XXXII Congresso Brasileiro de Nematologia - Londrina, 16 de junho de 2015
BIOINDICADORES DA QUALIDADE DO
SOLO: POR QUE OS ...
Solo: serviços ecossistêmicos
Purificação ePurificação e
suprimento hídricosuprimento hídrico
Habitat de organismosHabitat...
Qualidade e sanidade dos solos
 Indicadores são atributos que medem ou
refletem o status ambiental ou a condição de
suste...
Qualidade e sanidade dos solos
 Bioindicadores
• Processo biológico
• Espécie(s);
• Componentes de comunidades;
Biota do solo
Microbiota
Macrobiota
– Microfauna
– Mesofauna
– Macrofauna
 Rotíferos
 Enquitreídeos
 Nematoides
Por que os nematoides?
Larga distribuição
Adaptado de: H. Ferris - Nemaplex, University of California
Ambientes extremos
Abundância
Peso na cadeia trófica
Fonte: Moreira e Siqueira (2002).
Importância em processos do solo
 Efeito regulador sobre populações microbianas;
 Regulação das taxas de transformações
...
Posição-chave na cadeia trófica
NEMATOIDE
S
NEMATOIDES
NEMATOIDES
CO2
Carboidratos
e proteínas
Carboidratos e
aminoácidos
Bactérias
NEMATOIDES
Fungos
CO2
NH3
NO3
Protozoários
NEMATOIDES
NE...
Estrutura e função
Sensíveis a perturbações
ALTERAÇÕES
NATURAIS
ALTERAÇÕES
CLIMÁTICAS
ALTERAÇÕES
ANTRÓPICAS
Efeitos ABIÓTICOS
• Temperatura
•...
Sensíveis a perturbações
ALTERAÇÕES
NATURAIS
ALTERAÇÕES
CLIMÁTICAS
ALTERAÇÕES
ANTRÓPICAS
Efeitos ABIÓTICOS
• Temperatura
•...
Respostas variadas
Indicadores
Basais
Cephalobidae, Aphelenchidae
•Ciclo de vida médio
•Corpo pequeno
•Tolerantes a estres...
Amostragem, extração e identificação
Mensuração
• Diversidade
- Shannon-Weaver, Simpson, etc.
• Maturidade
- Escala Colonizador – persistente (Bongers, 1990)
•...
NINJA: Nematode INdicator Joint
Analysis (Sieriebriennikov, Ferris e de Goede, 2014)
https://sieriebriennikov.shinyapps.io...
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
A BELEZA DA DIVERSIDADE!
Departamento de Agronomia –Departamento de Agronomia –
Universidade Estadual deUniversidade Estadual de
LondrinaLondrina
(...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nematoides bioindicadores da qualidade do solo

1.364 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada durante o XXXII Congresso Brasileiro de Nematologia (junho de 2015), em Londrina - PR, promovido pela Sociedade Brasileira de Nematologia.

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.364
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nematoides bioindicadores da qualidade do solo

  1. 1. XXXII Congresso Brasileiro de Nematologia - Londrina, 16 de junho de 2015 BIOINDICADORES DA QUALIDADE DO SOLO: POR QUE OS NEMATOIDES? MSc. Giovani de Oliveira Arieira
  2. 2. Solo: serviços ecossistêmicos Purificação ePurificação e suprimento hídricosuprimento hídrico Habitat de organismosHabitat de organismos Meio pra o crescimentoMeio pra o crescimento vegetalvegetal Substrato para as atividadesSubstrato para as atividades humanashumanas Ciclagem de nutrientesCiclagem de nutrientes e resíduos vegetaise resíduos vegetais
  3. 3. Qualidade e sanidade dos solos  Indicadores são atributos que medem ou refletem o status ambiental ou a condição de sustentabilidade de um ecossistema, podendo ser classificados como físicosfísicos, químicosquímicos e biológicosbiológicos
  4. 4. Qualidade e sanidade dos solos  Bioindicadores • Processo biológico • Espécie(s); • Componentes de comunidades;
  5. 5. Biota do solo Microbiota Macrobiota – Microfauna – Mesofauna – Macrofauna  Rotíferos  Enquitreídeos  Nematoides
  6. 6. Por que os nematoides?
  7. 7. Larga distribuição Adaptado de: H. Ferris - Nemaplex, University of California
  8. 8. Ambientes extremos
  9. 9. Abundância
  10. 10. Peso na cadeia trófica Fonte: Moreira e Siqueira (2002).
  11. 11. Importância em processos do solo  Efeito regulador sobre populações microbianas;  Regulação das taxas de transformações (ciclagem de nutrientes e decomposição da matéria orgânica);  Transporte de microrganismos;  Manutenção do nível ótimo de nutrientes para a microbiota;
  12. 12. Posição-chave na cadeia trófica NEMATOIDE S NEMATOIDES NEMATOIDES
  13. 13. CO2 Carboidratos e proteínas Carboidratos e aminoácidos Bactérias NEMATOIDES Fungos CO2 NH3 NO3 Protozoários NEMATOIDES NEMATOIDES Artrópodes Fungos Artrópodes NEMATOIDES NH3 NH3 CO2 CO2 Outros organismos Adaptado de: H. Ferris - Nemaplex, University of California
  14. 14. Estrutura e função
  15. 15. Sensíveis a perturbações ALTERAÇÕES NATURAIS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS ALTERAÇÕES ANTRÓPICAS Efeitos ABIÓTICOS • Temperatura • Umidade • Aeração • Textura • Química Efeitos BIÓTICOS • Relação presa:predador • Recursos alimentares • Capacidade adaptativa NEMATOIDESNEMATOIDES  Densidade  DiversidadeAdaptado de Ferris (2010)
  16. 16. Sensíveis a perturbações ALTERAÇÕES NATURAIS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS ALTERAÇÕES ANTRÓPICAS Efeitos ABIÓTICOS • Temperatura • Umidade • Aeração • Textura • Química Efeitos BIÓTICOS • Relação presa:predador • Recursos alimentares • Capacidade adaptativa NEMATOIDESNEMATOIDES  Densidade  DiversidadeAdaptado de Ferris (2010) NÃO MIGRAM DE CONDIÇÕES ESTRESSANTES
  17. 17. Respostas variadas Indicadores Basais Cephalobidae, Aphelenchidae •Ciclo de vida médio •Corpo pequeno •Tolerantes a estresse •Adaptação alimentar •Presentes em todos solos Indicadores de Enriquecimento Rhabditidae, Panagrolaimidae Ciclo de vida curto Corpo Peq./Med. Alta fecundidade Ovos pequenos Larga amplitude Oportunistas Condições de distúrbio Indicadores de Estrutura Aporcelaimidae, Nygolaimidae •Ciclo de vida longo •Corpo grande •Baixa fecundidade •Ovos grandes •Sensíveis a estresse •Baixa amplitude •Condições estaveis
  18. 18. Amostragem, extração e identificação
  19. 19. Mensuração • Diversidade - Shannon-Weaver, Simpson, etc. • Maturidade - Escala Colonizador – persistente (Bongers, 1990) • Estrutura trófica (Yeates et al., 1993) • Funcionalidade e cadeia trófica - Estrutura, Enriquecimento, Guildas funcionais, etc. (Ferris et al., 2001) • “Pegadas” metabólicas (Ferris et al., 2010)
  20. 20. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis (Sieriebriennikov, Ferris e de Goede, 2014) https://sieriebriennikov.shinyapps.io/ninja/
  21. 21. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  22. 22. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  23. 23. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  24. 24. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  25. 25. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  26. 26. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  27. 27. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  28. 28. NINJA: Nematode INdicator Joint Analysis
  29. 29. A BELEZA DA DIVERSIDADE!
  30. 30. Departamento de Agronomia –Departamento de Agronomia – Universidade Estadual deUniversidade Estadual de LondrinaLondrina (43) 3371 – 4724(43) 3371 – 4724 giovaniarieira@yahoo.com.brgiovaniarieira@yahoo.com.br

×