INDICE
1. Introdução ........................................................................................................
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 2
1. Introdução
Os sistemas coloidais vêm sendo utilizados desde os pri...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 3
2. Conceitos
Um coloide, ou sistema coloidal, consiste numa mistura h...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 4
b) Classificação dos Coloides
Os coloides podem ser classificados de ...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 5
Espuma – dispersão de um gás em um sólido e em um líquido. Espuma líq...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 6
Gel – o disperso apresenta-se no estado líquido e o dispersante no es...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 7
3. Experiência
a) Material Utilizado
1 Gema de ovo
1 Colher (sopa) de...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 8
4. Conclusão
Os coloides, abundantemente presentes no quotidiano, têm...
Química-Física/Coloides 2014
FÍSICA 3º ANO REGULAR 9
5. Referências Bibliográficas
http://bioquimica.ufcspa.edu.br/pg2/pgs...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistemas coloidais

4.011 visualizações

Publicada em

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.011
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas coloidais

  1. 1. INDICE 1. Introdução .................................................................................................................... 2 2. Conceitos...................................................................................................................... 3 a) Características ......................................................................................................................................... 3 b) Classificação dos Coloides ....................................................................................................................... 4 3. Experiência................................................................................................................... 7 a) Material Utilizado................................................................................................................................ 7 b) Procedimento...................................................................................................................................... 7 c) Explicação do Experimento ................................................................................................................. 7 4. Conclusão..................................................................................................................... 8 5. Referências Bibliográficas.......................................................................................... 9
  2. 2. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 2 1. Introdução Os sistemas coloidais vêm sendo utilizados desde os primórdios da humanidade. Os povos antigos utilizaram géis de produtos naturais como alimento, as dispersões de argilas para a fabricação de utensílios de cerâmica e as dispersões coloidais de pigmentos para decorar as paredes das cavernas. Em nosso cotidiano os sistemas coloidais estão presentes, na higiene pessoal (sabonete, shampoo, cremes dentais, espuma, creme de barbear, maquiagem), no leite, café, manteiga, cremes vegetais e geleias de frutas. No caminho para o trabalho podemos enfrentar neblina, poluição do ar, no almoço (temperos, cremes e maionese para saladas), no entardecer, ao saborear cerveja, refrigerante ou sorvete estamos ingerindo coloides. O nome coloide vem do grego “kolas”, que significa “que cola” e foi criado pelo químico escocês Thomas Graham, em 1870.
  3. 3. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 3 2. Conceitos Um coloide, ou sistema coloidal, consiste numa mistura heterogênea na qual uma ou mais substâncias se encontram disseminadas (dispersas) numa outra substância, sob a forma de pequenas partículas, formadas por agregados de moléculas. Nos Coloides as partículas dispersas têm um diâmetro compreendido entre 1 nanômetro (nm) e 1 (1µm) micrômetro, partículas estas que podem ser átomos, iões ou moléculas. Um sistema coloidal apresenta, assim, dois componentes: o meio disperso (fase dispersa) e o meio dispersante (fase contínua). a) Características Os coloides têm, em geral, características específicas como:  As substâncias não se separam sob a ação da gravidade;  As partículas dispersas estão em movimento constante e errático;  São suficientemente grandes para refletir e dispersar a luz (efeito Tyndal);  A maioria dos coloides tem aspecto turvo ou opaco;  Disperso é a substância presente em menor quantidade;  Dispersante: Substância presente em maior quantidade;  Possuem massa elevada. Devido às moléculas do fluido estarem constantemente colidindo umas contra as outras as partículas dispersas não se depositam no fundo do recipiente sob a ação da gravidade. Mesmo que o coloide por excelência seja aquele cuja fase contínua é um líquido e cuja fase dispersa seja composta de partículas sólidas, podem ser encontrados coloides cujos componentes se encontram em outros estados de agregação.
  4. 4. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 4 b) Classificação dos Coloides Os coloides podem ser classificados de acordo com o estado físico da fase dispersa e da fase contínua, tal como se indica na tabela seguinte: Fase Dispersa Gás Líquido Sólido Fase Contínua Gás Nenhuma Aerossol Líquido Aerossol Sólido Líquido Espuma Emulsão Sol Sólido Espuma Sólida Gel Sol Sólido Exemplos: Aerossol – dispersão de um sólido ou um líquido em um gás. Por vezes só nos apercebemos da presença deles devido ao efeito de Tyndall. Aerossol sólido: poeira, fumo. Aerossol líquido: spray, nuvem e nevoeiro. 1Aerossol líquido 2Aerossol Sólido
  5. 5. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 5 Espuma – dispersão de um gás em um sólido e em um líquido. Espuma líquida: Espuma de barbear, espuma de cerveja, natas batidas, claras em castelo. Espuma sólida: Miolo de pão, esponja, borracha. 3Espuma líquida 4Espuma sólida Emulsão – dispersão de um líquido em um sólido ou outro líquido. Os exemplos mais comuns desse tipo de coloide são o queijo, manteiga, maionese, creme facial, leite. 5Emulsão Sol – dispersão de um sólido em um líquido ou em sólido. Sol líquido: mistura de água com detergente. Sol sólido: a maioria das pedras preciosas, porcelana. 6sol líquido 7sol sólido
  6. 6. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 6 Gel – o disperso apresenta-se no estado líquido e o dispersante no estado sólido. Ex.: Gelatina, gel para o cabelo 8gelatina
  7. 7. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 7 3. Experiência a) Material Utilizado 1 Gema de ovo 1 Colher (sopa) de suco de limão ou vinagre 1 Chávena de óleo comestível b) Procedimento Misture a gema de ovo com o suco de limão num recipiente, a seguir, vá adicionando o óleo lentamente e continue virando até obter uma massa viscosa. c) Explicação do Experimento A emulsão é uma mistura de dois líquidos que normalmente não podem ser combinados: óleo e água é o exemplo clássico. A emulsificação é feita pela adição lenta de um ingrediente ao outro no nosso caso a gema do ovo, enquanto são misturados rapidamente. Quimicamente falando, as emulsões são coloides, misturas heterogêneas compostas de partículas minúsculas suspensas em outro material imiscível (que não pode se misturar).
  8. 8. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 8 4. Conclusão Os coloides, abundantemente presentes no quotidiano, têm uma influência e um impacto consideráveis no homem, são utilizados com frequência em diversos processos de produção de bens de consumo, incluindo o da água potável, nos processos de separação nas indústrias de biotecnologia e no tratamento do meio ambiente, e em medicina terapêutica ortomolecular. O estudo dos coloides também pode ajudar a evitar a formação desses sistemas na natureza, quando poluem o ar (fumaça), a água (esgoto doméstico e industrial) e os solos (resíduos sólidos). Apesar de a química dos coloides ter respostas para muitas dessas questões ambientais, é a participação dos cidadãos bem informados nos diversos aspectos da vida social que poderá assegurar uma melhor qualidade de vida para todos.
  9. 9. Química-Física/Coloides 2014 FÍSICA 3º ANO REGULAR 9 5. Referências Bibliográficas http://bioquimica.ufcspa.edu.br/pg2/pgs/quimica/coloides.pdf http://pt.wikipedia.org/wiki/Coloide http://www.slideshare.net/profissionalizando/coloides-presentation http://www.mundovestibular.com.br/articles/1112/1/MAIONESE/Paacutegina1.html Química - Ensino Médio - Volume único - João Usberco e Edgard. Tabela de Classificação Nome Nota Individual Nota do Trabalho Média Gourgel Abias Isaac Gonçalves Sidónio Kussivila

×