Assessoria imprensa-comunicacao

1.637 visualizações

Publicada em

Slides produzidos para uma aula sobre assessoria de comunicação e imprensa.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assessoria imprensa-comunicacao

  1. 1. Produtos e serviços de umaAssessoria de Comunicação Angélica Vieira
  2. 2. OBJETIVOS:Apresentar os principais produtos e serviços de umaAssessoria de Comunicação e dar umavisão global da abrangência do trabalho doprofissional que atua na área.
  3. 3. ROTEIRO:•  O cenário•  A História•  Conceitos•  Produtos e Serviços•  Os personagens•  Cases•  Definições•  Considerações Finais
  4. 4. Comunicar: estabelecer comunicação entre; ligar, unir. COMUNICAÇAO
  5. 5. CenárioOs produtos, processos e fundamentos da comunicação são dinâmicos e tendem a evoluir seguindo as mudanças culturais e sociais.
  6. 6. “Instrumento essencial do processo de transformação em curso, o ato de comunicar conquista visibilidade para a importância universal que, no fundo, sempre teve. ” Edvaldo Pereira Lima
  7. 7. Dramatic Shift in Marketing Reality (Scholz & Friends)
  8. 8. HistóriaEm 1906, Ivy Lee estabeleceu primeiro escritório deassessoria de comunicação do mundo,em Nova Iorque.Missão: conseguir que o velho barão do capitalismoselvagem, John Rockefeller, deixasse de odiado,Passasse a ser venerado pela opinião pública.E ele conseguiu mudar a imagem de Rockefeller depois decontinuadas ações de envio de informações freqüentes àimprensa da época entre outras iniciativas.
  9. 9. HistóriaNo Brasil Assessoria de Imprensa no Brasil surgiu em , quando o 1909 presidente Nilo Peçanha criou a Secção de Publicações e Biblioteca do Ministério da Agricultura, tendo como uma dasprincipais finalidades distribuir informações à imprensa, a partir de notícias e notas. (Ar$go  publicado  no  site  Observatório  da  Imprensa  em  28  de  maio  de  2008,  por  Osmar  Monteiro  Mendes.) http://www.blogdacomunicacao.com.br/o-surgimento-da-assessoria-de-imprensa-no-mundo/
  10. 10. HistóriaEm 1937, durante o governo de Getúlio Vargas, foi criado oDepartamento de Imprensa e Propaganda (DIP) para atendera imprensa.O governo Vargas foi também o responsável pela criação docurso superior de Jornalismo, em plena ditadura.Após a II Guerra Mundial e a eleição de Juscelino Kubitschek,com investimento das grandes multinacionais,surgiram as práticas de assessoria de imprensa, queforam sendo adotadas aos poucos por empresas nacionais epela administração pública.
  11. 11. História O ressurgimento do processo democrático fez asentidades, empresas e empresários descobrirem que oassessor de imprensa era uma figura importante e necessária. Desde então, a atividade vem se profissionalizando e ganhando outra dimensão de trabalho.
  12. 12. ConceitosA Assessoria de Imprensaeficiente é aquelaque reúne e administra todas as informações que possam se tornar atraentes e divulgáveis pelos veículos de comunicação.
  13. 13. ConceitosA Assessoria de Comunicação é uma atividade deComunicação Social que estabelece uma ligação entre uma entidade (indivíduo ou instituição) e o público (a sociedade exposta à mídia).Em outras palavras, Assessoria de Comunicação é administração de informação. wikipédia
  14. 14. Atualmente, as principais atividades de umaAssessoria de Comunicação extrapolam a antiga meta de manter um programa de relacionamento com a imprensa, atendendosolicitações de jornalistas, sugerindo pautas do interesse dos veículos e acompanhando as notícias dos veículos.
  15. 15. ConceitosTradicionalmente ASSESSORIA Assessoria de Relações Públicas DE Imprensa COMUNICAÇÃO Publicidade e Propaganda
  16. 16. Interdisciplinariedade Na prática todas as áreas da comunicação são complementares e se interrelacionam entre si. Webmarketing Relações Públicas Comunicação Interna Marketing Assuntos corporativos Networking Produção editorial Gerenciamento de crisePuplicidade e Propaganda ASSESSORIA Assessoria de Imprensa DE Relações com a mídia COMUNICAÇÃO Pesquisa de Mercado Auditoria de Imagem Media trainnig Auditoria de performance Marketing de Permissão Comunicação Empresarial Consultoria de imagem Endomarketing Editoração Organização de eventos
  17. 17. Produtos e ServiçosAtualmente: amplo universo de serviços•  Assessoria de Imprensa •  Assuntos corporativos•  Marketing •  Consultoria de imagem•  Endomarketing •  Webmarketing•  Media trainnig •  Marketing de Permissão•  Relações com a mídia •  Gerenciamento de Redes•  Auditoria de performance Sociais•  Organização de eventos •  Comunicação Interna
  18. 18. Produtos e Serviços•  Networking •  Auditoria de Imagem•  Comunicação Empresarial •  Gerenciamento de crise•  Jornalismo Empresarial •  Produção editorial•  Pesquisa de Mercado •  Editoração •  Puplicidade e Propaganda •  Relações Públicas (Não são em teoria produtos da Assessoria, mas, principalmente em pequenas empresas, podem vir a ser. ) 
  19. 19. Personagens “Os jornalistas deverão mudar.E seu modo de pensar fragmentado, deverá tornar-se holístico.” Fritjof Capra http://sec.adtevento.com.br/intercom/2009/resumos/R4-2664-1.pdf
  20. 20. Personagens O profissional que atua em assessoria de comunicação exerce um papel essencial. Ele estabelece a ponte entre poderes públicos, a iniciativa privada e o terceiro setor com os meios de comunicação e, conseqüentemente com a própria sociedade.Como diz Mario Persona cabe a ele contar a “história” da empresa.
  21. 21. PersonagensOs clientes das Assessorias de Comunicação:•  empresas privadas,•  estatais,•  autarquias,•  governos,•  partidos,•  sindicatos,•  clubes,•  ONGs, ou indivíduos, entre outros.
  22. 22. Os públicos: EMPRESA Público Alvo Target (grupo de consumidores ou prospects aos quais é dirigida a comunicação) Público Interno Público Externo Grupo de pessoas dentro da empresa Grupo de pessoas fora da empresa com as quais ela (funcionários, vendedores, gerentes, tem que se relacionar (consumidores, prospects, acionistas etc) governo, imprensa, formadores de opinião.) Público Multiplicador Grupo de pessoas de fora da empresa (como imprensa, formadores de opinião etc) que exercem influência sobre as demais pessoas.   Público intermediário Grupo de pessoas de fora da empresa (distribuidores, varejistas, imprensa, formadores de opinião etc) que se relacionam com o consumidor final de seus produtos e serviços. SOCIEDADE
  23. 23. Os profissionais da comunicação devem traduzir as filosofias, políticas e práticas das empresas/ entidades para que sejam entendidas por todos os seus públicos. Sua missão é divulgar e reforçar – e às vezes transformar – a imagem corporativa.
  24. 24. Por trás de uma boa notícia, sempre existe uma boa assessoria de imprensa
  25. 25. CasesQuanto custaria aqui produzir e veicular um comercial de 30’
  26. 26. CasesMídia espontanea tem mais credibilidade que propaganda•  Nacional Expresso – Lead Comunicação•  Texto Souza Cruz http://www.leadcomunicacao.com.br/conteudo.aspx?cont=88
  27. 27. Enquanto a assessoria de imprensa trabalha para que a empresa seja bem citada em espaços não pagos, diferente da publicidade que desenvolve peças publicitárias e compra oespaço no veículo para que estas sejam veiculadas.
  28. 28. A vantagem de ser citadoem uma matéria jornalística é a credibilidade que ela trará para a marca ou empresa.
  29. 29. DefiniçõesAssessoria de ImprensaÉ transformar assessoria e os colegasinformação em notícia. da imprensa, queÉ identificar o que é avaliam se a sugestãonotícia no dia-a-dia de pauta ou nota édo cliente e fazer com interessante para oque ela chegue ao veículo e seu público.grande público sem a As tradicionaisnecessidade de ferramentas decomercializar o espaço trabalho do Assessorna mídia. Se baseia de Imprensa são osnuma relação de press releases, o pressconfiança entre os kit e a clippagem ouprofissionais da clipping.
  30. 30. DefiniçõesMarketing WebmarketingÉ uma função É a utilização intensiva e adequadaorganizacional e um dos recursos ações e estratégias doconjunto de marketing pela web.processos para criar, Compreende o uso inteligente docomunicar e fornecer e-mail (o e-mail marketing ouvalor percebido a marketing de permissão seria umclientes para caso particular do webmarketing);gerenciar da publicidade envolvida nosrelacionamentos com websites (os famosos banners e outrasclientes de forma que alternativas de seduzir o internauta) ebeneficiem a também o uso da interatividade paraorganização e seus agregar valor aos sites de empresasstakeholders. ou entidades. 
  31. 31. DefiniçõesGerenciamento deRedes SociaisA criação e o monitoramentodo conteúdo das páginas de derelacionamento docliente.Consiste também em mensurar ainfluência alcançada por taisferramentas (usando sites comotwittercounter, para análise dotwitter). Outra parte importantedo trabalho é oacompanhanmento daimgagem do cliente em redescomo o Facebook e Orkut etc.)
  32. 32. Estudo da IBM aponta que usuários das redes sociais devem ultrapassar os 800 milhões de internautas em 2012!http://oglobo.globo.com/tecnologia/mat/2009/03/03/redes-sociais-terao-800-milhoes-de-usuarios-ate-2012-diz- estudo-754667658.asp
  33. 33. DefiniçõesComunicação corporativaTambém conhecida comoempresarial ou institucional, junto aos seuscompreende um conjunto públicos de interessecomplexo de atividades, ações, (consumidores, empregados,estratégias, produtos e formadores de opinião, classeprocessos desenvolvidos para política ou empresarial,reforçar a imagem acionistas, comunidade acadêmica ou financeira,de uma empresa ou entidade jornalistas etc) e junto a opinião(sindicato, orgãos pública.governamentais, ONGs,associações universidades etc)
  34. 34. DefiniçõesEndomarketing Marketing de relacionamentoMarketing interno, inmarketing, é o conjunto O Marketing dede ações focadas no Relacionamentopublico interno e que tem representa uma novacomo objetivo maiorconscientizar postura na interação entre uma empresa oufuncionários e chefias entidade e seus clientes.para a importância doatendimento ao cliente.
  35. 35. DefiniçõesComunicação Interna Jornalismo EmpresarialÉ um conjunto de Abrange um amplo elenco demétodos e técnicas para atividades desenvolvidas eminformar, conscientizar, empresas e entidades visandomobilizar, motivar e a divulgação de seus fatostransformar o e realizações. Na prática elerelacionamento nas compreende não apenas asorganizações e seus ações de relacionamento compúblicos diretos a mídia mas a elaboração deque afetam seus veículos jornalísticos para aobjetivos sociais e comunicação commercadológicos. determinados públicos e com a sociedade em geral.
  36. 36. DefiniçõesProdução Editorial e Media trainnig Auditoria deEditoração imagem É um programa deÉ a criação de treinamento voltado É uma atividade queperiódicos, house principalmente para tem como objetivoorgans, mural, diretores e verificar comocartazes.. veículos e públicos porta-vozes de (ou a comunidade empresas e como um todo)Exemplo House Organ: instituições, com avaliam umaCorreio Classe o objetivo de empresa. prepará-los para o relacionamento adequado com a imprensa.
  37. 37. Gerenciamento de crise Definições
  38. 38. Gerenciamento de crise Definições1) Reconheça a crise 6) Seja claro e objetivo2)  Análise o fato e tenha explicações 7) Não fuja das respostas com frases3)  ou justificativas razoáveis evasivas3) Não minta nem disfarce 8) Prepare material especial para a imprensa, como comunicados e boletins4) Não negligencie o público,principalmente os jornalistas 9) Se prometeu, responda; não deixe o repórter aguardando por muito tempo5) Nunca responda de imediato, semconhecer a crise 10) Mantenha relacionamento interpessoal com todos da empresa assessorada.
  39. 39. Considerações FinaisAlém da integração com outros profissionais – relações públicas, propaganda e publicidade – numa equipe multifuncional e eficiente, existe hoje uma demanda por jornalistas que capazes de uma abordagem holística da comunicação.É cada vez maior o número de jornalistas em assessorias que passaram a exercer atividades multimídias (utilizando recursos do jornal, da televisão, rádio, Internet...).
  40. 40. Considerações Finais tendênciaHoje, a do mercado de trabalho sugere a atuação em conjunto com outros setores, desenvolvendo um processo de comunicação integrada.
  41. 41. Considerações FinaisA evolução também impulsiona o jornalista a buscar qualificação e competência para agir com sucesso num segmento cada vez mais competitivo. Esse profissional deve se superar e dominar conhecimentos sobre outras áreas e, principalmente, deve conhecer tudo sobre todos os meios de comunicação.
  42. 42. Dica de Ivy Lee•  Escreva as coisas mais importantes que você tem que fazer amanhã.•  Agora, numere-as por ordem de verdadeira importância.•  A primeira coisa que você fará amanhã de manhã será começar a trabalhar no item Número 1.•  Fique nele até que esteja completo.•  Então faça o item Número 2 da mesma forma.•  Depois o Número 3, a assim por diante.•  Não se preocupe se você não completar todos os itens do programa. Pelo menos você terá completado os projetos mais importantes antes de começar os de menor importância. http://revelacoespublicas.motime.com/archive/2006-04
  43. 43. FIM  

×