INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA
PERNAMBUCO
BACHARELADO EM ENFERMAGEM
PARASITOLOGIA E INFECTOLOGIA
Alun...
*Doença parasitária do homem, habitualmente,
não causa sintomatologia, mas pode manifestar-
se por dor abdominal, diarreia...
Agente etiológico: Ascaris lumbricoides;
Hospedeiro: O homem;
Modo de transmissão: Ingestão dos ovos infectados
do parasit...
Complicações: Obstrução intestinal,
perfuração intestinal, pancreatite aguda
e abscesso hepático;
Diagnóstico: Confirmação...
*Micose que atinge a superfície cutânea resultando em candidíase
oral, candidíase vaginal, intertrigo, paroníquia e onicom...
Sinonímia: Monilíase, sapinho, condidemia;
Agente etiológico: Candida albicans, Candida
tropicalis e outras espécies de ca...
DIAGNÓSTICO
Candidíase oral: visualização de leveduras e pseudohifas em exames
microscópico;
Esofagite: Endoscopia com bió...
Ascaridíase/ Candidíase
Ascaridíase/ Candidíase
Ascaridíase/ Candidíase
Ascaridíase/ Candidíase
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ascaridíase/ Candidíase

1.134 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.134
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ascaridíase/ Candidíase

  1. 1. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA PERNAMBUCO BACHARELADO EM ENFERMAGEM PARASITOLOGIA E INFECTOLOGIA Alunas: Diana Marta Janeclécia Maria José Maria Amanda Rikelma Érica PESQUEIRA 2013
  2. 2. *Doença parasitária do homem, habitualmente, não causa sintomatologia, mas pode manifestar- se por dor abdominal, diarreia, náuseas e anorexia. Quando há grande número de parasitas, pode ocorrer quadro de obstrução intestinal.
  3. 3. Agente etiológico: Ascaris lumbricoides; Hospedeiro: O homem; Modo de transmissão: Ingestão dos ovos infectados do parasita, procedentes do solo, água ou alimentos contaminados com fezes humanas; Período de incubação: O período de incubação dos ovos férteis até o desenvolvimento da larva infectante, no meio exterior e em condições favoráveis, aproximadamente 20 dias. O período pré patente da infecção (desde a infecção com ovos embrionados até a presença de ovos nas fezes do hospedeiro) é de 60 a 75 dias;
  4. 4. Complicações: Obstrução intestinal, perfuração intestinal, pancreatite aguda e abscesso hepático; Diagnóstico: Confirmação do achado de ovos nos exames parasitológicos de fezes; Tratamento: Albendazol; Medidas de controle: Medidas de educação em saúde e de saneamento.
  5. 5. *Micose que atinge a superfície cutânea resultando em candidíase oral, candidíase vaginal, intertrigo, paroníquia e onicomicose. A forma mais comum de candidíase oral é a pseudomembranosa, caracterizada por placas brancas removíveis na mucosa oral. A forma atrófica, se apresenta como placas vermelhas. O intertrigo atinge mais frequentemente as dobras cutâneas. Também pode ocorrer em recém-nascidos de baixo peso e hospedeiros imunocomprometidos, podendo atingir qualquer órgão e evoluir para êxito letal.
  6. 6. Sinonímia: Monilíase, sapinho, condidemia; Agente etiológico: Candida albicans, Candida tropicalis e outras espécies de candida. A Candida albicans causa a maioria das infecções; Reservatório: O homem; Modo de transmissão: Por meio de contato com mucosas e secreções em pele de portadores ou doentes; Período de incubação: Desconhecido; Período de transmissibilidade: Enquanto houver lesões; Complicações: Esofagite, endocardite;
  7. 7. DIAGNÓSTICO Candidíase oral: visualização de leveduras e pseudohifas em exames microscópico; Esofagite: Endoscopia com biópsia e cultura; Candidíase invasiva: Isolamento do microrganismo de fluidos corporais ou de biópsia de tecidos; Tratamento: NISTATINA, FLUCONAZOL, ISOCONAZOL; Medidas de controle: Tratamento precoce dos indivíduos acometidos.

×