•Nas antigas civilizações a saúde estava directamente relacionada com os seres                                  divinos (D...
•A partir do século XV/XVI, os conhecimentos aumentaram devido à prática de                             dissecção de cadáv...
•Já no século XX, em 1947 a Organização Mundial de Saúde (OMS), define saúde como: “A situação de completo bem-estar físic...
Existem indicadores que avaliam o estado de saúde dapopulação:•Esperança média de vida;•Taxa de mortalidade infantil;•Taxa...
•Hábitos individuais e de saúde:   Alimentação equilibrada;   Higiene corporal;   Prática de exercício físico;•Melhoria...
•Para a promoção da saúde há que ter em conta a prevenção.Há vários tipos de prevenção:    Prevenção primária: está direc...
•Ana Rodrigues, 9ªC, nª3, CVG
Ciencias arnr
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ciencias arnr

647 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
647
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
173
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciencias arnr

  1. 1. •Nas antigas civilizações a saúde estava directamente relacionada com os seres divinos (Deuses).•A doença era considerada um problema na alma e o feiticeiro/ curandeiro através de magia e ervas fazia o seu melhor. •Os gregos e romanos das antigas civilizações achavam que a doença era o resultado de 4 fluidos (sangue, bílis amarela, bílis negra e fleuma).•Os desequilíbrios vinham de factores exteriores como as estações, o tipo de vida e o ambiente.•Quem veio revolucionar o conceito de saúde foi Aipócrates (século V-IV a.C.), ummédico grego. As doenças não eram culpa dos divinos mas sim de causas naturais.•A prática deixou de ser mágico-religiosa e passou a ser fruto da observação directa dos doentes.
  2. 2. •A partir do século XV/XVI, os conhecimentos aumentaram devido à prática de dissecção de cadáveres. •O corpo humano passou a ser encarado como uma máquina e a doença como uma avaria. •No século XIX o conhecimento dos microorganismos provocadores de doenças foi fundamental para o combate de doenças como a tuberculose , a raiva e a cólera. •A saúde era entendida como ausência de doença. •Só há pouco tempo é que a saúde conheça então o ser entendido como uma questão individual e comunitária.•A verdade é que o estado de saúde de um individual pode influenciar a saúde dos outros.
  3. 3. •Já no século XX, em 1947 a Organização Mundial de Saúde (OMS), define saúde como: “A situação de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas de ausência de enfermidades”. •Principais factores que influenciaram a saúde.
  4. 4. Existem indicadores que avaliam o estado de saúde dapopulação:•Esperança média de vida;•Taxa de mortalidade infantil;•Taxa de doenças infecto-contagiosas;•Taxa de obesidade;•Taxa de doenças cardiovasculares;
  5. 5. •Hábitos individuais e de saúde: Alimentação equilibrada; Higiene corporal; Prática de exercício físico;•Melhorias das condições de higiene e salubridade: Recolha e tratamento de resíduos sólidos; Habitações que asseguram as condições de salubridade; Eliminação de focos de contágio; Medidas anti-sépticas;•Ordenamento do território;•Campanhas de vacinação•Rastreios
  6. 6. •Para a promoção da saúde há que ter em conta a prevenção.Há vários tipos de prevenção: Prevenção primária: está directamente relacionada com as vacinas. A utilização das vacinas permite combater doenças, na sua maioria mortais; Nota: as vacinas são substâncias que permitem ao ser humano, criar imunidade há prevenção de agentes patogénicos (vírus e bactérias), através da formação de anti-corpos (produzidos pelos linfócitos) que atacam e neutralizam estes agentes. Prevenção secundária: está relacionada com os rastreios, detecção precoce e doenças;
  7. 7. •Ana Rodrigues, 9ªC, nª3, CVG

×