Fisiologia vegetal soma de todos os processos e estruturas que contribuem para a vida de uma planta  A fisiologia vegetal ...
TRANSPIRAÇÃO VEGETAL É a eliminação de água na forma de vapor através das folhas, principal superfície de contato do veget...
ESTÔMATOS <ul><li>São anexos epidérmicos das folhas constituídos por duas células-guardas ou estomáticas repletas de cloro...
ESTÔMATOS <ul><li>FUNÇÕES : transpiração e trocas gasosas durante a respiração(entra O2, sai CO2) e fotossíntese (entra CO...
ESTÔMATO - estrutura
TRANSPIRAÇÃO VEGETAL <ul><li>A transpiração é fundamental, mas deve ocorrer de modo a permitir a sobrevivência da planta, ...
GUTAÇÃO ou SUDAÇÃO: perda de água na forma líquida pelos hidatódios das folhas ( Em dias frios e úmidos com solo encharcad...
OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA
XILEMA(LENHO) : tecido morto de condução e sustentação
XILEMA(LENHO) : CONDUÇÃO DE SEIVA BRUTA OU INORGÂNICA <ul><li>SEIVA BRUTA : água+sais </li></ul><ul><li>SENTIDO : raiz  fo...
TEORIA de DIXON ou COESÃO TENSÃO TRANSPIRAÇÃO
 
FLOEMA(LÍBER) : CONDUÇÃO DE SEIVA ELABORADA <ul><li>SEIVA ELABORADA : glicose(açucar) </li></ul><ul><li>Sentido da Conduçã...
 
Modelo de Münch  ou pressão positiva de seiva
FLOEMA(LÍBER) : Tecido vivo <ul><li>Hipótese de Münch, propõe que o acúmulo de açucares solúveis nas células das folhas fa...
<ul><li>Retirando um anel completo da casca (anel de Malpighi) que envolve o vegetal, interrompemos a distribuição de seiv...
NUTRIÇÃO MINERAL   <ul><li>As plantas são ditas autotróficas, mas grande parte de suas funções vitais inclusive a fotossín...
Elementos essências  <ul><li>Um elemento é essencial quando a planta não consegue completar seu ciclo de vida na sua ausên...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Histologia vegetal - Processos

1.589 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.589
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Histologia vegetal - Processos

  1. 1. Fisiologia vegetal soma de todos os processos e estruturas que contribuem para a vida de uma planta A fisiologia vegetal estuda os fenômenos vitais relacionados às plantas. Estes fenômenos podem referir-se ao metabolismo vegetal; ao desenvolvimento vegetal; ao movimento vegetal ou a reprodução vegetal.
  2. 2. TRANSPIRAÇÃO VEGETAL É a eliminação de água na forma de vapor através das folhas, principal superfície de contato do vegetal com o ambiente. Ocorre pelos Estômatos(cerca de 99%) e pela cutícula de cutina da epiderme(1%).
  3. 3. ESTÔMATOS <ul><li>São anexos epidérmicos das folhas constituídos por duas células-guardas ou estomáticas repletas de cloroplastos, que delimitam entre elas uma fenda chamada ostíolo. Ao lado aparecem duas ou mais células conhecidas por anexas, companheiras ou subsidiárias.O ostíolo abre-se, no interior da folha, numa grande cavidade denominada câmara subestomática. </li></ul><ul><li>  </li></ul>
  4. 4. ESTÔMATOS <ul><li>FUNÇÕES : transpiração e trocas gasosas durante a respiração(entra O2, sai CO2) e fotossíntese (entra CO2, sai O2). </li></ul>
  5. 5. ESTÔMATO - estrutura
  6. 6. TRANSPIRAÇÃO VEGETAL <ul><li>A transpiração é fundamental, mas deve ocorrer de modo a permitir a sobrevivência da planta, pois o excesso de perda d'água na forma de vapor pode matá-la.O fechamento dos estômatos atua nesse sentido. </li></ul>
  7. 7. GUTAÇÃO ou SUDAÇÃO: perda de água na forma líquida pelos hidatódios das folhas ( Em dias frios e úmidos com solo encharcado de água as raízes podem empurrar água não podendo ser evaporada pela baixa temperatura e saturação de umidade do ambiente, saindo pelos bordos da folha através de pequenas aberturas que são os hidatódios).
  8. 8. OBTENÇÃO DE ÁGUA E SAIS PELA PLANTA
  9. 9. XILEMA(LENHO) : tecido morto de condução e sustentação
  10. 10. XILEMA(LENHO) : CONDUÇÃO DE SEIVA BRUTA OU INORGÂNICA <ul><li>SEIVA BRUTA : água+sais </li></ul><ul><li>SENTIDO : raiz folhas </li></ul><ul><li>TEORIA de DIXON ou COESÃO TENSÃO TRANSPIRAÇÃO : folhas exercerem uma força de sucção que garante a ascensão de uma coluna de água no interior do xilema desde as raízes, conforme ocorre a transpiração. </li></ul>
  11. 11. TEORIA de DIXON ou COESÃO TENSÃO TRANSPIRAÇÃO
  12. 13. FLOEMA(LÍBER) : CONDUÇÃO DE SEIVA ELABORADA <ul><li>SEIVA ELABORADA : glicose(açucar) </li></ul><ul><li>Sentido da Condução: folhas demais partes da planta . </li></ul><ul><li>Modelo físico de Münch ou pressão positiva de seiva. Fluxo sob pressão das folhas em direção às raízes pela diferença de concentração entre ambos. </li></ul>
  13. 15. Modelo de Münch ou pressão positiva de seiva
  14. 16. FLOEMA(LÍBER) : Tecido vivo <ul><li>Hipótese de Münch, propõe que o acúmulo de açucares solúveis nas células das folhas faria com que estas retirassem, por osmose, uma grande quantidade de água das células do xilema; essa água em parte seria perdida pela transpiração e o restante arrastaria e forçaria os açucares a passarem de célula para célula, através do floema. </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Retirando um anel completo da casca (anel de Malpighi) que envolve o vegetal, interrompemos a distribuição de seiva elaborada em direção à raiz, pois os vasos liberianos são lesados, levando à morte das raízes depois de certo tempo. Com a morte das raízes, não ocorre absorção de água e sais minerais do solo e, conseqüentemente, ocorrerá a morte do vegetal, pois as folhas não receberão mais água. </li></ul>
  16. 18. NUTRIÇÃO MINERAL <ul><li>As plantas são ditas autotróficas, mas grande parte de suas funções vitais inclusive a fotossíntese são mantidas graças a absorção de diversos elementos do solo. Quem realiza esta tarefa são as raizes, em especial os pêlos radiculares. Dependendo das quantidades necessárias de um nutriente por uma planta ele pode ser classificado em macro ou micronutriente. </li></ul>
  17. 19. Elementos essências <ul><li>Um elemento é essencial quando a planta não consegue completar seu ciclo de vida na sua ausência; </li></ul><ul><li>2. O elemento tem função específica e não pode ser substituído </li></ul><ul><li>3. O elemento deve estar envolvido diretamente no metabolismo da planta, fazendo parte de um constituinte essencial, ou exigido para um passo metabólico específico. </li></ul>

×