Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja<br />Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História<br />
Igreja Primitiva<br />Das perseguições ao Edito de Milão<br />
Site Bíblia Católica – Seção História da Igreja<br />http://www.bibliacatolica.com.br/historia_igreja.php<br />História da...
Pax Romana: Estabilidade e prosperidade<br />Império Romano em 30-40 DC<br />O mundo que Nosso Senhor conheceu<br />
Os primeiros anos da Igreja (30-64)<br />
Problema encontrado entre os judeus<br />Particularistas (Judeus da Palestina)<br />Universalistas (Judeus da Diáspora)<br...
A questão se resolve<br />
Perseguições Judaicas<br />
Cristãos aproveitaram a infra-estrutura romana<br />Estradas, Embarcações<br />Fundavam comunidades nas cidades ao longo d...
Características romanas<br />Universalidade e Tolerância religiosa<br />Culto ao Imperador<br />Inicialmente viam os crist...
Perseguição Romana (64-313)<br />
Nero inicia perseguição em 64 <br />Motivo: incêndio em Roma<br />Os cristãos foram acusados<br />Cristãos presos e tortur...
Martirizados em 67<br />São Pedro e São Paulo<br />
Após 68 as perseguições diminuem<br />Mensagem cristã atinge a aristocracia romana<br />Domiciano (entre 92 e 96)<br />Des...
Em 98 Trajano assume o império<br />Plínio, o jovem escreve em 112 sobre os cristãos<br />“Devo punir todo cristão, ou só ...
Por que os pagãos denunciavam os cristãos?<br />Condenação da imoralidade<br />Sadismo da população<br />Costumes cristãos...
Santo Inácio de Antioquia<br />Martírio entre 98 e 117<br />Escreveu diversas cartas<br />São Justino (165)<br />Apologist...
Crise do Império Romano<br />Econômica, Moral, Religiosa<br />Busca por religiões orientais<br />Força militar é o apoio d...
Cristãos começam a ser levados em consideração<br />Alexandre Severo (222-235) mandou colocar nos prédios públicos: “NÃO F...
Perseguição no terceiro século<br />
Tetrarquia: divide o Império em quatro (293)<br />Dois Augustus: Diocleciano e Maximiano<br />Dois Césares: Galério e Cons...
Cristãos tiveram bons anos de paz<br />Reuniam-se abertamente<br />Diversos funcionários do império eram cristãos<br />Edi...
Constâncio Cloro cessa a perseguição no ocidente<br />Galério e MaximinoDaia continuam no Oriente<br />Edito de 306 obriga...
Constantino e Licínio encontraram-se em Milão em 313 e definiram políticas comuns<br />O Edito não é um documento formal<b...
<ul><li>Perpétua e companheiros, 203
São Calixto, Papa (222) </li></ul>São Fabiano, Papa (250)<br />São Cristóvão, 251<br />São Piônio, 250<br /><ul><li>Santa ...
São Sixto II, Papa (258)
São Lourenço, 258
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão

5.015 visualizações

Publicada em

Slides apresentados em 06/05/2010.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.015
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
52
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
298
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão

  1. 1. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja<br />Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História<br />
  2. 2. Igreja Primitiva<br />Das perseguições ao Edito de Milão<br />
  3. 3. Site Bíblia Católica – Seção História da Igreja<br />http://www.bibliacatolica.com.br/historia_igreja.php<br />História da Igreja de Cristo – Volume I<br />Daniel-Rops<br />História Eclesiástica<br />Eusébio de Cesaréia<br />Bibliografia<br />
  4. 4. Pax Romana: Estabilidade e prosperidade<br />Império Romano em 30-40 DC<br />O mundo que Nosso Senhor conheceu<br />
  5. 5. Os primeiros anos da Igreja (30-64)<br />
  6. 6. Problema encontrado entre os judeus<br />Particularistas (Judeus da Palestina)<br />Universalistas (Judeus da Diáspora)<br />Proselitismo<br />Prosélitos: pagãos convertidos ao judaísmo<br />Seguiam estritamente as regras do judaísmo<br />Cristãos receberam esse legado<br />Helenistas (universalistas)<br />Geralmente judeus da diáspora<br />Judaizantes (particularistas)<br />A quem se destina a Boa Nova?<br />
  7. 7. A questão se resolve<br />
  8. 8. Perseguições Judaicas<br />
  9. 9. Cristãos aproveitaram a infra-estrutura romana<br />Estradas, Embarcações<br />Fundavam comunidades nas cidades ao longo do caminho<br />Apóstolos<br />Segundo a Tradição se espalharam atingindo o Egito, a Etiópia, a Espanha, a Rússia, a Índia...<br />São Paulo <br />Empreendeu diversas viagens pelo Império Romano<br />Escreveu cartas para animar as comunidades<br />Cidadania romana o ajudou<br />São Pedro<br />Caminho do Universalismo: Jerusalém  Antioquia  Roma<br />Cristãos em Missão<br />
  10. 10. Características romanas<br />Universalidade e Tolerância religiosa<br />Culto ao Imperador<br />Inicialmente viam os cristãos como seita judaica<br />Sujeitos a um privilégio judaico<br />Mais tarde: viam como uma outra religião<br />Deviam prestar culto ao Imperador<br />Cometiam crime de sacrilégio e lesa-majestade<br />Visão romana acerca dos cristãos<br />
  11. 11. Perseguição Romana (64-313)<br />
  12. 12. Nero inicia perseguição em 64 <br />Motivo: incêndio em Roma<br />Os cristãos foram acusados<br />Cristãos presos e torturados<br />Decapitação e Crucificação no Circo<br />Cristãos queimados nos jardins de Nero<br />Papel de Nero: abriu o espaço para as perseguições<br />Início da perseguição romana <br />“[Foram acusados] homens que eram detestados pelas suas infâmias e culpados de nutrir ódio pelo gênero humano.”Tácito, historiador romano (55 – 120 DC)<br />
  13. 13. Martirizados em 67<br />São Pedro e São Paulo<br />
  14. 14. Após 68 as perseguições diminuem<br />Mensagem cristã atinge a aristocracia romana<br />Domiciano (entre 92 e 96)<br />Desencadeia nova perseguição<br />Inclusive de personagens da aristocracia<br />Exílio de São João na Ilha de Patmos<br />Livro do Apocalipse<br />A perseguição no primeiro século<br />
  15. 15. Em 98 Trajano assume o império<br />Plínio, o jovem escreve em 112 sobre os cristãos<br />“Devo punir todo cristão, ou só os que se obstinam?”<br />Rescrito de Trajano<br />Serve de base para a política de todo o século II<br />As perseguições serão locais e esporádicas<br />Perseguição no Segundo Século<br />“Não devem ser procurados; se te forem trazidos e os reconheceres, devem ser punidos; mas aquele que se negue a ser cristão e o demonstre, por exemplo suplicando aos nossos deuses, mesmo que tenha tido conduta suspeita no passado, deve ser perdoado.”<br />
  16. 16. Por que os pagãos denunciavam os cristãos?<br />Condenação da imoralidade<br />Sadismo da população<br />Costumes cristãos mal-interpretados<br />Familiaridade entre irmãos e irmãs<br />Reuniões à noite e subterrâneas<br />Havia ainda outras zombarias<br />O povo<br />Grafito do século II ou III<br /> ALE Alexamenos<br /> XAMENOS Adora seu Deus SEBETE <br /> THEON <br />
  17. 17. Santo Inácio de Antioquia<br />Martírio entre 98 e 117<br />Escreveu diversas cartas<br />São Justino (165)<br />Apologista<br />São Policarpo (155)<br />Santa Cecília (entre 178 e 180), São Potino (Bispo de Lyon, 177), Doze mártires de Scili (África, 180)...<br />Mártires do segundo século<br />"Onde quer que se apresente o Bispo, ali esteja também a comunidade, assim como a presença de Cristo Jesus nos assegura a presença da Igreja Católica"<br />Santo Inácio de Antioquia<br />Carta aos Esmirnenses.<br />
  18. 18. Crise do Império Romano<br />Econômica, Moral, Religiosa<br />Busca por religiões orientais<br />Força militar é o apoio do sistema imperial<br />Cristãos espalhados por todo o império<br />Fixam-se a Liturgia, a Doutrina, o Governo (Concílios)...<br />Desenvolvimento do pensamento cristão<br />Alexandria: Clemente (180-215) e Orígenes (185-250)<br />Cartago: Tertuliano (160-220) e São Cipriano (210-258)<br />O mundo no terceiro século<br />“Enriquecei o soldado e zombai do resto”. Septímio Severo, Imperador. (193-211)<br />
  19. 19. Cristãos começam a ser levados em consideração<br />Alexandre Severo (222-235) mandou colocar nos prédios públicos: “NÃO FAÇAS AOS OUTROS O QUE NÃO QUERERIAS QUE TE FIZESSEM”<br />Cristãos absorvem a organização romana<br />Acirram-se as diferenças<br />Oposição sai do campo religioso para o cívico e político<br />Militares cristãos se recusam à seguir cultos pagãos<br />Relação do Império com os cristãos<br />“Deixai de segregar-vos e nós vos toleraremos!”<br />Celso (Século II)<br />“Que Roma se converta, e ser-lhe-emos fiéis!”<br />Tertuliano (Século III)<br />
  20. 20. Perseguição no terceiro século<br />
  21. 21. Tetrarquia: divide o Império em quatro (293)<br />Dois Augustus: Diocleciano e Maximiano<br />Dois Césares: Galério e Constâncio Cloro<br />Reforço dos poderes imperiais = Dominuset Deus<br />As reformas de Diocleciano (284-305)<br />
  22. 22. Cristãos tiveram bons anos de paz<br />Reuniam-se abertamente<br />Diversos funcionários do império eram cristãos<br />Edito de perseguição em 303<br />Intensivo no Oriente<br />Muitos mártires<br />Enorme crueldade<br />Em 305 os doisaugustos renunciam<br />A grande perseguição<br />“Na Arábia, matava-se a machadadas; na Capadócia, cortavam-se as pernas; na Mesopotâmia, alguns foram pendurados pelos pés, e acendiam-se em baixo fogueiras cujo fumo os asfixiava; algumas vezes cortavam o nariz, as orelhas ou a língua. No Ponto, cravavam espinhos debaixo das unhas ou lançavam chumbo derretido sobre as partes mais sensíveis”. <br />Eusébio de Cesaréia. História Eclesiástica.<br />
  23. 23. Constâncio Cloro cessa a perseguição no ocidente<br />Galério e MaximinoDaia continuam no Oriente<br />Edito de 306 obrigava os súditos a sacrificar<br />No Egito cristãs suicidaram-se para fugir da desonra<br />Galério é acometido de terrível doença<br />Em 311 assina Edito dando liberdade aos cristãos<br />MaximinoDaia retoma a perseguição no mesmo ano<br />Situação em 311<br />Oriente: Licínio e MaximinoDaia<br />Ocidente: Constantino e Maxêncio<br />Constantino vs. Maxêncio em 312<br />“In hoc signo vincis”<br />Após a vitória Constantino beneficiaos cristãos<br />Estabelecimento da Paz<br />
  24. 24. Constantino e Licínio encontraram-se em Milão em 313 e definiram políticas comuns<br />O Edito não é um documento formal<br />Afirma a liberdade religiosa <br />Ordena que os bens dos cristãos sejam restituídos<br />“Edito de Milão”<br />“Quando Eu, Constantino Augusto, e Eu, Licínio Augusto, venturosamente encontramo-nos em Milão [...] nós pensamos que, entre outras coisas que seriam para o bem de todos, as regulamentações acerca da reverência da Divindade devem vir certamente antes, de forma que nós devemos garantir aos Cristãos e outros total autoridade para seguir a religião de sua escolha [...]”<br />“Além disso, no caso dos Cristãos especialmente, nós acreditamos melhor ordenar que [...] estes lugares que eles costumavam reunir-se [...] devem ser restituídos aos Cristãos sem pagamento [...]”<br />
  25. 25. <ul><li>Perpétua e companheiros, 203
  26. 26. São Calixto, Papa (222) </li></ul>São Fabiano, Papa (250)<br />São Cristóvão, 251<br />São Piônio, 250<br /><ul><li>Santa Bárbara, 235
  27. 27. São Sixto II, Papa (258)
  28. 28. São Lourenço, 258
  29. 29. São Cipriano de Cartago, 258
  30. 30. São Sebastião, 286
  31. 31. Santa Inês, 304
  32. 32. Santa Luzia, 304
  33. 33. Santa Catarina de Alexandria, 305</li></ul>Mártires do Século III e IV<br />“A Esposa de Cristo não pode adulterar, é fiel e casta. Aquele que se separa dela saiba que se junta com uma adúltera [...] Não pode ter Deus por Pai no céu quem não tem a Igreja por mãe na terra”<br />São Cipriano<br />
  34. 34. Arte Cristã<br />Sec. III <br />Sec. III <br />Sec. III <br />Sec. III <br />Sec. IV <br />Sec. III<br />Sec. I<br />
  35. 35. Perseguições ajudaram a Cristandade<br />Expulsaram cristãos para outros lugares<br />Permitiram exemplos heróicos<br />Nos primeiros séculos consolidou-se<br />Doutrina<br />Governo<br />Pensamento<br />Próximo Encontro: Concílios de Nicéia e Constantinopla<br />Conclusão<br />“Sanguismartyrum, semenChristianorum”<br />Tertuliano<br />
  36. 36. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja<br />Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História<br />

×