Rácio de Autonomia Financeira

307 visualizações

Publicada em

Uma breve explicação do que é o rácio de autonomia financeira, porquê que o deve usar e como é que deve utilizar o rácio.
Com a ressalva de que se trata de uma simplificação para ajudar a explicar a utilidade do Rácio da Autonomia Financeira. Normalmente é analisado em conjunto com outros elementos.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rácio de Autonomia Financeira

  1. 1. AUTONOMIA FINANCEIRA RÁCIO FINANCEIRO
  2. 2. 1 COMO?
  3. 3. AUTONOMIA FINANCEIRA =______ CAPITAL PRÓPRIO ACTIVOS LÍQUIDOS
  4. 4. PEÇA AO CONTABILISTA BALANÇO DA SUA EMPRESA DESCARREGUE O BALANÇO DE UM FORNECEDOR DE INFORMAÇÕES : OS BALANÇOS SÃO OS ENTREGUES ATRAVÉS DA IES PARA CONHECER A CONCORRÊNCIA, FORNECEDOR, CLIENTES, LEADS,…
  5. 5. CAPITAL PRÓPRIO
  6. 6. ACTIVOS LÍQUIDOS
  7. 7. AUTONOMIA FINANCEIRA = 0,78 ou 78%
  8. 8. 2 PORQUÊ?
  9. 9. Indica o grau de dependência que uma empresa tem relativamente ao seu financiamento (dividas de estado, bancos, fornecedores,…).
  10. 10. Acima de 0,6 BOA AUTONOMIA Entre 0,3 e 0,6 AUTONOMIA NORMAL Abaixo dos 0,3 POUCA AUTONOMIA REGRA GENÉRICA E DE RÁPIDO ENTENDIMENTO
  11. 11. MUITO CUIDADO AO FORNECER A CRÉDITO EMPRESAS COM AUTONOMIA BAIXA QUASE IMPOSSÍVEL CONSEGUIR FINANCIAMENTO SE UMA EMPRESA TEM UMA BAIXA AUTONOMIA FINANCEIRA
  12. 12. COMO AUMENTAR A AUTONOMIA EXEMPLO RÁPIDO: Se a empresa tem “dinheiro parado”, é recomendável o pagamento de dívidas.
  13. 13. COMO AUMENTAR A AUTONOMIA RESOLUÇÃO CONTABILISTICA : Sem falsear a informação, não será que pode valorizar alguns ativos. Será que as máquinas não valerão mais. risco : a tributação
  14. 14. 3 COMO USAR?
  15. 15. CONTROLAR A AUTONOMIA FINANCEIRA DA PRÓPRIA EMPRESA
  16. 16. PERGUNTE AO GESTOR DE CONTA DO SEU BANCO QUAL O LIMIAR DA AUTONOMIA FINANCEIRA PARA A SUA INDÚSTRIA VEJA NOS DADOS DO BANCO DE PORTUGAL, QUAIS OS RÁCIOS MÉDIOS MAIS ADEQUADAS ÀS CARACTERISTICAS DA SUA EMPRESA VIGIE A SUA CONCORÊNCIA DIRECTA.
  17. 17. 35 30 29 34 37 40 1º TRIM 2015 2º TRIM 2015 3º TRIM 2015 4º TRIM 2015 1º TRIM 2016 2º TRIM 2016 (PROJECÇÃO) RÁCIO AUTONOMIA FINANCEIRA 1º Trim 2015 2º Trim 2015 3º Trim 2015 4º Trim 2015 1º Trim 2016 2º Trim 2016 (projecção) ACOMPANHE A EVOLUÇÃO EVITE CAIR ABAIXO DOS LIMITES
  18. 18. DOS OUTROS A AUTONOMIA FINANCEIRA
  19. 19. VENDA A CRÉDITO Será o Cliente tem capacidade para honrar os seus compromissos, se tiver apenas10% de autonomia, arrisca-se? 1
  20. 20. UMA OBRA DE FORNECEDOR Será que ele tem capacidade para realizar uma obra de longo prazo? 22
  21. 21. CONCORRÊNCIA Vai manter uma guerra de preços quando tem 3x menos autonomia que o seu concorrente direto. 3
  22. 22. RESSALVAS Estas informações são simplificações para ajudar a compreender a utilidade do Rácio da Autonomia Financeira. Normalmente é analisado em conjunto com outros elementos. Também não contempla a ligação direta da baixa autonomia à normalidade de dificuldades de tesouraria
  23. 23. Ricardo Godinho GOODI MANAGEMENT http://goodi.pt/ ricardo@goodi.pt Tm. 966192968 1. KPIs 2. BUSINESS INTELLIGENCE 3. ACOMPANHAMENTO DOS OBJECTIVOS

×