Diálogo sobre Educação e
Currículo da
Escola do Campo
Prof. Salomão Hage
GEPERUAZ/ ICED/UFPA
Jaguarão – Rio Grande do Sul ...
EDUCAÇÃO DO CAMPO
CAMPO

Lutas e
Movimentos Sociais

EDUCAÇÃO

Escola
Processos formativos
das
lutas Sociais

POLÍTICA PÚB...
EDUCAÇÃO DO CAMPO

PRECARIZAÇÃO
Negação e violação de direitos

PROTAGONISMO
Sujeito de direitos
Consolidação do Agronegócio
Aliança entre os grandes proprietários
de terra, o capital estrangeiro e o
capital financeiro
...
Conseqüências do Agronegócio
- A não realização da reforma agrária…
- A não demarcação e reconhecimento de territórios
ind...
347 pessoas ameaçadas de morte
por causa dos conflitos agrários
(CONTAG, 2012)
Acesso à Educação Básica no
Campo
• População do Campo - 29.830.007
• Matrículas na Educação Básica –
6,3 milhões – 21%
 
...
Acesso à Educação Básica no
Campo
• Total de Escolas no Campo: 76.229
• Total de matrículas: 6.293.885
• 71,37% das escola...
Número de Turmas Multisseriadas,
segundo a região geográfica –
Brasil – 2012

21.581

53.537

2.843
11.069

4.463
Elaboraç...
Número de Turmas Multisseriadas segundo a região
geográfica – Brasil - 2012

Região

Classes
Multisseriadas
93.493

100

N...
Acesso à Educação Básica no Campo
Taxas de atendimento
Educação Infantil /Creche

6,98%

Educação Infantil/Pré-Escola

66,...
Analfabetismo no Campo
Idade média da população analfabeta no
campo: 53 anos
• População não alfabetizada com 15 anos ou
m...
Matrículas no Campo
• Ensino Fundamental

Para 02 vagas nos anos iniciais - existe 01
vaga nos anos finais

• Ensino Funda...
Formação dos Professores
Total de professores no campo:
342.845
Professores no campo sem educação
superior: 160.317
•Com e...
Vínculo Empregatício Precário
•Muitos professores com
contratos temporários
•Vulnerabilidade aos políticos e
aos represent...
Infraestrutura Física e Tecnológica das Escolas
Infraestrutura
Total

Escola
Campo

%

76.229

Sem Internet

68.651

90,1%...
Quando a terra, o território e
as formas de produção estão
ameaçados, são ameaçadas
também as identidades dos
sujeitos: a ...
No Brasil
Nos últimos 10 anos
Foram fechadas mais de 30 mil escolas
rurais
Nas Redes Municipais
Para os gestores públicos a
Nucleação e o Transporte Escolar é
a solução para a precarização da
escola do campo
Não import...
Traporte Escolar
Protagonismo
dos Sujeitos e
Movimentos Sociais
do Campo
FÓRUM NACIONAL
DE EDUCAÇÃO DO
CAMPO

Articulação Nacional Por Uma
Educação do Campo

Movimento Paraense
da Educação do
Cam...
• Marcha das Margaridas
• Grito da Terra Brasil
• Abril Vermelho
• Marcha em Defesa da Pesca
Artesanal do Brasil
• Encontr...
Movimento da Educação do
Campo:
Movimentos e Organizações Sociais
Universidades
Governos
(Tensões e conflitos permeiam a r...
Aliança cosntruída entre:

- Universidades
- Classes Trabalhadoras do Campo
- Setores do governo

Garantir a universalizaç...
CONQUISTAS
•Inclusão da Educação do Campo na agenda
política da Sociedade Brasileira - MEC,
Secretarias de Educação, Unive...
Desafios para a construção
de uma Agenda Coletiva

• Projeto Político-Pedagógico
• currículo
Consolidar a Participação
Construir com os sujeitos e
não para eles
Protagonismo – empoderamento
emancipação - controle so...
• Precisamos ouvir os sujeitos do
Campo;
• Aprender com suas experiências;
• Afirmar os seus modos de vida;
• Oportunizá-l...
Fortalecer a
Inter-Multiculturalidade
Afirmar as identidades e modos
de vida próprios do Campo
Heterogeneidade
Conflituali...
Denúncia feita pela Educação do
Campo
Os saberes produzidos no trabalho, na cultura e
nas lutas sociais dos sujeitos do ca...
Na organização do Currículo,
estimulamos os professores
a incorporar:

-

Os
Os
Os
Os

saberes da Terra
saberes da Mata
sa...
Vamos construir currículos e PPPs:

Que tenham a cara, o jeito de
ser, de sentir, de agir e de
viver do Campo
Que consider...
Articular saberes de
diferentes Tradições
TRABALHO - CIÊNCIA - CULTURA
Interdisciplinaridade
Transdisciplinaridade
Perspec...
Estimular formas
inovadoras de
Organização
Curricular
TRANSGREDIR
MULTI(SÉRIE)
SERIAÇÃO PRECARIZADA
Pilares da Seriação – fragmentação e padronização:
- TEMPO – Ano letivo (anual), carga horária para
cada disciplina...
- E...
Transgressão do modelo
seriado urbano de ensino
Minar os pilares da
seriação
A Transgressão não se
efetivará:
1- Via decreto, por imposição do
poder público,
2 - De modo compulsório e
padronizado par...
A Transgressão se efetivará:
1 - Com muito diálogo e reflexão,
envolvendo todos os segmentos
escolares,
2 - Com estudos e ...
A Transgressão se efetivará:
3 - Incorporando o acúmulo de
experiências e práticas dos sujeitos que
participam dessas esco...
Coletânea - EDUCAÇÃO DO CAMPO:
Políticas e Práticas Educacionais no Pará e
no Brasil

Volume 1
História,
Contexto e
Políti...
http://www.educampoparaense.org/
http://educampoparaense.eform.net.br/revistamare/
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Apresentacao jagaurao   outubro de 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacao jagaurao outubro de 2013

620 visualizações

Publicada em

2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
620
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
61
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • {}
  • Apresentacao jagaurao outubro de 2013

    1. 1. Diálogo sobre Educação e Currículo da Escola do Campo Prof. Salomão Hage GEPERUAZ/ ICED/UFPA Jaguarão – Rio Grande do Sul – Outubro de 20 13
    2. 2. EDUCAÇÃO DO CAMPO CAMPO Lutas e Movimentos Sociais EDUCAÇÃO Escola Processos formativos das lutas Sociais POLÍTICA PÚBLICA Universalização de Direitos (Roseli Caldart)
    3. 3. EDUCAÇÃO DO CAMPO PRECARIZAÇÃO Negação e violação de direitos PROTAGONISMO Sujeito de direitos
    4. 4. Consolidação do Agronegócio Aliança entre os grandes proprietários de terra, o capital estrangeiro e o capital financeiro Apoio do Estado – financia com considerável volume de recursos públicos
    5. 5. Conseqüências do Agronegócio - A não realização da reforma agrária… - A não demarcação e reconhecimento de territórios indígenas e quilombolas… - A violação dos territórios dos pescadores e povos da floresta… - A fragilização da agricultura familiar e camponesa… - O consumo de alimentos contaminados e a degradação ambiental… - A desigualdade social entre o campo e a cidade… - O esvaziamento do meio rural - O aumento da vulnerabilidade dos sujeitos do campo, das águas e da floresta.
    6. 6. 347 pessoas ameaçadas de morte por causa dos conflitos agrários (CONTAG, 2012)
    7. 7. Acesso à Educação Básica no Campo • População do Campo - 29.830.007 • Matrículas na Educação Básica – 6,3 milhões – 21%   • Fonte: Censo Escolar INEP/2011 • Censo IBGE/2010
    8. 8. Acesso à Educação Básica no Campo • Total de Escolas no Campo: 76.229 • Total de matrículas: 6.293.885 • 71,37% das escolas tem turmas multisseriadas 22% das matrículas do campo  • 54.405 – Escolas Multisseriadas Fonte: Censo Escolar INEP/2011 Censo IBGE/2010
    9. 9. Número de Turmas Multisseriadas, segundo a região geográfica – Brasil – 2012 21.581 53.537 2.843 11.069 4.463 Elaboração : Fábio Josué - UFRB Fonte: Sinopse Estatística - 2012 Brasil: 93.493
    10. 10. Número de Turmas Multisseriadas segundo a região geográfica – Brasil - 2012 Região Classes Multisseriadas 93.493 100 Norte 21.581 22,97 Nordeste 53.537 57,26 Sudeste 11.069 11,83 Sul 4.463 4,77 Centro Oeste 2.843 3,64 BRASIL Elaboração : Fábio Josué – UFRB. Sinopse Estatística da Educação Básica, Brasil, INEP, 2012. %
    11. 11. Acesso à Educação Básica no Campo Taxas de atendimento Educação Infantil /Creche 6,98% Educação Infantil/Pré-Escola 66,80% Ensino Fundamental 91,96% Ensino Médio 18,43% EJA – Ensino Fundamental 4,34% EJA – Ensino Médio 3,10% Censo Escolar INEP/2011 Censo IBGE/2010 Ministério da Educação
    12. 12. Analfabetismo no Campo Idade média da população analfabeta no campo: 53 anos • População não alfabetizada com 15 anos ou mais: 23,2% no campo, 7,3% urbano e 9,6% em todo o País. Brasil: 13.933.173 analfabetos Campo: 4.935.448 (35,4% do total) Fonte: Censo PNAD/2009 e IBGE/2010
    13. 13. Matrículas no Campo • Ensino Fundamental Para 02 vagas nos anos iniciais - existe 01 vaga nos anos finais • Ensino Fundamental e Ensino Médio Para 06 vagas nos anos finais do Ensino Fundamental - existe apenas 01 vaga no Ensino Médio   Fonte: Observatório da Equidade – As Desigualdades na Escolarização do Brasil
    14. 14. Formação dos Professores Total de professores no campo: 342.845 Professores no campo sem educação superior: 160.317 •Com ensino médio - 156.190 •Com ensino fundamental - 4.127 Censo INEP/2011Escolar Ministério da Educação
    15. 15. Vínculo Empregatício Precário •Muitos professores com contratos temporários •Vulnerabilidade aos políticos e aos representantes do poder local
    16. 16. Infraestrutura Física e Tecnológica das Escolas Infraestrutura Total Escola Campo % 76.229 Sem Internet 68.651 90,1% Sem Energia Elétrica 11.413 15,0% 7.950 10,4% 11.214 14,7% Sem Água Potável Sem Esgoto Sanitário Censo Escolar INEP/2011
    17. 17. Quando a terra, o território e as formas de produção estão ameaçados, são ameaçadas também as identidades dos sujeitos: a infância, a adolescência e a juventude… a ESCOLA também é (Miguel Arroyo) ameaçada!
    18. 18. No Brasil Nos últimos 10 anos Foram fechadas mais de 30 mil escolas rurais Nas Redes Municipais
    19. 19. Para os gestores públicos a Nucleação e o Transporte Escolar é a solução para a precarização da escola do campo Não importa que as crianças, adolescentes e jovens passem o dia todo sendo transportados, em condições desumanas e abandonem suas comunidades
    20. 20. Traporte Escolar
    21. 21. Protagonismo dos Sujeitos e Movimentos Sociais do Campo
    22. 22. FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO DO CAMPO Articulação Nacional Por Uma Educação do Campo Movimento Paraense da Educação do Campo
    23. 23. • Marcha das Margaridas • Grito da Terra Brasil • Abril Vermelho • Marcha em Defesa da Pesca Artesanal do Brasil • Encontro Unificado de trabalhadores e trabalhadoras, povos do campo, das águas e das florestas: Por Terra, Território e Dignidade!
    24. 24. Movimento da Educação do Campo: Movimentos e Organizações Sociais Universidades Governos (Tensões e conflitos permeiam a relação entre esses atores)
    25. 25. Aliança cosntruída entre: - Universidades - Classes Trabalhadoras do Campo - Setores do governo Garantir a universalização do direito: - Ao conhecimento - À escolarização - À vida com dignidade
    26. 26. CONQUISTAS •Inclusão da Educação do Campo na agenda política da Sociedade Brasileira - MEC, Secretarias de Educação, Universidades... • Marco legal próprio- Resoluções, Pareceres, Decretos – Programas e políticas educacionais; - Experiências pedagógicas inovadoras – Pedagogia da Alternância – Saberes da Terra, Pedagogia da Terra, Pedagogia das Águas ...
    27. 27. Desafios para a construção de uma Agenda Coletiva • Projeto Político-Pedagógico • currículo
    28. 28. Consolidar a Participação Construir com os sujeitos e não para eles Protagonismo – empoderamento emancipação - controle social
    29. 29. • Precisamos ouvir os sujeitos do Campo; • Aprender com suas experiências; • Afirmar os seus modos de vida; • Oportunizá-los o acesso à informação, ciência, tecnologias, sem hierarquizar os conhecimentos, valores, ritmos de aprendizagem... EDUCAÇÃO DIALÓGICA
    30. 30. Fortalecer a Inter-Multiculturalidade Afirmar as identidades e modos de vida próprios do Campo Heterogeneidade Conflitualidade Diferença Convivialidade
    31. 31. Denúncia feita pela Educação do Campo Os saberes produzidos no trabalho, na cultura e nas lutas sociais dos sujeitos do campo não têm sido considerados na construção das pesquisas, das políticas, do currículo e das práticas educacionais vigentes e muitas vezes são tratados de modo preconceituoso, discriminatório. O Universal tem sido pouco universal. O que se quer portanto, não é ficar na particularidade, fragmentar o debate e as lutas; ao contrário, a luta é para que o “universal seja mais universal”, seja de fato síntese de particularidades diversas, contraditórias. (Roseli Caldart)
    32. 32. Na organização do Currículo, estimulamos os professores a incorporar: - Os Os Os Os saberes da Terra saberes da Mata saberes das Águas saberes das ciências e da Tecnologia
    33. 33. Vamos construir currículos e PPPs: Que tenham a cara, o jeito de ser, de sentir, de agir e de viver do Campo Que considerem o contexto urbano, nacional e internacional e ao mesmo tempo afirmem as identidades culturais do campo
    34. 34. Articular saberes de diferentes Tradições TRABALHO - CIÊNCIA - CULTURA Interdisciplinaridade Transdisciplinaridade Perspectiva relacional
    35. 35. Estimular formas inovadoras de Organização Curricular
    36. 36. TRANSGREDIR MULTI(SÉRIE) SERIAÇÃO PRECARIZADA
    37. 37. Pilares da Seriação – fragmentação e padronização: - TEMPO – Ano letivo (anual), carga horária para cada disciplina... - ESPAÇO – Escola como único local de aprendizagem (deslegitima as lutas – trabalho – atividades culturais como espaços educativos - CONHECIMENTO – Só o conhecimento científico tem validade, é legítimo, os saberes dos sujeitos do campo são desvalorizados, negados e invisibilizados
    38. 38. Transgressão do modelo seriado urbano de ensino Minar os pilares da seriação
    39. 39. A Transgressão não se efetivará: 1- Via decreto, por imposição do poder público, 2 - De modo compulsório e padronizado para todas as escolas ao mesmo tempo, 3 - Por decisão de pesquisadores, educadores ou outro segmento isoladamente.
    40. 40. A Transgressão se efetivará: 1 - Com muito diálogo e reflexão, envolvendo todos os segmentos escolares, 2 - Com estudos e pesquisas sobre as condições existenciais e as possibilidades de intervenção que considerem as peculiaridades locais das escolas e suas comunidades,
    41. 41. A Transgressão se efetivará: 3 - Incorporando o acúmulo de experiências e práticas dos sujeitos que participam dessas escolas, que resistem e que procuram fazer diferente mesmo quando as condições materiais, objetivas e subjetivas são muito desfavoráveis e as limitações e carências são muito profundas.
    42. 42. Coletânea - EDUCAÇÃO DO CAMPO: Políticas e Práticas Educacionais no Pará e no Brasil Volume 1 História, Contexto e Políticas Públicas Volume 2 Escola do Campo – Metodologias e Experiências Educativas
    43. 43. http://www.educampoparaense.org/ http://educampoparaense.eform.net.br/revistamare/

    ×