Marcha do progresso

9.156 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.156
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.947
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
370
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marcha do progresso

  1. 1. Grupo Espírita Allan Kardec wwwluzdoespiritismo.com
  2. 2. O Livro dos Espíritos - q . 779 » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  3. 3. O Livro dos Espíritos - q . 780 e 780 a » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  4. 4. (veja - 365-751)O Livro dos Espíritos - q . 780 b » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  5. 5. (veja - 365-751)Enquanto não se lhes hajadesenvolvido o senso moral, pode O moral e a inteligência são duasmesmo acontecer que se sirvam da forças que só com o tempo chegaminteligência para a prática do a equilibrar-se.”mal. O Livro dos Espíritos - q . 780 b » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  6. 6. (veja - 365-751) É que não são ainda bastante O Espírito puros os progride em Durante um Espíritos insensível marcha período da sua encarnados ascendente, mas o existência, ele se nesses homens, progresso não se adianta em que, então, e por efetua ciência; durante isso, cedem à simultaneamente outro, em influência de em todos os moralidade. outros Espíritos sentidos. mais imperfeitos.Faculdades morais e intelectuais do homem - Allan kardec -o livro dos espíritos – q 365
  7. 7. (veja - 365-751) 751. Como se explica Um Espírito, que entre alguns superior em povos, já adiantados O desenvolvimento inteligência, pode sob o ponto de vista intelectual não ser mau. Isso se dá intelectual, o infanticídio seja um implica a com aquele que costume e esteja necessidade do bem. muito tem vivido consagrado pela sem se melhorar: legislação? apenas sabe.Assassínio - Allan Kardec -O livro dos espíritos – q.751 Capítulo VI, Da lei de destruição
  8. 8. 781. Tem o homem o “Não, mas tem, às vezes, opoder de paralisar a de embaraçá-la.”marcha do progresso?781. a) – Que se deve pensar dos que tentam deter a marchado progresso e fazer que a Humanidade retrograde?“Pobres seres, que Deus castigará! Serão levados de roldãopela torrente que procuram deter.”O Livro dos Espíritos - q . 781 e 781 a » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  9. 9. 783. Segue sempre Há o progresso Quando, porém, ummarcha progressiva regular e lento, que povo não progride e lenta o resulta da força das tão depressa quantoaperfeiçoamento da coisas. deveria, Deus o Humanidade? sujeita, de tempos a tempos, a um abalo físico ou moral que o transforma. O Livro dos Espíritos - q . 783 » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  10. 10. 784. Bastante grande Enganas-te. Observa Faz-se mister que o é a perversidade do bem o conjunto e verás mal chegue ao excesso, homem. Não parece que o homem se para tornar que, pelo menos do adianta, pois que compreensível aponto de vista moral, melhor compreende o necessidade do bem e ele, em vez de que é mal, e vai dia a das reformas.avançar, caminha aos dia reprimindo os recuos? abusos. O Livro dos Espíritos - q . 784 » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  11. 11. Conscientização Consumo consciente ecológica Direito dos animais Direito dasDireito do idoso crianças
  12. 12. Direito dos portadores denecessidades especiais.Direito da mulher.Respeito as diversidades.
  13. 13. Movimentos Avanço da Avanço da Voluntariado. sociais ciência. tecnologia. contrainjustiças em geral.
  14. 14. “O orgulho e o egoísmo. Refiro-me ao progresso moral, porquanto o intelectual se efetua sempre. 785. Qual o maior obstáculo ao progresso?O Livro dos Espíritos - q . 785 » Parte Terceira - Capítulo VIII » Marcha do progresso
  15. 15. 913. Dentre os vícios, qual o que se pode considerar radical? “Temo-lo dito muitas vezes: o egoísmo. Daí deriva todo mal.Estudai todos os vícios e vereis que no fundo de todos há egoísmo. Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 913 » Capítulo XII» O egoísmo »
  16. 16. 914. Fundando-se o egoísmo no sentimento do interesse pessoal, bem difícil parece extirpá-lo inteiramente do coração humano. Chegar-se-á a consegui-lo? À medida que os homens se instruem acerca das coisas espirituais, menos valor dão às coisas materiais. Depois, necessário é que se reformem as instituições humanas que o entretêm e excitam. Isso depende da educação.Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 914 » Capítulo XII» O egoísmo »
  17. 17. 915. Por ser inerente à espécie humana, o egoísmo não constituirá sempre umobstáculo ao reinado do bem absoluto na Terra?“É exato que no egoísmo tendes o vosso maior mal, porém ele se prende àinferioridade dos Espíritos encarnados na Terra e não à Humanidade mesma.Ora, depurando-se por encarnações sucessivas, os Espíritos se despojam doegoísmo, como de suas outras impurezas.Não existirá na Terra nenhum homem isento de egoísmo e praticante dacaridade? Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 915 » Capítulo XII» O egoísmo »
  18. 18. Desde que haja um, por que não haverá Há muito mais dez? Havendo dez, homens assim do por que não haverá que supondes. mil e assim por diante? Apenas não os conheceis, porque a virtude foge à viva claridade do dia.Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 915 » Capítulo XII» O egoísmo »
  19. 19. 917. Qual o meio de destruir-se o egoísmo? Porque deriva da De todas as influência da imperfeições matéria, influência humanas, o de que o homem,egoísmo é a mais ainda muito difícil de próximo de sua desenraizar-se. origem.Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo » Fénelon
  20. 20. Sobretudo, com a compreensão que o Espiritismo vos faculta, do vosso estado futuro real, e não desfigurado por ficções alegóricas. O egoísmo se enfraquecerá à proporção que a vida moral forpredominando sobre a vida material. Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo » Fénelon
  21. 21. Quando, bem compreendido, se houver identificado com os costumes e as crenças, o Espiritismo transformará os hábitos, os usos, as relações sociais. Ora, o Espiritismo, bem compreendido, Destruindo essa repito, mostra as importância, ou, peloO egoísmo assenta na coisas de tão alto que menos, reduzindo-a importância da o sentimento da às suas legítimas personalidade. personalidade proporções, ele desaparece, de certo necessariamente modo, diante da combate o egoísmo. imensidade. Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo » Fénelon
  22. 22. O QUE TORNA O HOMEM EGOÍSTA: O choque que o homem experimenta do egoísmo dos outros é o que muitas vezes o faz egoísta, por sentir a necessidade de colocar-se na defensiva. Notando que os outros pensam em si próprios e não nele, ei-lo levado a ocupar-se consigo, mais do que com os outros.Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo » Fénelon
  23. 23. PARA COMBATER O EGOÍSMO: ATACAR O MAL EM SUA RAIZ ISTO É PELA EDUCAÇÃONão por essa educação Mas pela que tende aque tende a fazer homens fazer homens de bem.instruídos. - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo »
  24. 24. PARA COMBATER O EGOÍSMO: Essa arte, porém, exige muito tato, muita experiência eQuando se conhecer a arte de profunda observação.manejar os caracteres, como se conhece a de manejar asinteligências, conseguir-se-á corrigi-los. Nota de Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo »
  25. 25. PARA COMBATER O EGOÍSMO: Faça-se com o moral o que se faz com a inteligência e ver-se-á que, se há naturezas refratárias, muito maior do que se julga é o número das que apenas reclamam cultivo adequado, para produzir bons frutos.Nota de Allan Kardec - O Livro dos Espíritos q. 917 » Capítulo XII» O egoísmo »
  26. 26. O EGOÍSMO É: A fonte Como a caridade o de todos é de todas os vícios. as virtudes.Destruir um e desenvolver a Tal deve ser o alvo de todos outra. os esforços do homem. SE QUISER ASSEGURAR A SUA FELICIDADE NESTE MUNDO, TANTO QUANTO NO FUTURO.
  27. 27. CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO NO PROGRESSO DA HUMANIDADE 798. O Certamente Marcará Espiritismo que se nova era na se tornará tornará história da crença geral? crença geral. humanidade.Allan Kardec -O Livro dos Espíritos» Capítulo VIII -» Influência do espiritismo no progresso » 798
  28. 28. CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO NO PROGRESSO DA HUMANIDADE Terá, no entanto, Chegou o tempo em que sustentar Porque está na que ocupará lugar grandes lutas, mais Natureza. entre os contra o interesse conhecimentos do que contra a humanos. convicção.Allan Kardec -O Livro dos Espíritos» Capítulo VIII -» Influência do espiritismo no progresso » 798
  29. 29. CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO NO PROGRESSO DA HUMANIDADE 799. De que maneira Destruindo o pode o Espiritismo materialismo, que é contribuir para o uma das chagas da progresso? sociedade.Allan Kardec -O Livro dos Espíritos» Capítulo VIII -» Influência do espiritismo no progresso » 799
  30. 30. CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO NO PROGRESSO DA HUMANIDADE Deixando a vida Abolindo os prejuízos Ele faz que os futura de estar de seitas, castas e homens velada pela dúvida, o cores, ensina aoscompreendam onde se homem perceberá homens a grande encontram seus melhor que, por meio solidariedade que os verdadeiros do presente, lhe é há de unir como interesses. dado preparar o seu irmãos. futuro.Allan Kardec -O Livro dos Espíritos» Capítulo VIII -» Influência do espiritismo no progresso » 799
  31. 31. 1019. Poderá algum dia implantar-se na Terra o reinado do bem? “O bem reinará na Terraquando, entre os Espíritos que a vêm habitar, os bons predominarem. Porque, então, farão que aí reinem o amor e a justiça, fonte do bem e da felicidade. Allan Kardec -O Livro dos Espíritos » Das esperanças e consolações » Capítulo II» 1019
  32. 32. Por meio do progresso moral e praticando as leis de Deus é que o homem atrairá para a Terra osEspíritos bons e dela afastará os maus. Estes, porém, não a deixarão, senão quando daí estejam banidos o orgulho e o egoísmo. Allan Kardec -O Livro dos Espíritos » Das esperanças e consolações » Capítulo II» 1019
  33. 33. Essa transformação se verificará por meio da encarnação deEspíritos melhores, que constituirão na Terra uma geração nova. Então, os Espíritos dos maus, que a morte vai ceifando dia a dia, e todos os que tentem deter a marcha das coisas, serão daí excluídos.Allan Kardec -O Livro dos Espíritos » Das esperanças e consolações » Capítulo II» 1019
  34. 34. TRANSFORMAÇÃO DA TERRA

×