Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável

1.974 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.974
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
93
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável

  1. 1. Alternativas sustentáveis 2013 Projeto - Energia Renovável Bruno Henrique Xavier - n° 7 - Beatles Kalvin Vinícius Vasconcellos dos Santos - n° 19 - Beatles Marcely Alves Araújo - n° 26 - Beatles Monique Gabrielle Souza Sobrinho - n°31 - Beatles Richard Santos Barbosa - n° 37- Beatles Thaina de Paula Carvalho - n° 40 - Beatles Ruan Carvalho de Souza - n° 38 - Doors William Dener Pereira - n° 40 - Doors Giovana Morais - n° 16 - Floyd Nilton José Santos de Andrade - n° 31 - Floyd Eduardo Morais Miranda - n° 8 - Stones Nathália Fernandes de Paiva - n° 28 - Stones Thiago da Costa Dorce - n° 35 - Stones Yara Lopes de Souza - n° 40 - Stones Yuri Nunes Bitar - n° 41 - Stones Diego Pereira da Silva - n° 9 - Zeppelin Kamilla de Oliveira Santos - n° 22 - Zeppelin Tainara Menezes Dias - n° 35 - Zeppelin Vinícius Caetano Fróes Reno - n° 38 - Zeppelin 1
  2. 2. Introdução Projeto Energia Renovável Com o passar do tempo o ser humano notou que a busca por energia sustentável renovável é imprescindível para a nossa sobrevivência e a do nosso planeta, que cada vez mais vem sofrendo com os impactos ambientais provocados por nós. Atualmente, para a produção de energia usamos fontes, muitas vezes, extremamente poluidoras e esgotáveis.Ao lado temos uma tabela que mostra as fontes de energia mais usados no mundo. Notamos que a maior parte dessas energias são poluidoras. Com a crise que o planeta vem passando, o ser humanos cada vez mais, com o auxílio da ciência, busca novas fontes que além de eficientes sejam menos poluidoras para o nosso meio ambiente. Essas novas fontes de energias renováveis que usam plantas, restos de fezes de animais, ventos, garrafas PET’s, e energia solar são algumas das fontes que trataremos nas páginas a seguir. 2
  3. 3. Sumário Biomassa......................................................................................................4 Sapato biodegradável....................................................................................5 Turbina eólica urbana....................................................................................6 Balada sustentável.........................................................................................7 Aquecedor solar com garrafas PET.................................................................8 Energia eólica em pequena escala..................................................................9 Ideias inovadoras que utilizam energia solar..................................................10 Azeite de dendê é usado na produção de combustível....................................12 Conversão de matéria orgânica à eletricidade.................................................13 Bar ecológico.................................................................................................14 Geração de energia a partir da fotossíntese....................................................15 Empresário do RS cria computador de papelão que economiza energia...........16 Energia a partir de ondas marítimas................................................................17 Avião movido à energia solar..........................................................................18 Motor a hidrogênio.........................................................................................19 Combustível sustentável.................................................................................20 Fezes de cachorro geram energia sustentável..................................................21 Plantas que geram energia para consumo doméstico.......................................22 Ônibus movido a hidrogênio............................................................................23 Bibliografia......................................................................................................24 3
  4. 4. Biomassa A biomassa é uma fonte renovável de energia, e ela é obtida por meio da queima de bagaço de cana- de-açúcar, queima de lenhas, excrementos de animais, restos de plantas, e outros restos de matéria orgânica encontrados na natureza. A biomassa é uma fonte limpa e renovável de energia, já que, na sua queima é liberado o gás carbônico na atmosfera, porém, durante o seu ciclo ele é absorvido pela planta e transforma-se em hidrato de carbono, não prejudicando o meio ambiente. A biomassa é um processo que inclui vantagens e desvantagens no processo. Suas vantagens são que é fácil de ser transportada, é uma fonte que é capaz de gerar muita energia, ao é poluente, e além de tudo aproveita os restos orgânicos, principalmente os da cana-de-açúcar que muitas vezes não é utilizado para outras coisas. Porém, a queima de lenha deve ser feita com cuidado, para que não desmatemos mais do que necessitamos para a obtenção de energia. A biomassa pode ser uma grande fonte de energia renovável e sustentável se a usarmos com sabedoria. Thaina Carvalho 4
  5. 5. Sapato Biodegradável A busca por esse tipo de calçado começou em janeiro de 2011, com alunos do MIT( Instituto de Tecnologia de Massachusetts) com a ajuda de uma professora do instituto, Teresa,onde juntos chegaram a visitar 12 empresas fabricantes de insumos, solventes, botões, fivelas (tudo necessário para a montagem de um sapato) localizadas em São Paulo,Cerquilho, Sorocaba e Novo Hamburgo. A constatação de toda essa pesquisa foi que há duas formas de se obter um sapato biodegradável. A primeira consiste na substituição de certos químicos por meio de processos ecologicamente corretos, tornando eles ecologicamente corretos, e que uma vez jogados fora, eles se decompõe em mais rápido que um calçado comum. Já a segunda forma é mais voltada para o destino do sapato, pois após ser enterrado, ele sofre a ação de micro-organismos e se transforma em adubo em até 5 anos. Dos dois processos de fabricação desse tipo de sapato, o primeiro é mais barato , porém o segundo além de agredir menos a naturaza também a ajuda. Monique Gabrielle Souza Sobrinho 5
  6. 6. Turbina eólica urbana Uma era de energia eólica urbana, através de uma série elegante de pequenas turbinas silenciosas que evitam a necessidade de uma torre. O Architectural Wind foi projetado para ser instalado facilmente no parapeito dos edifícios, operando à vista de todos como um complemento atraente da arquitetura. Além disso, com base em seu design, as turbinas eólicas rodam a baixas velocidades de vento, resultando em uma forma de ‘arquitetura cinética’ para a geração de energia limpa. O sistema Architectural Wind integra-se perfeitamente ao parapeito dos edifícios já existentes, tirando proveito da aerodinâmica para capturar o vento. A abordagem inovadora da turbina representa um aumento na produção de energia, e sua montagem modular adaptável torna a instalação muito fácil. Esta combina a arquitetura funcional e estética. Operam com menos ruído e vibração em relação aos projetos de turbinas convencionais. As instalações têm pouco ou nenhum impacto estrutural sobre os edifícios existentes e são facilmente escaláveis para começar a gerar energia a partir de 6KW. Cada módulo pesa aproximadamente 90 quilos, mede 1,2m de altura por 1,2 de largura, e possui uma tela de proteção contra pássaros. Ruan Carvalho de Souza 6
  7. 7. Balada Sustentável Lançada em 2008 a EcoPista é uma pista de dança capaz de produzir energia que pode ser armazenada ou usada na iluminação do ambiente da festa. Esse projeto inovador foi criado na Holanda e está no mercado desde 2008. A energia é gerada pela movimentação das pessoas em cima da pista. Embaixo de cada placa há um gerador que transforma energia mecânica em energia elétrica, assim, quanto mais você se movimenta mais energia é produzida. Junto a ela, um contador de energia mostra o desempenho da atitude sustentável, ou seja, você fica sabendo na hora a quantidade de energia que produziu. Mais de cinco mil pessoas tiveram a oportunidade de conhecer essa EcoPista em 2011, quando ela foi usada no Rock in Rio. Marcely Alves 7
  8. 8. Aquecedor solar com garrafas PET A energia solar é considerada uma fonte de energia limpa, porém os custos para se obter um aquecedor solar são muito altos, sendo assim, foi desenvolvido um aquecedor feito com garrafas PET. O sistema de funcionamento é o mesmo: o calor que é captado dos raios solares é transferido para a água. Esse novo aquecedor é constituído principalmente de tubos de PVC, garrafas PET e caixas de leite, por isso o custo é bem inferior ao tradicional. As caixas de leite refletem os raios nas garrafas que, para uma maior conversão dos raios solares são pintadas com tinta fosca preta. As garrafas envolvem os canos de PVC por onde a água passa e absorve o calor. Kamilla de Oliveira Santos 8
  9. 9. Energia eólica em pequena escala Eduardo Façanha ao meio segurando seu projeto (Catalisador eólico). Na categoria dos estudantes do ensino superior, a 24º edição do Prêmio Jovem Cientista contemplou o estudante Eduardo Façanha de Oliveira, estudante de graduação em engenharia elétrica na Universidade Federal do Ceará (UFC) pelo seu projeto de geração de energia elétrica em pequena escala, para ser usado em residências ou em empreendimentos de pequeno porte. Eduardo desenvolveu dois tipos de conversores da energia eólica produzida por turbinas de pequeno porte. O primeiro baseia-se em total autonomia, ou seja, gera sua própria energia sem necessitar de nenhum outro meio, e o segundo viabiliza a padronização da energia gerada para que o sistema seja interligado à rede elétrica. O uso desse equipamento beneficiará moradores de todas as localidades pois, pessoas que não contam com nenhuma forma de abastecimento de energia elétrica poderão produzir a sua própria e pessoas que vivem na área urbana zerarão seus gastos com energia elétrica. Uma das vantagens do produto é o baixo custo que equipado possui: com bateria poderá chegar a dois mil e integrado a rede elétrica poderá chegar a 3 mil. O desenvolvimento do conversor interligado à rede elétrica contou com o apoio de uma empresa que deverá comercializa-lo no futuro por o equipamento zerar os gastos com energia elétrica numa família constituída de quatro pessoas, que será uma grande propaganda da empresa. Yuri Nunes Bitar 9
  10. 10. Ideias inovadoras que utilizam energia solar Bonsai tecnológico: O inovador bonsai artificial possui no lugar das folhas 27 painéis fotovoltaicos, e uma altura aproximada de 40 cm. Os painéis armazenam energia solar em suas ‘’raízes’’(parte inferior do bonsai) e depois a usa para carregar celulares. A idéia é da designer francesa Vivien Muller custa cerca de 299 euros. 10
  11. 11. Carregador público de celulares: Criado por estudantes da Sérvia a Strawberry Tree (árvore morango) é o primeiro carregador público de celulares movido à energia solar. O equipamento tem capacidade de armazenar energia suficiente para um mês, e leva de 10 a 15 minutos para carregador um aparelho celular. Outdoor Sustentável: O outdoor, desenvolvido pela Unidade de Tecnologia e Engenharia (UTEC), capta a umidade do ar e a leva para um filtro de carbono, onde há um processo de condensação, que leva a água para um reservatório. O tanque tem capacidade de armazenar até 96 litros de água por dia, que depois de reunida é distribuída por uma torneira localizada na base do outdoor. Vinícius Caetano Fróes Reno 11
  12. 12. Azeite de dendê é usado na produção de combustível Fruto do Dendezeiro O azeite de dendê, produto tipicamente brasileiro, é usado na fabricação de diversos alimentos como óleo de cozinha, maionese e manteiga além de ser usado também na fabricação de velas e sabões. Atualmente o azeite de dendê vem sendo muito utilizado como uma alternativa na produção de combustíveis, devido a sua alta produtividade (cerca de 10 toneladas/hectare3). Seis pesquisadores da Universidade da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Sergipe (UFS) e da Universidade do Minho (Portugal) realizaram no ano passado uma viagem ao Peru utilizando o biodiesel B100 (combustível produzido no Laboratório de Energia e Gás da universidade tendo como base o azeite de dendê, o óleo de soja, de milho, de algodão e de canda.). Foram 15 mil quilômetros em 20 dias, duas caminhonetes partindo do Porto da Barra (Bahia) e com destino a Ilo no Peru, através de vias terrestres, após 8 meses de testes. O projeto denominado “Travessia Interoceânica B100” foi criado com o objetivo de incentivar o governo a plantar mais dendê e menos soja, já que 1 hectare de soja plantado gera 400 litros, enquanto o dendê gera 4 mil litros no mesmo hectare. Os mais de 1200 litros de azeite de dendê e de óleo de cozinha, utilizados na fabricação do combustível, foram coletados em hospitais, restaurantes e residências de Salvador. A produção desse biodiesel não é somente eficiente, ela também visa à reciclagem de óleo, evitando que centenas de litros do mesmo sejam despejados nos esgotos e rios. Tainara Menezes Dias Conversão de matéria orgânica à eletricidade 12
  13. 13. Nessa era em que vivemos, buscamos a todo momento por uma fonte de energia alternativa. Desta vez pesquisadores da PennState University, como Bruce Logan, descobriram um novo método de conversão de energia: matéria orgânica em eletricidade. Isso foi possível utilizando-se bactérias, o que dispensa o uso de químicos caros e tóxicos e, portanto, podemos produzir eletricidade a partir de qualquer material biodegradável. Neste novo método utilizaram-se bactérias tais como Shewanella putrefacians e Geobacter metallireducens. O próximo passo dessa pesquisa é gerar energia através de tratamento de esgoto. O método funciona da seguinte maneira: as bactérias são colocadas na câmara de ânodo de uma célula de combustível livre de oxigênio. Não tem oxigênio, pois devem transferir os elétrons que obtêm a partir do consumo (oxidação) de sua comida em outro lugar do que o oxigênio. Kalvin Vinícius Vasconcellos dos Santos 13
  14. 14. Bar Ecológico Um bar ,em Londres ,possui uma tecnologia muito interessante e que pode servir de exemplo para muitos outros bares do mundo .Trata se da energia da dança de seus frequentadores convertida em energia elétrica para o clube ,economizando grande quantia de dinheiro ,além de ser uma maneira sustentável de se obter energia. É uma maneira moderna e bastante tecnológica de se obter energia ,bares são um dos principais utilizadores de energia elétrica que existe ,essa ideia pode revolucionar a história de consumo de energia de estabelecimentos envolvidos com dança ou algo parecido. Richard Santos Barbosa 14
  15. 15. Geração de energia a partir da fotossíntese Um grupo de cientistas, designers, químicos e biotécnicos, das universidades de Cambridge e Bath, estão buscando uma forma de geração de energia completamente inovadora. Cientistas buscam uma forma de aproveitar a energia da fotossíntese, enquanto designers buscam maneiras de colocar as ideias em pratica da melhor forma possível A ideia se trata de estações de energia aquáticas, utilizando algas. Serão implantadas torres de captura de energia que utilizam água da chuva para abastecer as algas. A tecnologia ainda não está completamente desenvolvida e, para que ela se torne viável, economicamente, ainda levaram alguns anos de trabalho com todos os profissionais que estão nesse processo. Bruno Henrique Xavier 15
  16. 16. Empresário do RS cria computador de papelão que economiza energia Projeto foi 'descoberto' durante palestra em São Paulo. Máquina usa componentes de netbook e não tem drive de CD. Um CPU de computador foi criado por um morador do Rio Grande do Sul, o qual possui características ecológicas e renováveis, por ser feito em quase sua totalidade de papelão. O aparelho foi batizado de “ThinEco”. O “ThinEco” pesa aproximadamente 1,2 kg, possuindo uma estrutura muito rígida, pois o material usado na confecção é baseado nos papelões utilizados para embalar peças de automóveis, contendo cerca de 70 placas desse material que é moldado em máquinas e colado uns aos outros para haver uma grande resistência e não amassar facilmente. Por não possuir drive de CD e DVD ele se assemelha a um netbook, e, além disso, consome menos energia devido ao fato de ter baixa capacidade de processamento. Sua placa-mãe, a qual possui um processador integrado foi certificada pelo “Green IT” ( tendência mundial voltada para o impacto dos recursos tecnológicos no meio ambiente), e para seu armazenamento é utilizado um disco rígido de notebook. O CPU criado por André Ruschel foi descoberto em palestras da “Microsoft TechEd Brasil 2010”, sendo que não era a intenção divulgar o produto, porém este chamou muita atenção do público. Como o projeto inicial não foi feito com o intuito de ser comercializado, isso ainda está sendo decidido. Giovana Morais 16
  17. 17. Energia a partir de ondas marítimas Uma nova forma de energia sustentável que tem a base na geração de energia por meio de ondas marítimas. Coloca-se geradores no mar e com os movimentos das ondas esse gerador se move e movimenta um sistema hidráulico que faz mover uma turbina e gera energia a partir dessa turbina. Esse método vem sendo estudado na Austrália, Estados Unidos, Canadá, África do Sul e Escócia.E esse sistema foi implantado em Portugal. William Dener 17
  18. 18. Avião movido à energia solar O projeto de 90 milhões de euros buscou desenvolver um avião capaz de realizar um trajeto com 6 mil km à base de energia solar. O avião experimental Solar Impulse decolou do aeródromo de Toulouse- Francazal, na França, em direção a Payerne, na Suíça, Esta aeronave, pilotada por Bertrand Piccard teve de percorrer quase 6 mil km em oito etapas de uma média de 800 km cada uma, pousando em quatro países em dois continentes diferentes. O frágil avião fabricado com fibras de carbono tem quatro motores elétricos com potência de 10 cavalos cada, alimentados por 12 mil células fotoelétricas que cobrem sua grande asa. O projeto Solar Impulse começou em 2003 com um orçamento de 10 anos de 90 milhões de euros e tem envolvido engenheiros da empresa suíça de elevadores Schindler e pesquisadores do grupo químico belga Solvay. O avião, que requer 12.000 células solares, fez o seu primeiro voo em abril de 2010 e completou um voo de 26 horas, um recorde de tempo para uma aeronave solar, três meses depois. A primeira missão internacional aconteceu em maio, quando completou um voo de 13 horas entre Payern, no oeste da Suíça, e Bruxelas, na Bélgica. Com isso concluo o meu trabalho mostrando que tecnologia e sustentabilidade são coisas que podem existir nesse mundo simultaneamente. Diego Pereira Motor a Hidrogênio 18
  19. 19. O motor movido a hidrogênio é mais eficiente que os ônibus tradicionais, uma vez que não faz combustão, seu motor é silencioso e não produz contaminantes. Ônibus movido a hidrogênio tem seu segundo protótipo lançado durante a Conferência Rio+20 – o primeiro data de maio de 2010 –, o ônibus movido a hidrogênio da Coppe é uma solução mais eficiente em relação aos ônibus convencionais, que utilizam diesel como combustível. A tração de um ônibus convencional funciona com uma máquina térmica: faz um barulho enorme e ainda produz uma série de contaminantes, como gases do efeito estufa. “O motor de tração do ônibus da Coppe é elétrico, por isso não faz combustão”, explica o professor Paulo Emilio Miranda, coordenador do Laboratório de Hidrogênio da Coppe. O motor elétrico é muito silencioso, muito eficiente em seu funcionamento, contribuindo para a redução do consumo de combustível – e não produz rejeitos. O ônibus movido a hidrogênio possui três fontes de energia elétrica. A pré-conexão com a rede elétrica, na qual suas baterias são recarregadas. O ônibus também tem a bordo um equipamento chamado Pilha a Combustível, que é um conversor de energia. “A Pilha a Combustível usa hidrogênio armazenado em tanques no ônibus e o oxigênio do ar para realizar uma reação eletroquímica que produz eletricidade para o veículo e, como rejeito, vapor d’água”, explica Paulo Emilio. A terceira fonte é a regeneração de energia cinética em energia elétrica. “A energia cinética é energia do movimento, por exemplo, se o ônibus está a 60 quilômetros por hora, está a uma certa energia cinética. Para parar o ônibus é preciso converter essa energia”, esclarece o professor. “No ônibus a hidrogênio, essa energia do movimento é transformada em energia elétrica, que é armazenada a bordo.” Fazer um ônibus a hidrogênio é uma boa iniciativa para aplicar o tema de alternativa sustentável, pois em vista a poluição causada pela combustão dos motores que é enorme e o número de ônibus circulares e também particulares em todas as cidades já é um bom insentivo dos governos para desenvolverem novos tipos de carro e investir nesta energia limpa. Nilton Andrade Combustível sustentável 19
  20. 20. A companhia aérea Azul e a Embraer realizaram, no início de 2012, o primeiro voo experimental - sem passageiros - com o uso de um querosene obtido da cana-de-açúcar. A Azul aceitou testar, em um dos seus jatos Embraer, o bioquerosene, que está sendo desenvolvido pela multinacional de biotecnologia Amyris. Capaz de emitir 82% menos dióxido de carbono do que o mesmo produto à base de petróleo, o querosene de aviação (QAV) renovável utilizado em voo operado pela Azul Linhas Aéreas na terça-feira (19/06/2012) reflete uma nova era no setor aéreo: mais eficiência e menos emissões de carbono. Alfred Szwarc, consultor de Emissões e Tecnologia da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), avalia que o novo combustível fabricado a partir da cana, peça central da parceria entre Azul, Embraer, GE e Amyris que levou ao voo experimental, poderá se tornar uma realidade no mercado nacional nos próximos anos. O bioquerosene foi utilizado em Viracopos e o aeroporto Santos Dumont, na cidade que foi o palco da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (rio+20). O bioquerosene teve desempenho quase igual ao de querosene de origem fóssil e poderá ser competitivo comercialmente quando entrar em escala industrial. Um vídeo interessante de se ver que fala sobre tal combustível é: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=sgItN8cx7sI#! Seu título é “ Azul+Verde – Renewable Jet fuel “. Thiago Dorce Fezes de cachorros geram energia sustentável 20
  21. 21. O mundo busca muitas formas de energia sustentável , mas nunca pensamos em utilizar coisas que estão ao nosso redor. Na Grã-Bretanha criou-se o projeto que pretende transformar o cocô dos animais em bioenergia, para ser usada de forma gratuita. Um dos pioneiros a usar fezes de cachorro para gerar energia complementar para grandes consumidores no campo, como indústrias, foi o ex-banqueiro de Manhathan Gary Downie. Na prática, o projeto funciona do seguinte modo: o dono recolhe o excremento do animal do chão e, ao invés de jogá-lo no lixo, deposita o cocô em um coletor especial que está conectado ao sistema biodigestor, localizado no subsolo, onde as fezes são transformadas em metano, CO2 e fertilizante. A energia gerada então pode ser usada na iluminação pública da cidade e em sistemas de aquecimento, tudo de forma gratuita. Dados revelam que, anualmente, mais de 700 mil toneladas de fezes de cachorro são retiradas das ruas e enviadas para aterros sanitários na Grã-Bretanha. Em entrevista ao jornal The Independent, o idealizador do projeto diz que cada tonelada de excrementos mantidos fora do aterro vai evitar emissões 450 kg de gases de efeito estufa. Este projeto alem de gerar uma energia gratuita, também vai evitar a emissão de gases poluentes. Yara Lopes Plantas que geram energia para consumo doméstico 21
  22. 22. Um novo método desenvolvido por pesquisadores da Universidade da Geórgia consegue extrair energia elétrica ao interromper a fotossíntese dos vegetais. As experiências comprovaram que, durante o processo orgânico, as folhas não só geram nutrientes para a planta, mas também eletricidade. Para produzir energia elétrica, foi criado um método que interrompe a produção dos compostos orgânicos das plantas. Assim, parte dos elétrons presentes na reação, que produzem os compostos que nutrem os vegetais, é separada e direcionada para gerar eletricidade. "Nós desenvolvemos uma maneira de interromper a fotossíntese, para que possamos capturar os elétrons antes que a planta use-os", explicou Ramaraja Ramasamy, autor da pesquisa. A equipe ficou satisfeita ao descobrir que, enquanto os painéis solares convencionais apresentam de 12% a 17% de eficiência, as plantas conseguem aproveitar a luz do sol em sua totalidade. Ou seja, cada partícula solar captada pelos vegetais gera uma quantidade de energia elétrica. Para deter as reações químicas da fotossíntese, os pesquisadores utilizaram nanotubos de carbono – estruturas 50 mil vezes mais finos que um fio de cabelo – para separar e imobilizar as estruturas que recebem e armazenam a luz do sol no interior da planta. A pesquisa ganhou o gigante nome de Alta atividade foto-eletroquímica de compósitos de nanotubos de carbono tilacóide para a conversão de energia fotossintética. Nathália Paiva Ônibus movido a hidrogênio 22
  23. 23. Devido às consequências dos maus hábitos e das más escolhas feitas pelo homem em geral, as pessoas vem cada vez mais se conscientizando sobre o que pode ser útil e ao mesmo tempo sustentável. Cada vez mais, os países vem lutando contra os danos ambientais que causam e estão à procuras das chamadas alternativas sustentáveis. Uma das maiores procuras é por fontes de energia renováveis. Então, os países e as grandes empresas buscam desenvolver fontes renováveis (ecológicas) e com baixo custo, para que não tenham prejuízos ambientais e nem financeiros que possam acabar prejudicando a humanidade. Algo interessante, é que nosso país não está atrasado nesse sentido, aliás é um dos poucos países que vem desenvolvendo projetos sustentáveis, como o ônibus movido à hidrogênio. Este ônibus começou a circular pela cidade de São Paula em Abril de 2009.Como o petróleo é uma fonte não-renovável e muito poluente, busca-se muito, principalmente, por combustíveis renováveis e não-poluentes, e quando se trata de combustíveis sustentáveis o hidrogênio é uma fonte muito promissora. Nesse ônibus o hidrogênio alimenta os motores elétricos do veículo e tem como subproduto apenas água, ou seja, não há liberação de poluentes para a atmosfera. Um dos diferencias desse projeto é que ao frear o automóvel, há recuperação de energia cinética, mais um ponto positivo para o projeto e mais uma forma de utilizar a energia, até mesmo as renováveis, de forma consciente. A produção do combustível, no caso o hidrogênio, será feita em parceria com a Petrobrás. A produção do hidrogênio é feita por eletrólise, um processo em que a água é submetida à corrente elétrica e nesse processo ocorre a separação das moléculas de oxigênio e hidrogênio, a qual será usada como combustível. Porém, uma das controvérsias desse projeto é que a fabricação desse combustível é muito cara oque torna a opção da utilização do petróleo mais “viável” financeiramente. Entretanto, muitas universidades e pesquisadores continuam com o desenvolvimento de novas tecnologias para tornar essa fonte renovável mais barata e cada vez mais eficiente. O projeto desse ônibus é um dos grandes avanços tecnológicos-ecológicos nacionais, a fabricação desse projeto é uma iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) com parceria de outras instituições e empresas. O brasil é um dos quatro países à desenvolver a tecnologia de transporte movido à hidrogênio. Eduardo Morais Miranda Bibliografia: Biomassa, disponível em: http://www.brasilescola.com/geografia/biomassa.htm 23
  24. 24. Sapato biodegradável, disponível em: http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/ ambiente/desenvolvimento-sustentavel/empresa-brasileita-cria-sapato-que-vira- adubo-16479.asp Turbina eólica urbana, disponível em: http://www.ciclovivo.com.br/noticia/ pequenas_turbinas_eolicas_podem_ser_instaladas_em_predios Balada sustentável, disponível em: http://www.club4climate.com/2012/04/19/ club-4-climate-where-dancing-powers-the-club/ Aquecedor solar com garrafa PET, disponível em: http://www.fragmaq.com.br/ blog/energia-renovavel/aquecimento-solar-com-garrafas-pet/ Energia eólica em pequena escala, disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br/ noticias/2010/10/alternativas-sustentaveis Ideias inovadoras que utilizam energia solar, disponível em: http:// super.abril.com.br/blogs/ideias-verdes/conheca-3-ideias-inovadoras-que- utilizam-energia-solar-e-relembre-outras-3/ Azeite de dendê é usado na produção de combustível, disponível em: http:// www.brasilsustentavel.org.br/dende-usado-para-producao-de-biodiesel.html Conversão de matéria orgânica à eletricidade, disponível em: http:// www.tecmundo.com.br/energia/13514-cientistas-descobrem-uma-fonte-infinita- de-energia.htm Bar ecológico, disponível em: http://hypescience.com/as-10-ideias-sustentaveis- mais-curiosas/ Geração de energia a partir da fotossíntese, disponível em: http://www.tecmundo.com.br/energia-limpa/12986-cientistas- criam-energia-eletrica-a-partir-de-fotossintese.htm? utm_source=artigo_bottom_saibamais&utm_medium=tecmundo Empresário do RS cria computador de papelão que economiza energia, disponível em: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2010/09/empresario-do-rs-cria- computador-de-papelao-que-economiza-energia.html Energia a partir de ondas marítimas, disponível em: http://vitodibari.com/pt/ energia-limpa-renovvel-partir-de-ondas-mar.html 24
  25. 25. Avião movido a energia solar, disponível em: http://ecofair.com.br/ sustentabilidade/aviao-movido-a-energia-solar-parte-da-franca-para-concluir- voo-historico/ Motor a hidrogênio, disponível em: http://ecoenergias.wordpress.com/tag/trem- de-levitacao-magnetica/ Combustível sustentável, disponível em: http://www.estadao.com.br/noticias/ impresso,empresas-aereas-buscam-combustivel-sustentavel,468681,0.htm Fezes de cachorros geram energia sustentável, disponível em: http:// info.abril.com.br/noticias/tecnologias-verdes/fezes-de-cachorros-gerarao- energia-limpa-na-gra-bretanha-10052013-18.shl Plantas que geram energia para consumo doméstico, disponível em: http:// info.abril.com.br/noticias/tecnologias-verdes/luz-eletrica-esqueca-compre-uma- planta-07052013-38.shl Ônibus movido a hidrogênio, disponível em: http:// www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=onibus-brasileiro- movido-a-hidrogenio-comeca-a-rodar-em-sao-paulo 25

×