Boletim das BE 1 período 2012/2013

283 visualizações

Publicada em

Boletim Informativo nº8

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim das BE 1 período 2012/2013

  1. 1. Setembro / dezembro Volume 8 BOLETIM INFORMATIVO 3.ª Edição (RBE) A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D A L I X A Biblioteca DUAS BIBLIOTECAS ESCOLARES A CONSTRUIR SABERES Leonardo Coimbra Anabela Borges Biblioteca do distinguida com mais um prémio literário Centro EscolarAo ver o seu conto “A Pergunta (fim de linha)” ser eleito o melhor da cole-tânea “Ocultos Buracos”, a autora foi agraciada com um prémio, que con- da Lixasiste na publicação de um livro da sua autoria.No passado sábado, dia 27 de Outubro, pelas 20.30, tevelugar, na Sala Nietzche da Fábrica Braço de Prata em Lisboa,que se tornou pequena para acolher todo o público presente,o lançamento da Coletânea "Ocultos Buracos", com a chancelada Pastelaria Studios Editora. (PNL)A coletânea reúne 98 contos de vários autores Portugueses e NESTA EDIÇÃOdo espaço Lusófono, previamente selecionados pela editora, alusivos à Editorial 1temática “histórias horríveis ou impossíveis”.Tendo por anfitriã Maria Teresa Queiroz, representante da Pastelaria Stu- Atividades 2dios, a cerimónia contou com elevada afluência de autores e respetivos Outubro—Mês Internacio- 3familiares e amigos. nal da Biblioteca Escolar :Um dos pontos altos da Noite foi o anúncio do conto vencedor da coletâ- 4 Visitas Guiadas; Hora donea, cujo prémio será a oferta pela Pastelaria Editora de todos os encargos Conto; Viajar com os Livros… Baú das Leiturasinerentes à edição de uma obra a solo. A vencedora da noite foi a autora Workshop: marcadores 5amarantina Anabela Borges, já não uma estreante nas lides editoriais, sen- personalizadosdo coautora da coletânea "Conto por Conto", da Alfarroba Edições, em Efemérides 6resultado de ter vencido um concurso literário, em 2011, que contou com Efemérides—Natal! 7cerca de 200 participações, com o conto “A Tundra (cemitério de memó-rias)”. Este Natal, será publicado o seu conto “Vianoce Natal”, Trabalhos Realizados 8 pelos Alunos na coletânea “Lugares e Palavras de Natal”, da Lugar da Palavra Editora. Aquisições 9 10 Fonte: Diário de Felgueiras, in: Projetos e Parcerias 11 http://josecarlospereira.blogspot.pt/ E ainda... 12 (adaptado) BLOGUE: http://pnllixa.blogspot.com/ SEGUE-NOS NOAnabela Borges é professora de Português do Ensino Básico e Secundário, e encontra- FACEBOOK: http://www.facebook.com/#!/se a desempenhar funções de professora bibliotecária neste agrupamento de escolas. profile.php? 1
  2. 2. Atividades MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR Espaço da E.B 2,3 Visitas GuiadasTal como em anos anteriores, asprofessoras bibliotecárias receberam,nas bibliotecas do Centro Escolar da Lixa e da E. B. 2,3 Dr. Leonardo Coimbra, as turmas dos 1.º e 5.ºanos. A atividade consistiu num reconhecimento ao Centro Escolar da Lixaespaço e numa explicação do seu funcionamento,terminando com um “Peddy Paper”, onde os alunosdemonstraram os conhecimentos adquiridos. Estaatividade insere-se no contexto de “Formação deUtilizadores”. 2
  3. 3. Atividades MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR Hora do Conto e Projeto “Baú das Leituras… Viajar com os Livros”As professoras bibliotecárias deram início à Hora do Conto e ao projeto “Baú das Leituras…Viajar com os Livros”, atividades destinadas aos docentes e alunos do pré-escolar e 1.ºCiclo.A professora Brígida Pinto apresentou o projeto, que consiste em procurar “levar a Bibliote-ca Escolar a todas as escolas do agrupamento”, através da circulação de material livro e nãolivro, quer para utilização em sala de aula, quer para requisição domiciliária. O meio de cir-culação são os baús, que vão circulando entre escolas do ensino pré-escolar e o 1.º ciclo.A professora Anabela Borges dinamizou a Hora do conto, com as fábulas da sua autoria “AsFamílias dos Animais”, transmitindo ensinamentos e valores sobre a família, o amor, a ami-zade e a inclusão – “porque os animais fazem amigos, apaixonam-se e casam-se e cuidamdos seus filhos, como nós”. (Anabela Borges). As ilustrações são das suas filhas BeatrizBorges Lopes e Inês Borges Lopes.A elaboração do grande cartaz, “Livro Gigante”, esteve a cargo da professora Ana PaulaBastos.Nos Centros Escolares da Lixa e de Pinheiro, a Professora Gracinda deu uma ajuda na Hora do Conto. Cartaz da Hora do Con- to, elaborado pela professora Ana Paula Bastos A professora Brígida apresenta o projeto “Viajar com os Livros…. Baú das Leituras”. 3
  4. 4. Centro Escolar da Lixa Centro Escolar de Santão Centro Escolar de CaramosUma Chave para o Passado, Presente e Futuro! Centro Escolar de Macieira Jardim de Vila Cova Centro Escolar de Pinheiro 4
  5. 5. OUTUBRO—MÊS INTERNACIONAL DA BIBLIOTECA ESCOLAR Workshop – marcadores personalizados para livrosNas duas bibliotecas, foram dinamizadosWorkshop, para a elaboração de marca-dores personalizados para livros, noâmbito do “Mês Internacional da Biblio-teca Escolar”, sob o lema “Uma chavepara o Passado, o Presente, o Futuro”. Aatividade foi dinamizada pela equipa daBE, contando com o especial apoio daprofessora Ana Paula Bastos. Os alunospersonalizaram os seus marcadores elevaram-nos, de recordação. Workshop na BE! 5
  6. 6. Dia Mundial da MúsicaO dia Mundial da Música foi assina-lado nas duas bibliotecas, com ativi-dades que passaram pela exposiçãode trabalhos e a dinamização de umgrupo coral e musical, pelas profes-soras Arminda Sá e Gracinda Pinto.Na biblioteca do Centro Escolar daLixa, a professora Gracinda Pintodinamizou uma atividade, que con-sistiu numa abordagem à história damúsica, destacando períodos musi-cais e compositores, enquanto umgrupo de alunos do 6.º F interpretoualgumas peças instrumentais ecorais. Esta atividade destinou-se àsturmas do 4.º ano das professorasClarisse Teixeira e Cristina Marinho. Halloween A atividade foi dinamizada nas duas bibliotecas escolares. A decoração da biblioteca da E. B. 2, 3 Dr. Leonardo Coimbra ficou a car- go dos docentes Brí- gida Coimbra e Nuno Trigo. Uma decoração assustadora, que contou também com O Senhor Abóbora a realização de tra- andou a pregar sustos! balhos de aulos. 6
  7. 7. Natal!Chegou mais um Natal… e a “crise” não nos impediu de festejá-lo, nas biblio-tecas! Decoração, música, projeção de imagens, cartões elaborados pelos alu-nos com mensagens em Português, Inglês, Francês e Espanhol… e até noutraslínguas! Os alunos preparam a decoração de Natal. 7
  8. 8. Trabalhos realizados pelos alunos de 3.º e 4.º ano, da professora Manuela Sousa, do Centro Escolar de Santão., alusivos à Hora do Conto - “As Famílias dos Animais”.(acima) Marcadores personalizados, ela-borados pelos alunos, alusivos ao “MêsInternacional da Biblioteca Escolar”.(em baixo) Trabalho alusivos ao Hallo-ween. Trabalhos realizados pelos alunos de 3.º e 4.º ano, da professora Ana Paula, do Centro Escolar de Pinheiro., alusivos à Hora do Conto - “As Famílias dos Animais”. 8
  9. 9. Sinopse Numa manhã de 1945 um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso, oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona. Juntando as técnicas do relato de intriga e suspense, o romance histórico e a comédia de costumes, "A Sombra do Vento" é sobretudo uma trágica história de amor cujo o eco se projecta através do tempo. Com uma grande força narrativa, o autor entrelaça tramas e enigmas ao modo de bonecas russas num inesquecível relato sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros, numa intriga que se mantém até à última página. Carlos e Nicole conheceram-se nas ruas de Paris. As tropas alemãs avançavam em passo forte e determinado, mas todos acreditavam que a capital francesa estava a salvo da lou- cura de Adolf Hitler. Enganavam-se. Em poucas semanas, as tropas nazis estavam às por- tas de Paris e milhares de refugiados procuravam salvação. Nicole encontrou-a em Bor- déus pelas mãos do embaixador Aristides de Sousa Mendes que lhe entregou um visto para chegar até Portugal, onde finalmente cairia nos braços do seu amado. Longe da guerra, longe do perigo, longe do estigma de ser judia, seria finalmente feliz. Mas há pre- conceitos que são difíceis de quebrar e mais uma vez os dois amantes são obrigados a seguir caminhos diferentes. A vida de José Branco mudou no dia em que entrou naquela aldeia perdida no coração de África e se deparou com o terrível segredo. O médico tinha ido viver na década de 1960 para Moçambique, onde, confrontado com inúmeros problemas sanitários, teve uma ideia revolucionária: criar o Serviço Médico Aéreo. No seu pequeno avião, José cruza diariamente um vasto território para levar ajuda aos recantos mais longínquos da província. O seu trabalho depressa atrai as atenções e o médico que chega do céu vestido de branco transforma-se numa lenda no mato. Chamam-lhe o Anjo Branco. Mas a guerra colonial rebenta e um dia, no decurso de mais uma missão sanitária, José cruza-se com aquele que se vai tornar o mais aterrador segredo de Portugal no Ultramar. Outubro, 1975. Quando o avião levantou voo deixando para trás a baía de Luanda, Car- los Jorge tentou a todo o custo controlar a emoção. Em Angola deixava um pedaço de terra e de vida. Acompanhado pela mulher e filhos, partia rumo ao desconhecido. A uma pátria que não era a sua. Joana não ficou indiferente ao drama dos passageiros que sobrelotavam o voo 233. O mais difícil da sua carreira como hospedeira. No meio de tanta tristeza, Joana não conseguia esquecer o olhar firme e decidido de Carlos Jor- ge. Não percebia porquê, mas aquele homem perturbava-a profundamente. Despertava -a para a dura realidade da descolonização portuguesa e para um novo sentimento que só viria a ser desvendado vinte anos mais tarde. Foram milhares os portugueses que entre 1974 e 1975 fizeram a maior ponte área de que há memória em Portugal. Em Angola, a luta pelo poder dos movimentos independentistas espalhou o terror e a mor-Novidades para te por um país outrora considerado a joia do império português. Naquela espiral deRequisitar, na violência, não havia outra solução senão abandonar tudo: emprego, casa, terras, fábri- cas e amigos de uma vida. BE 9
  10. 10. Estas e outras Novidades, na BE Sinopse Poderá o amor nascer em tempo de guerra? No Portugal de Salazar e nos tempos conturbados da guerra civil espanhola, Miguel Oliveira, voluntário português ao serviço das tropas nacionalistas de Franco, é feito prisio- neiro pelos republicanos, depois de o seu avião ter caído nos arredores de Barcelona. Um feliz golpe de sorte salva-o de um julgamento sumário e de uma morte certa por fuzilamento. Será trocado por um oficial republi- cano, perto de Madrid. Miguel inicia uma longa viagem de automóvel que o vai levar de Barcelona a Madrid num território pejado de perigos. Será durante essa intensa viagem que ele conhecerá e se apaixonará por Dolores, a jovem republicana responsável por levá-lo à capital espanhola. Outrora uma defensora ardente da República, Dolores está nos finais da guerra, cansada de ver tanta morte e destruição. Para sua grande surpresa e sem nunca abandonar os seus ideais, a jovem republicana encontrará em Miguel um bom confidente e até um pro- tetor. Tendo como pano de fundo a violenta paisagem desenhada pela guerra civil, Não nos roubarão a espe- rança, narra o nascimento de um grande amor que terá de provar ser mais forte do que o ódio. Uma paleógrafa é brutalmente assassinada na Biblioteca Vaticana quando consultava um dos mais antigos manuscritos da Bíblia, o Codex Vaticanus . A polícia italiana convoca o célebre historiador e criptanalista português, Tomás Noronha, e mostra-lhe uma estranha mensagem deixada pelo assassino ao lado do cadáver. A inspetora encarregada do caso é Valentina Ferro, uma beldade italiana que convence Tomás a ajuda-la no inquérito. Mas a sucessão de homicídios semelhantes noutros pontos do globo leva os dois investigadores a suspeitarem de que as vítimas estariam envolvidas em algo que as transcendia. Na busca da solução para os crimes, Tomás e Valentina põem-se no trilho dos enigmas da Bíblia, uma demanda que os conduzirá à Terra Santa e os colocará diante do último segredo do Novo Testamento. A verdadeira identidade de Cristo. Baseando-se em informações históricas genuínas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra exce- cional como o grande mestre do mistério. Mais do que um notável romance, O Último Segredo desvenda- nos a chave do mais desconcertante enigma das Escrituras. A história conta-nos que num futuro distante, em lugar desconhecido, o tempo começou a ficar des- controlado, obrigando as pessoas a confundirem os dias e as estações. Sabia-se, todavia, que existia um relógio, o guardião do tempo, capaz de pôr ordem no mundo. Mas ignorava-se onde se encontrava. Duas forças, as forças do mal, personificadas em Abel Darkwater, e as forças do bem, personificadas no pequeno Silver e no seu inseparável amigo Gabriel, procuram descobrir esse instrumento mágico. As peripécias em qua as duas forças se digladiam são inúmeras e admiráveis de fantasia. Por fim, são Silver e Gabriel quem vencem, descobrindo o relógio, já que, desde o seu nascimento, Silver tinha sido nomeada guardiã do tempo. Vários autores. Muitas formas de (des)crever o Natal. Em conto e em poesia. Lugares de referência, palavras sentidas, numa obra multifacetada e em que todos os textos foram cri- teriosamente selecionados com base na sua qualidade literária. Inclui o conto “ Vianoce Natal”, de Anabela Borges (a autora ofereceu o livro à BE, que está disponível neste estabe- lecimento). Vários autores. Histórias de horror ou impossíveis de acontecer. O insólito a revelar encon- tros inesperados com o destino e a tirar os fantasmas do armário! Inclui o conto “ A Pergun- ta (fim de linha)”, de Anabela Borges, considerado o melhor conto da coletânea (a autora ofereceu o livro à BE, que está disponível na escola sede do agrupamento). 10
  11. 11. A Biblioteca do Centro Escolar da Lixa acolheu um grupo de estagiários, oriundos do cursoProfissional de Técnico de Apoio Psicossocial, da Escola Secundária da Lixa:- Ana Filipa: Interpretação de desenhos infantis;- Carina Sousa: A importância da leitura no desenvolvimento da criança;- Bruno Pereira: Desenvolvimento da leitura no contexto escolar do 1.º ciclo. Trabalhos realizados pelo grupo de estagiários. Os estagiários em contexto de trabalho, orientados pela professora Brígida Pinto. Dinamização da Hora do Con- to: “Natal Encantado”, de Susana para as turmas de 3.º ano das docentes Lurdes Fon- seca e Maria do Céu Costa. No final da atividade, os alunos, divididos em grupos, foram convidados a realizar ilustra- ções da personagem principal e a dar seguimento à história. 11
  12. 12. Momentos nas BE... Utilização da BE para exposições e realização de diversas atividades… Exposições – Natal! - Educação Visual – turmas de 5.º, 6.º e 7.º anos. EMRC ...12

×