Trabalho de inspeção de risco e controle de perdas

7.274 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado ao curso técnico de segurança do trabalho, foi realizado uma visita técnica realizada em obra para elaborar este trabalho.

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.274
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
630
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de inspeção de risco e controle de perdas

  1. 1. INSPEÇÃO DE RISCO E CONTROLE DE PERDA PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS - PPRA
  2. 2. DESCRIÇÃO DA EMPRESA IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA Nome da empresa: Residencial Intercities – BIB Endereço: Bairro: Loteamento Campo Belo , km 06 Município: São Gonçalo do Amarante, UF: Rio Grande do Norte Grau de Risco: 4 Quantidade de Funcionários: 189 Descrição da atividade da empresa: Empresa de Construção Civil
  3. 3. SETOR: ESCAVAÇÃO SUMIDOUROS Números de Funcionários: 8 Riscos Ambientais: Físicos: temperatura anormal, Químico: poeira, Ergonômico: levantamento e transporte manual de peso, esforço físico intenso. Riscos de Acidentes: desabamento, soterramento, queda em altura, queda de objetos, cortes. Causas: Anexo (foto) Fonte Geradora: Escavação Localização de Riscos: Setor de Trabalho Campo de Operação Medidas de Controle:capacete de proteção, botas impermeáveis, luvas, óculos de proteção.
  4. 4. ESCAVAÇÃO As escavações realizadas em canteiros de obras devem ter sinalização de advertência e barreira de isolamento em todo seu perímetro. Devem dispor de escadas ou rampas, colocadas próximas aos postos de trabalho, em caso de emergência, a saída rápida dos trabalhadores. Os taludes instáveis das escavações com profundidade de 10,00 m devem ter sua estabilidade garantida por meio de estruturas dimensionadas para este fim.
  5. 5. SETOR: GESSO Números de Funcionários: 8 funcionários de serviços terceirizados. Riscos Ambientais: Físico não identificado, Químico: Álcalis cáusticos, Cal, poeira, Biológico: Bactéria (Tétano), Ergonômicos: Esforço físico, Levantamento e transporte manual de pesos, Exigências de posturas. Riscos de Acidentes: Queda de objetos das lajes superiores, Arranjo físico inadequado, Máquinas sem proteção, Iluminação deficiente, Ligações elétricas deficientes, Armazenamento inadequado de materiais, improvisação de ferramentas e ferramentas defeituosas, Quedas de nível. Causas: Anexo (foto) Fonte Geradora: Gesso Localização de Riscos: Setor de Trabalho Campo de Operação Medidas de Controle:Sapato de segurança,Luva de látex ou luvas químicas, Óculos de segurança,Capacete, Máscara facial para pó (Uso continuo). Cinto de segurança com trava-quedas(para trabalhos em altura (Quando necessário).
  6. 6. Espaço obstruído Medidas Preventivas para os Riscos de Ambientais • Uso correto de EPI`S • Treinamento para execução das tarefas e para uso de equipamento de proteção fornecidos. • Correção das posturas de trabalho Risco de Acidente:Falta de organização • Guarda-corpo de proteção nas periferias das lajes e nos vãos das lajes e escadas. ATENÇÃO Em serviços de acabamento com gesso, deve ser utilizada luva química. Risco de quedas de nível
  7. 7. SETOR: FERRAGEM Números de Funcionários: 5 Riscos Ambientais: Físico: Ruído (operação da serra policorte) Químico: Poeira, Biológico: Tétano (perfuração com ferro),Ergonômico:Levantamento e transporte manual de peso, posturas inadequadas, movimento repetitivo. Riscos de Acidentes: Máquinas e Equipamentos sem Proteção, Queda de Altura, Amputação de quirodáctilos, Arranjo físico inadequado (no canteiro): entulhos da construção, fagulhas do corte de ferragem nos olhos,ferimentos nas mãos. Causas e fonte de risco: Anexo (foto) Fonte Geradora: Ferragem (local do trabalho) Localização de Riscos: Setor de trabalho campo de operação Medidas de Controle: óculos ou protetor facial, abafador de ruído, sapato de segurança, luva vaqueta, avental de raspa, ombreira de raspa (Uso contínuo).
  8. 8. Cobertura resistente p/ proteção dos trabalhadores contra a queda de materiais e intempéries. Disco sempre em bom estado e com proteção. Armazenamento de ferragens sem contato com o chão e de forma que não impeça a circulação. Sem Proteção As pontas de vergalhões devem ser protegidas. ATENÇÃO Avental de raspa: para proteção do tronco contra projeção de partículas. As bancadas de armação devem ser de material resistente e apoiadas de forma segura.
  9. 9. SETOR: BETONEIRA Números de Funcionários: 3 Riscos Ambientais: Físico: ruído (na betoneira), Químico: Poeira (cimento), Ergonômico:Levantamento e transporte manual de peso, posturas inadequadas, movimento repetitivo. Riscos de Acidentes: Máquinas e Equipamentos sem Proteção, Queda de Altura, Arranjo físico inadequado (no canteiro): entulhos da construção, Choque elétrico Causas: Anexo (foto) Fonte Geradora: Betoneira (local do trabalho) Localização de Riscos: Setor de trabalho campo de operação Medidas de Controle:botas de borrachas, abafador de ruído, sapato de segurança, capacete, luva de raspa ou vaqueta, óculos de segurança, máscara facial para pó (Uso continuo).
  10. 10. Bota de borracha para proteção dos pés e pernas para evitar o contato direto com o cimento. Extintor do tipo PQS ou CO2 Fator pessoal de insegurança: Ocorrência onde preexiste uma limitação ou alteração da condição psicofisiológica do empregado das partes móveis. Operador deverá ser qualificado nos termos da NR-18. Proteção das partes móveis
  11. 11. SETOR: PENEIRA Números de Funcionários: 4 Riscos Ambientais: Físicos: temperatura anormal (exposição solar continuo), Químico: poeira, Ergonômico: levantamento e transporte manual de peso (risco intermitente) esforço físico intenso, movimento repetitivo. Riscos de Acidentes: quedas, queimaduras (radiação solar). Causas: Anexo (foto) Fonte Geradora: Peneira Localização de Riscos: Setor de Trabalho Campo de Operação Medidas de Controle:capacete de proteção (chapéu para proteção contra o sol) botas impermeáveis, luvas, óculos de proteção.
  12. 12. Setor de trabalho sem cobertura para isolamento solar, exposição. ao calor. Espaço obstruído O acesso deverá ser desobstruído para circulação e movimentação dos trabalhadores, tendo assim um ambiente organizado. ATENÇÃO Fiação elétrica exposta, risco de acidente: quedas e choque elétrico.

×