Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes

108.426 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
8 comentários
59 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
108.426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.638
Comentários
8
Gostaram
59
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula03 conceito de fluxogramas e seqenciamento de açoes

  1. 1. anderson_barroso@unit.br
  2. 2. Fluxogramas O diagrama de blocos ou fluxograma é uma forma padronizada e eficaz para representar os passos lógicos de um determinado processamento, indicando as diversas ações e decisões que devem ser executadas para resolver o problema Utiliza uma seqüência de símbolos indicada por linhas e setas com significados bem definidos Facilita a visualização gráfica dos passos de um processamento 2
  3. 3. Fluxogramas Permitem a tradução da seqüência de execução para qualquer linguagem de programação Por traduzir em formato gráfico algum procedimento ou norma, é uma ferramenta útil em diversas áreas do conhecimento humano Na computação, tal propriedade facilita o entendimento das idéias contidas nos algoritmos, justificando assim sua popularidade 3
  4. 4. Fluxogramas Possui sintaxe e semântica bem definidas  Sintaxe  Corresponde ao emprego correto de seus elementos  Semântica  Corresponde ao significado dos símbolos utilizados Cada ação (passo) deve ser descrita de forma clara, sem ambigüidade 4
  5. 5. Principais SímbolosSímbolo Nome Função terminador Representa o início ou o fim do processamento fluxo Representa o fluxo dos dados ou do controle de execução processo Representa uma ação (ou passo) decisão Representa uma condição a ser avaliada, permitindo duas ou mais alternativas de execução leitura Entrada de informações 5
  6. 6. Principais SímbolosSímbolo Nome Função impressão Representa a saída de informações. Representa o conector entre dois fluxogramas conector contidos ou não na mesma página 6
  7. 7. Regras do Fluxogramas Um fluxograma deve ser claro, simples e de fácil leitura Não deve haver ambigüidade na interpretação O texto dentro de cada símbolo deve se limitar à instrução a ser executada Deve-se evitar o cruzamento de linhas para não comprometer o entendimento Apenas uma linha de fluxo deve partir ou chegar a um terminador ou conector. início fim 7
  8. 8. Regras do Fluxogramas Os símbolos de impressão e leitura devem possuir uma linha de fluxo chegando e uma outra saindo O símbolo de processo admite mais de uma linha de entrada de fluxo e apenas uma linha de saída 8
  9. 9. Regras do Fluxogramas O símbolo de decisão admite apenas uma linha de entrada de fluxo, permitindo duas ou três linhas de saída F V >0 <0 =0 9
  10. 10. Processamento de Fluxo O fluxograma permite três ordens distintas de execução  Seqüencial  As atividades são executadas uma após a outra  Por seleção  Ocorre quando uma via de processamento é escolhida em um ponto de bifurcação, de forma que cada via conduz a um processamento distinto  Por repetição  Faz com que a execução ocorra em ciclos de processamento até atingirem uma condição de finalização 10
  11. 11. Seqüência Em uma seqüência, é processado um início conjunto de ações (passos) em série Não há qualquer possibilidade de alterar Passo 1 a ordem de processamento das ações Após processar o 1ª passo, processa-se o Passo 2 2ª, e assim sucessivamente Passo N fim 11
  12. 12. Exemplo de Seqüência Construir um fluxograma que início descreva os passos para escovar os dentes Pegar a escova de dente 1) Pegar a escova de dente Colocar creme dental 2) Colocar creme dental 3) Abrir a torneira Abrir a torneira 4) Escovar os dentes Escovar os dentes 5) Lavar a escova 6) Fechar a torneira Lavar a escova fim Fechar a torneira 12
  13. 13. Exemplo de Seqüência início Construir um fluxograma que descreva como Lavar o arroz cozinhar o arroz refogado. 1) Lavar o arroz Colocar água para ferver 2) Colocar água para ferver 3) Adicionar óleo a panela Adicionar óleo a panela (fritar) (fritar) Colocar o arroz na panela 4) Colocar o arroz na panela 5) Adicionar a água Adicionar a água 6) Cozinhar até secar Cozinhar até secar fim 13
  14. 14. Seleção (1 via) Utiliza o símbolo de decisão para escolher um caminho de processamento a ser seguido Na seleção (1 via), o passo (ação) somente será processado caso a expressão lógica avaliada for verdadeira Logo, se a expressão lógica for falsa, nenhuma ação é processada V ? F 14
  15. 15. Exemplo - Seleção (1 via) início Construir um fluxograma Tem fio que descreva os passos dental? Sim para escovar os dentes Não Passar o fio dental com o uso ou não do fio dental Pegar a escova de dente 1) Se tem fio dental, passe-o nos dentes Colocar creme dental 2) Pegar a escova de dente 3) Colocar creme dental Abrir a torneira 4) Abrir a torneira Escovar os dentes 5) Escovar os dentes Lavar a escova 6) Lavar a escova 7) Fechar a torneira Fechar a torneira fim 15
  16. 16. Exemplo - Seleção (1 via) início Construir um fluxograma Lavar as laranjas que descreva os passos Partir as laranjas para preparar um suco de laranja Espremer as laranjas 1) Lavar as laranjas Filtar o suco 2) Partir as laranjas Com 3) Espremer as laranjas açúcar? Sim 4) Filtrar o suco Não Adicionar açúcar 5) Se desejar, adicionar açúcar fim 16
  17. 17. Seleção (2 vias) Utiliza o símbolo de decisão para escolher uma seqüência de ações a ser executada O fluxo de processamento segue por uma das duas vias, dependendo do valor lógico (verdadeiro ou falso) da expressão avaliada no início da estrutura Somente serão executados os passos encontrados na via selecionada F V ? 17
  18. 18. Exemplo - Seleção (2 vias) início Construir um fluxograma que verifica se um aluno Obter a nota da 1ª unidade foi aprovado em uma Obter a nota da 2ª unidade disciplina 1) Obter a nota da 1ª unidade Calcular a média 2) Obter a nota da 2ª unidade 3) Calcular a média Não Média obtida ≥ Sim 4) Se a média for igual ou Média mínina ? superior a média mínima Informar que foi aprovado Reprovado Aprovado Senão Informar que foi reprovado fim 18
  19. 19. Exemplo - Seleção (2 vias) início Construir um fluxograma Escovar os dentes indo para “Balada” 1) Escovar os dentes Não Sim É homem ? 2) Se for homem Fazer a barba Depilar as pernas Fazer barba Senão Depilar as pernas Tomar banho 3) Tomar banho 4) Aplicar desodorante Aplicar desodorante 5) Se for mulher Sim Não É mulher? Aplicar maquiagem Aplicar perfume Aplicar maquiagem Aplicar colônia Senão Aplicar perfume Aplicar colônia 6) Vestir a roupa fim Vestir a roupa 19
  20. 20. Seleção (N vias) Neste caso, a decisão não é feita com base em uma expressão lógica, porque há mais do que dois resultados possíveis Como na seleção de 2 vias, só é processada a seqüência de ações encontrada na via selecionada ? Valor 1 Valor 2 Valor 3 Valor N 20
  21. 21. Exemplo - Seleção (N vias) Uma empresa resolveu aumentar o salários de seus funcionários com base em alguns critérios  Técnicos receberão 25% de aumento  Analistas receberão 20% de aumento  Gerentes receberão 15% de aumento  E os demais 10% de aumento É possível elaborar um fluxograma que dado um determinado funcionário, calcule e exibia seu salário ajustado 21
  22. 22. Exemplo - Seleção (N vias) início1) Obter funcionário2) Se for técnico Obter funcionário Aumentar 25% Se for analista Tipo de funcionário ? Aumentar 20% Técnico Analista Gerente Demais Se for gerente Aumentar 15% Aumentar Aumentar Aumentar Aumentar 25% 20% 15% 10% Senão Aumentar 10%3) Exibir novo salário Exibir novo salário fim 22
  23. 23. Repetição com Teste à Cabeça Neste caso, também há a necessidade de tomar uma decisão com base no valor lógico de uma expressão No entanto, a mesma seqüência de ações será executada repetidamente enquanto o resultado da expressão lógica se mantiver verdadeiro Um teste com uma expressão lógica precede a ação Por isso, esse tipo de repetição é chamado repetição com teste à cabeça 23
  24. 24. Repetição com Teste à Cabeça O teste é importante porque funciona como uma condição de parada dos ciclos ou repetições V ? F 24
  25. 25. Exemplo - Repetição (Cabeça) Construir um fluxograma início que demonstre os passos para comer todo um Pegar o pacote pacote de biscoito Abrir o pacote 1) Pegar o pacote 2) Abrir o pacote Sim Tem biscoito ? 3) Se ainda existir biscoito Não Pegar um biscoito Pegar um biscoito Escovar os dentes Comer o biscoito Comer o biscoito Vá para o passo 3 fim Senão Escovar os dentes 25
  26. 26. Exemplo - Repetição (Cabeça) Construir um fluxograma início que demonstre uma rodada em um bingo Pôr as bolas no globo 1) Pôr as bolas no globo 2) Se não há vencedor Há vencedor ? Não Girar o globo Girar o globo Sortear uma bola Sim Vá para o passo 2 Entregar o prêmio Sortear uma bola Senão Entregar o prêmio fim 26
  27. 27. Repetição com Teste à Cauda Essa estrutura de repetição tem um papel similar a anterior, sendo que a diferença está no fato do teste ser feito após o processamento da seqüência de ações A seqüência de ações é executada pelo menos uma vez Como o teste da expressão lógica sucede a seqüência de ações. esse tipo de repetição é chamado repetição com teste à cauda V ? F 27
  28. 28. Exemplo - Repetição (Cauda) início Construir um fluxograma que demonstre os passos Pegar o pacote para comer todo um Abrir o pacote pacote de biscoito 1) Pegar o pacote Pegar um biscoito 2) Abrir o pacote Sim Comer o biscoito 3) Pega um biscoito 4) Comer o biscoito Tem biscoito ? 5) Se ainda existir biscoito Não Vá para o passo 3 Escovar os dentes Senão Escovar os dentes fim 28
  29. 29. Exemplo - Repetição (Cauda) Construir um fluxograma início que demonstre uma Pôr as bolas no globo rodada em um bingo 1) Pôr as bolas no globo Girar o globo 2) Girar o globo Não Sortear uma bola 3) Sortear uma bola 4) Se não há vencedor Há vencedor ? Vá para o passo 2 Sim Senão Entregar o prêmio Entregar o prêmio fim 29
  30. 30. Exercícios1) Construir o fluxograma com os passos necessários para troca de um pneu furado em um carro2) Construir um fluxograma que informe se um aluno foi aprovado, reprovado ou fará uma nova avaliação (recuperação) em uma determinada disciplina, sabendo que: a) A média é calculada em cima de três notas; b) O aluno será reprovado se sua média for menor que 5,0; c) O aluno será aprovado se sua média for igual ou superior a 7,0; d) O aluno fará uma nova avaliação (recuperação) caso sua média esteja entre 5,0 (inclusive) e 7,0 (exclusive) 30
  31. 31. Exercícios3) O inciso XXXIII do artigo 7º da constituição federal diz o seguinte: “É proibido o trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze anos”. Elaborar um fluxograma que, obtida a idade de um certo indivíduo, exibida qual o tipo de trabalho que o mesmo pode exercer. 31
  32. 32. Exercícios4) Criar o fluxograma que simule várias partidas de bingo5) Zezinho, um “surfista de carteirinha”, não perde um domingo de praia. Porém, existem duas condições necessárias para que ele vá à praia. Uma delas é que tem que ser até às 10:00 horas e a outra é que não pode está chovendo. Não atendidas essas condições, Zezinho vai estudar. Sendo assim, construir um fluxograma que represente os passos que Zezinho realiza ao acordar até ir ou não à praia aos domingos 32

×