;2) A posição do funcionário assume a seguinte forma:a) Estima social (prestígio)b) Tipo puro é nomeado (técnico)c) Vitaliciedade do cargod) Remuneração
  12. 12. POSIÇÃO INTERNA E EXTERNA DOS FUNCIONÁRIOSe) Carreira (cargo)1) Economia monetária: Emolumentos em espécie protegem contra as oscilações do poder aquisitivo do dinheiro;2) Desenvolvimento quantitativo (grande Estado e grandes massas);3) Ampliação qualitativa além da quantitativa = burocratização4) Superioridade puramente técnica é a razão de ser da organização burocrática.
  13. 13. POSIÇÃO INTERNA E EXTERNA DOS FUNCIONÁRIOS5) Concentração dos meios nas mãos do senhor;6) Nivelamento das diferenças econômicas.

×