Saude feminina 2012

3.064 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.064
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
242
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
110
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saude feminina 2012

  1. 1. Saúde Feminina
  2. 2. EXAME PREVENTIVO - O CÂNCER DO COLO DO ÚTEROPODE SER EVITADO.SÓ DEPENDE DE VOCÊ!Basta fazer o exame preventivo periodicamente.É rápido, indolorO QUE É O EXAME PREVENTIVO DO CÂNCER DO ÚTERO? É um dos momentos do exame ginecológico em que é feita a coleta do material do útero e da vagina e colocado numa lâmina de vidro, que será examinado posteriormente ao microscópio.
  3. 3. QUAIS AS MULHERES QUE DEVEM SE SUBMETER AO EXAME? Toda mulher com vida sexual ativa, principalmente aquelas com idade de 20 a 60 anos.
  4. 4. O EXAME É DOLOROSO E DEMORADO? Não. O exame é rápido e não dói.
  5. 5. O QUE É PRECISO PARA FAZER O EXAMEPREVENTIVO DO CÂNCER DO ÚTERO? Não usar duchas ou medicamentos vaginais nos três dias anteriores ao exame - Não estar menstruada (em época de regras).
  6. 6. QUE SERVIÇO DEVE SER PROCURADO? Você pode procurar o seu médico ou ambulatório, posto ou centro de saúde mais próximo da sua casa.
  7. 7. APÓS O EXAME, O QUE FAZER? Você deve retornar a uma nova consulta para saber o resultado e receber instruções. Lembre-se: tão importante quanto submeter-ser ao exame é buscar o resultado.
  8. 8. DE QUANTO EM QUANTO TEMPO DEVE SERFEITO O EXAME PREVENTIVO? Ao receber o resultado, você será informada de quando deverá repetir o exame. Em geral, se não houver alteração, poderá ser feito a cada ano.
  9. 9. OUTRAS DOENÇAS QUE NÃO O CÂNCER PODEMSER ENCONTRADAS DURANTE O EXAMEPREVENTIVO? Sim. Infecções vaginais, inclusive as sexualmente transmissíveis podem ser diagnosticadas pelo médico que realiza o exame.
  10. 10. Higiene Intima
  11. 11. Não usar duchas vaginaisUma higiene íntima adequada é muitoimportante para manter os órgãosfemininos livres de infecções.O interior da vagina é habitado porcentenas de microorganismos queformam a flora vaginal.A função destes microorganismosé manter o equilíbrio comas bactérias e fungose defender a vaginade infecções.
  12. 12. Por isso não lave a vagina por dentro, não façaduchas vaginais.Mas o que podemos fazer para termos uma boahigiene íntima?Durante o banho faça limpezana vulva, apenas com água,não use sabonete líquido íntimoem orientação médica.As penas dobras vaginaispodem ser higienizadascom lenços umedecidos.
  13. 13. Sempre que evacuar, o ideal éfazer uma limpeza usandouma pequena ducha semsabonete ou sabonete intimo.Depois seque o local compapel higiênico, se você nãotiver como utilizar a ducha,limpe com papel na direçãoda vulva para o ânus,nunca ao contrário.
  14. 14. Lesão benigna em Medicina Que não tem gravidadeLesão maligna em Medicinacâncer, persistente, que se desenvolve rapidamente,atacando os tecidos próximos, quase sempre indolor noprincípio.Lesão benigna não se torna maligna
  15. 15. Feridinha no colo do útero É uma tradução do problema eversão do epitélioendocervical, que pode ser, ou não, acompanhada deinfecção (ectocervicite).o revestimento interno do canal – sensível e frágil – passaa se localizar na porção externa do colo, o que o tornamais suscetível a sangramentos durante as relaçõessexuais e às infecções
  16. 16. Por que acontece a feridinha ?Algumas vezes por mecanismos hormonais(próprios do organismo feminino) , por bactériasou vírus .
  17. 17. Por que a cauterização do colo uterino é usadacomo tratamento para a eversão do epitélioendocervical?A cauterização, como o nome indica, é uma queimadura,de intensidade e profundidade controladas, que tem porobjetivo destruir o epitélio evertido
  18. 18. cicatrização, que dura de quatro a seis semanas, há umacompleta substituição daquele tecido frágil e sensível poroutro mais espesso e resistente.A cauterização do colo é realizada no consultório e nãorequer qualquer tipo de anestesia pois é praticamenteindolor
  19. 19. Câncer do colo do útero
  20. 20. O câncer do colo do útero é evitável, uma vezque o tempo pra que uma lesão simples evoluapara um câncer do colo do útero é de mais de10 anosSe as lesões forem diagnosticadosna fase inicialchance decura é de 100%
  21. 21. Este tipo de câncer costumaapresentar crescimento lento.Media 10 anosAs anormalidades do colo queainda não se caracterizam comoum câncer e são denominadasdisplasias.Algumas displasias se curamespontaneamenteOutras podem evoluir e levar aocâncer de colo de útero.
  22. 22. Este tipo de câncer costumaapresentar crescimento lento.Media 10 anos NIC I – Lesões de baixo grau que ocorrem nas camadas superficiais NIC II – Lesões de maior grau que ocorrem nas camadas superficial e basal NIC III – Lesões de alto grau que ocorrem em todas as camadas. São as lesões precursoras do câncer invasivo.
  23. 23. A maioria das mulheres não apresentaqualquer sinal ou sintoma na fase dedisplasia ou no câncer de colo inicial.Por isso a realização do Exame de Prevençãoé essencial .
  24. 24. Diagnóstico precoceO exame ginecológico regular é o melhor métodopara o diagnóstico precoce.Toda mulher sexualmente ativa deve realizar osexames preventivos de acordo com o calendárioestabelecido pelo seu médico(a cada 6 meses ao a cada ano ).
  25. 25. Fatores de risco de câncerdo colo do úteroO fator de risco maisimportante é a infecção pelopapilomavírus humano, oHPV.90% das vezes o HPV étransmitido de uma pessoa aoutra através de relaçãosexual
  26. 26. O que é o HPV?HPV é a sigla de um vírus, o PapilomavírusHumano. Existem mais de 200 subtipos de HPVsendo que 85 deles infectam a mucosa anogenital.15 deles com certeza provocam tumores malignos.92 % das mulheres infectadas ficam curadas em 2anos
  27. 27. Não há um medicamento específico contra o HPV.Quem barra esse agressor é o sistema imunológicoda paciente.Por isso, o sucesso do tratamento depende muitoda resistência orgânica.
  28. 28. Fatores de risco de câncer do colo do úteroMuitos parceiros história de infecções sexualmentetransmitidas (da mulher e de seu parceiro);a idade precoce na primeira relação sexualmultiparidade.A Infecção por HIV (o vírus da AIDS)tabagismo,alimentação pobre em algunsmicronutrientes, principalmente vitamina C,beta caroteno e folato,
  29. 29. O Pré-Natal
  30. 30. O pré-natal é um acompanhamento da evolução da gestação, que visa cuidar da saúde da mulher e de seu bebê até que o parto ocorra.G.Grazziotin
  31. 31. Durante o pré-natal que o médico orienta a mulher sobre sua gravidez, os cuidados que ela deve ter neste período, a nutrição, exercícios, trabalho de parto, parto, aleitamento e outros temas. Há a oportunidade de conversar sobre suas dúvidas e seus medos, de ter um apoio.G.Grazziotin
  32. 32. O acompanhamento médico da gestação é o pré natal, a primeira consulta deve ser realizada o mais precocemente possível, não devendo ultrapassar o primeiro trimestre da gravidez.G.Grazziotin
  33. 33. Nesta primeira consulta, o médico faz o exame físico e ginecológico (não há risco em ser examinada, e é importante o exame para verificar se está tudo bem) e alguns exames serão solicitados.G.Grazziotin
  34. 34. Em todas as consultas : a mulher deverá ser pesada, sua pressão arterial deverá ser medida, e a partir do 4º mês ter medida a altura de seu útero (que indiretamente avalia o crescimento do feto), além de ser ouvido os batimentos cardíacos do feto.G.Grazziotin
  35. 35. Exames ultra-sonográficos: O primeiro exame ultra-sonográfico é realizado após 07semanas, não devendo ultrapassar a 14ª semana de gestação. Preferível entre 12 ª e 14 ª semana para avaliar a TN( translucência nucal ) para ser feito um primeiro rastreamento de malformações congênitas. Índice de falhas 1/20 Medida da Translucência Nucal no Rastreamento de Anomalias Cromossômicas Carlos Geraldo Viana Murta, Luiz Cláudio França RBGO - v. 24, nº 3, 2002 24 (3): 167-173, 2002G.Grazziotin
  36. 36. Exames ultra-sonográficos: Tem se optado por realizar uma ultra-sonografia obstétrica morfológica de segundo trimestre, se for possível, entre a 21ª e a 144ª semana de gestação, E a terceira avaliação ultra-sonografia devera ser realizada no ultimo trimestre entre 35ª e 38 ª semana.G.Grazziotin
  37. 37. As consultas de pré-natal serão mensais até o oitavo mês. A partir daí passarão a ser quinzenais e no último mês, até o parto, serão semanais. Em nenhuma circunstância a gestante poderá ser dispensada de consultas de pré-natal antes do parto ocorrer. Isto que dizer: as consultas no último mês de gestação devem ser semanais, pois algumas complicações podem ocorrer neste período, e, também, é quando as dúvidas sobre os sinais do trabalho de parto mais aparecem.G.Grazziotin
  38. 38. Câncer de Mama.
  39. 39. Câncer de Mama.O QUE É ?O câncer de mama é o segundo tipo de câncer maisfreqüente no mundo.O câncer de mama é provavelmente o mais temido pelasmulheres devido a sua alta freqüência e, sobretudo pelosseus efeitos psicológicos, que afetam a percepção desexualidade e a própria imagem pessoal.
  40. 40. Ele é relativamente raro antes dos 35 anos deidade, mas acima desta faixa etária suaincidência cresce progressivamente..
  41. 41. Tem-se documentado que 1 em cada 10 mulheres tem aprobabilidade de desenvolver um câncer de mama durante asua vida.Na região Centro-Oeste a incidênciaentre as mulheresé de (38/ 100.000) .
  42. 42. Câncer de mamaOs fatores de riscomenarca precoceNuliparidadeidade da primeira gestação a termoacima dos 30 anosmenopausa tardia
  43. 43. A idade continua sendo um dos maisimportantes fatores de risco.As taxas de incidência aumentamrapidamente até os 50 anos,A prevenção primária dessaneoplasia ainda não é totalmentepossível devido à variação dosfatores de risco e as característicasgenéticas que estão envolvidas nasua etiologia.
  44. 44. Estratégias de rastreamento paradetecção precoce :Um exame mamográfico, pelo menos acada dois anos, para mulheres de 40 a 69anos .
  45. 45. Para mulheres de grupos populacionais considerados de riscoelevado para câncer de mama :Com história familiar de câncer de mama em parentes deprimeiro grau.Recomenda-se o exame clinico da mama e a mamografia,anualmente, a partir de 35 anos.Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos éde 61%.
  46. 46. Vida saudávelVários fatores influenciam a saúdeo relacionamento na famíliae no trabalhoo local em que se viveo estado emocionalo estado espiritualPara uma vida saudável é necessárioencontrar um ponto de equilíbrio.
  47. 47. O resultado de todo esse esforço do bem-estar diárioé o que chamamos de FELICIDADE. A FELICIDADE é esse caminho, o dia-a-dia, a trajetória de toda a nossa vida
  48. 48. Obrigado pela atenção!

×