Publicidade[1]

22.547 visualizações

Publicada em

PPT sobre publicidade para 3.º ciclo do ensino básico.

Publicada em: Educação
4 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.547
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
589
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.058
Comentários
4
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Publicidade[1]

  1. 1. A publicidade invadiu o nosso quotidiano! Está em todo o lado: nos meios de comunicação social, nos cartazes, em muitos dos objetos que trazemos nos bolsos, na roupa que vestimos e no calçado que usamos.                  A publicidade é uma técnica cujo objetivo é promover a venda de produtos ou serviços ou a divulgação de ideias.            
  2. 2.   Pode ser comercial e não-comercial . <ul><li>No primeiro caso pretende-se levar o cidadão ao consumo. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>No segundo caso pretende-se formar o cidadão, levando-o a contribuir para o seu bem-estar e dos outros. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  3. 3. <ul><li>     Um anúncio bem elaborado deve respeitar aquilo a que os publicitários dão o nome de AIDMA . </li></ul><ul><ul><li>A - Atenção – Despertar a atenção. </li></ul></ul><ul><ul><li>I – Interesse – Suscitar o interesse. </li></ul></ul><ul><ul><li>D – Desejo – Provocar o desejo. </li></ul></ul><ul><ul><li>M – Memorização – Permitir a memorização. </li></ul></ul><ul><ul><li>A – Ação – Desencadear a ação. </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>Este processo revela-se, muitas vezes, eficaz porque atua sobre o </li></ul><ul><li>inconsciente dos consumidores (as motivações do destinatário ), fazendo </li></ul><ul><li>apelo a diferentes instintos : </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>  1- CONSERVAÇÃO: </li></ul><ul><li>desejo de poupar tempo, dinheiro e manter a juventude; </li></ul><ul><li>necessidade de trabalho, segurança, simpatia, conforto, repouso, saúde, felicidade; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>2- GREGÁRIO:                                                                                                              </li></ul><ul><li>- necessidade de imitação, participação, altruísmo; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>3- MATERNAL E PATERNAL: </li></ul><ul><li>- necessidade de amor e ternura; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>4- SEXUAL: </li></ul><ul><li>- desejo de agradar, sensualidade, criação estética; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>5- DOMÍNIO: </li></ul><ul><li>- desejo de possuir bens, conhecimento; </li></ul><ul><li>  - necessidade de originalidade, prestígio, poder, vaidade; </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>6- DIVERSÃO: </li></ul><ul><li>  - necessidade de evasão, sonho, rir, jog ar; </li></ul><ul><li>  - desejo de mudar, viajar. </li></ul><ul><li>                          </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Um texto linguístico: </li></ul><ul><ul><li>Slogan: É fundamental e joga com o enorme poder da palavra. Deve ser original, conciso, fácil de memorizar e capaz de despertar simpatia pela marca ou pelo produto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Texto Argumentativo: Pretende, habitualmente, dar credibilidade ao anúncio, apontando as vantagens do produto, as suas qualidades, a sua superioridade. </li></ul></ul>
  6. 6. <ul><li>2. Um Texto Icónico (Imagem): Ilustra o produto e é também uma forma de chamar a atenção do destinatário. </li></ul><ul><ul><li>Os dois textos (linguístico e icónico) devem ser interligados, funcionando a imagem como reforço da mensagem verbal. </li></ul></ul><ul><ul><li>Na elaboração de um anúncio publicitário, temos ainda de ter em conta o público a que se destina o anúncio e os sentimentos e emoções que se pretende despertar. </li></ul></ul>
  7. 7. O Reino Unido proibiu dois anúncios publicitários de cosméticos que utilizavam fotos da atriz Julia Roberts e da modelo Christy Turlington manipuladas por computador, sob a acusação de que a publicidade era &quot;enganosa&quot;, avança a BBC Brasil. Os anúncios da Lancôme e Maybelline (pertencentes à empresa de produtos de cosmética L'Oreal) foram retirados por decisão do Órgão Regulador da Publicidade Britânica. As imagens foram consideradas exageradas, não sendo &quot;representativas dos resultados que os produtos podem alcançar&quot;, afirma, citado pela BBC Brasil, Jo Swinson, do partido Liberal Democrata Britânico. Referindo-se às consequências deste tipo de manipulação, Jo Swinson sublinhou que &quot;há um quadro abrangente de mulheres jovens, entre os 16 e os 21 anos, que consideram fazer cirurgias de cosmética&quot; salientando ainda que &quot;o número de distúrbios alimentares dobraram nos últimos 15 anos&quot;.
  8. 9. <ul><li>“ Compal é mesmo natural&quot; ~ Compal, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;O bom sabor da selva!&quot; ~ Um Bongo, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;Puro Prazer&quot; ~ Iogurte Adagio, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;O amor tem esta forma&quot; ~ Queijo A Vaca Que Ri, Portugal, 2007 </li></ul><ul><li>&quot;Ama o teu coração&quot; ~ Margarina Becel , Portugal </li></ul><ul><li>&quot;Calvé, faz a diferença.&quot; ~ Maionese Calvé, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;Especialistas em Arroz&quot; ~ Arroz Cigala, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;O queijo nosso de cada dia&quot; ~ Queijo Pastor, Portugal, 2007 </li></ul><ul><li>&quot;O Bom, Sai Bem&quot; ~ Pescada Pescanova, Portugal </li></ul><ul><li>&quot;Pelo prazer de conduzir&quot; - BMW </li></ul><ul><li>“ Há mais na Caixa do que você imagina&quot; ~ Caixa Geral de Depósitos </li></ul><ul><li>&quot;O crédito por telefone&quot; ~ Cofidis </li></ul><ul><li>&quot;Eu é que não sou parvo.&quot; ~ Media Markt , Portugal </li></ul><ul><li>&quot;Worten sempre.&quot; ~ Worten , Portugal </li></ul><ul><li>&quot;zon,quem é zon está on&quot; ~ zon Portugal (2007) </li></ul><ul><li>&quot;Até já&quot; ~ tmn , Portugal </li></ul><ul><li>&quot;A criar excêntricos todas as semanas&quot; ~ Euromilhões , Portugal </li></ul>
  9. 10. <ul><ul><li>Na elaboração de anúncios publicitários usam-se frases do tipo Imperativo . </li></ul></ul>Na negativa Na afirmativa
  10. 11. <ul><li>Polissemia – A mesma palavra usada com vários significados. </li></ul><ul><ul><li>Há grande riqueza no vocabulário com a utilização de recursos estilísticos , tais como: </li></ul></ul>
  11. 12. <ul><li>Aliteração – Repetição de sons idênticos . </li></ul><ul><li>Onomatopeia – Criação de palavras através da imitação de sons próprios do que se quer representar. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Hipérbole – Exagero da realidade. </li></ul><ul><li>Repetição – Repetição de palavras ou expressões. </li></ul>Excellio. O maior poder de sucção do mercado
  13. 14. <ul><li>Rima – Repetição de sons, principalmente no fim dos versos. </li></ul><ul><li>Adjetivação Abundante – Uso constante de adjetivos. </li></ul>
  14. 15. A Coca-Cola
  15. 16. Fernando Pessoa redigiu o primeiro slogan da Coca-Cola em Portugal. O poeta era, nessa altura, copywriter da agência de publicidade Hora. O slogan - &quot;primeiro estranha-se depois entranha-se&quot; foi proibido pelo regime, assim como a bebida, devido à conotação da cocaína. Só muito mais tarde, em 1975, a Coca-Cola foi lançada em Portugal. Anúncio de 1900
  16. 17. <ul><li>Slogans em Portugal </li></ul><ul><li>1927: &quot;Primeiro Estranha-se, depois Entranha-se&quot;(nunca usado) </li></ul><ul><li>1928: &quot;Beba Coca-Cola&quot; </li></ul><ul><li>1930: &quot;A pausa que refresca&quot; </li></ul><ul><li>1958: &quot;O signo de bom gosto&quot; </li></ul><ul><li>1960: &quot;Coca-Cola refresca melhor&quot; </li></ul><ul><li>1964: &quot;Tudo vai melhor com Coca-Cola&quot; </li></ul><ul><li>1970: &quot;A chispa da vida&quot; </li></ul><ul><li>1976: &quot;Coca-Cola dá mais vida&quot; </li></ul><ul><li>1982: &quot;Coca-Cola is it!&quot; </li></ul><ul><li>1988: &quot;You Can't Beat the Feeling!&quot; </li></ul><ul><li>1993: &quot;Sempre Coca-Cola&quot; </li></ul><ul><li>2000: &quot;Enjoy&quot; </li></ul><ul><li>2001: &quot;Life tastes good&quot; </li></ul><ul><li>2003: &quot;Make it real&quot; </li></ul><ul><li>2007: &quot;The Coca-Cola side of life&quot; </li></ul>
  17. 22. http://www.cocacola.pt/

×