Formação do planeta terra e a origem da

11.232 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
375
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formação do planeta terra e a origem da

  1. 1. FORMAÇÃO DO PLANETA TERRA E A ORIGEM DA VIDA
  2. 2. FORMAÇÃO DO PLANETA TERRA • HÁ MAIS OU MENOS 4,6 BILHÕES DE ANOS, O PLANETA TERRA SE FORMOU EM CONSEQUÊNCIA DA CONDENSAÇÃO DE PARTÍCULAS VINDAS DO BIG BANG; • NO COMEÇO, TUDO ERA UMA ROCHA DERRETIDA, QUE DEPOIS DE ALGUM TEMPO, SE SOLIDIFICOU E FORMOU A SUPERFÍCIE TERRESTRE. NAQUELA ÉPOCA HAVIA MUITAS ERUPÇÕES VULCÂNICAS, E POR ESSA RAZÃO, A ATMOSFERA DA TERRA ERA COMPOSTA DE VÁRIOS GASES, PRINCIPALMENTE O OXIGÊNIO, HIDROGÊNIO E CARBONO; • HOUVE UM GRANDE PERÍODO DE CHUVAS, QUE DUROU MILHÕES DE ANOS, E AS PARTES DE TERRA QUE FICARAM EMERGIRAM FORMARAM OS CONTINENTES.
  3. 3. • O AMBIENTE ERA EXTREMAMENTE REDUTOR, CONSEQUENTE DA INEXISTÊNCIA OU BAIXA CONCENTRAÇÃO DO GÁS OXIGÊNIO (O2).; • OS GASES FORMADOS, SUBMETIDOS A FORTES DESCARGAS ELÉTRICAS, TIVERAM SEUS ARRANJOS INORGÂNICOS REORDENADOS, COLABORARANDO COM A GRADATIVA ALTERAÇÃO DA SITUAÇÃO ATMOSFÉRICA E “CLIMÁTICA”; • A TEMPERATURA GLOBAL FOI AMENIZANDO A PONTO DE OCASIONAR CHUVAS QUE PRECIPITAVAM AS SUBSTÂNCIAS, SE CONCENTRANDO NOS MARES QUE SE FORMAVAM; • NOS MARES, AS MOLÉCULAS AUMENTAVAM EM COMPLEXIDADE, SURGINDO ENTÃO AS SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS, TRANSFORMANDO OS MARES EM UM IMENSO CALDEIRÃO NUTRITIVO, DE ONDE SURGIRAM OS COACERVADOS.
  4. 4. ORIGEM DA ATMOSFERA • O SURGIMENTO DA ATMOSFERA OCORREU HÁ 4 BILHÕES DE ANOS, QUANDO O PLANETA TERRA, COMEÇOU A ESFRIAR, ENTÃO DO SEU INTERIOR FOI SENDO EXPELIDO VAPOR DE ÁGUA, E UMA CONSIDERÁVEL QUANTIDADE DE GASES, DENTRE OUTROS ELEMENTOS, QUE SE DIRIGIRAM EM DIREÇÃO AO ESPAÇO SIDERAL, AO REDOR DO PLANETA, EVENTO PROPORCIONADO PELA FORÇA GRAVITACIONAL.
  5. 5. A ORIGEM DOS SERES VIVOS • OS PRIMEIROS SERES VIVOS SURGIRAM PROVAVELMENTE HÁ CERCA DE 3,5 BILHÕES DE ANOS; • AS PRIMEIRAS FORMAS DE VIDA À SURGIREM NO PLANETA TERRA FORAM OS PROCARIONTES, FORMAS DE VIDA UNICELULARES QUE CONTINHAM DNA, DEPOIS OS EUCARIONTES QUE JÁ ERAM MAIS COMPLEXOS, CONTINHAM UM NÚCLEO E ALGUMAS ORGANELAS. TEMPOS DEPOIS, SURGIRAM OS VERMES ACHATADOS E CRIATURAS INVERTEBRADAS MAIS COMPLEXAS, COMO OS TRILOBITAS; • DEPOIS SURGIRAM OS PEIXES, QUE POR ALGUMA RAZÃO DESCONHECIDA, COMEÇARAM A SAIR PARA A TERRA FIRME, E DERAM ORIGEM AOS ANFÍBIOS QUE PODIAM ANDAR NA TERRA E DEPOIS EVOLUÍRAM AOS RÉPTEIS, QUE VIVIAM SEM DEPENDÊNCIA DA ÁGUA E DOS RÉPTEIS EVOLUÍRAM OS SINAPSÍDEOS, ANCESTRAIS DOS MAMÍFEROS, QUE PERMANECERAM ESCONDIDOS DURANTE O LONGO REINADO DOS DINOSSAUROS ATÉ SE TORNAREM OS DONOS DO MUNDO.
  6. 6. HIPÓTESE DA GERAÇÃO ESPONTÂNEA • ATÉ O SÉCULO XIX, IMAGINAVA-SE QUE OS SERES VIVOS PODERIAM SURGIR A PARTIR DE MATÉRIA SEM VIDA, DE UMA FORMA ESPONTÂNEA. ESSA IDEIA, PROPOSTA HÁ MAIS DE 2.000 ANOS POR ARISTÓTELES É CONHECIDA COMO GERAÇÃO ESPONTÂNEA; • NA GERAÇÃO ESPONTÂNEA, DETERMINADOS OBJETOS PODERIAM CONTER UM “PRINCÍPIO ATIVO”, ISTO É, UMA ESPÉCIE DE “FORÇA” CAPAZ DE TRANSFORMÁ-LOS EM SERES VIVOS; • ATRAVÉS DA GERAÇÃO ESPONTÂNEA, EXPLICAVA-SE, O APARECIMENTO DE VERMES NO INTESTINO HUMANO, COMO A LOMBRIGA, OU O SURGIMENTO DE ”VERMES” NO LIXO OU NA CARNE EM PUTREFAÇÃO.
  7. 7. HIPÓTESE EXTRATERRESTRE  • SVANTE ARRHENIUS (1859- 1927), SUPUNHA QUE, AS  POEIRAS ESPACIAIS E  METEORITOS CAÍRAM EM  NOSSO PLANETA  TRAZENDO CERTOS TIPOS  DE MICRORGANISMOS,  PROVAVELMENTE  SEMELHANTES A  BACTÉRIAS. ESSES  MICRORGANISMOS,  ENTÃO, FORAM SE  REPRODUZINDO, DANDO  ORIGEM À VIDA NA TERRA.
  8. 8. HIPÓTESE DE OPARIN  • ATÉ CHEGAR À FORMA QUE TEM HOJE, COM SEU RELEVO, RIOS,  OCEANOS, CAMPOS, DESERTOS E SERES VIVOS, A TERRA PASSOU POR  DIVERSAS TRANSFORMAÇÕES; • NAS ALTAS CAMADAS DA ATMOSFERA, OS VAPORES DE ÁGUA, NA  FORMA DE DENSAS NUVENS, RESFRIAVAM-SE E, CONDENSANDO-SE,  COMEÇARAM A CAIR COMO CHUVA. ERA O INÍCIO DO CICLO DA  ÁGUA, QUE OCORRE ATÉ HOJE (EVAPORAÇÃO => CONDENSAÇÃO =>  CHUVA); • SOMENTE QUANDO A SUPERFÍCIE DA TERRA SE RESFRIOU MUITO,  COMEÇOU A HAVER ACUMULO DE ÁGUA LÍQUIDA EM REGIÕES MAIS  BAIXAS, FORMANDO LAGOS, MARES E OCEANOS; • FOI NOS OCEANOS PRIMITIVOS QUE A VIDA DEVE TER SE ORIGINADO  A PARTIR DE MOLÉCULAS ORGÂNICAS COMPLEXAS.
  9. 9. EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO • EVIDÊNCIAS DA ANATOMIA COMPARADA • ESTRUTURAS HOMOLOGAS E EVOLUÇÃO DIVERGENTE  (ADAPTATIVA) • EVIDÊNCIA DA DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA • EVIDÊNCIA PARA MIGRAÇÃO E ISOLAÇÃO • DERIVA CONTINENTAL E DISTRIBUIÇÃO DE ILHAS  OCEÂNICAS • EVIDÊNCIAS DA EMBRIOLOGIA COMPARATIVA • EVOLUÇÃO DE MOLÉCULA E PROTEÍNA AMPLAMENTE  DISTRIBUÍDAS • EVIDÊNCIAS DA ESPECIAÇÃO
  10. 10. LAMARQUISMO • O LAMARQUISMO FOI  PROPOSTO NO SÉCULO XIX.  • LAMARCK ACREDITAVA QUE  MUDANÇAS NO AMBIENTE  CAUSAVAM MUDANÇAS  NAS NECESSIDADES DOS  ORGANISMOS QUE VIVEM  NESSE AMBIENTE, O QUE  CAUSAVA MUDANÇAS NO  SEU COMPORTAMENTO.
  11. 11. PRIMEIRA LEI - USO E DESUSO • OS ÓRGÃOS UTILIZADOS CONSTANTEMENTE TENDEM A SE DESENVOLVER, ENQUANTO ÓRGÃOS INUTILIZADOS PODEM SOFRER ATROFIA; LAMARCK ACREDITAVA QUE UMA MUDANÇA NO AMBIENTE FAZIA COM QUE AS NECESSIDADES DOS ORGANISMOS TAMBÉM MUDASSEM, CAUSANDO UMA ALTERAÇÃO NO COMPORTAMENTO DAQUELE ORGANISMO. ESTAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS FAZIAM COM QUE DETERMINADA ESTRUTURA OU ÓRGÃO FOSSE MAIS OU MENOS USADO. O USO CAUSARIA O AUMENTO DE TAMANHO DAS ESTRUTURAS, ENQUANTO O DESUSO CAUSARIA A DIMINUIÇÃO OU ATROFIAMENTO DAS ESTRUTURAS, OCASIONANDO O DESENVOLVIMENTO OU DESAPARECIMENTO DESSA.
  12. 12. SEGUNDA LEI - TRANSMISSÃO DOS CARACTERES ADQUIRIDOS • AS CARACTERÍSTICAS DO USO E DESUSO SERIAM HERDADAS POR GERAÇÕES SEGUINTES E A ADAPTAÇÃO SERIA CONTÍNUA E GRADUAL DOS ORGANISMOS DIANTE DOS HABITOS AO SEU AMBIENTE.
  13. 13. DARWINISMO • DARWINISMO É UM CONJUNTO DE MOVIMENTOS E CONCEITOS RELACIONADOS ÀS IDEIAS DE TRANSMUTAÇÃO DE ESPÉCIES , SELECÇÃO NATURAL OU DA EVOLUÇÃO • A CARACTERÍSTICA QUE MAIS DISTINGUE O DARWINISMO DE TODAS AS OUTRAS TEORIAS É QUE A EVOLUÇÃO É VISTA COMO UMA FUNÇÃO DA MUDANÇA DA POPULAÇÃO E NÃO DA
  14. 14. IDÉIAS DO DARWINISMO • NO FINAL DO SÉCULO XIX PASSOU A SIGNIFICAR O CONCEITO DE QUE A SELEÇÃO NATURAL E A ESPECIAÇÃO ERAM OS ÚNICOS MECANISMOS DE EVOLUÇÃO, EM CONTRASTE COM O LAMARCKISMO E O CRIACIONISMO.
  15. 15. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • www.wikipedia.com.br • www.sobiologia.com • www.infoescola.com.br • www.escolabrasil.com • www.clickideia.com.br

×