História da educação período grego - monica e verlaine

11.044 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.044
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
223
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da educação período grego - monica e verlaine

  1. 1. História da Educação Período Grego Alunas: Monica Serena Durini Verlaine Gauger
  2. 2. • A educação grega era centrada na formação integral do indivíduo. Quando não existia a escrita, a educação era ministrada pela própria família, conforme a tradição religiosa.
  3. 3. • Os gregos desenvolveram a escrita utilizando o alfabeto fenício. Ele se compunha de 22 letras todas consoantes. Mais tarde, esse alfabeto foi aperfeiçoado pelos gregos, que acrescentaram as vogais. • Do alfabeto grego se formou o alfabeto latino.
  4. 4. Fenício Grego
  5. 5. • A escola ainda permanecia elitizada, atendendo aos jovens de famílias tradicionais da antiga nobreza ou dos comerciantes enriquecidos.
  6. 6. Educação em Esparta • Em Esparta a educação era organizada em os modo militares e dava-se ênfase à educação física. • O objetivo principal da educação espartana era transformar os cidadãos em bom soldados.
  7. 7. • A menina era educada pela mãe, mas praticava exercícios físicos. • Ter filhos era o papel principal das mulheres livres. • Ao nascer, a criança espartana era inspecionada por membros do governo, que verificavam seu estado de saúde.
  8. 8. • A partir dos sete anos, os pais (cidadãos) não controlavam a educação dos filhos, era obrigação do governo. • Nessa época não havia escolas, o aprendizado era feito em acampamentos militares.
  9. 9. Educação em Atenas • A educação em Atenas contrastava acentuadamente com aquela que era adotada em Esparta. • Paidéia: formação integral, do corpo, da alma e do espírito. • Eles acreditavam que sua cidade-estado tornar-se-ia a mais forte se cada menino desenvolvesse integralmente as suas melhores aptidões individuais.
  10. 10. • A educação ateniense tinha como objetivo principal à formação de • indivíduos completos, ou seja, com bom preparo físico, psicológico e cultural. • Por volta dos sete anos de idade, o menino ateniense era orientado por um pedagogo. As escolas eram particulares e nem todas as pessoas podiam pagá-las. Na escola, os jovens estudavam música, artes plásticas, Filosofia, etc. As atividades físicas também faziam parte da vida escolar, pois os atenienses consideravam de grande importância a manutenção da saúde corporal.
  11. 11. • Aos 18 anos de idade, o jovem entrava para o serviço militar. • O trabalho braçal era reservado para os escravos e não cidadãos. • Já as meninas de Atenas não freqüentavam escolas, pois ficavam aos cuidados da mãe até o casamento.
  12. 12. Bibliografia • FILHO, Geraldo Francisco. História Geral da Educação. Campinas SP: Alínea, 2003. • COTRIM, Gilberto.História & Consciência do Mundo. São Paulo SP: Editora Saraiva, 1997

×