Boletim Informativo Biblioteca 3

592 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
592
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim Informativo Biblioteca 3

  1. 1. Março/Abril de 2011 Boletim Informativo da Biblioteca 3 A G R U P A M E N T O D R . L E O N A R D O C O I M B R A — L I X A Dia de S. Valentim A LENDA “Sempre imaginei que o paraíso será uma espécie de biblioteca.” Jorge Luís Borges As raízes deste dia remontam à Roma Antiga e à Lupercália, festa em homenagem a Juno, deusa associada à fertilidade e ao casamento. O festival consistia numa lotaria, onde os rapazes tiravam à sorte de uma caixa, o nome da rapariga que viria a ser a sua companheira durante a duração das festividades, normalmente um mês. A celebração decorreu durante cerca de 800 anos, em Fevereiro, até que em 496 d.c., o Papa Gelásio I decidiu instituir o dia 14 como o dia de São Valentim, para que a celebração cristã absorvesse o paganismo da data. A dúvida persiste, no entanto, em saber a qual dos santos se refere este dia. Muitos acreditam tratar-se de um padre que desafiou as ordens do imperador romano Claudio II. A lenda diz que o imperador proibiu os casamentos, com o argumento de que os rapazes solteiros e sem laços familiares eram melhores soldados. N E S T A E D I Ç Ã O : Valentim terá ignorado as ordens e continuado a fazer casamentos em segredo a jovens que o procuravam. Segundo a lenda, Referências Valentim foi preso e executado no dia 14 de Fevereiro, por volta 2 Bibliográficas do ano 270 d.c. Próximas activi- 4 Outra lenda diz que um outro padre católico se recusou a converter dades à religião de Claudio II, e este mandou prendê-lo. Na prisão, Valentim apaixonou-se pela filha do carcereiro que o visitava Carnaval 5 regularmente, a quem terá deixado um bilhete assinando: «Do teu valentim» (em inglês, «from your Valentine»), antes da sua execução, também em meados do século III... Nesta lenda, a conotação do dia e do amor que ele representa não Notícias 6 se relaciona tanto com a paixão, mas mais com o «amor cristão» uma vez que ele foi executado e feito mártir pela sua recusa em rejeitar a sua religião. - http://diadosnamorados.kazulo.pt/2771/Blogue do PNL: historia-de-sao-valentim.htmpnllxa.blogspot.com 1
  2. 2. 8 – L i t e r a t u r a ( I n f a n t i l e I n f a n t o - j u v e n i l , L i t e r a t u r a E s t r a n g e i r a , G r a m á t i c a , P o e s i a )Landa, Norbert, “ Desculpa ” , Editora Minutos de Leitura, 2009Livro recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a ler em voz alta/contar/trabalhar na sala de aula.O Urso e o Coelho são os melhores amigos do Mundo. Fazem tudo juntos!Vivem na Casa Urso & Coelho e fazem as suas Refeições Urso & Coelho naCozinha Urso & Coelho… e muito mais.Mas, um dia, encontram um objecto muito misterioso. Era lindo e era muitobrilhante. E foi aí que os problemas começaram: os dois amigos não seentendem relativamente a quem pertence o objecto… Moost, Nelle; “É tudo meu”, Editora Minutos de Leitura, 2007 Livro recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a ler em voz alta/ contar/trabalhar na sala de aula. Aviso: tranquem as portas e fechem as janelas! Tantas vezes as crianças querem ter aquilo que as outras têm. O Pequeno Corvo até não é mau rapaz, mas há algo que ele parece que não consegue evitar: ele tem de ter tudo! Ele é muito esperto e imagina sempre novos truques que lhe permitirão ficar com todos os brinquedos dos amigos. Depressa ele descobre que, apesar de "adquirir" uma enorme quantidade de novos tesouros, perdeu os seus amigos. Mas ele acaba por descobrir uma forma muito inteligente de resolver a situação . . . As crianças irão compreender que o significado de "ter tudo" não tem a ver com posse, mas sim com amizadeGenro, Orlanda,“Os contrários”, Editora Plátano, 2004Livro recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a ler em vozalta/contar/trabalhar na sala de aula.Livro mágico para que os mais pequenos descubram as primeiras palavras. 2
  3. 3. Holzwarth, Werner; “A toupeira que queria saber quem lhe fizera aquilo na cabeça”, Editora Kalandraka, 2010 Certo belo dia, quando a toupeira pôs a cabeça de fora por entre um montão de terra, para ver se já nascera o Sol, aquilo aconteceu! ( E ra redondo e castanho, um pouco semelhante a um chouriço e, pior do que tudo, acertara-lhe em cheio na cabeça ) . Pode acontecer a qualquer um, mas nesse dia foi a vez da pobre toupeira. Saía da sua toca e caiu-lhe algo muito mal cheiroso na cabeça. Assim, a toupeira percorrerá todo o campo -muito indignada- investigando qual dos animais que ali vivem lhe fizera semelhante desfeita: a pomba, o cavalo, a lebre…“Livro magnético da Miffy”, Porto Editora, 2010Há muitos sítios engraçados para visitar no mundo da Miffy!Vê a casa e a escola da Miffy; depois vai até à galeria e ao jardim zoológicoou dá um passeio à beira-mar. Coloca as peças magnéticas da Miffy e dosamigos nas imagens.Vais divertir-te imenso com o livro magnético da Miffy! López, Rafael; López, Concha; “A lenda do viajante que não podia parar”, Everest Editora, 2004 Livro recomendado no programa de Português do 4º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada na sala de aula - Grau de Dificuldade III. Um estranho acontecimento transforma o débil Kostia num jovem vigoroso e forte como uma árvore. Mas a sua sorte tem um preço e por isso nunca poderá permanecer mais de três dias com as pessoas que encontra no caminho. Queres saber porquê? 3
  4. 4. Ross, Tony; “Eu quero um amigo”, Editora Gatafunho, 2005Livro recomendado para o 1º ano de escolaridade destinado a leitura orientadana sala de aula - Grau de Dificuldade III.O irmão mais novo da Pequena Princesa nunca brinca com ela, e por isso elaanseia por um amigo a sério. A sua mãe conforta-a, recordando que no diaseguinte seria o primeiro dia de aulas, e que lá ela encontraria dezenas dea m i g o s . M a s s e r i a a s s i m t ã o f á c i l ?Conhecida pelas suas constantes exigências e pela sua determinaçãoobstinada, a Pequena Princesa é, neste livro, ainda mais caprichosa, numahistória divertidíssima acerca do que é, para uma criança, ser o novo lá naescola. Próximas Actividades - Celebração de efemérides e datas consideradas relevantes para a comunidade educativa: 01 a 04 de Março – “ Carnaval ” 10 e 11 ( 08 ) de Março - “ Dia da Mulher ” ; 18 ( 19 ) de Março – “ Dia do Pai ” ; 21 de Março – “ Dia Mundial da Poesia ” ; 25 ( 26 ) de Março – “ Dia Mundial do Livro Português ” . - Apoio ao Recital de Poesia – 10 de Março ( Auditório ) - Exposição de Artes; EV e ET – de 10 a 16 de Março ( Biblioteca) - Cerimónia de Entrega dos Prémios do Concurso de Poesia – 21 de Março ( B iblioteca ) Semana da Leitura – de 21 a 25 de Março ( A grupamento ) Feira do Livro - Abril ( A grupamento ) Mostra de Artes Professores Artistas — de 1 de Abril a 30 de Abril ( A grupamento ) 4
  5. 5. CarnavalPORTUGAL: A festa de Carnaval chegou a Portugal nos séculos XV e XVI, recebendo o nome deEntrudo, isto é – introdução à Quaresma através de uma brincadeira agressiva e pesada. Era umdivertimento marcado por gastronomia própria, mas também por alguma violência. Faziam-se esferas decera bem finas, com o interior cheio de água e depois atiravam-se às pessoas.Havia quem fosse mais longe nas suas atitudes; injectavam dentro dessas esferas substâncias malcheirosas e impróprias…No ano de 1882 o comércio iniciou o costume de fechar as portas na terça-feira de Carnaval para haveros desfiles nesse dia.Cinco anos antes da implantação da República, na cidade de S. Salvador da Baía, cerca de 170 milpessoas organizaram o seu primeiro grande Carnaval de rua. Hoje em dia adquiriu um carácter comercialmuito grande e centraliza-se no Rio de Janeiro.Embora originário de Itália, o Carnaval celebra-se um pouco por toda a Europa e mesmo por todo omundo.Em Portugal, os desfiles mais famosos são os de Mealhada, Torres Vedras, Loulé, Ovar, entre outros. Asátira social e política continua a ser o instrumento privilegiado dos foliões portugueses. Mas, seja qualfor o meio, o fim é comum: divertimento em grande! Muito famosos também são os caretos de Trás-os-Montes.DINAMARCA: O "Fastelavn" transformou-se num festival para as crianças e realiza-se sete semanasantes da Páscoa. Durante as festas, as crianças mascaram-se e vão tentando alternadamente bater comum pau num barril até ele se partir, actividade chamada ” fazer o gato sair do barril ” .RÚSSIA: Antes da Quaresma, celebra-se a ” Maslenitsa ” ( ” E ntrudo ” , em russo ) , um festival deuma semana que é a celebração Ortodoxa mais popular da Rússia. A Maslenitsa é um símbolo do adeusao Inverno e boas-vindas à Primavera.FRANÇA: Em França, celebra-se o Carnaval de Nice, o principal evento de Inverno da Riviera francesa.Na Idade Média, os habitantes de Nice, antes de fazerem jejum de carne durante 40 dias ( de acordocom a tradição católica do Entrudo ) desfrutavam de uma cozinha rica e recheada.ALEMANHA: Existem três grandes centros de festejo do Carnaval na Alemanha: em Colónia ( o maisimportante e famoso ) , Düsseldorf e Mainz. O arranque do Carnaval alemão é a 11 de Novembro, às11h11, que é quando a ” q uinta temporada ” ( que é a do Carnaval ) começa, com festas e animação.ITÁLIA: O Carnaval de Veneza é uma das festas mais antigas do mundo. As ruas da cidade durante oCarnaval estão repletas de bandas, máscaras tradicionais, teatro de rua, etc. A cerimónia de aberturacomeça com o “ Voo do Anjo ” , uma tradição antiga que consiste numa mulher jovem ( normalmenteconhecida do público ) que surge do Campanário da Torre da Praça de São Marco. Segue-se acelebração da Feste delle Marie ( que celebra a libertação das mulheres das mãos dos piratas daIstria ) . Muitos eventos, tais como festas e bailes de máscaras ( Baile Casanova, baile da água, e NoiteDourada ) têm lugar nos palácios antigos, e alguns são exclusivos para convidados! Onde ficar: HiltonMolino ( Veneza ) http://mulher.sapo.pt/lazer/fora-de-casa/tradicoes-de-carnaval-na-europ-1043277.html http://www.escritartes.com/forum/index.php?topic=11474 5
  6. 6. Actividades desenvolvidas no Centro Escolar da Lixa em parceria com as Professoras BibliotecáriasNo dia 20 de Janeiro a Professora Antonieta Costa explorou o conto “ Alberto naAntárctida ” , de Cidália Fernandes ( escritora que irá visitar brevemente os alunos doCentro Escolar ) .O espaço da Biblioteca do Centro Escolar foi disponibilizado para a projecção do contoem PowerPoint. As áreas de Língua Portuguesa e Estudo do Meio foram abordadas,fazendo interdisciplinaridade com Área de Projecto, abordando o tema do aquecimento Comemoração do dia de S. Valentim No dia 10 de Fevereiro foi realizada uma a c t i v i d a d e relacionada com o Dia de S. Valentim,dinamizada pela Professora Ermelinda, a Professora de Inglês Sofia Varejão e aProfessora Bibliotecária Brígida Pinto. A actividade constou na decoração de umsabonete alusivo ao Dia de S. Valentim, aplicando a técnica do guardanapo.Os alunos mostraram-se bastante receptivos na colagem e pintura do sabonete ,que iriaser oferecido no dia de S. Valentim .Ainda, no âmbito da actividade do dia de S. Valentim ,no dia catorze de Fevereiro,durante o período da manhã , as turmas das professoras Antonieta Costa e ClarisseTeixeira procederam na presença das técnicas da Biblioteca Municipal de Felgueiras à elaboração de um desenho alusivo à data. Os trabalhos realizados pelos alunos iriam ser expostos na Biblioteca Municipal de Felgueiras. 6

×