2
GAZETADOSANTACÂNDIDA
Atingindo a maioria dos bairros da nossa região.
Anuncie
8433-7462
3328-0176
Diretor: Adilson da Co...
3
A terceira edição do Bazar Vegano
no Boa Vista, próximo a ciclovia Flá-
vio Dallegrave, um evento abolicionista
e autoge...
4
O jornal de bairro mais antigo de Curitiba comemora 25 anos
Festa do Jornal Água Verde reuniu autoridades, empresários e...
5
Antes da IV Conferência Municipal
pelos Direitos da Pessoa com Deficiên-
cia, ocorreram três pré-conferências que
englob...
6
7
Política internacional.
Aquilo que você não lê na imprensa comercial.
No último dia 03, na Emater/PR,
foi realizado o 1º...
8
O industrial e Cônsul da República Árabe Síria no Paraná e Santa Catarina, Dr. Abdo Abage.
Ligue e agende uma visita - O...
9
A regional Boa Vista tem o re-
torno dos cursos gratuitos de téc-
nica vocal e práticas de coral pelo
projeto “Nosso Can...
10
11
Liquidação de Muletas -Venha
correndo!
Mamãe, por que você bateu naquela
mulherqueagenteviuchorandono
túmulodopapai?
O ...
12
Anuncie aqui.
Quem anuncia, vende mais!
9894.1462
Paraná já é o Estado que mais produz carnes do País
O crescimento da ...
GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015

4.118 visualizações

Publicada em

Edição distribuída nos bairros da região norte de Curitiba

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.118
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.489
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GAZETA SANTA CÂNDIDA SETEMBRO 2015

  1. 1. 2 GAZETADOSANTACÂNDIDA Atingindo a maioria dos bairros da nossa região. Anuncie 8433-7462 3328-0176 Diretor: Adilson da Costa Moreira - Fones 8433-7462 e 3328-0176 Dep. comercial: Sharon Simão Zunino Rua Canadá, 2108 - Ap. 32 - Bloco B-3 - Bacacheri - Curitiba E-mail: gazetasantacandida@gmail.com Tiragem: 10.000 exemplares www.gazetasantacandida.com.br / www.gazetasantacandida.blogspot.com As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal. EXPEDIENTE GAZETADOSANTACÂNDIDA Atingindo a maioria dos bairros da nossa região. Anuncie 8433-7462 3328-0176 www.gazetasantacandida.com.br www.gazetasantacandida.blogspot.com Três jovens foram detidos pela Guarda Mu- nicipal (GM), no dia 22 de Setem- bro, devido ao crime de picha- ção. O flagrante aconteceu na Avenida Anita Garibaldi, na re- gião da Barreirinha.Mui- tostranquilos,um rapaz de 18 anos, outrode19anosemaisumde18anos, estavam supostamente grafitando um muro, naAvenidaAnita Garibaldi, no bairro Barreirinha. ElesAproveitaram a oportunidade para pichar o ponto de ônibus e a calçada. Um dos jovens de 18 anos, já tem um grande histórico de pichações pela cidade, estava sendo monitorado pe- las redes sociais e vias públicas, por onde passou ele deixou sua marca. “A pichação é um crime ambiental, por isso necessita da união de várias MAIS TRÊS PICHADORES SÃO PRESOS PELA GUARDA MUNICIPAL frentes do poder e também da socie- dadeparaprevenirecombater,empro- teção ao patrimônio”, disse o Inspetor Frederico. A pichação é um crime previsto no artigo65daLeideCrimesAmbientais. Além da multa no valor de R$ 1.804,88, Os infratores também ficam impedidos de participar de concurso públicomunicipalpeloperíododedois anos. A população pode e deve ajudar fazendodenúnciasatravésdofone153. AAssociaçãoMãosAmigasdoAbaetécomseusmembroscontinuam batalhandoparaembelezarerevitalizaroConjuntoresidencialAbaeté, commuitosvoluntárioscolaboradoresresidentesnacomunidade. Em parceria com o Jornal Gazeta Santa Cândida estarão lançando no mês de outubro, um projeto de decoração e arte nos muros do bairro. O desejo do projeto é chegar a todas as ruas da região e por isso estarão trabalhadoparaconseguiralastrarestemovimentodecorealegria por todo o lado! Serão feitas intervenções junto com moradores para que seusmurostenhama“artedografite’’,coresesignificadosmais vivo nas ruas.Vamos acabar com a pichação e integrar a participação de jovensgrafiteirosquepossamensinaraverdadeiraartedografitecomo formademanifestaçãoartísticasemespaçopúblicos. Contatos: Rua: Professor Omar Gonçalves da Motta, 695 ConjuntoResidencialAbaeté 9894-1462 e 8433-7462 PROJETO ''MAIS VIDA E CORES PARA O MEU BAIRRO''
  2. 2. 3 A terceira edição do Bazar Vegano no Boa Vista, próximo a ciclovia Flá- vio Dallegrave, um evento abolicionista e autogestionado, que reúne produto- res veganos artesanais de Curitiba, re- gião metropolitana e litoral do Paraná, das áreas de gastronomia, cosméticos, permacultura, ativismo, artes visuais e outras áreas culturais. O Bazar é um evento colaborativo, horizontal e promove a sustentabilidade de diversas maneiras: desde a cadeia de produção artesanal sem ingredien- tes de origem animal considerado os principais fatores do desmatamento e consumo da água; utilização de emba- lagens retornáveis; destinação do lixo orgânico para compostagem; hortifrúti e mudas da agricultura familiar urba- na; promoção da utilização de meios alternativos de transporte até o local do evento; e promoverá um mural de caronas solidárias. Estarão presentes nessa edição re- presentando a gastronomia: vegAninha comlinguiçasequeijosvegetaisaR$10, mudas e hortifrútis orgânicos a R$2, mini pizzas e quiche a R$5; Zen Sushi BAZAR VEGANO NO BAIRRO BOA VISTA Veg com Temaki a R$10; Cogumelos Beltramim com patê de champignon a R$10, champignon em natura 300 g a R$7 e em conserva 700g a R$15; Cer- vejaria Xamã com English Pale Ale a R$7 eAmerican IPAa R$8; Sunny Cakes com cupcakes; Buena Vibra com trufas e pão de queijo vegetal; e o lançamento da Origamika com granola e ceviche crudívoro; Cuidados naturais e produtos de limpeza sustentáveis com Prema; Artista visual abolicionista Ederson Maksemiv; Flash Day de temas abolicionistas com Paula Garcia Tattoo com valores de R$25 a R$75. Durante todo o evento a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) estará pre- sente com camisetas, livros, adesivos e material informativo, divulgando o veganismo e convidando o público para trocas de informações. As 14:00h inicia a discotecagem com DJ Baqueta (CapãoHouse). As 15:30h acontece uma oficina de comida viva, onde a Origamika ensina a preparação de um Ceviche vegano.As 17:00h inicia a projeção do documentário COWSPIRACY com espaço para de- bate após a exibição. Fica o convite para curtir a véspera do feriado das crianças no Bazar Vegano no Boa Vista. Serviço: Bazar Vegano Dia 10 de outubro das 11:00 às 19:00 horas, acontece a Local: Rua Leão Sallum, 1446 – Boa Vista. Curitiba/PR Entrada: Gratuita Pagamento: Apenas em dinheiro. VENHA DE BIKE HOSPITAL PEQUENO PRINCÍPE EM CRISE POR ATRASOS NOS REPASSES DE RECUROS PÚBLICOS “Precisamos falar sobre saúde”, diz diretor do Pequeno Princípe A gente só consegue conversar so- bre o dinheiro que a prefeitura está nos devendo e não sobre saúde. Temos aqui omaiorconhecimentosobrepediatriado continente, e o gestor do SUS não quer conversar sobre isto”, reclamou José Álvaro Carneiro, diretor corporativo do Hospital Pequeno Príncipe.Aafirmação foi feita à Comissão de Saúde, Bem-Es- tar Social e Esporte da Câmara de Curitiba nesta quinta-feira (24), durante uma visita à instituição. A diligência teve o objetivo de con- versar com a direção sobre sua atual si- tuação financeira, já que 63% do atendi- mento do HPP é feito pelo SUS, e assim com os demais hospitais conveniados, o hospital tem sofrido com atrasos no re- passe de recursos públicos. “A situação da rede conveniada ao Sistema Único de Saúde, o SUS, não é boa em Curitiba. Queremos saber como está o Pequeno Príncipe, pois outras instituições correm o risco de fechar”, disse Noemia Rocha, presidente do colegiado. Segundo José Álvaro Carneiro, os atrasos no repasse de verbas da União começaram em 2013, e a Secretaria Mu- nicipaldeSaúde(SMS)–gestoradoSUS em Curitiba – deve cerca de R$ 10 mi- lhões com encargos financeiros e juros. “Oparcelamentodepartedestadívidasó foiacertadoemjuízoporqueoshospitais conveniados entraram com uma ação no MinistérioPúblico”,completou. Entretanto, para o diretor corporativo dohospital,estenãoéoprincipalproblema da rede contratualizada. “A Prefeitura de Curitiba está sendo obrigada a pagar em diaosrepasses.Maselaéimaturaempen- sar que os problemas financeiros estão acimadasquestõesrelacionadasàsaúde”, disse, ao informar aos vereadores que a SMSnão“estáabertaaouvirideiasede- bater as demandas da rede”. JoséÁlvaroCarneiroexplicouqueapau- ta da rede contratualizada vai além do re- passederecursosemdia:“Opoderpúblico precisarepensaroscustosdasaúdeerevi- saratabeladoSUS.Perceberqueaestru- turadoshospitaisconveniadosprecisade investimentos e repensar o sistema de regulação de saúde [acesso dos usuários aosserviçosdesaúde.Hoje,oHPPfunci- onacomoumaUPApediátricaporquefal- tampediatrasnospostosdesaúde”. Apresidentedacomissãoreconheceu as dificuldades apontadas pelo diretor e reforçou o compromisso de levar as de- mandas da rede conveniada ao prefeito GustavoFruet.“Temosvisitadooshospi- tais justamente para conhecer a realida- deesabercomoajudarenquantoComis- são de Saúde.Além disto, temos acom- panhado de perto a questão do repasse derecursoseacreditoqueéfundamental o pagamento em dia para manter o aten- dimento à população. Os pacientes não podemserprejudicados”,frisou.
  3. 3. 4 O jornal de bairro mais antigo de Curitiba comemora 25 anos Festa do Jornal Água Verde reuniu autoridades, empresários e comerciantes do bairro Água Verde Diversasautoridades,empresáriose comerciantes do bairro Água Verde participaram da festa de 25 anos do JornalÁguaVerde,naquinta-feirapas- sadanoInvoltiniRistorante. O jornal Água Verde é o mais anti- go de Curitiba, com circulação ininterrupta por 25 anos. Foi fundado porJoséGileMiriamReginaPinto. AtualmenteojornalÁguaVerdetra- balha em sistema de parceria com a Gazeta do Santa Cândida. Entre os convidados, três usaram a palavra: escritor Nilson Monteiro, re- presentandoogovernadorBetoRicha; cônsuldaSíria,AbdoAbage,eolivrei- ro e editorAramis Chain. Confira a seguir as fotos dos home- nageados. Talita, Adilson, Gil, Bruna e a pequena Anita LivrariadoChain Cônsul da Síria Dr.AbdoAbage Dr. Francisco Souto Neto RomaImóveis Centro Diagnóstico ÁguaVerde - CEDAVLiderançaHomeDesign Além de produzir informações do bairro, o jornal Água Verde produz literatura. Ao longo dos anos de tra- balho, algumas reportagens e matéri- as se transformaram em livros. Diretores e colaboradores do jor- nal participaram de eventos sobre imprensa comunitária em países como Suiça, Líbia e Venezuela. Entre os livros publicados pelo jor- nal, o primeiro deles foi “Pioneiros do bairro Água Verde”, resgatando a his- tória das famílias de pioneiros do bair- ro. Depois foi editado “A história do MovimentoCineclubistaParanaense”, e depois livros sobre conflitos naAr- gentina, Venezuela, Líbia e Paraguai, países por onde nossos repórteres visi- taram a convite de movimentos popu- lares e autoridades. No momento a equipe se prepara para viajar à Síria.
  4. 4. 5 Antes da IV Conferência Municipal pelos Direitos da Pessoa com Deficiên- cia, ocorreram três pré-conferências que englobaram cada uma três regionais da cidade. A primeira recebeu sugestões de propostas dos cidadãos das regionais San- taFelicidade,CidadeIndustrialdeCuritiba – CIC e Portão; a segunda, das regionais Pinheirinho, Bairro Novo e Boqueirão; e a terceira, das regionais BoaVista, Cajuru e Matriz realizado no Salão da Igreja dos Santos do Últimos dias no Tingui. Em cada uma das pré-conferências participa- ram mais de 100 pessoas e foram eleitos cinco delegados, que terão poder de voz e voto na conferência em outubro. Nos dias 15 e 16 de outubro aconte- ce a IV Conferência Municipal pelos Direitos da Pessoa com Deficiência, no auditório do bloco bege da Universidade Positivo. No dia 15 o evento é das 8h às 18h e no dia 16, das 8h30 às 12h. Acon- ferência reúne aproximadamente 300 pessoas interessadas na inclusão, que discutem assuntos relacionados ao tema PRÉ- CONFERÊNCIA PELOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA ELEGEM SEUS REPRESENTANTES central, deliberado pelo CONADE (Con- selho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência): “Os desafios na implementação da política da pessoa com deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos”. Além destas pessoas, participam da conferência, com direito a voz e voto, os delegados natos, que são os conselhei- ros titulares e suplentes do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (36 pessoas); 50 delegados indicados pelas entidades (pessoas que participam da direção das entidades); 50 pessoas com deficiência que são beneficiárias destas entidades; seis re- presentantes não governamentais dos conselhos municipais ligados à temática da pessoa com deficiência e 133 delega- dos dos órgãos da Prefeitura Municipal de Curitiba. Há ainda a possibilidade de participar como convidado, com direito a voz, mas sem direito a voto; e como observador, sem direito a voz ou voto. Durante a IV Conferência Munici- pal pelos Direitos da Pessoa com Defi- ciência, o grupo debate três eixos temáticos, quando sugere propostas a serem levadas para as etapas estadual e nacional das conferências, que ocorrem em dezembro de 2015 e maio de 2016, respectivamente. Os eixos temáticos são: “Gênero, raça, etnia, diversidade sexual e geracional”, “Órgãos e instâncias de participação social” e “Interação entre os entes e poderes federados”. Também haverá a eleição do grupo de delegados que participará da conferência estadual. LEMBRANDO DLEMBRANDO DLEMBRANDO DLEMBRANDO DLEMBRANDO DAS PRÁTICAS SAAS PRÁTICAS SAAS PRÁTICAS SAAS PRÁTICAS SAAS PRÁTICAS SAUDÁVEIS PUDÁVEIS PUDÁVEIS PUDÁVEIS PUDÁVEIS PARA SAÚDE BUCALARA SAÚDE BUCALARA SAÚDE BUCALARA SAÚDE BUCALARA SAÚDE BUCAL Você gostaria de ter a certeza de que os seus dentesrealmenteestãobemcuidados?Aquiestão algunserroscomuns,queaspessoascometemna hora da higiene bucal. Escovar muito rapidamente - Muitas pes- soas não passam tempo suficiente escovando seus dentes. Dentistas recomen- dam uma escovação de dois a três minutos, mas poucos persistem por tanto tempo. Da próxima vez em que for escovar os dentes, fique de olho no relógio para ver quan- to tempo você costuma gastar. Se for pouco, adquira o hábito de mar- car o período de escovação com o cronômetro do celular, principalmente quando você está morrendo de sono ou atrasado para o trabalho. Caso tenha uma escova de dentes elétrica, programe o timer que vem incluso. Não prestar atenção na escovação Certifique-sedeseolharnoespelhoenquanto escovaosdentes.Assim,alémdeterumachance de admirar sua beleza, você poderá ficar de olho no progresso da escovação. É fácil perder a área dalinhadagengiva,queéapartemaisimportante, pois é o lugar em que placa, tártaro e bactérias podem crescer e trazer inflamações e infecções dasgengivas,tambémconhecidoscomogengivite. Também fique de olho nos molares (os dentes da parte traseira da boca) - é possível que a parte internadassuasbochechasimpeçaqueaescova chegueatéeles. Lembre-se: ao prestar mais aten- çãonahoradeescovarosdentes,será mais provável perceber algo de errado comseusdentes,comofalhas,fraque- zas,bruxismo,entreoutros,quedevem seravisadosaodentista. Escovar de forma errada - O es- maltedentárioéumtecidoquecobree protege os dentes.Ao escovar de um ladoparaooutro,vocêpodedesgastar o esmalte dental, levando a quebras e fraqueza nos dentes. Dentistas recomendam segurar a es- cova em um ângulo de 45 graus e escovar da gengivaàpontadosdentesemsuavesmovimen- toscirculares. Usar força excessiva - As chances de des- gaste do esmalte dental são maiores se a escovação é muito forte, se há uso de escovas com cerdas duras e rígidas (dentistas recomen- dam o uso de cerdas macias) ou se você tem o hábito de cerrar ou ranger os dentes. Esses fato- res, em conjunto com uma escovação errada e bruta, normalmente causam entalhes próximos à linhadegengiva,chamadasderetraçãogengival. Usar escova com cerdas muito duras Certifique-se de comprar uma escova com cerdasmaciasparaminimizarodano;mesmoas- sim, sua escova de dentes pode causar lesões, casosejausadaincorretamente. Também é aconselhável trocar sua escova a cada três meses - ou em um período menor, se estiver desgastada. Com o tempo, as cerdas da escovadedentespassamasequebrar,comouma ponta-dupla de cabelo e bactérias entram nessas pequenas fissuras. Para minimizar o crescimento dos germes, limpe sua escova com água quente após o uso e deixe que se seque completamente. Utilizar pasta de dente que danifica o es- malte dental- Por serem abrasivas, as pastas de dentefeitasdebicarbonatodesódiosãoboaspara tirarmanchas,noentantoissotambémsignificaque elastêmmaiorefeitonoesmaltedodente,causan- do desgaste. Evite pelo mesmo motivo as pastas que dizem no rótulo clareadoras ou branqueadoras. Nãopassarofiodentaldevidamente-Ofio dentalageondesuaescovadedentesnãoalcança. Cáriessãocomumenteformadasemsuperfíciesem que dois dentes se tocam.Assim, bactérias ficam presasnesseespaçoesealimentamdoaçúcaren- contradonosalimentos,produzindoquímicosque desgastamoesmaltedentalecomeçamaseinfiltrar nadentina,terceiracamadadaformaçãododente. Casoabactériaconsigaseinfiltrareseespalharna dentina,issopodeproporcionaroiníciodoprocesso deapodrecimentodosdentes. Não lavar após a escovação - Uma boa escovação e o bom uso do fio dental irão liberar a placa repleta de bactérias da superfície do seu dente. Porém, é preciso um pouco mais para se certificar que as bactérias vão, de fato, deixar a sua boca. Faça um bom bochecho com um enxaguantebucalsemálcool,duranteumminuto, pelo menos uma vez ao dia. Seguindoessasdicaspodemosassegurarque você proporcionou ao seu ambiente bucal uma higiene de qualidade! Visiteseucir.dentistaregularmenteparaevitar futurosproblemassemsolução. Dra.Andréia Paula Costa Cirurgiã Dentista - CRO 11593 Telefone (41) 3155.0062
  5. 5. 6
  6. 6. 7 Política internacional. Aquilo que você não lê na imprensa comercial. No último dia 03, na Emater/PR, foi realizado o 1º? Encontro dos Comitês Gestores Municipais (Programa do Leite das Crianças) de Curitiba e Região Metropolita- na. Foram aproximadamente 126 participantes, representando 38 municípios, contando que, cada re- gional de Curitiba equivale a 1 mu- nicípio no PLC. A abertura foi feita pelo Secre- tario da Agricultura, Sr. Norberto Anacleto Ortigara que enalteceu a importância dos comitês fortes e atuantes e o crescimento que o pro- grama vem tendo em todas as regi- ões do Paraná, sendo um grande incentivo para pequenos e grandes produtores que abraçaram o pro- grama, fazendo com que milhares de crianças recebam o litro de lei- te por dia, enriquecido com vitami- nas A, D, E e Ferro Quelato. Só em Curitiba são aproximadamente 3.900 famílias inseridas no progra- ma. A dupla Givan e Conceição fa- zem a abertura tocando e cantando músicas de raiz, eles que perten- cem ao comitê gestor municipal do Boqueirão. Nos dois momentos foram mui- to produtivos em reunião em 3 gru- pos. Cada grupo apresentou um re- sumo do trabalho do CGM e ao fi- nal, as propostas foram compiladas 1º ENCONTRO DO PROGRAMA DO LEITE DAS CRIANÇAS num documento que será entregue ao secretário de Agricultura, con- tendo sugestões para melhorar ain- da mais o programa que já é bom. Um dos relatores foi o Sr. José Cândido do Comitê Gestores do Boa Vista que atua no Jardim Ali- ança, do bairro Santa Cândida.
  7. 7. 8 O industrial e Cônsul da República Árabe Síria no Paraná e Santa Catarina, Dr. Abdo Abage. Ligue e agende uma visita - Orçamento sem Compromisso (41) 9520-8651 e 9627-3488 Eduardo Messaggi Gesso Driwall Sancas Molduras Consertos rápidos A SÍRIA NA COMBALIDA ORDEM MUNDIAL A Síria, em que pese todos os esfor- ços dos países que compõem a OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte, para a desestabilização do gover- no do Presidente Bashar Al Assad, vem se sustentando com o enorme sacrificio de seu povo e suas forças armadas no sentido de evitar que se estabeleça na região do Oriente Médio, uma nova Or- dem Mundial que sirva exclusivamente aos interesses daqueles países, incluin- do-se aí a traição de alguns países ára- bes, entre eles a Arábia Saudita e o Katar. Acomunidadeinternacionalsabeexa- tamente o que acontece na Síria, mas procura disfarçar a veracidade dos fa- tos, tentando fazer passar a falsa idéia dequeaSíriavemenfrentandoumaguer- ra civil para a derrubada do Presidente Bashar, na tentativa de se estabelecer uma Democracia naquele país, nos mol- des da mesma que tentaram estabelecer no Iraque e não deu certo, no Afeganistão e não deu certo, na Líbia e não deu certo, no Egito e não deu certo, e em outros países mais, que estão à beira do colapso social e econômico. O Presidente Barack Obama, decla- rou há poucos dias em entrevista na Casa Branca, que tem enviado armamento para a Síria, mas somente para a “oposi- ção moderada,” como se fosse possível existir “oposição moderada” no campo de batalha. Causa espanto o Presidente da maior potência do mundo confessar tamanha insensatez. Faltou dizer que a indústria bélica americana está cola- borando para o massacre do povo sírio, assim como para a destruição de alguns dos mais belos sítios arqueológicos do mundo, a exemplo de Palmira. A economia americana que encontra- va-se decadente até há bem pouco tem- po, vem se recuperando graças a venda de armamento para todo o mundo concomitantemente com o fomento de guerras e guerrilhas que lhes garantem o esvaziamento dos estoques dos mais variados tipos de armas e munições. Não foi por outro motivo que eclodiu a Primeira Guerra Mundial, quando se usou como desculpa o assassinato em Sarajevo do herdeiro do trono austro- húngaro, o arqui-duque Francisco Ferdinando e sua esposa a princesa So- fia. Os principais países atores daquela guerra, simplesmente não tinham mais onde estocar seus arsenais e armamen- tos e a saída foi a eclosão de uma das guerras mais sangrentas e devastadoras que o mundo já viu. Sabe-se que os EUA tem atualmente mais de 1.000 (mil) bases militares es palhadas ao redor de mais de 150 (cento e cinquenta) países. A manuten- ção e funcionamento dessas bases, de- mandam um efetivo de aproximadamen- te 300.000 (trezentos mil) homens ao custo também aproximado de cento e dez bilhões de dólares anuais. Certamente, sem medo de errar, com essa fortuna despendida anualmente para a sustentação desse monumental apara- tobélico,omundopoderiaempoucotem- po saciar a fome da horda de desespe- rados e famintos que estão invadindo a Europa, vindos mormente da África e do Oriente Médio. O dia 11 de setembro de 2001, data em que o governo americano implodiu as torres gêmeas de Nova Iorque, foi o marco inicial da subversão da ordem mundial até os dias de hoje. Já não há mais dúvidas sobre a de- molição programada das torres gêmeas. Diga-se a bem da verdade, que não fo- ram somente duas as torres implodidas naquele fatídico 11 de setembro. Exata- mente as 17:20 horas do mesmo dia foi implodida a terceira torre, a de número 7 de 47 andares, do mesmo complexo World Trade Center. Nenhuma engenharia do mundo ex- plica a queda daquelas torres pelo im- pacto dos dois aviões. Para fazer uma estrutura de aço desabar e virar pó como ocorreu, é necessária uma carga bem poderosa de explosivo de alta potência como o que foi usado nas três torres, explosivo esse de uso exclusivo das for- ças armadas, que atende pelo nome de nano-térmita. O “atentado” das duas torres gême as serviu para justificar a invasão do Afeganistão, então a maior reserva de gás natural do mundo e posteriormente a invasão do Iraque, então a terceira maior reserva de petróleo do mundo. Tudo com a desculpa vergonhosa de fa- zer crer que os EUA foram atacados por um bando de terroristas. Aliás, a comu- nidadetécnicaecientificamundialjásabe que os aviões foram direcionados até as torres por mísseis teleguiados. A mentira do “atentado” ao Pentágono juntamente com a das torres gêmeas é a mais patética que os EUA tiveram o desplante de pregar ao resto do mundo. Sabe-se que também foi um míssilqueproduziuoestragoinfinitamen- te menor do que seria o de um avião pro- jetado sobre a muralha daquela “fortale- za”. A terceira torre, que foi implodida as 17:20 h da tarde do mesmo dia, continha todos os arquivos das três maiores fa- lências fraudulentas dos EUA, a HALLIBURTON de petróleo, a ENRON de energia, e a WORLDCOM de comunicações, produzidas pelo cére- bro maquiavélico do Vice-Presidente da desastrada e calamitosa administração Bush, o Senhor Dick Cheney. Teria sido queima de arquivo? Produzir a morte de 2.977 cidadãos para se apoderar da maior reserva de gás natural do mundo e da terceira mai- or reserva de petróleo do mundo é atitu- de de um governo que se diz civilizado e democrático? Deixo as respostas com os leitores. ABDO DIB ABAGE CÔNSUL HONORÁRIO PR/SC
  8. 8. 9 A regional Boa Vista tem o re- torno dos cursos gratuitos de téc- nica vocal e práticas de coral pelo projeto “Nosso Canto” assim tam- bém as regionais Santa Felicidade, Pinheirinho e Cajuru. As aulas são oferecidas com orientadores do Coro da Camerata Antiquá de Curitiba e supervisão da regente Mara Campos de São Paulo. Na Regional Boqueirão o pro- jeto ganhou vida, com cerca de 3 mil alunos assistidos nestes 14 anos, hoje o “Nosso Canto” é inte- grado a diversas organizações da comunidade. Semanalmente são realizadas apresentações em igre- jas, aulas em clinicas de saúde, hos- pitais psiquiátricos e a dependen- tes químicos. O idealizador do projeto e orientador da regional, Eli Siliprandi, explica que as aulas ser- vem para educação musical, mas também para descobrir novos ta- lentos. “Muitos alunos que passa- Nena Mallassa, casada mãe de dois filhos Medsson e Marlon Malassa. Gestora empresarial pela FIEP, ex – agente comunitá- ria de saúde, líder da pasto- ral da criança há 15 anos, sempre envolvida com as causas comunitárias e soci- ais da região de Curitiba. Candidata ao conselho tute- lar por acreditar que a famí- lia é base para uma criança e um adolescente poder crescer e pen- sar em um futuro, desta forma seus di- reitos devem ser assegurados, Quero fazer valer que as leis e o acesso de Cursos de técnica vocal e canto coral na Regional Boa Vista ram por aqui se encontram na mú- sica, e continuam seus estudos na área”, conta Eli. São várias as melhorias que o ensino de canto coral proporciona, explica o orientador da regional Pinheirinho Sidney Gomes, “nas aulas trabalhamos muito a constru- ção coletiva, ´e um momento em que o indivíduo se vê como parte de algo maior. Também estimula- mos a troca de conhecimento mu- sical, possibilitando através da his- tória, acesso a músicas que não chegariam ao aluno de outra for- ma”, conta Sidney. Outro ponto ressaltado pelo Fernando Klemann, orientador da Regional Santa Felicidade, foi a adesão da família ao curso. “Nor- malmente a mãe vem sozinha e logo traz os filhos e o marido para fazer o curso também, isso gera uma interação e união familiar incrível. É muito interessante! ”, observa Fernando. Os participantes da oficina de técnica vocal terão aulas sobre fi- siologia da voz, impostação e dic- ção, entre outros assuntos. Já nas práticas de coral, será trabalhado um repertório específico para gru- pos vocais, com vários gêneros musicais. Para participar do grupo não é necessário ser cantor profissional. As inscrições são aceitas durante todo o ano para novos integrantes. Veja a relação das oficinas de téc- Conselho Tutelar - candidata Nena Mallassa - vote 2002 nossas crianças a oportunidades que são de direito sejam assegurados. Peço seu voto de confiança neste dia 04 de outubro. Todas as pessoas com mais de 16 anos e título de eleitor podem votar, sabendo a zona eleitoral pode votar com identidade. Local: Escola Municipal Ricardo Krieger Rua Maria Geronasso do Rosário, 346 – Boa Vista. (Próximo a Rua da Cidadania Boa Vista - Dia 04 de Outubro de 2015 Das 8 as 17 horas nica vocal e canto coral do Projeto Nosso Canto, que estão distribuí- das pelas Regionais: REGIONALBOAVISTA Datas e horários Toda segunda-feira e terça-fei- ra, às 19h às 21h Orientador: Alexandre Mousquer Local: Parque São Lourenço (Matheus Leme, 4700) Mais informações: 3313-7191 Ellen Lais Moreira Sol- vam comple- tou mais uma primavera no dia 8 de Se- tembro. Parabéns, uma grande simpatia na família Costa Moreira. Saúde paz e prosperidade.Sãoosvotosdesuaavó Eulézia, mãe Elsa e seu tioAdilson. Os conceitos básicos para a estratégia do seu negócio. Mais produtividade e possibilidades de ter sucesso em seu novo empreendimento. Livraria do Chain R. General Carneiro, 441 - Alto da Glória, Telefone 3264-3484 - www.livrariadochain.com.br TAMANHO NÃO É DOCUMENTO O autor deste livro, Belmiro Valverde Jobim Castor, foi secretário de Estado no Paraná durante três ocasiões, comandando as pastas do Planejamento entre 1975 e 1979 – 1983 e 1984 e Educação entre os anos de 1987 e 1988. PhD em Administração Pública pela University of Southern California. Nesta última, recebeu o prêmio Heny Reining, professor universitário e consultor de diversas instituições públicas e privada. SOCIAL
  9. 9. 10
  10. 10. 11 Liquidação de Muletas -Venha correndo! Mamãe, por que você bateu naquela mulherqueagenteviuchorandono túmulodopapai? O amor é como a gasolina da vida. Custa caro, acaba rápido e pode ser substituídapeloálcool. Ex-namorado é que nem vestido: você vê em foto antiga e não acredita que teve coragem de um dia sair com aquilo! Eu sempre quis ter o corpo de um atleta. Graças ao Ronaldo isso já é possível. Troque seu coração por um fígado, assim você se apaixona menos e bebe mais. Antes eu não era perfeito... Faltava- me a modéstia. Gostaria de saber o que esse Jeová fez de errado pra ter tantas testemu- nhasassim. O amor não é aquilo que te pega de surpresa e te deixa totalmente sem ar. O nome disso é asma O amor não faz brotar uma nova pessoa dentro de você. O nome disso égravidez. O amor não torna as pessoas mais bonitas. O nome disso é maquiagem Se beber fosse pecado, Jesus teria transformado água em Fanta Uva! Se você não quer ouvir reclamações, trabalhe no SAC da empresa que fabrica paraquedas Calculei meu IMC e constatei que minha altura está 20 cm abaixo da ideal. Leio a Playboy pela mesma razão que leio a National Geographic: Gosto de ver fotografias de lugares que sei que nuncaireivisitar. Dizem que a bebida resolve todos os problemas. Pra mim ainda não resol- veu, mas eu sou brasileiro e não desistonunca! As melhores crianças do mundo são as japonesas. Estão a 20 mil quilôme- tros de distância e quando estão acordadas eu estou dormindo. Se acupuntura adiantasse, porco- espinhoviveriaparasempre. Quando a gente envelhece, o cabelo embranquece, o osso adoece, o joelho endurece, a vista escurece, a memória esquece, a gengiva aparece, a hemorróida engrandece, a barriga cresce, a pelanca desce, o bilau amolece, o ovo padece, a mulher se oferece ... a gente agradece. Calorias são pequenos vermes inescrupulososquevivemnosguarda- roupas, e que a noite ficam costuran- do e apertando as roupas das pesso- as. Se você se lembra de quantas bebeu ontem, então você não bebeu o bastante. Quandosuamulherficagrávida, todos alisam a barriga dela e dizem "Parabéns".Masninguémapalpaseu sacoediz"Bomtrabalho"! Cervejasemálcooléigualtravesti:A aparência é igual, mas o conteúdo é bemdiferente! Se vegetarianos amam tanto assim os animais, por que eles comem toda comidadospobrezinhos? - Oi amor. - Oi. - Fica elegante que vamos hoje a um lugarmuitocaro. - Legal. Onde? -Aum posto de combustíveis. Um homem está no motel com a melhor amiga de sua esposa, quandorecebeumamensagem nocelular. Ele fica preocupado. Amulherpergunta: -Aconteceu alguma coisa? Eleresponde: - Não. É a minha esposa avisando que vai chegar tarde em casa porque está no cinema com você.
  11. 11. 12 Anuncie aqui. Quem anuncia, vende mais! 9894.1462 Paraná já é o Estado que mais produz carnes do País O crescimento da avicultura e da suinocultura, principalmente no Interi- or, já faz do Paraná o maior produtor de carnes do País. Considerando to- das as principais atividades pecuárias – aves, suínos e bovinos - nenhum ou- tro Estado registra volume, em tonela- das, superior ao do Paraná. O Paraná responde por 20% da produção nacional. No primeiro se- mestre, o Estado produziu 2,4 milhões de toneladas de carne, à frente de Santa Catarina, com 1,55 milhão de toneladas, e do Rio Grande do Sul, com 1,3 milhão de toneladas. Os dados são de um levantamento do Instituto Paranaense de Desenvol- vimento Econômico Social (Ipardes) com base nos números da pesquisa de produção pecuária trimestral do Insti- tuto Brasileiro de Geografia e Estatísti- ca (IBGE), divulgada nesse mês. A indústria de carnes paranaense vem conseguindo driblar a crise econô- mica e crescer bem acima da média bra- sileira. Enquanto a produção do Brasil avançou 1% na comparação do primei- ro semestre contra o mesmo período do ano passado – para 11,7 milhões de to- neladas - o Paraná aumentou 8% na mesma base de comparação. Os frigoríficos paranaenses galgam espaço ao aproveitar a elevada produ- ção de grãos do Estado, que serve de Governador Beto Richa: “Construindo o Paraná que merecemos!” insumo para os animais, com alta tecnologia de produção, de acordo com JulioTakeshi Suzuki Júnior,presidentedo Ipardes. “Essa combinação garante ao Estado uma participação cada vez mai- or nessa cadeia no País”, afirma. SETORES - O Estado tem forte atuação na área de frango e suíno – na qual ocupa o primeiro e o terceiro lugar respectivamente no ranking na- cional do semestre - e uma presença menor a bovinocultura, que é liderada pelo Mato Grosso. Do total produzido pelo Paraná, a maior parte vem da avicultura, com 1,95 milhão de toneladas no primeiro se- mestre (aumento de 10,1%), seguida pela suinocultura, com 331,5 mil tone- ladas (alta de 11,8%), e pela bovinocultura, com 140,6 mil toneladas, que teve queda de 12,4% . EXPORTAÇÕES – Boa parte do impulso na produção de carnes do Es- tado se deve às exportações, que cres- cem com a ampliação de mercados e o dólar alto. No primeiro semestre, as vendas de carne de frango cresceram 17,8%, para 648,3 mil toneladas. Além do câmbio, barreiras sanitárias impostas aos Estados Unidos por conta de um surto de gripe aviária abre espaço para o frango paranaense. Os frigorífi- cos aumentaram embarques, também, para a Ásia e para o México. O setor se beneficia da migração do consumo da carne bovina para a de frango no mercado interno. Com infla- ção alta, o consumidor está optando por carnes mais baratas. Já as exportações de suínos avan- çaram 40,3%, chegando para 22 mil to- neladas, impulsionadas pela retomada das compras da Rússia. REFLEXO NO EMPREGO – O aumento do ritmo de produção tem re- flexo na geração de empregos. No pri- meiro semestre, os frigoríficos do Paraná contrataram 30% mais na com- paração com igual período do ano pas- sado, chegando a um saldo positivo de 5.491 postos de trabalho, de acordo com o levantamento do realizado pelo Observatório do Trabalho do Paraná da Secretaria do Trabalho e Desenvol- vimento Social com base nos números do Ministério do Trabalho e Emprego. Colabore com a Fundação Pró-Renal A Fundação Pró-Renal está solicitando doações para o Bazar. As necessidades são roupas novas ou usadas,eletrônicos,acessórios, cama / mesa / banho , brinquedos, produtos decorativos, móveis, produtos de higiene, etc. Informações e contato: Cláudia 3312 5415 Toda renda adquirida pelo Bazar é revertida para o atendimento dos pacientesemtratamentodehemodiálise, diálise peritoneal e pré-transplante. Precisa- mos receber mais doações para otimizar as vendas e dar continuidade a este atendimento (mais de 3.000 pacientes / mês).

×